Seminário “Integração regional e desenvolvimento local: O papel do Mercosul no desenvolvimento dos entes subnacionais bras...
ESTADO DO PARANÁ – BRASIL Localização Fonte: www.defesabr.com
ESTADO DO PARANÁ - BRASIL Localização : Região Sul Limites : Norte: São Paulo (SP) e Mato Grosso do Sul (MS) Sul: Santa Ca...
Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte:  www.codesul.com. br
Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte:  www.codesul.com. br O que é: - Um Sistema-Conselho de Desen...
Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte:  www.codesul.com. br - As reuniões do Conselho têm a partici...
Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte:  www.codesul.com. br História: - Em 15 de junho de 1961, os ...
Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte:  www.codesul.com. br - Coube ao CODESUL promover o levantame...
Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Estrutura: Presidência e Secretaria-Executiva do CODESUL (2008)  – ...
Comisión Regional de Comercio Exterior del Noroeste Argentino - NEA (CRECENEA) Fonte:  www. crecenea . org .ar
Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte:  www. crecenea . org .ar - La Comisión Regional de Comerc...
Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte:  www. crecenea . org .ar CRECENEA - Paraguai: - Un import...
Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte:  www. crecenea . org .ar CRECENEA - CODESUL: - En febrero...
Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte:  www. crecenea . org .ar - La idea es el trabajo colectiv...
Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte:  www. crecenea . org .ar Estrutura: Presidente:  - Sr. Go...
Benefícios da Cooperação Descentralizada <ul><li>Melhorar os serviços públicos, graças ao intercâmbio de experiências e ao...
Ata de Porto Alegre <ul><li>Governadores do CODESUL e CRECENEA manifestaram, no dia 29 de fevereiro de 2008, durante reuni...
Ata de Porto Alegre <ul><li>ratificar a necessidade de preservação ambiental em todos os projetos produtivos e de infra-es...
Ata de Porto Alegre <ul><li>promover a presença institucional e empresarial dos Estados e Províncias da região nas feiras ...
Eixo de Capricórnio Fonte: www.iirsa.org
Eixo de Capricórnio - Área
Área: CODESUL:  933.534 Km 2 CRECENEA:  501.487 Km 2 Eixo de Capricórnio:  2.069.588 Km 2 Eixo de Capricórnio - Área
Eixo de Capricórnio - População
População: CODESUL:  4.296.347 hab CRECENEA:  2.811.167 hab Eixo de Capricórnio:  7.486.910 hab Eixo de Capricórnio - Popu...
Caracterización económica del AI del Eje de Capricornio   Actividades Dominantes Las actividades dominantes de las cuatro ...
CODESUL Províncias estão começando a se organizar para formar uma entidade regional de desenvolvimento.
Protocolos de Intenções entre o Paraná e Províncias argentinas   Partes envolvidas   Atividades / situação   Governos do E...
<ul><li>Grupo de Cooperação “4 Motores para o Mercosul” </li></ul><ul><li>O “Quatro Motores para o Mercosul” é baseado na ...
<ul><li>Protocolo de Intenções para formalização da rede latino-americana </li></ul><ul><li>I nstitui o grupo de cooperaçã...
Contatos Santiago Martín Gallo, Secretário do CODESUL/PR e Coordenador paranaense do grupo “4 Motores para o Mercosul” Tel...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

palestra

722 views

Published on

Published in: Business, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
722
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

palestra

  1. 1. Seminário “Integração regional e desenvolvimento local: O papel do Mercosul no desenvolvimento dos entes subnacionais brasileiros” Mesa I – A participação de atores subnacionais em processos de integração regional: experiências sul-americanas e européias” A experiência de cooperação regional fronteiriça entre CODESUL e CRECENEA-Litoral Dia 27 de novembro de 2008, Salvador/BA
  2. 2. ESTADO DO PARANÁ – BRASIL Localização Fonte: www.defesabr.com
  3. 3. ESTADO DO PARANÁ - BRASIL Localização : Região Sul Limites : Norte: São Paulo (SP) e Mato Grosso do Sul (MS) Sul: Santa Catarina (SC) Leste: Oceano Atlântico Oeste: Paraguai e Argentina Capital : Curitiba Municípios : 399
  4. 4. Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte: www.codesul.com. br
  5. 5. Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte: www.codesul.com. br O que é: - Um Sistema-Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (CODESUL-BRDE), que foi criado, em 1961, através de um convênio entre os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em 1992 o estado do Mato Grosso do Sul passou a integrar o Conselho. - Objetivo de encontrar alternativas aos desequilíbrios regionais, com concentração do crescimento no centro do País, o CODESUL constitui-se num foro privilegiado à coordenação e à potencialização em torno de questões comuns aos estados-membros, em especial aquelas relativas ao desenvolvimento econômico e social e à integração ao Mercosul. Gestão : - O exercício da Presidência do Conselho, que tem gestão anual, é alternado entre os governadores dos quatro estados-membros. A estrutura administrativa é composta por um Secretário Executivo, nomeado pelo Governador-Presidente, e por quatro Secretários Assistentes, além de corpo técnico e administrativo.
