Orientação Técnica de 23/08/2013

1,702 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,702
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Orientação Técnica de 23/08/2013

  1. 1. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADOREIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE BRAGANÇA PAULISTA Orientação Técnica de Biologia e Programa Escola da Família 23–08–2013 •“A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final.” Luis Fernando Veríssimo
  2. 2. Pauta Acolhimento e sensibilização Abertura Vale Sonhar: 1ª Oficina Socialização da 1ª Oficina Vale Sonhar: 2ª Oficina Socialização da 2ª Oficina Vale Sonhar: 3ª Oficina Socialização da 3ª Oficina Fechamento e avaliação do dia “ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADOREIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE BRAGANÇA PAULISTA
  3. 3. Conteúdos Habilidades Qualidade de vida das populações humanas – A saúde coletiva e ambiental Agressões à saúde das populações • Principais doenças no Brasil de acordo com sexo, renda e idade • Doenças infectocontagiosas, parasitárias, degenerativas, ocupacionais, carenciais, sexualmente transmissíveis e por intoxicação ambiental • Gravidez na adolescência como risco à saúde • Medidas de promoção da saúde e prevenção de doenças • Impacto de tecnologias na melhoria da saúde – vacinas, medicamentos, exames, alimentos enriquecidos, adoçantes etc. Saúde ambiental • Saneamento básico e impacto na mortalidade infantil e em doenças contagiosas e parasitárias • Tecnologias para aperfeiçoar o saneamento básico • Reconhecer os riscos diferenciados que uma mesma causa de morte apresenta para diferentes faixas etárias, a partir de estatísticas de saúde • Identificar as causas mais frequentes de mortalidade entre jovens, discutindo estratégias para reduzir o risco de óbito • Agrupar diferentes causas de morte segundo semelhança • Reconhecer a gravidez na adolescência como um risco à saúde, a partir de estatísticas de saúde • Reconhecer o impacto de uma gravidez na adolescência nos projetos pessoais e profissionais dos envolvidos • Reconhecer práticas sexuais que envolvem riscos de gravidez • Identificar diferentes métodos contraceptivos e avaliar sua eficácia e acessibilidade • Reconhecer a gravidez na adolescência como um risco à saúde individual e como um problema de saúde pública • Elaborar, apresentar e discutir hipóteses sobre a alta prevalência de gravidez entre adolescentes • Reconhecer situações de risco de contrair aids, propondo estratégias para redução desse risco • Identificar as diferentes formas de preconceito contra portadores do vírus da imunodeficiência adquirida (HIV), propondo estratégias para minimizar essa situação • Reconhecer ambiguidades e imprecisões em textos explicativos sobre prevenção de DSTs e aids SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADOREIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE BRAGANÇA PAULISTA •3º Bimestre
  4. 4. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADOREIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE BRAGANÇA PAULISTA Conteúdos Habilidades Qualidade de vida das populações humanas – A saúde individual e coletiva O que é saúde • Saúde como bem-estar físico, mental e social; seus condicionantes, como alimentação, moradia, saneamento, meio ambiente, renda, trabalho, educação, transporte e lazer A distribuição desigual da saúde • Condições socioeconômicas e qualidade de vida em diferentes regiões do Brasil e do mundo • Indicadores de desenvolvimento humano e de saúde pública, como mortalidade infantil, esperança de vida, saneamento e acesso a serviços • Relacionar informações sobre indicadores de saúde apresentadas em gráficos e tabelas • Identificar o significado de “esperança de vida ao nascer”, relacionando esse indicador a outros, como a mortalidade infantil • Identificar as relações entre os diversos acontecimentos que levaram ao conceito de vacina e imunidade • Reconhecer a importância da vacinação no combate às doenças, a partir da análise de estatísticas • Identificar tendências em séries de dados temporais sobre a evolução da esperança de vida • Identificar as fragilidades que acompanham o processo de envelhecimento, propondo estratégias para melhorar a qualidade de vida dos idosos • Reconhecer os fatores que influenciam a saúde no Brasil • Construir gráficos representativos da situação de saúde de diferentes regiões • Inferir sobre o nível de desenvolvimento humano e de saúde de diferentes regiões do país e do mundo, com base na análise de indicadores como mortalidade infantil, esperança de vida ao nascer e mortalidade por causa • Inferir sobre o nível de desenvolvimento e de saúde de regiões ou Estados brasileiros com base em suas respectivas condições de acesso a saneamento básico • Apresentar conclusões baseadas em argumentos sobre o impacto positivo das tecnologias na melhoria da qualidade da saúde das populações (vacinas, medicamentos, exames diagnósticos, alimentos enriquecidos etc.) •4º Bimestre
  5. 5. • A gravidez na adolescência é um dos maiores desafios sociais relacionados à pobreza. Com isso em mente, o Instituto Kaplan criou o projeto piloto Vale Sonhar, que no Vale do Ribeira reduziu, em dois anos, o número de adolescentes grávidas em 91% - de 360 para 30. Depois deste sucesso enorme na região mais pobre do estado de São Paulo, o projeto, que era piloto, cresceu e começou a se espalhar para o resto do país. O Vale Sonhar já está implantado nos estados de Alagoas, Espírito Santo e São Paulo.
