Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
"O estudante como protagonista da aprendizagem: o caso da Faculdade Uniamérica", por Ryon Braga - Uniamérica/Hoper
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

Share

""Ups and Downs" no impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital", por Carlos Longo - Universidade Positivo

Download to read offline

Fórum de Lideranças: Desafios da Educação
Abril/2015 - Edição Curitiba/PR
http://www.desafiosdaeducacao.com.br/

Palestra ""Ups and Downs" no impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital", por Carlos Longo
Engenheiro civil, MBA com PhD em gestão com ênfase na qualidade em serviços pela Newcastle University – Inglaterra. Professor Longo é professor titular e Pró-Reitor Acadêmico da Universidade Positivo onde desenvolve e supervisiona a implementação das políticas e estratégias acadêmicas e as aplicações de Tecnologias de Informação e Comunicação na graduação e pós-graduação nas modalidades presencial e à distância para cumprir a missão da Universidade Positivo. Longo foi Diretor Nacional de EAD da Laureate International Universities no Brasil, Diretor de Educação Executiva do Grupo Ibmec Educacional S/A, responsável pelo programa de EAD Ibmec Online, Programa de Soluções Corporativas, Responsável pelos programas de MBA e CBA no RJ, BH, Brasília sendo também responsável pela Educação Executiva em Parcerias do Ibmec em mais de 12 capitais em todo território nacional, e Diretor Executivo do FGV Online. Carlos Longo também foi Senior Vice-Presidente de Educação a Distância da Whitney International University System com sede em Dallas/EUA tendo como principais atribuições coordenação e apoio às operações de ensino distribuído da WIUS na América Latina. Prof. Carlos Longo é Diretor de Qualidade e Ética da ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) e Consul Member do Gerson Lehrman Group International. Em novembro 2007, o instituto IPAE - RJ (Instituto de Pesquisas Avançadas em Educação) agraciou o Prof. Carlos Longo com o Prêmio Destaque em Educação na modalidade de Educação a Distância.

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

""Ups and Downs" no impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital", por Carlos Longo - Universidade Positivo