  6. 6. Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte: www.codesul.com. br - As reuniões do Conselho têm a participação do Diretor-Presidente do BRDE. Como órgãos vinculados, compõem o CODESUL Comissões Permanentes e Comissões Técnicas, que trabalham em áreas onde há potencial de integração regional. Rede: - Desenvolvem-se, ainda, negociações com a Conferência das Regiões Periféricas e Marítimas da Europa (CRPM), a Xunta da Galícia, Comissão Regional de Comércio Exterior do Nordeste Argentino - Litoral (CRECENEA - Litoral), e o Governo de Québec/Canadá com o objetivo de fortalecer a cooperação com essas entidades.
  7. 7. Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte: www.codesul.com. br História: - Em 15 de junho de 1961, os governadores dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná assinaram convênio criando o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo-Sul (BRDE) e o Conselho Regional de Desenvolvimento do Extremo-Sul (CODESUL), com o objetivo de buscar soluções aos históricos problemas de desequilíbrio regional no País. Em 1992, o estado do Mato Grosso do Sul foi incorporado ao CODESUL, o que fortaleceu a integração e a reivindicação conjunta dos estados mais expostos a um tratamento desigual. - A criação do CODESUL visou impulsionar a economia do Extremo-Sul, excluída do processo de industrialização em curso no país, acentuadamente no Sudeste brasileiro. Tradicionalmente, os estados do Sul recebem investimentos em volume menor do que as riquezas geradas por suas atividades econômicas, em decorrência de repasse desequilibrado dos recursos federais.
  8. 8. Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Fonte: www.codesul.com. br - Coube ao CODESUL promover o levantamento das necessidades da região, entrosando os planejamentos estaduais, regionais e o nacional. - O CODESUL desenvolve, também, relações internacionais, objetivando a integração e o intercâmbio em áreas de mútuo interesse. Com o Mercosul, por exemplo, busca articular uma série de projetos que garantam a inserção competitiva da Região Sul nesse Mercado, em segmentos econômicos como agricultura, indústria, comércio e serviços, infra-estrutura, turismo e tecnologia.
  9. 9. Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (CODESUL) Estrutura: Presidência e Secretaria-Executiva do CODESUL (2008) – Estado do Mato Grosso do Sul (MS) - Presidente: Governador André Puccinelli - Secretária-Executiva: Lidia Ribas CODESUL/PR: - Vice-Presidente: Governador Roberto Requião de Mello e Silva - Secretário-Assistente: Santiago Martín Gallo CODESUL/RS: - Vice-Presidente: Governadora Yeda Rorato Crusius - Secretária-Assistente: Eliana Cunha CODESUL/SC: - Vice-Presidente: Governador Luiz Henrique da Silveira - Secretário-Assistente: Amauri Cantú
  10. 10. Comisión Regional de Comercio Exterior del Noroeste Argentino - NEA (CRECENEA) Fonte: www. crecenea . org .ar
  11. 11. Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte: www. crecenea . org .ar - La Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) fue creada de común acuerdo entre las provincias de Chaco, Corrientes, Entre Ríos, Formosa, Misiones y Santa Fe, con el fin de impulsar la integración del noreste argentino (NEA) con los estados fronterizos vecinos.En los primeros años de la historia de la CRECENEA - LITORAL se realizaron múltiples encuentros, reuniones y gestiones que se fueron desarrollando hasta culminar en la propuesta y concreción, en 1988, del Protocolo Regional Fronterizo N° 23 del Programa de Integración y Cooperación Económica entre Argentina y Brasil - Desde allí, la CRECENEA - LITORAL ha integrado su problemática con la de los poderosos estados del sur de Brasil (nucleados en el CODESUL, el Consejo de Desenvolvimiento del Sul, elaborando planes de trabajo conjuntos, a la vez que conforma el principal bloque subregional dentro del MERCOSUR y es el único pacto subregional de America del Sur.
