Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Análise de Redes Sociais para educação à distância na plataforma ELGG para o projeto Escolas Rurais Conectadas

494 views

Published on

Análise de Redes Sociais para educação à distância na plataforma ELGG para o projeto Escolas Rurais Conectadas

Published in: Education
  • Be the first to comment

Análise de Redes Sociais para educação à distância na plataforma ELGG para o projeto Escolas Rurais Conectadas

  1. 1. Relatório de análise das redes sociais por ferramentas de interação Projeto Escolas Conectadas Para Move Avaliação e Estratégia Dalton Martins dmartins@gmail.com www.l3p.fic.ufg.br Laboratório de Políticas Públicas Participativas Universidade Federal de Goiás
  2. 2. ● O estudo foi realizado a partir das seguintes etapas: – Identificar na base de dados as tabelas e campos que guardavam relacionamento entre usuários por tipo de ferramenta de interação do Elgg; – Extrair os dados e classificar por ferramenta de interação e período de tempo: mês e ano; – Identificar a tabela de atributos dos usuários no Elgg; – Coletar a tabela de atributos e montar base de autoridades para avaliar os nós de cada rede; – Exportar os dados para o aplicativo Gephi: ● Software utilizado para análise de redes: https://gephi.github.io/ – Aplicar atributos aos nós; – Calcular o tamanho dos nós por quantidade de conexões que ele estabeleceu com outros usuários. Metodologia
  3. 3. Interações no Elgg por ferramenta X Mês
  4. 4. Rede de interações: ferramenta Arquivos (2013 e 2014 juntos)
  5. 5. Rede ferramenta Arquivo 2013 2014
  6. 6. Rede só professor-aluno ferramenta Arquivo 2013 2014
  7. 7. Rede de interações: ferramenta Atividade (2013 e 2014 juntos)
  8. 8. Rede ferramenta Atividade 2013 2014
  9. 9. Rede só professor-aluno ferramenta Atividade 2013 2014
  10. 10. Rede de interações: ferramenta Blog (2013 e 2014 juntos)
  11. 11. Rede ferramenta Blog 2013 2014
  12. 12. Rede só professor-aluno ferramenta Blog 2013 2014
  13. 13. Rede de interações: ferramenta Bookmark (2013 e 2014 juntos)
  14. 14. Rede ferramenta Bookmark 2013 2014 Não houve.
  15. 15. Rede só professor-aluno ferramenta Bookmark 2013 2014 Não houve.
  16. 16. Rede de interações: ferramenta Curtidas (2013 e 2014 juntos)
  17. 17. Rede ferramenta Curtidas 2013 2014
  18. 18. Rede só professor-aluno ferramenta Curtidas 2013 2014
  19. 19. Rede de interações: ferramenta Fórum (2013 e 2014 juntos)
  20. 20. Rede ferramenta Fórum 2013 2014
  21. 21. Rede só professor-aluno ferramenta Fórum 2013 2014
  22. 22. Rede de interações: ferramenta Mensagem (2013 e 2014 juntos)
  23. 23. Rede ferramenta Mensagem 2013 2014
  24. 24. Rede só professor-aluno ferramenta Mensagem 2013 2014
  25. 25. Rede de interações: ferramenta Página (2013 e 2014 juntos)
  26. 26. Rede ferramenta Página 2013 2014
  27. 27. Rede só professor-aluno ferramenta Página 2013 2014
  28. 28. Comparação Redes 2013 Arquivos Atividades Blogs Bookmark Curtidas Fóruns Mensagens Páginas
  29. 29. Comparação Redes 2014 Arquivos Atividades Blogs Bookmark Curtidas Fóruns Mensagens Páginas Não houve.
  30. 30. Comparação Redes só Professor-Aluno: 2013 Arquivos Atividades Blogs Bookmark Curtidas Fóruns Mensagens Páginas
  31. 31. Comparação Redes só Professor-Aluno: 2014 Arquivos Atividades Blogs Bookmark Curtidas Fóruns Mensagens Páginas Não houve.
  32. 32. Comparação Redes: 2013 e 2014 Ferramentas 2013 2014 Diferença (2014-2013) Nós Arestas Nós Arestas Nós Arestas Arquivos 281 667 376 754 95 87 Atividades 430 736 549 1092 119 356 Blogs 210 408 126 145 -84 -263 Bookmarks 41 46 0 0 -41 -46 Curtidas 220 398 237 391 17 -7 Fórum 410 719 69 77 -341 -642 Mensagens 564 874 284 402 -280 -472 Páginas 347 738 92 134 -255 -604 2013 2014 Diferença (2014-2013) Nós Arestas Nós Arestas Nós Arestas Arquivos 119 264 67 99 -52 -165 Atividades 53 64 5 5 -48 -59 Blogs 32 63 8 10 -24 -53 Bookmarks 7 7 0 0 -7 -7 Curtidas 54 113 66 101 12 -12 Fórum 106 175 2 1 -104 -174 Mensagens 37 49 16 19 -21 -30 Páginas 80 183 3 5 -77 -178 Ferramentas Só professores
