Supervisora rosana

642 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
642
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
267
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Supervisora rosana

  1. 1. ORIENTAÇÃO TÉCNICAPROFESSORES COORDENADORES 12 e 13/06 de 2012
  2. 2. Verificação da aprendizagem: verificação das habilidades - organização de avaliação pela UE utilizando os exercícios encaminhados pela DEPlanilhas de monitoramento:• Modelos permanecem• Alterar as habilidades – somente as trabalhadas• Relatório de monitoramento: não será solicitado neste mês
  3. 3. Análise dos dados das planilhas: Maioria das U.Es:• Alunos: poucos desenvolveram as habilidades – Matemática e L. Portuguesa. (1ª e 2ª avaliação) – conversar /alunos.• Continuidade das atividades para desenvolver essas habilidades.• Apoio dos demais componentes curriculares.• Acompanhamento do Professor Coordenador em sala de aula.
  4. 4. Sala de aula:• Organização da sala (limpeza, disposição das carteiras, iluminação, ventilação, material de apoio para aprendizagem);• Plano de aula do professor;• Retomada da aula anterior;• Organização do professor ao desenvolver a aula / Forma que o professor explica / Recursos utilizados;• Movimentação do professor / Verificação do caderno do aluno pelo professor;• Exercícios/problemas sobre o trabalhado desenvolvido em aula
  5. 5. HTPCs:Todos os professores:• Análise dos dados das planilhas / gráfico• Cartaz: Habilidades dos componentes curriculares• Apoio para L. Portuguesa e Matemática - discussão e ação• Levantamento dos conteúdos mais importantes ( mapa de relevância).
  6. 6. Lembrete:Sequência Didática: é um conjunto de aulas planejadas para ensinar um determinado conteúdo. Sua duração varia de dias a semanas. O princípio da sequência didática é dar ao aluno desafios cada vez maiores para que ele desenvolva habilidades cada vez mais complexas. As aulas devem ter várias atividades, jogos, questionamentos,situações problemas, aumentando gradativamente a complexidade dos desafios propostos.
  7. 7. Atenção para alguns procedimentos em sala de aula:1-CONTEXTUALIZAÇÃO DO TEMA ESTUDADO e SIGNIFICAÇÃO NO QUE SE BUSCA APRENDER Contextualização:Significa introduzir, inserir um certo tema no tempo e espaço. Os saberes escolares são mais facilmente arquivados pelo aluno quando os fatos que estuda estão relacionados as questões sociais, culturais, políticas e econômicas.
  8. 8. São mais facilmente compreendidos quando seassociam ao futebol que joga, à novela a queassiste ou aos desafios que, no pátio da escola,todo dia enfrenta, ao cotidiano. Porém, a contextualização não se limita a estarligado à vida do aluno e pode estar relacionadoa própria disciplina. Pode-se colocar o objeto deestudo dentro de um universo que ele façasentido. Ex: o estudo sobre o DNA passa a serobjeto de estudo dentro do conteúdo de divisãocelular.
  9. 9. Portanto, é importante o educandoreconhecer as possibilidades deassociação do conteúdo com contextoslocais para que haja significado imediatodaquilo que ele estuda em sala de aula.O conteúdo aproximando-se da cultura,da região, de quem aprende dásignificado ao que se aprende. É o ensinoque se reveste da identidade de seualuno.
  10. 10. Cabe ao professor construir para os alunos as significações nos conteúdos que transmite, associando ou ajudando os estudantes a associarem os temas escolares a fatos ou ocorrências do cotidiano.2-QUALIDADE DAS ANOTAÇÕES FEITAS EM AULA: Para boas anotações, é bom criar mapas conceituais ou uma linha de sequência de conteúdos que o aluno perceba o todo e não o conteúdo fragmentado.
  11. 11. 3-ALTERNÂNCIAS QUANTO AO TIPO DE LINGUAGEM UTILIZADA (VISUAL, AUDITIVA E CINESTÉSICA) É inteiramente válido o professor passar os conteúdos para linguagens diferentes, estimulando o estudante, quando possível, a ler, escrever, falar, cantar, desenhar, colar, fazer mímicas, construir paródias, buscar metáforas ou fazer fábulas, representar.4-CRIAR DÚVIDAS O questionamento deve fazer parte da aula
  12. 12. 5 – RECURSOS MNEMÔNICOS: auxiliar de memória. São, tipicamente, verbais, e utilizados para memorizar listas ou fórmulas, e baseiam- se em formas simples de memorizar maiores construções, baseados no princípio de que a mente humana tem mais facilidade de memorizar dados quando estes são associados a informação pessoal, espacial ou de carácter relativamente importante, do que dados organizados de forma não sugestiva (para o indivíduo) ou sem significado aparente. Porém, estas sequências têm que fazer algum sentido, ou serão igualmente difíceis de memorizar.
  13. 13. • Wikipédia• Celso Antunes- http://www.educacional.com.br• http://www.educacaopublica.rj.gov.br/bibliotec• Revista Nova Escola, edição 188, 12/2005
  14. 14. • Outro exemplo: Prometa telefonar, Ana - para gravarmos na memória etapas da mitose biológica (prófase, telófase e anáfase).
  15. 15. Atenção para a Circular nº 23, de 06/06/2012:1- Republicação de Documento de Recuperação - anexo2- Relatar boas práticas educacionais (ver detalhes na circular) e encaminhar material até 22/06/2012, por e-mail acquaex@ig.com.br ou handy.ana@hotmail.com ou na caixinha da Supervisora Rosana.

×