Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Eutanásia

758 views

Published on

...

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Eutanásia

  1. 1. O que vamos abordar… O que é a Ortotanásia ? O que é a Distanásia ? O que é a Eutanásia ? Tipos de Eutanásia -A ativa -A passiva -A voluntária -A involuntária Argumentos a favor Argumentos contra Juramento de Hipócrates Caso real Suicídio Suicídio assistido Suicídio passivo
  2. 2. Ortotanásia É o nome dado ao processo pelo qual se opta por não submeter um paciente terminal a procedimentos invasivos que adiem a sua morte. É concedido ao paciente cuidados paliativos, no sentido de reduzir o sofrimento e permite que a morte chegue naturalmente.
  3. 3. Distanásia • Consiste em atrasar o momento da morte usando todos os meios, ainda que não haja esperança de alguma cura, submetendo o paciente a procedimentos e tratamentos invasivos. A distanásia é também chamada de intensificação terapêutica.
  4. 4. Eutanásia • Consiste em por um fim à vida de sofrimento incurável de maneira controlada e assistida por um especialista.
  5. 5. Tipos de Eutanásia Eutanásia ativa: A morte é planejada e negociada pelo doente e o profissional que atenderá ao seu pedido, causando ou acelerando a morte. Eutanásia passiva: Não provoca deliberadamente a morte, mas ao longo do tempo, a retirada dos procedimentos que prolongam a vida, sejam equipamentos elétricos, farmacológicos ou cuidados médicos, fazem com que o paciente morra naturalmente.
  6. 6. Tipos de Eutanásia Eutanásia voluntária: Ação que causa a morte quando há pedido explícito do paciente. Eutanásia involuntária: O pedido não é explícito pelo paciente, mas ainda assim a sua morte ocorre. Este caso melhor enquadra-se como homicídio, com o atenuante de que é executada para aliviar o sofrimento, tanto do doente como possivelmente dos cuidadores, familiares ou profissionais.
  7. 7. Suicídio - Suicídio assistido - Suicídio passivo Suicídio: Planejamento e execução da morte pelo próprio sujeito. Suicídio assistido: Ainda que planejado e executado pela própria vítima, ela conta com ajuda de terceiros, que o auxiliam no suicídio. Do ponto de vista legal, é considerado crime. Suicídio passivo: A negligência em algum ato acarreta morte. Por exemplo, não tomar os remédios.
  8. 8. Argumentos a favor O doente não tem só o direito à vida, mas também o direito à morte. Em termos religiosos, não basta dizer que Deus deu a vida e por isso só Ele pode escolher o momento e a forma de morrer, seria necessário referir que Deus criou o Homem como ser inteligente e livre. Desta forma, não lhe pode ser negado o direito de escolher a forma e o dia da morte. Para muitos doentes, a vida depois da morte, faz com que esta não seja vista como um fim, mas sim como um começo de vida melhor.
  9. 9. Argumentos a favor Morrer de forma pouco dolorosa é significado de morte digna. Aceitar o pedido da eutanásia, seria respeitar a autodeterminação do paciente sobre o seu corpo e vida. Seria um aumento do respeito pela vida humana.
  10. 10. Argumentos a favor A eutanásia é um pretexto para se lidar mais humanamente com o problema de sofrimento prolongado. É mais humano praticá-la do que forçar o doente a viver uma vida de sofrimento insuportável. É uma forma de evitar dor e sofrimento a pessoas que estão em fase terminal de doença ou sem qualidade de vida.
  11. 11. Algumas citações "Se a Medicina não prolonga a vida em vida, para que prolongar a morte?“ “ A vida só vale se existir dignidade. Viver como um amontoado de órgãos não é vida.” "Morrer com dignidade é saber que tudo foi feito em favor da vida". …
  12. 12. Argumentos contra Do ponto de vista da religião , as contradições vêm do facto de verem a eutanásia como usurpação do direito à vida humana. Os médicos consideram a vida sagrada, logo, nesta perspetiva de ética médica, tendo em atenção o juramento de hipócrates, a eutanásia é considerada homicídio. Assim, os médicos têm de assistir os pacientes, dando-lhes todos os meios para a sua sobrevivência.
  13. 13. Argumentos contra A eutanásia viola as normas básicas da medicina. Há muitos anos que os médicos juram não matar ao receitar os medicamentos, talvez por isso, os doentes lhes confiem as suas vidas. A eutanásia destrói a confiança dos pacientes nos médicos, pois a missão deles é combater a morte, promover a cura e aliviar o sofrimento. (Juramento de Hipócrates)
  14. 14. Argumentos contra O Juramento de Hipócrates é um juramento solene efetuado pelos médicos, tradicionalmente por ocasião de sua formatura, no qual juram praticar a medicina honestamente.
  15. 15. Citação ‘’Não pedi e não escolhi de quem, por que, onde e quando nascer. Da mesma forma não posso decidir quando, como, onde, de que e por que morrer."
  16. 16. Conclusão • Neste trabalho demos a mostrar que a Eutanásia poderá ser um caminho mais fácil para a morte para pessoas em fase terminal da sua vida, assim como outros conceitos relacionados para comparação. • A nossa principal intenção foi dar-vos a conhecer o mais sobre o assunto em questão, argumentos a favor e contra, para de seguida debater este assunto com a finalidade de ouvir a vossa opinião. • Esperemos que tenham gostado.
  17. 17. E tu? És a favor ? Ou contra?
  18. 18. Caso real https://www.youtube.com/watch?v=rwYArG4sdWU Concordas-te com a decisão dela? E se fosse uma adolescente que estivesse paralítica ? E se fosse um idoso acamado a sofrer dores intensas constantemente?

×