  12. 12. Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte: www. crecenea . org .ar CRECENEA - Paraguai: - Un importante instrumento para impulsar la integración subregional con Paraguay fue la firma en Asunción, el 28 de noviembre de 1989, entre el Gobierno de la República Argentina y el de la República del Paraguay, del Acuerdo de Complementación Económica e Integración Subregional y Fronteriza, relativo al establecimiento de Centros Binacionales de Control Unico de Fronteras, a fin de facilitar el tránsito de personas, mercaderías y vehículos. - El 30 de julio de 1990 se firmó en Asunción, entre ambos Gobiernos, el Protocolo Adicional al Acuerdo de Complementación Económica e Integración Subregional y Fronteriza sobre el Control Único en Frontera en el Puente San Roque González de Santa Cruz. Dicho Protocolo tiene por objeto la creación de áreas de control unificado del ingreso y egreso en ambos territorios de personas, mercaderías y vehículos de transporte de personas y de cargas, con las siguientes características: - Cabecera argentina: Control de turismo y tránsito vecinal fronterizo - Cabecera paraguaya: Control de cargas y pesos y dimensiones de los vehículos que las transportan.
  13. 13. Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte: www. crecenea . org .ar CRECENEA - CODESUL: - En febrero de 1995, los presidentes de Argentina y Brasil reconocieron a la CRECENEA - CODESUL como instrumento regional apropiado para la integración. Este reconocimiento dio el sustento necesario para la realización de distintas reuniones de gobernadores, las que culminaron en junio de ese mismo año con la formación del Foro Permanente de Gobernadores del CRECENEA - CODESUL, y se constituyeron Grupos de Integración Temática (GIT). - En junio de 1996, en el marco del Protocolo Regional Fronterizo Nº 23, reunidos los gobernadores de los estados brasileños de Mato Grosso do Sul, Paraná, Río Grande Do Sul y Santa Catarina (CODESUL) y de las provincias argentinas de Chaco, Corrientes, Entre Ríos, Formosa, Misiones y Santa Fe (CRECENEA), solicitaron al Gobierno Nacional la incorporación dentro de dicho protocolo a las Repúblicas del Paraguay y del Uruguay, invitando a los gobernadores del CODESUL a adherir a esta iniciativa. También se previó la incorporación al Tratado de Asunción de un nuevo Subgrupo Regional Fronterizo integrado por las provincias del NEA LITORAL “para el tratamiento de la problemática regional fronteriza&quot;, propiciando, además, la constitución de un Foro de diputados y senadores de CRECENEA LITORAL a efectos de armonizar acciones legislativas en todas las áreas.
  14. 14. Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte: www. crecenea . org .ar - La idea es el trabajo colectivo del análisis y las propuestas que se consideren en cada encuentro, en los respectivos GIT. Las temáticas a desarrollar son: Infraestructura, Salud, Cultura, Educación, Turismo, Aspectos Fronterizos, Medio Ambiente, Ciencia y Tecnología, Consejos y Asociaciones Profesionales, Cooperación Técnica y Seguridad. CRECENEA - Galicia: - A partir de la firma del Acta de Murcia se formalizó el trabajo de integración de la CRECENEA, que desde 1998 se había llevado a cabo con la Xunta de Galicia y la Conferencia de regiones periféricas y marítimas (CRPM) de la Unión Europea. Esto da cuenta de la multiplicidad de los procesos de integración subregional de los que forman parte los estados provinciales, que adquieren en estos casos carácter internacional y sirven para el desarrollo del comercio exterior de la región, las inversiones fronterizas conjuntas y el impulso de obras de infraestructura estratégicas para el desarrollo regional.
