Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pontuação

97 views

Published on

Vírgula, Ponto-e-vírgula, Dois pontos, Reticências

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Pontuação

  1. 1. PONTUAÇÃO Vírgula Ponto-e-vírgula Dois pontos Reticências
  2. 2. Como surgiram os principais sinais de pontuação? Até o século IV os textos eram escritos sem pontuação. Tinham que ser interpretados e não era fácil. No Oráculo de Delfos (séc. VII a.C.), um dos lugares da Antiguidade em que se faziam profecias consideradas divinas, ainda está escrito (em grego): “Ides voltarás não morrerás na guerra”. O problema é que, por falta de acentuação, o otimismo acabava iludindo os guerreiros...
  3. 3. Os primeiros sinais de pontuação surgiram no início do Império Bizantino (330 a 1453). Mas sua função era diferente das atuais. O ponto final era usado para separar as palavras. Os espaços entre elas surgiram no séc. VII, na Europa. Os italianos inventaram a vírgula e ponto-e-vírgula, no século XV! Os dois pontos surgiram no séc. XVI e a aspa no XVII!! Muito louco!
  4. 4. VÍRGULA ISSO SÓ, ELE RESOLVE. ISSO SÓ ELE RESOLVE. ACEITO, OBRIGADA. ACEITO OBRIGADA. NÃO QUEREMOS SABER NÃO, QUEREMOS SABER.
  5. 5. A VÍRGULA ENTRE OS TERMOS DA ORAÇÃO 1. Para separar os núcleos de um termo: Carol, Carol e Carol ficaram na sala até o fim. sujeito Carol já morou em Itamaraju, Jucuruçu e Pirajá. adj. adverbial
  6. 6. Assunta! • Dois núcleos de um termo ligados por e, ou ou nem não ficam separados por vírgula: Carol já morou em Itamaraju, Jucuruçu e Pirajá. • Se, no entanto, essas conjunções se repetem, a vírgula é opcional: Ele terá que abandonar algo: ou o trabalho ou os amigos ou os estudos. Ele terá que abandonar algo: ou o trabalho, ou os amigos, ou os estudos.
  7. 7. 2. Para isolar o aposto Rubem Braga, o maior cronista brasileiro, nasceu no Espírito Santo. aposto As duas mulheres, Suzy e Eurídice, eram primas. aposto
  8. 8. 3. Para isolar o vocativo Eu não ofendia o Senhor, seu canoeiro! vocativo Você ainda não sabe, menina tagarela, que a vida é uma árdua batalha. vocativo
  9. 9. 4. Para isolar adjuntos adverbiais deslocados Os advogados analisaram o documento com muito cuidado. Com muito cuidado, os advogados analisaram o documento. Obs.: quando o adjunto adverbial for de uma palavra, não é necessário o uso da vírgula.
  10. 10. 5. Indicar elipse do verbo A igreja era grande e pobre. Os altares, humildes. (elipse da forma verbal eram). O estadista pensa na próxima geração, o político, na próxima eleição. (elipse da forma verbal pensa).
  11. 11. 6. Para isolar determinadas expressões explicativas Os bombeiros salvaram toda a família, isto é, o casal e os dois filhos. Voltaremos a conversar na quinta-feira, ou melhor, na sexta. a saber, digo, quer dizer, aliás, além disso, com efeito, por exemplo.
  12. 12. CASOS EM QUE A VÍRGULA É PROIBIDA 1. Entre sujeito e predicado 2. Entre verbo e o objeto (direto ou indireto) 3. Entre nome e seus adjuntos adnominais 4. Entre o nome e seu complemento nominal
  13. 13. A VÍRGULA ENTRE ORAÇÕES • OBRIGATÓRIA: – Oração coordenada, Oração coordenada Pegou um livro, procurou uma página, fez algumas anotações. Obs: quando as orações estiverem ligadas por E, fica PROIBIDO o uso da vírgula quando o sujeito é o mesmo e OPCIONAL quando o sujeito é diferente e o uso do E for repetido: Os técnicos virão aqui amanhã e o problema será resolvido. Os técnicos virão aqui amanhã e consertarão o equipamento. Os vendedores gesticulavam e falavam e gritavam.
  14. 14. – Oração subordinada, Oração principal Embora a economia esteja melhor, o abismo social continua imenso. Obs.: quando a oração adverbial vier depois da principal, a vírgula é opcional. O preço do petróleo subiu muito como previam os analistas.
  15. 15. – Oração principal, Oração subordinada adjetiva explicativa Ele sonha visitar a Grécia, que é o berço da civilização ocidental. Nossa cidade, cujo prefeito é incompetente, está muito desorganizada.
  16. 16. • PROIBIDA – Oração principal ( ) Oração subordinada substantiva Ninguém desconhece que a situação da empresa é difícil. obs.: quando a oração substantiva antecede a principal, o uso é OBRIGATÓRIO.
  17. 17. – Oração principal ( ) Oração subordinada adjetiva restritiva. Na época das chuvas, os rios que cortam a região inundam as pastagens.
  18. 18. PONTO-E-VÍRGULA UTILIZADO EM: 1. Entre orações coordenadas que já apresentam vírgula: Começa a esboçar, com os pontos soltos de alguns sons, a curva de uma frase musical; mas logo se detém, e volta, e se perde numa incoerência monótona.
  19. 19. 2. Entre orações coordenadas longas: Os velhos cronistas são unânimes em dizer que a certeza de que o marido ia colocar-se nobremente ao lado do alienista consolou grandemente a esposa do boticário; e notam com muita perspicácia o imenso poder moral de uma ilusão (...).
  20. 20. 3. Entre itens de leis, decretos, regulamentos etc. Art. 153. Compete à União instituir impostos sobre: I. Importação de produtos estrangeiros; II. Exportação de produtos estrangeiros; III. Renda e proventos de qualquer natureza [...]
  21. 21. DOIS-PONTOS 1. Iniciar numeração No Natal cabem muitas festas: religiosa, familiar... 2. Introduzir a fala de uma pessoa E ele disse: - Sou lá homem de quebrar promessa? 3. Esclarecer ou concluir algo já explicitado Já disse e não vou repetir: você é idiota.
  22. 22. RETICÊNCIAS 1. Indicar indecisão, surpresa ou dúvida na fala de uma pessoa 2. Indicar, num diálogo, a interrupção de uma fala 3. Sugerir ao leitor que complete um raciocínio 4. Indicar a exclusão de trechos de um texto

×