Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Análise Gravimétrica

2,474 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Análise Gravimétrica

  1. 1. Trabalho Análise Gravimétrica Disciplina: Química Analítica II. Professor: Rafael Ribeiro. Dhion Meyg da Silva Fernandes, Acadêmico do Curso de Licenciatura em Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE campus Quixadá, Quixeramobim, Abril de 2014.
  2. 2. ANÁLISE GRAVIMÉTRICA INTRODUÇÃO Análise gravimétrica, ou gravimetria, é um processo de análise química que utiliza a grandeza de massa para quantificar um analito. O termo “gravimétrica” é dado a este procedimento pelo fato a gravidade dar à massa a possibilidade de ser pesada. Existem diversos tipos de análise gravimétrica, os principais são gravimetria por precipitação, gravimetria de volatilização e eletrogravimetria. No método gravimétrico utiliza-se a separação de um composto estável e puro, de composição conhecida, que contenha o analito, em seguida ocorre a pesagem. Utilizando as massas molares dos compostos (pesado e analito) e a massa pesada, relaciona-se à estequiometria, assim pode-se quantificar o analito. Muitas vezes ocorre a presença de substâncias nas amostras a serem analisadas, isto deve ser eficazmente resolvido posto que a massa sofrerá influência considerável a partir desta interferência, assim é necessário utilizar métodos para minimizar o máximo possível de probabilidade de erros que possam ser causados por tais interferências. Um método “contra-interferência” comum é a diminuição do pH na determinação de Ca2+ em amostras que possam conter metais (exceto alcalinos e magnésio, Mg). A diminuição do pH acarreta carreta diminuição de da interferência, um dos motivos é a diminuição ou inexistência da presença de compostos que não apresentam o analito em sua constituição, no estado a ser analisado (líquido, vapor). Algumas aplicações, segundo (SKOOG, 2012), determinação ânions e cátions inorgânicos, espécies neutras (H2O, SO2, CO2, I2); na indústria
  3. 3. farmacêutica: lactose e silicatos (síntese farmacêutica), fenolftaleína em laxantes; organomoléculas: colesterol em cereais e benzaldeído em extratos de amêndoas. DESENVOLVIMENTO Abordar-se-á os dois principais tipos de gravimetria – por precipitação e de volatilização.  Gravimetria por Precipitação Neste método, o analito é, com a adição de um precipitante, precipitado como um composto estável, de composição conhecida e de baixa solubilidade, posteriormente, este fil- trado e lavado (processo de remoção de impurezas), e, se preciso, convertido a outro composto, geralmente por tratamento térmico, em alguns casos para desidratação (alguns compostos complexos ou sais podem estar hidratados), posteriormente, pesa-se o composto (ver esquema I); utiliza-se a massa molar do composto e do analito, a massa pesada e cálculos estequiométricos para a quantificação do analito. É bastante utilizado em quantificação metálica no solo e na água. Uma aplicação comum deste método é a quantificação de ferro no solo. Exemplificando: Uma amostra de 1,0 grama é analisada; o Fe2+ é oxidado a Fe3+ ; adiciona-se hidróxido de amônio, NH4OH, como precipitante, forma-se oxido de ferro hidratado, Fe2O3 . x H2O; filtra-se e lava-se; aquece-se para formar Fe2O3; pesa-se (considerando um 0,48 g); faz-se a análise mássica estequiométrica. Considerando que 2 mols de Fe3+ são necessários para a produção de 1 mol de Fe2O3 (observações dos coeficientes, considerando MM como massa molar e o fato de que há precipitante em excesso), pode fazer a seguinte relação. 2 mol de Fe3+ --------------- 1 mol de Fe2O3 2 MM de Fe3+ ---------- 1 Massa Molar de Fe2O3 Massa de Fe -------------- Massa de Fe2O3 Esquema I Massa Fe = 0,3357 g
  4. 4.  Gravimetria de Volatilização Este método utiliza a volatilidade do analito, utiliza-se energia química ou térmica para volatilizá-lo de modo que seu vapor entre em contato direto com um absorvedor de massa previamente conhecida, assim, após toda a volatilização, mede-se a massa do absorvedor e a subtração da massa final da inicial resulta na massa do analito, este é o método de volatilização direta. Porém isto deve ser feito quando apenas o analito é volátil na amostra e que o absorvedor tenha afinidade apenas com o analito. Ao método onde massa da amostra da amostra é medida antes da vaporização e a massa do analito é igual a subtração da massa inicial pela final da amostra, dá-se o nome de método indireto. O analito deve ser o único volátil. São bastante utilizados na determinação de água de dióxido de carbono, CO2.  Eletrogravimetria Ocorre em um sistema oxido-redução, a aplicação de uma corrente elétrica que causa a dissociação de substâncias analito (geralmente metais), no catodo os cátions depositam-se, contra-íons podem depositar-se no ânodo. A massa do eletrodo é conhecida antes do funcionamento do sistema e depois ao seu término, assim calcula-se: massa do analito = massa eletrodo final – massa eletrodo inicial. É bastante utilizado em determinação metálica e percentagem de sais em água. CONCLUSÃO Os métodos gravimétricos são os mais abrangentes; sua medida é possível graças à gravidade (por isto o seu nome); é necessário a tentar a erros que podem tornar-se grosseiros pelo fato de haver muitas etapas. É fundamental atentar-se às interferências que geram diferenças mássicas. São métodos analíticos largamente utilizados, desde na determinação- quantificação de analitos inorgânicos ou orgânicos, espécies catiônicas, aniônicas e até neutras.
  5. 5. REFERÊNCIAS  ANÁLISE GRAVIMÉTRICA. Disponível em: <http://www2.drace- na.unesp.br/graduacao/arquivos/quimica_geral/Gravimetria.pdf>. Acesso em 29 abr. 2014.  BACCAN, N; ANDRADE, J. C. de; GODINHO, O. E. S.; BARONE, J. S., Química Analítica Quantitativa Elementar. Vol. Único, Ed. 1. São Paulo: Edgard Blücher, 1979.  COSTA, A. P. O., Gravimetria. UFES-CEUNES. Disponível em: <http://www.ceunes.ufes.br/downloads/2/anapaulacosta-5%C2%AA%20Au- la%20-%20An%C3%A1lise%20gravim%C3%A9trica.pdf>. Acesso em 30 abr. 2014.  FARIAS, A., Gravimetria de Volatização. Mód. 03. Colégio Pensar. Disponível em: <https://ebah-files.s3.amazonaws.com/ABAAABaMUAB?Expires=139- 8824484&AWSAccessKeyId=AKIAIII5BVM6PM2O7MPA&Signature=FIOBo kiAF7jI5B4GsWTE3uxrwww%3D>. Acesso em 30 abr. 2014.  HUSSEIN, F. R. G. S.; FERNANDES, N. S., Gravimetria. Aula 6. Set. 2008.  PINTO, G. M., Química Analítica Quantitativa. 2005. Disponível em: <http://www.academia.edu/6397410/Prof_Quimica_Analitica_Quantitativa>. Acesso em 30 abr. 2014.  SKOOG, Douglas A.; WEST, Donald M.; HOLLER, F. James; CROUCH, Stanley R., Fundamentos de Química Analítica. Vol. Único, 8 ed. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

×