  15. 15. Comisión Regional de Comercio Exterior del NEA (CRECENEA) Fonte: www. crecenea . org .ar Estrutura: Presidente: - Sr. Gobernador de la Provincia de Formosa, D. Gildo Insfrán Vice-Presidentes: - Sr. Gobernador de la Provincia de Chaco, D. Jorge Milton Capitanich - Sr.Gobernador de la Provincia de Corrientes, D. Arturo Alejandro Colombi - Sr.Gobernador de la Provincia de Entre Ríos, D. Sergio Daniel Uribarri - Sr.Gobernador de la Provincia de Misiones, D. Maurice Fabián Closs - Sr. Gobernador de la Provincia de Santa Fe, D. Hermes Juan Binner
  16. 16. Benefícios da Cooperação Descentralizada <ul><li>Melhorar os serviços públicos, graças ao intercâmbio de experiências e ao acesso a melhores técnicas desenvolvidas em outros países; </li></ul><ul><li>Capacitar o corpo técnico-administrativo e os ocupantes e cargos efetivos; </li></ul><ul><li>Acessar outras fontes de financiamento e de cooperação técnica; </li></ul><ul><li>Estabelecer novos vínculos institucionais; </li></ul><ul><li>Promover a tolerância e o entendimento inter-cultural; </li></ul><ul><li>Fortalecer a coesão social localmente; </li></ul><ul><li>Fomentar o desenvolvimento econômico, o comércio, a atração de investimentos e turismo; </li></ul><ul><li>Dotar o Estado / Região de visibilidade internacional e fortalecer sua capacidade negociadora. </li></ul>
  17. 17. Ata de Porto Alegre <ul><li>Governadores do CODESUL e CRECENEA manifestaram, no dia 29 de fevereiro de 2008, durante reunião em Porto Alegre/RS, a reaproximação e estreitamento das relações; </li></ul><ul><li>Declaram: </li></ul><ul><li>reafirmar a vontade política dos Governadores de sustentar e fortalecer o espaço de integração regional do CODESUL e da CRECENEA-Litoral ; </li></ul><ul><li>impulsionar as obras de infra-estrutura para a integração física e energética da região, tendo em vista a promoção do desenvolvimento econômico e social dos nossos povos ; </li></ul><ul><li>efetuar gestões perante os Governos Federais do Brasil e da Argentina para a execução das obras necessárias para a normal e definitiva operação dos portos da Hidrovia Paraná- Paraguay e assegurar sua plena navegabilidade em toda a sua extensão, tendo em vista que esta hidrovia se constitui em eixo vertebral do Mercosul e em via estratégica para o comércio regional . </li></ul>
  18. 18. Ata de Porto Alegre <ul><li>ratificar a necessidade de preservação ambiental em todos os projetos produtivos e de infra-estrutura que se realizem na região, com especial cuidado para a preservação do Aqüífero Guarani, como reserva estratégica de água doce do Mercosul ; </li></ul><ul><li>acordar um processo de integração cultural e turística entre os Estados e Províncias da região, desenvolvendo os vínculos permanentes que contribuam para o fortalecimento do espírito de fraternidade e de solidariedade entre os povos ; </li></ul>
  19. 19. Ata de Porto Alegre <ul><li>promover a presença institucional e empresarial dos Estados e Províncias da região nas feiras e exposições que sejam de interesse de cada Estado ou Província, estabelecendo os mecanismos de participação mediante missões comerciais, rodadas de negócios e atividades de intercâmbio voltadas para a plena integração econômica ; </li></ul><ul><li>promover o estudo e o desenvolvimento de cadeias produtivas comuns nos Estados e Províncias da região, aproveitando suas capacidades intrínsecas e promovendo a inovação e o intercâmbio científico e tecnológico, com o objetivo de melhorar a competitividade, a produtividade e a inserção dos segmentos produtivos locais nos mercados globais . </li></ul>
  20. 20. Eixo de Capricórnio Fonte: www.iirsa.org
  21. 21. Eixo de Capricórnio - Área
  22. 22. Área: CODESUL: 933.534 Km 2 CRECENEA: 501.487 Km 2 Eixo de Capricórnio: 2.069.588 Km 2 Eixo de Capricórnio - Área
  23. 23. Eixo de Capricórnio - População
  24. 24. População: CODESUL: 4.296.347 hab CRECENEA: 2.811.167 hab Eixo de Capricórnio: 7.486.910 hab Eixo de Capricórnio - População
  25. 25. Caracterización económica del AI del Eje de Capricornio   Actividades Dominantes Las actividades dominantes de las cuatro regiones en que se ha dividido el Eje se resumen de la siguiente manera:   - Región Litoral Atlántico (CODESUL): soja, arroz, tabaco, ganadería, avicultura y suinocultura, turismo, industria textil, química, metalúrgica, metalmecánica, automotriz y materiales de transporte.   - Región Noreste RNE (Misiones, Corrientes, Formosa, Chaco, Santa Fé e Entre Rios junto con la región Oriental del Paraguay): energía hidroeléctrica, soja, algodón, ganadería, madera y productos forestales, tabaco, caña de azúcar, té, yerba mate, cítricos.  
