História do papel

4,989 views

Published on

  • Be the first to comment

História do papel

  1. 1. A História do Papel … da palavra, da escrita, da comunicação e da alfabetização Por Daniela Vieira Costa Menezes
  2. 2. É no papel que colocamos nossas aprendizagens, nossas ideias, nossas informações, nossas lembranças, nossos sonhos...
  3. 3. Colorido ou brancobranco, grande ou pequeno... e texturizado ou liso, brilhoso ou opaco, frágil ou forte... Existem muitos tipos diferentes de papéis na nossa vida.
  4. 4. O papel é usado em muitos momentos da nossa vida cotidiana.
  5. 5. Mas o papel mais importante é aqueleque usamos como suporte de escrita.Assim ele cumpre a função para a qualfoi inventado: a da comunicação!
  6. 6. Mas, quem veio primeiro, o papel ou a escrita? Antes mesmo da escrita ser inventada com suas letras e palavras, o ser humano usava desenhos para registrar suas ideias e os acontecimentos ao seu redor.
  7. 7. A escrita é uma forma de dominar as palavras. Da mesma maneira que acontece com cada ser humano que nasce, a humanidade primeiro aprendeu a falar para depois, com a necessidade de registrar suas ideias, encontrar maneiras diferentes para escrever.
  8. 8. Mas onde foram escritas as primeiras palavras? Em vários lugares, todos vindos da natureza. Se escrevia em pedras, barro, ossos, conchas, cascos, dentes, peles, madeira, metais e em folhas.... de árvores.
  9. 9. Muitas civilizações utilizavam um tipo de pano feito da entrecasca de árvores, que era lavada, cortada e amassada com pedras. Este pano-papel era usado para fazer roupas, cestas, rede e para registrar os conhecimentos e a história desses povos.
  10. 10. Até que os egípcios inventaram uma maneira de usar o caule de uma planta que servia muito bem como suporte de escrita. Eles cortavam o caule e faziam pressão sobre as tiras, que se emendavam, formando uma folha. Surgia o papiro, que foi usado por milhares de anos em muitos países.
  11. 11. Outro suporte de escrita muito famoso foi o pergaminho, que era feito de pele de carneiro, ovelha ou bezerro. Era uma superfície lisa e macia, onde foi escrita uma boa parte da história que conhecemos hoje.
  12. 12. Mas nada disso era papel! A necessidade de escrever aumentava e não existia um material que fosse barato e de fácil produção, para se registrar os acontecimentos ou para a comunicação.
  13. 13. Então os chineses, que já escreviam sobre a seda, cozinharam restos de cordas e de cascas de amoreiras moídas, peneiraram, prensaram e deixaram secar. Acabaram inventando um material que era fino e liso como a seda, mas que era bem mais barato e prático de produzir. Há mais de dois mil anos atrás, surgia a primeira folha de papel!
  14. 14. Os Japoneses foram os que conheceram primeiro a técnica chinesa, e começaram a produzir suas próprias folhas de papel. Eles levaram isso tão a sério que até hoje produzem o mais fino, macio e resistente papel do mundo.
  15. 15. Os árabes conheceram a técnica chinesa de produção de papel e levaram esta ideia para a Europa, a partir da Espanha, onde o papel era feito com pedaços de tecido, os trapos. Eles juntavam muitos trapos de roupas velhas e esmagavam para abrir as fibras.
  16. 16. No início, os europeus não aceitaram o papel muito bem, pois estavam acostumados com o pergaminho e a escrita era para poucos. Mas com a invenção da imprensa o papel passou a ser muito usado. Foram inventadas novas técnicas de produção de papel, com outros materiais. Até que foram inventadas máquinas que produziam o papel em rolo, ao invés de folhas.
  17. 17. A produção de papel era cada vez maior, então os europeus começaram a testar outras fontes de fibras vegetais para a indústria papeleira que surgia. Assim, começaram a usar o troco de árvores como matéria-prima para a produção de papel.
  18. 18. A escritaescrita e a leituraleitura, que antes do papel era reservada a poucas pessoas no mundo, depois do papel e das novas formas de impressão, passou a fazer parte do dia a dia de todas as pessoas.
  19. 19. Atualmente, todos devem aprender a ler e a escrever, e o papel é o suporte que carrega as palavras até os aprendizes enquanto eles começarem a escrever suas próprias palavras.
  20. 20. Mas o que é exatamente o papelpapel? O papelpapel é um conjunto de fibras vegetais emaranhadas de maneira irregular. Essas fibras se chamam celulose, e, como são tiradas dos troncos das árvores, o papelpapel é um resíduo orgânico.
  21. 21. Para as folhas de papel chegarem até nós é preciso: Derrubar árvores (as mais usadas no Brasil são Pinus e Eucalipto); Moer os troncos (que gasta energia elétrica); Separar as fibras de celulose com calor ou componentes químicos (que poluem os rios); Adicionar (muita) água, peneirar, prensar e secar; Cortar, embalar, vender e entregar (mais energia elétrica e combustível).
  22. 22. É muito trabalho, gasto e poluição para usarmos o papel de qualquer jeito, não é mesmo?
  23. 23. Por isso, ao invés de jogar fora as aparas das folhas recortadas e o papel usado para escrever ou desenhar, podemos separar este resíduo para reciclarreciclar. O mesmo papel pode ser reciclado várias vezes, mas chega um momento em que as fibras ficam frágeis, então devemos descarta-lo no resíduo orgânico, junto com os papéis sujos e molhados.
  24. 24. Hoje em dia, a indústria do papel só pode derrubar árvores plantadas e estão sempre plantando novas árvores para substituir as derrubadas. Além disso, já existe uma indústria preocupada em reciclarreciclar o papel. Porém, a reciclagem do papel deve ser um trabalho de todos. Seja separando o papel para a reciclagem ou aprendendo a reciclarreciclar o próprio papel.
  25. 25. Existem várias técnicas artesanais de reciclagem de papel. Com poucos materiais e muita criatividade, cada um de nós pode transformar uma folha de papel usada em uma nova, que pode ser usada de novo. Assim, derrubamos menos árvores, economizamos água e energia elétrica e diminuímos as montanhas de lixo.
  26. 26. ReciclarReciclar nossas folhas de papel é uma forma sustentável de viver. Podemos oferecer o que temos de melhor para a naturezanatureza, enquanto vamos recebendo o que a naturezanatureza tem de melhor para oferecer.
  27. 27. Materiais de pesquisa: O Livro do Papel – Ruth Rocha e Otávio Roth – Editora Melhoramentos. Caderno do Papel – Celina Cabrales e Josmeri Puhl – Usina do Papel/SMC/PMPA. Site Celulose On Line, acesso em 15/06/2013 http://www.celuloseonline.com.br/curiosidades/Fabricao+do+Papel Fotos: Daniela Menezes Imagens: Internet

×