  6. 6. JUSTIFICATIVA DO PROJETO • Gravidez na adolescência - em garotas entre 10 - 19 anos. Isto significa que a cada 100 bebês que nascem em nosso país, 28 são filhos de mães adolescentes. • Evasão Escolar - 25% das meninas entre 15 e 17 anos que deixa a escola fazem isso por causa da gravidez. • Aumento da Pobreza- A Escolaridade da mulher é um fator relevante na avaliação do índice de desenvolvimento humano de uma população.
  7. 7. ENQUETE – GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA IDADE: SEXO: M ( ) F ( ) SÉRIE: 1ª ( ) 2ª ( ) 3ª ( ) MENINOS Você engravidou alguma menina nos últimos 12 meses? Sim ( ) Não ( ) MENINAS Você engravidou ou esteve grávida nos últimos 12 meses? Sim ( ) Não ( ) INÍCIO DO PROJETO: AGOSTO / ENSINO MÉDIO
  8. 8. ENQUETE – GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA Escola: Multiplicador: ALUNOS QUE PARTICIPARAM DA ENQUETE SÉRIE TOTAL DE ALUNOS ALUNOS DE 14-19 ANOS Nº DE ALUNOS (14-19 ANOS) QUE RESPONDERAM SIM F M TOTAL 1ª SÉRIE 2ª SÉRIE 3ª SÉRIE TOTAL
  9. 9. RESULTADO DA ENQUETE GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA Escola: Multiplicador: ALUNOS QUE PARTICIPARAM DA ENQUETE SÉRIE TOTAL DE ALUNOS ALUNOS DE 14-19 ANOS Nº DE ALUNOS (14-19 ANOS) QUE RESPONDERAM SIM F M TOTAL 1ª SÉRIE 2ª SÉRIE 3ª SÉRIE TOTAL • ENTREGAR ATÉ 12/09/2013
  10. 10. RELATÓRIO PROJETO VALE SONHAR Dados tabulados nos anos de 2008 a 2012 I – Diretoria de Ensino: BRAGANÇA PAULISTA Número de escolas: 47 II – Enquetes: ANO ESCOLAS PARTICIPANTES 2008 42 2009 42 2010 43 2011 46 2012 46
  11. 11. ANO ALUNOS 14-19 ANOS 2008 10779 10439 2009 10175 9532 2010 10422 9791 2011 11639 11372 2012 11200 10896 III – Alunos que responderam à enquete: IV – Alunos que responderam SIM à enquete: *Porcentagem calculada em relação ao número de alunos de 14-19 anos. ANO ALUNOS 2008 294 2009 333 2010 396 2011 420 2012 435
  12. 12. Realização das Oficinas com os alunos Cada aluno participa do bloco de três oficinas: • Oficina 1: Identificação do Sonho Sonhar, identificar que a adolescência não é o melhor momento para se ter um filho. • Oficina 2: Nem toda relação sexual engravida Conhecer o processo da reprodução, associado às práticas sexuais de risco • Oficina 3: Engravidar é uma escolha Desenvolver a habilidade para usar os métodos contraceptivos foram as estratégias de educação preventiva por meio de oficinas, adotada pelo Instituto Kaplan no projeto Vale Sonhar
  13. 13. Realização das Oficinas com os alunos Cada aluno participa do bloco de três oficinas: • Oficina 1: Identificação do Sonho Sonhar, identificar que a adolescência não é o melhor momento para se ter um filho.