  26. 26. CODESUL Províncias estão começando a se organizar para formar uma entidade regional de desenvolvimento.
  27. 27. Protocolos de Intenções entre o Paraná e Províncias argentinas   Partes envolvidas   Atividades / situação   Governos do Estado do Paraná e das Províncias de Tucumán e Santa Fé Dia 05 de maio de 2008 : assinatura de Protocolo de Intenções entre os Governos do Estado do Paraná e da Província de Tucumán, a fim de desenvolver atividades de cooperação nas áreas (a) políticas públicas; (b) ensino superior; (c) ciência e tecnologia; (d) cultura; (e) turismo; (f) meio ambiente; e (g) comércio. Dia 20 de outubro de 2008 : assinatura de Protocolo de Intenções entre os Governos do Estado do Paraná e da Província de Santa Fé, seguindo o modelo de Tucumán. Governos do Estado do Paraná e da Província de Santiago del Estero De 08 a 12 de julho de 2008 : realização de missão precursora da Província ao Estado, para identificação de possibilidades de cooperação. 15 de Dezembro de 2008 : assinatura de Protocolo de Intenções durante a IV Reunião do Pleno de Governadores e Prefeitos do Foro Consultivo de Municípios, Estados Federados, Províncias e Departamentos do Mercosul (FCCR), a realizar-se na Bahia. Governos do Estado do Paraná e da Província de Salta 15 de Dezembro de 2008 : assinatura de Protocolo de Intenções durante a IV Reunião do Pleno de Governadores e Prefeitos do Foro Consultivo de Municípios, Estados Federados, Províncias e Departamentos do Mercosul (FCCR), a realizar-se na Bahia.
  28. 28. <ul><li>Grupo de Cooperação “4 Motores para o Mercosul” </li></ul><ul><li>O “Quatro Motores para o Mercosul” é baseado na bem-sucedida experiência européia, a fim de estabelecer uma rede latino-americana, para intercâmbio de experiências transfronteiriças; </li></ul><ul><li>A associação “ Quatre Moteurs pour l´Europe ” foi criada em 1988, e é composta pelas regiões de Baden-Württemberg, Rhône-Alpes, Lombardia e Catalunha, e tem como objetivo inicial o desempenho de um papel importante na construção européia, para preparo de um mercado comum; </li></ul><ul><li>A rede latino-americana é formada pelos Estados do CODESUL (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), pela Província de Córdoba (Argentina) e pelos Departamentos do Alto Paraná (Paraguai) e Rivera (Uruguai). </li></ul><ul><li>17 de novembro de 2008, em Curitiba: assinatura de Protocolo de Intenções formalizando a rede latino-americana. </li></ul>
  29. 29. <ul><li>Protocolo de Intenções para formalização da rede latino-americana </li></ul><ul><li>I nstitui o grupo de cooperação entre o Estado do Paraná, Província de Córdoba (Argentina), e os Departamentos de Alto Paraná (Paraguai) e Rivera (Uruguai) a denominar-se “Quatro Motores para o MERCOSUL”. </li></ul><ul><li>Manifestam seu propósito de negociar, com as regiões européias de Rhône-Alpes, Catalunha, Lombardia e Bade-Württemberg, o estabelecimento de um mecanismo de associação e cooperação entre o “Quatro Motores para o MERCOSUL” – 4MM, e o “Quatro Motores para a Europa” – 4ME. </li></ul><ul><li>Esta associação 4MM / 4ME será oficializada em maio de 2009, durante as comemorações do Ano da França no Brasil. </li></ul><ul><li>A Secretaria-Executiva paranaense do grupo “4 Motores” é coordenada pelo Conselho de Desenvolvimento e Integração sul (CODESUL/PR). </li></ul>
  30. 30. Contatos Santiago Martín Gallo, Secretário do CODESUL/PR e Coordenador paranaense do grupo “4 Motores para o Mercosul” Tel.: (55 41) 9973-6098 E-mail: [email_address] Equipe técnica Carolina Weber Licht, Assessora ( [email_address] br / Tel.: 55 41 3219-8141) Viviane Eloy Sangiorgi, Assessora ( [email_address] br / Tel.: 55 41 3219-8131) Edison Luiz da Silva, Assessor Administrativo ( [email_address] br / Tel.: 55 41 3219-8142)

×