  33. 33. Comentários sobre a análise ● Há mudanças significativas nos padrões de interação e uso das ferramentas de 2013 para 2014 – As atividades de interação são mais intensas em 2014 nas ferramentas “Arquivos” e “Atividades” na rede com a presença dos turores, havendo ali mais nós e mais conexões entre eles. No entanto, essas atividades são mais centralizadas na relação direta com os tutores, pois a tabela de baixo no slide 31 mostra que a relação direta entre “só professores” diminuiu, enquanto a tabela de cima mostra que aumentou. – Em 2014 a ferramenta “Atividades” passa a ser a ação mais expressiva na plataforma em termos de interações – ver slide 2; – Porém, essa atividade se dá de forma bastante centralizada na relação direta entre tutores/formadores e professores-alunos (ver slides 5 e 6), não refletindo esse aumento de intensidade em maior interação entre os alunos na plataforma em comparação com outros tipos de ações (ver slides 19 e 20); – A ferramenta “Arquivo” também passou a ser mais utilizada em 2014, porém sua rede de interação se tornou mais centralizada em torno da relação direta entre tutores/formadores e professores-alunos. Houve uma redução de interação direta entre os alunos em 2014 (ver slides 3 e 4); – Já as ferramentas “Blog”, “Fórum”, “Mensagem” e “Página” apresentam todas um comportamento parecido, porém mais acentuado no caso do “Fórum” e “Página”. Há uma expressiva redução de interações com essas ferramentas de 2013 para 2014, havendo também uma redução importante na rede entre alunos dessas ferramentas, chegando quase a inexistir no caso do fórum (Ver slides 8, 14, 16, 18 e tabela slide 21 ).
  34. 34. Comentários sobre a análise ● Há mudanças significativas nos padrões de interação e uso das ferramentas de 2013 para 2014 – A ferramenta “Bookmark” não mostrou uso expressivo em 2013 e deixou de ser utilizada em 2014 (Ver slide 10); – A ferramenta “Curtidas” foi a única que apresentou um aumento de pessoas interagindo na rede só de alunos em 2014 (ver slide 12). – A formação adquiriu de 2013 para 2014 significativas mudanças nas estratégias relacionais: ● Maior dependência da interação promovida pelo formador/tutor com os alunos nas estratégias de comunicação e menos interação direta entre alunos; ● Maior centralidade das ações em ferramentas orientadas a atividades específicas e menos em ferramentas de conversação, tais como “Fórum”; ● Um aumento de interação, apesar de pouco expressivo, entre a interação direta dos usuários a partir de “Curtidas”. O maior uso de arquivos e atividades pode ajudar a explicar esse aumento. – A formação parece ter ficado, de maneira geral, menos interativa em relação aos participantes entre si e mais orientada a realização de atividades individuais.
  35. 35. Comentários sobre a análise ● Comentários sobre a distribuição de estados nas redes: – As redes são em sua quase totalidade centradas no estado do Rio Grande do Sul (em geral, 70% dos nós dessas redes são de lá); – A única rede que apresentou um padrão diferente foi a rede de curtidas no ano de 2014 (ver slide 12), onde o estado do Pernambuco se destaca com 44% dos nós presentes; – As redes mostram interação entre participantes de diferentes estados, porém quase sempre envolvendo a interação de algum aluno do RS e, na maioria dos casos, esses alunos do RS ocupam posição central nas interações; – Não foi identificada uma expressiva formação de grupos de alunos envolvendo articulação entre diferentes estados. No geral, o que foi encontrado são interações de alunos de outros estados com alunos do RS. Há alguns nós que são exceção a essa afirmação e que podem ser considerados importantes articuladores entre regiões; – A centralidade no RS (local de origem da própria equipe da formação) leva a questionar a efetividade das ferramentas e das estratégias na produção de redes, sobretudo em 2014, onde elas ficaram ainda mais restritas. O efeito de regionalização e conhecimento presencial entre os participantes pode explicar o papel do RS em sua relação em rede, havendo uma possível transferência de relacionamentos presenciais para virtuais. Algo a ser investigado.
  36. 36. Comentários sobre a análise ● Comentários sobre o formato de articulação das redes: – As redes que são percebidas como de maior capilaridade entre os alunos e apresentam maior nível de comunicação e colaboração entre eles foram as redes em torno das ferramentas “Arquivos”, “Fórum”, seguidas por “Páginas” e “Mensagens” (ver slides 19 e 20); – Essas redes apresentam importantes posições estruturais ocupadas por alunos, mostrando um bom nível de articulação entre outros alunos, sobretudo em 2013. – É possível identificar nessas redes a formação de pequenos grupos de alunos que se articularam em torno de dessas posições e dos conteúdos disponibilizados por eles. Podem ser bons focos para avaliar em pesquisa qualitativa grupos de usuários.
  37. 37. Anexos (Obs.: para apoiar análises exclusivas por ferramenta considera 2013 e 2014 tudo junto)
  38. 38. Núcleo - Rede de interações: todas as ferramentas juntas
  39. 39. Rede de interações: todas as ferramentas juntas (Só nós acima de 3 links)
  40. 40. Rede de interações: todas as ferramentas juntas (Só professores-alunos)
  41. 41. Rede de interações: todas as ferramentas juntas (Só professores-alunos – por estados)

×