Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Período ImperialPeríodo Imperial
Professora: Diana Figueiredo
3º Bimestre
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
A construção do Estado Imperial
Após a independência surgem as ...
As Revoltas ColoniaisAs Revoltas Coloniais
As Revoltas ColoniaisAs Revoltas Coloniais
Guerra de Cisplatina (1825-1828)
Confederação do Equador(1824)
Cabanagem (18...
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
A causas da crise no governo de D. Pedro
 O autoritarismo de D. ...
Período regencial (1831-1840)Período regencial (1831-1840)
 Regência Trina (1831-1835):
Instituiu a Guarda Nacional,
uma ...
Período Regencial (1831-1840)Período Regencial (1831-1840)
Um período marcado pela instabilidade política e a
disputa entr...
Período Regencial (1831-1840)Período Regencial (1831-1840)
Fim do Período
Regencial e início da
Segundo Reinado
 O Golpe...
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
O governo de D. Pedro II, que durou 49 anos, foi
marcada por muitas...
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
O fim da escravidão:
- Lei Eusébio de
Queirós (1850)
- Lei do Vent...
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
Causas da crise do Segundo Reinado:
 A interferência de D. Pedro ...
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
 Fim do Segundo Reinado e
inicio da República
 Em 15 de novembro ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Período Imperial - História do Brasil

7,221 views

Published on

Slides direcionados a alunos do Ensino Fundamental

Published in: Education
  • Be the first to comment

Período Imperial - História do Brasil

  1. 1. Período ImperialPeríodo Imperial Professora: Diana Figueiredo 3º Bimestre
  2. 2. Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831) A construção do Estado Imperial Após a independência surgem as questões: Quem governaria o país? Quais seriam os direitos dos cidadãos? Como seriam as leis? E quem as elaboraria? A constituição de 1824 Imposta por D. Pedro I, ela durou 65 anos e estabelecia a divisão dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.
  3. 3. As Revoltas ColoniaisAs Revoltas Coloniais
  4. 4. As Revoltas ColoniaisAs Revoltas Coloniais Guerra de Cisplatina (1825-1828) Confederação do Equador(1824) Cabanagem (1835-1840) Balaiada (1838-1841) Sabinada(1837-1838) Revolução Farroupilha (1835-1845) Revolta dos Malês (1835)
  5. 5. Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831) A causas da crise no governo de D. Pedro  O autoritarismo de D. Pedro causava descontentamento por parte da elite política.  A derrota na Guerra de Cisplatina só gerou prejuízos financeiros e sofrimento aos soldados e suas famílias.  As revoltas e movimentos sociais de oposição ao governo imperial.  A morte de seu pai D. João VI- a questão sucessória A abdicação de D. Pedro I  Em 07 d abril de 1831, D. Pedro I abdicou em favor de seu filho Pedro de Alcântara, então com 5 anos.
  6. 6. Período regencial (1831-1840)Período regencial (1831-1840)  Regência Trina (1831-1835): Instituiu a Guarda Nacional, uma milícia controlada pela elite local para conter as revoltas populares;  Regência Una de Feijó(1835- 1837): devido as intensas revoltas que ocorriam no país e a falta de apoio político renunciou ao cargo dois anos depois;  Regência Una de Araújo (1837-1840): um fazendeiro indicado por Feijó extremamente conservador, o que gerou mais conflitos com os Liberais conservadores.
  7. 7. Período Regencial (1831-1840)Período Regencial (1831-1840) Um período marcado pela instabilidade política e a disputa entre dois partidos: os Liberais moderados e Liberais exaltados.  Liberais moderados: eram a maioria dos deputados e senadores e a favor do Unitarismo.  Liberais exaltados: defendiam uma grande descentralização do poder. Eram federalistas. Defendiam ideias políticas democráticas radicais: sufrágio universal, abolição da escravidão e direito de cidadania para todos.
  8. 8. Período Regencial (1831-1840)Período Regencial (1831-1840) Fim do Período Regencial e início da Segundo Reinado  O Golpe da Maioridade: Os liberais conservadores buscavam uma forma de centralizar o poder, a única saída era a volta do Imperador, para isso, mudaram a constituição. D. Pedro II com apenas 14 anos foi proclamado imperador.
  9. 9. Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889) O governo de D. Pedro II, que durou 49 anos, foi marcada por muitas mudanças sociais, política e econômica no Brasil.  Ciclo do café: com o crescimento da venda deste produto ocorreu o investimento na indústria brasileira.  A imigração: muitos imigrantes europeus vieram trabalhar na lavoura de café em substituição a mão-de- obra escrava. Trabalhavam inicialmente no sistema de parceria que fracassou, e que foi substituído pelo sistema de colonato.  A questão Abolicionista: ocorreu uma pressão por parte principalmente da Inglaterra para o fim da escravidão.
  10. 10. Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889) O fim da escravidão: - Lei Eusébio de Queirós (1850) - Lei do Ventre Livre (1871) - Lei do Sexagenário (1885) - Lei Áurea (18 de maio de 1888)
  11. 11. Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889) Causas da crise do Segundo Reinado:  A interferência de D. Pedro II nas questões religiosas;  A Guerra do Paraguai (1865-1870);  A questão abolicionista- provocou um desgaste entre os proprietários de escravos e os abolicionistas;  O descontentamento do Exercito brasileiro com a corrupção e a falta de prestígio após a Guerra do Paraguai;  A classe média deseja mais liberdade e maior participação política do país;  Falta de apoio dos proprietários rurais, principalmente os cafeicultores do Oeste Paulista
  12. 12. Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)  Fim do Segundo Reinado e inicio da República  Em 15 de novembro de 1889, O Marechal Deodoro da Fonseca, com o apoio dos republicanos promoveu o “aquartelamento”, destituiu o Conselho de ministros e seu presidente. Ao final do dia assinou a Proclamação da República. Fim da Monarquia. Fim

×