Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

01 resumo dos pontos principais da doutrina espirita

421 views

Published on

resumindo a doutrina

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

01 resumo dos pontos principais da doutrina espirita

  1. 1. RESUMO DOS PONTOS PRINCIPAIS DOUTRINA ESPÍRITA - INTRODUÇÃO – O LIVRO DOS ESPÍRITOS (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução I e VI)
  2. 2. Doutrina oposta ao materialismo. Quem quer que acredite ter em si alguma coisa além da matéria é espiritualista. Tem por base Deus e a sobrevivência da alma. Não tem por base a crença nos espíritos e nas suas manifestações. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução I)
  3. 3. É o conjunto de princípios e leis que vem revelar a existência dos espíritos e suas relações com o mundo material. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução I) Todo espírita é espiritualista, mas nem todos os espiritualistas são espíritas.
  4. 4. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI - As Causas Primárias Capítulo 1 – Deus)
  5. 5. Eterno Imaterial Imutável Único Onipotente Soberanamente Justo e bom (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  6. 6. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  7. 7. SERES IMATERIAIS. NORMAL. PRIMITIVO. ETERNO. SOBREVIVEA TUDO. SERES MATERIAIS. SECUNDÁRIO. PODERIA:DEIXAR DE EXISTIR. - NÃO TER EXISTIDO. 8
  8. 8. ENCARNADOS DESENCARNADOS ESTÃO NOS DIFERENTES GLOBOS DO UNIVERSO. ESTÃO POR TODA A PARTE NO ESPAÇO AO NOSSO LADO. Os espíritos desencarnados povoam o universo fora do mundo material, ou seja, o mundo espiritual que preexiste e sobrevive a tudo.
  9. 9. ALMA CORPO FÍSICO PERISPÍRITO PERISPÍRITO A ALMA ( LAÇO ) O CORPO CONSTITUIÇÃO DO HOMEM HÁ NO HOMEM 3 COISAS (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  10. 10. UM ESPÍRITO ENCARNADO A ALMA É INDIVIDUALIDADE A ALMA POSSUI SUA INDIVIDUALIDADE ANTES APÓS DE ENCARNAR E A CONSERVA A SEPARAÇÃO DO CORPO
  11. 11. 12(Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  12. 12. 13(Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  13. 13. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  14. 14. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  15. 15. SÃO OS ESPÍRITOS SUPERIORES DISTINGUEM-SE DOS OUTROS PERFEIÇÃO. CONHECIMENTOS. PROXIMIDADE DE DEUS. PUREZA DE SENTIMENTOS. AMOR AO BEM. OS DA PRIMEIRA ORDEM:
  16. 16. ESPÍRITOS INFERIORES IDENTIFICAÇÃO QUANTO MAIS DISTANCIADOS DA PERFEIÇÃO ORGULHO, INVEJA, CIÚME, ÓDIO, ETC. COMPRAZEM-SE NO MAL. MAIS INFERIORES. EIVADOS DAS NOSSAS PAIXÕES: ALGUNS NEM BONS NEM MAUS.
  17. 17. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  18. 18. 19 SEMPRE NUNCA (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  19. 19. SIMPLES E IGNORANTES TODOS SE MELHORAM O PROGRESSO DOS ESPÍRITOS PUROS BONS IMPERFEITOS PELA REENCARNAÇÃO PASSAM PELOS DIFERENTES GRAUS DA HIERARQUIA ESPÍRITA. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  20. 20. 21(Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  21. 21. AÇÃO DOS ESPÍRITOS Constituem uma das potências da natureza. São a causa de uma multidão de fenômenos. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  22. 22. 23 - Nos impelem para o mal. - É-lhes um gozo ver-nos assemelhar- nos a eles. - Nos atraem para o bem. - Nos sustentam nas provas. - Nos ajudam suportá-las. (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  23. 23. 24 - Influência boa ou má. - Cabe a nós discernir as boas das más inspirações. Por meio : escrita, palavra e outras. Quase sempre pelos médiuns (Instrumentos). (Allan Kardec - O livro dos Espíritos - Introdução VI)
  24. 24. COMO DISTINGUIR OS BONS DOS MAUS ESPÍRITOS: É FACIL : LINGUAGEM NOS SUPERIORES DIGNA, NOBRE, ALTA MORAL,PLENA DE SABEDORIA. OBJETIVAM O MELHORAMENTO E O BEM DA HUMANIDADE.
  25. 25. COMO DISTINGUIR OS BONS DOS MAUS ESPÍRITOS: É FACIL : LINGUAGEM NOS INFERIORES TRIVIAL, GROSSEIRA, MALICIOSA, FALSA. LISONGEIAM A VAIDADE DIVERTEM-SE A CUSTA DOS QUE OS INTERROGAM.
  26. 26. ATRAÇÃO DOS ESPÍRITOS ATRAÍDOS PELA NATUREZA MORAL DO MEIO SUPERIORES REUNIÕES SÉRIAS. AMOR DO BEM. DESEJO DE SE INSTRUIR E DE SE MELHORAR. AFASTAM OS INFERIORES.
  27. 27. ATRAÇÃO DOS ESPÍRITOS ATRAÍDOS PELA NATUREZA MORAL DO MEIO INFERIORES FUTILIDADES, MENTIRAS E MISTIFICAÇÕES.
  28. 28. 29 É A DO CRISTO FAZER O BEM E NÃO O MAL.
  29. 29. ENSINAM OS ESPÍRITOS SUPERIORES DESLIGAM-NOS DA MATÉRIA FUTILIDADES MUNDANAS * AMAR O PRÓXIMO NOS AVIZINHA DA NATUREZA ESPIRITUAL.
  30. 30. ENSINAM OS ESPÍRITOS SUPERIORES EGOÍSMO. ORGULHO. SENSUALIDADE. NOS APROXIMA DA NATUREZA ANIMAL.
  31. 31. INFLUÊNCIA DA MATÉRIA O ESPÍRITO ENCARNADO SE ACHA SOB A INFLUÊNCIA DA MATÉRIA QUEM A VENCE: QUEM A DEIXA DOMINAR: SE APROXIMA DOS BONS ESPÍRITOS. SE APROXIMA DOS ESPÍRITOS IMPUROS.
  32. 32. ENSINAM OS ESPÍRITOS SUPERIORES NÃO HÁ FALTAS IRREMISSÍVEIS A REENCARNAÇÃO SEMPRE PODE APAGÁ-LAS CONFORME OS DESEJOS E ESFORÇOS.
  33. 33. Fonte: Baseado no Livro dos Espíritos – Allan Kardec Alguns slides reformulados do Cefak - http://www.cefak.org.br/

×