Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
LixoEletronico.org 9ª Oficina de Inclusão Digital WebLab.tk Dalton Martins [email_address] Fonte das imagens: Flickr
Fonte: Revista Galileu
Dificuldades <ul>Classificação  de RE como resíduos perigosos eleva custos e dificulta o processo para o setor privado, pr...
Política Nacional de Resíduos Sólidos -  PNRS 19 anos  em discussão, tramitação, etc... Alguns fundamentos: 1. a participa...
Complexidade  da solução Não é possível se conceber  UMA  solução para o Lixo Eletrônico. Diversos  caminhos  são necessár...
www.lixoeletronico.org Uma política pública em rede <ul>Mapeamento de referências: ->  discussão sobre legislação; ->  pro...
Alguns  números 2 anos  de projeto: -> 208.125  visitas; -> 156.455  visitantes únicos; -> 94  países; -> 470  cidades no ...
Linkania Número de sites que  linkam  o LixoEletronico.org nas áreas de  Blogs , sites de Ensino à Distância  (EAD) , Rede...
Como nos  encontram ?
O que  faremos (2010)  ? ->  Pesquisa aberta sobre as ações das  empresas  na questão do Lixo eletrônico; -> Pesquisa de  ...
Como articular essa experiência com um programa de  Inclusão Digital ? <ul><li>Políticas públicas de inclusão digital  não...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

ApresentaçãO Lixo Eletronico 9 Oficina De Inclusao Digital

2,087 views

Published on

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

ApresentaçãO Lixo Eletronico 9 Oficina De Inclusao Digital

  1. 1. LixoEletronico.org 9ª Oficina de Inclusão Digital WebLab.tk Dalton Martins [email_address] Fonte das imagens: Flickr
  2. 2. Fonte: Revista Galileu
  3. 3. Dificuldades <ul>Classificação de RE como resíduos perigosos eleva custos e dificulta o processo para o setor privado, produtores e gestores de RE. </ul><ul>Assumir políticas públicas (PNRS) sem a participação dos envolvidos. Políticas incoerentes com as possibilidades de gestão e com as alternativas de infraestrutura existentes. </ul><ul>Desatirculação das iniciativas, projetos e atividades que se desenvolvem a nível mundial, regional e local. </ul><ul>Não há sistemas de solução integral . Sistema parcial de gestão. Cada setor resolve independentemente. </ul><ul>É grande e significativo o mercado informal de falsos e contrabando da região. </ul><ul>Dificuldades dos recicladores para a obtenção e renovação de licenças ambientais . </ul><ul>Ausência de conhecimento e informação sobre o tema em todos os setores. </ul><ul>Não há alternativa para os RE domésticos. Mesas de trabalho multi-setoriais. Integração de ministérios. Iniciativas de coleta e logística reversa . Todas as atividades são distintas e desarticuladas </ul>Fonte: Plataforma de Resíduos Eletrônicos da América Latica e Caribe (RELAC). Via www.lixoeletronico.org
  4. 4. Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS 19 anos em discussão, tramitação, etc... Alguns fundamentos: 1. a participação da sociedade no planejamento, formulação e implementação das políticas públicas, na regulação, fiscalização, avaliação e prestação de serviços por meio das instâncias de controle social; 2. a integração das ações de governo nas áreas de meio ambiente, ciência e tecnologia saneamento básico, recursos hídricos, saúde pública, desenvolvimento urbano e inclusão social; 3. o incentivo ao uso de matérias-primas e insumos derivados de materiais recicláveis e reciclados, bem como o desenvolvimento de novos produtos e processos , com vistas a estimular a utilização das tecnologias ambientalmente saudáveis.
  5. 5. Complexidade da solução Não é possível se conceber UMA solução para o Lixo Eletrônico. Diversos caminhos são necessários: articulação em redes de agentes atuando de forma colaborativa e articulada.
  6. 6. www.lixoeletronico.org Uma política pública em rede <ul>Mapeamento de referências: -> discussão sobre legislação; -> projetos e iniciativas; -> estudos e pesquisas. </ul><ul>Ativação de rede : -> informação; -> diálogo; -> circulação de links; -> conversação; -> articulação de pessoas; -> mobilização: Manifesto Lixo Eletrônico. </ul>
  7. 7. Alguns números 2 anos de projeto: -> 208.125 visitas; -> 156.455 visitantes únicos; -> 94 países; -> 470 cidades no Brasil
  8. 8. Linkania Número de sites que linkam o LixoEletronico.org nas áreas de Blogs , sites de Ensino à Distância (EAD) , Redes Sociais na plataforma Ning e sites Governamentais.
  9. 9. Como nos encontram ?
  10. 10. O que faremos (2010) ? -> Pesquisa aberta sobre as ações das empresas na questão do Lixo eletrônico; -> Pesquisa de hábitos e consumo com a população; -> Ciclo de Debates.
  11. 11. Como articular essa experiência com um programa de Inclusão Digital ? <ul><li>Políticas públicas de inclusão digital não podem mais se furtar a pensar na questão do Lixo Eletrônico. </li></ul>

×