  14. 14. Realização das Oficinas com os alunos Cada aluno participa do bloco de três oficinas: • Oficina 2: Nem toda relação sexual engravida Conhecer o processo da reprodução, associado às práticas sexuais de risco
  15. 15. Realização das Oficinas com os alunos Cada aluno participa do bloco de três oficinas: • Oficina 3: Engravidar é uma escolha Desenvolver a habilidade para usar os métodos contraceptivos foram as estratégias de educação preventiva por meio de oficinas, adotada pelo Instituto Kaplan no projeto Vale Sonhar
  16. 16. FREQUÊNCIAS NAS OFICINAS No Nome do aluno 1a oficina 2a oficina 3a oficina Participação nas 3 oficinas 1 ANA X X 2 BEATRIZ X X X X 3 CARLOS X 4 JOÃO X 5 LÍVIA X X 6 PAULO X X X X 7 VÍTOR X X X X TOTAL 7 6 4 5 3
  17. 17. OFICINAS VALE SONHAR – 1º ANO - EMOFICINAS VALE SONHAR – 1º ANO - EM Escola: Multiplicador: SÉRIE N° TOTAL DE ALUNOS DO 1° EM N° DE ALUNOS N° DE ALUNOS QUE PARTICIPARAM DAS 3 OFICINAS 1ª oficina 2ª oficina 3ª oficina Total
  18. 18. OFICINAS VALE SONHAR – 1º ANO - EMOFICINAS VALE SONHAR – 1º ANO - EM Escola: Multiplicador: SÉRIE N° TOTAL DE ALUNOS DO 1° EM N° DE ALUNOS N° DE ALUNOS QUE PARTICIPARAM DAS 3 OFICINAS 1ª oficina 2ª oficina 3ª oficina Total 7 6 4 5 3
  19. 19. RESULTADO DAS OFICINAS VALE SONHARRESULTADO DAS OFICINAS VALE SONHAR Escola: Multiplicador: SÉRIE N° TOTAL DE ALUNOS DO 1° EM N° DE ALUNOS N° DE ALUNOS QUE PARTICIPARAM DAS 3 OFICINAS 1ª oficina 2ª oficina 3ª oficina Total 7 6 4 5 3 • ENTREGAR ATÉ 25/10/2013
  20. 20. OFICINAS VALE SONHAROFICINAS VALE SONHAR AGENTE DE PREVENÇÃO Escola: Nome do Professor: SÉRIE(S) N° TOTAL DE ALUNOS DA TURMA N° DE ALUNOS N° DE ALUNOS QUE PARTICIPARAM DAS 3 OFICINAS 1ª oficina 2ª oficina 3ª oficina 1º A 2º B 2º C 3º A Total
  21. 21. OFICINAS VALE SONHAROFICINAS VALE SONHAR AGENTE DE PREVENÇÃO Escola: Nome do Professor: SÉRIE(S) N° TOTAL DE ALUNOS DA TURMA N° DE ALUNOS N° DE ALUNOS QUE PARTICIPARAM DAS 3 OFICINAS 1ª oficina 2ª oficina 3ª oficina 1º A 29 15 20 27 13 2º B 28 25 27 18 17 2º C 32 31 32 31 27 3º A 33 33 33 33 33 Total 119 104 112 109 90 • ENTREGAR ATÉ 25/10/2013
  22. 22. ANO ESCOLAS PARTICIPANTES 2008 37 2009 37 2010 43 2011 44 2012 42 VI – Oficinas: ANO TOTAL 2008 4687 2009 4307 2010 4732 2011 5072 2012 4944 VII - Alunos beneficiados:
  23. 23. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADOREIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE BRAGANÇA PAULISTA AGRADECEMOS SUA PRESENÇA! PCNP MARIA TERESA biologiaderbp@hotmail.com F: 4034 7749 E JOÃO 23/08/2013 “O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.” Eleanor Roosevelt

×