  1. 1. “Ups and Downs” no Impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital” Carlos Longo, Universidade Positivo
  2. 2. “Ups and Downs” no Impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital Prof. Carlos Longo – Pró-reitor Acadêmico
  3. 3. Uma overview do EAD no Ensino Superior  Graduação(2013): 7,3 Milhões (5.4 IES Privada)  Matriculádos EAD (2013): 1.2 M  Mix: 73% privado / 27% publico  Regulação: normativa restritiva, referenciais de qualidade induzindo ao semi-presencial; Educação Superior Brasil – Censo MEC 2013 KeyPoints  Idade Média - Graduação: 32 anos para EAD; 24 anos para F2F  EAD publico alvo (25 à 45 anos): 25 million sem ES regiões metropolitanas;  Meta MEC para 2022: 10 million (30% DL)
  4. 4. Uma overview do EAD no Ensino Superior Movimento dos principais mercados da ES modalidade à distância - Censo 2010/13-MEC Nível Alunos 2010 2011 2012 2013 1 Total Matriculados em Graduação 930.179 992.927 1.113.850 1.153.572 2 Total de Matriculas nas IES Privadas 748.577 815.003 932.226 999.019 3 Total de Matriculas nas IES Públicas 181.602 177.924 181.624 154.553 4 Total de Ingressantes em Graduação 380.328 431.597 542.633 515.405 5 Total Ingressantes nas IES Privadas 340.154 397.552 494.106 478.499 6 Total de Ingressantes nas IES Públicas 40.174 34.045 48.527 36.906 Resumo 2010/2013: Ingressantes > 36% Matriculados Total > 24% Total de polos IES privadas: 3952; Média nacional de alunos por Polo: 253
  5. 5. “Ups and Downs” no Impacto do uso TICs no Ensino Superior: momentos de reflexão  De 2003 a 2010 a EAD com crescimento exponencial apesar das restrições regulatórias de 2006/08;  ENADE 2005/08 comprovam Qualidade do EAD;  FIES 2010/2014 impulsionando modalidade presencial;  Mudança de acessibilidade, MOOCS e mobilidade apontam caminho para inovação;  Mudança no FIES (2015) e novo marco regulatório poderá incentivar crescimento e entrada de novos players;
  6. 6. Sala de aula de 1950 a 2013 • Em 1946 nasce o primeiro computador para uso geral, o ENIAC (fig. abaixo), na universidade da Pensilvânia, com o patrocínio do exército norte- americano, por Mauchly e Eckert. • Em 1951, surge o primeiro computador comercial, o UNIVAC-1, que alcançou sucesso no processamento dos dados do Censo dos EUA de 1950. A partir daí, contando com as pesquisas do MIT , a evolução foi muito rápida. • O microcomputador foi inventado em 1975 (Altair), e o primeiro produto comercial de sucesso, o Apple II, em 1977. • Em 1981 começa a era da difusão do computador com a Apple e com a IBM, que cria o Computador Pessoal (PC). • Uma condição fundamental para a difusão dos microcomputadores foi preenchida com o desenvolvimento de softwares, em 1976, por Bill Gates e Paul Allen. Fundaram a Microsoft.Nuns and other students in a classroom (probably in Main Building) with audio- visual equipment during Summer School at the University of Notre Dame, c1950
  7. 7. Sala de aula de 1950 a 2013 Sala de Aula Harvard 2013 Ipad Kindle Smartphone Ipod Iphone Cloud Computing
  8. 8. “Ups and Downs” no Impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital  Necessidade – mudança no modelo de Ensino e Aprendizagem;  Adaptação a Mudanças: Corpo diretivo e docente;  Engajamento e formação do discente;  Formação Superior – currículo para o século 21!;  Princípios epistemológicos e aprendizagem (Aprender a Aprender & “Adaptive learning”)
  9. 9. Sociedade em Transformação
  10. 10. Usuários da Internet por Faixa de Renda PNAD 2005 2005* 2006* 2007* 2008 2009 2010 2011 2012 2013 até 1 SM - 4% 5% 12% 10% 16% 16% 17% 18% 25% 1SM - 2SM 12% 8% 11% 21% 22% 30% 31% 32% 33% 37% 2 SM - 3 SM 25% 15% 20% 38% 37% 46% 45% 48% 51% 55% 3 SM - 5 SM 42% 26% 34% 51% 52% 61% 56% 62% 69% 72% 5 SM - 10 SM 55% 55% 59% 68% 65% 72% 76% 77% 82% 82% 10 SM ou mais 21% 24% 28% 34% 81% 79% 72% 88% 91% 89% *não inclui área rural; SM= salario mínimo
  11. 11. Comparação da utilização de TIC no EAD nas TOP 20 IES : 2014 vs. 2009  Em 2009, 90% Semi-presencial via satélite; 4% Blended e 5% Web  Em 2014 54% é Blended  Embora o modelo web tenha crescido no mesmo período a tendencia do mercado é Blended Learning! 90% 4% 5% 2009: Alunos das Top 20 IES por TIC 38% 54% 8% 2014: Alunos das Top 20 IES por TIC Satélite Blended Learning Web-based
  12. 12. Para onde vamos e porque?  2003 1,7 milhões de usuários de internet predominantemente classe A e B; 2013 85,9 milhões de usuários;  2008 maior crescimento de EAD no Brasil predominantemente via satélite – no mesmo ano os usuários de internet das classes C, D e E ultrapassam em numero absolutos os da classes A e B;  2014 - 60 milhões de usuários ativos - 54% classes C,D,E;  2014 - 77% dos usuários de internet usam FB e 74% mensagens instantâneas;  2014 – 66% dos lares tem banda larga fixa e 23% 3G móvel;  A maioria dos internautas concentra-se na faixa etária dos 25 aos 34 anos (25,6%), seguida da faixa dos 35 aos 49 anos, com 25,5%. Isso significa que pouco mais da metade do seu público-alvo no Brasil tem de 25 a 49 anos de idade  Um estudo recente do IBOPE revelou que os brasileiros passam 3 horas e 39 minutos na internet todos os dias, 3 horas e 29 minutos por dia assistindo televisão, 3 horas e 7 minutos por dia ouvindo rádio e 1 hora e 5 minutos por dia lendo jornais.
  13. 13. “Ups and Downs” no Impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital  Diversificação do catálogo. Criação de Produtos Inovadores;  Hibridização promovendo a fusão EaD e o Presencial – Blended Learning;  MOOCs – Oferta como estratégia de marketing;  Players Editoriais associando-se a Players Educacionais;  Gamification, Midia Social e Flipped Class como tendência;  Adaptive Learning possibilitando qualidade com quantidade;  IES Regionais com boa reputação criam ‘zonas de influência’ na EaD a partir da irradiação da marca ou ‘peso’ que já detêm;
  14. 14. “If you're not prepared to be wrong, you'll never come up with anything original.” ― Sir Ken Robinson Obrigado! Carlos.longo@universidadepositivo.com.br
  • MariaAnglicaZanotto

    Sep. 23, 2015

Fórum de Lideranças: Desafios da Educação Abril/2015 - Edição Curitiba/PR http://www.desafiosdaeducacao.com.br/ Palestra ""Ups and Downs" no impacto do uso TICs no Ensino Superior: Pensando o Futuro da Educação Superior na Era Digital", por Carlos Longo Engenheiro civil, MBA com PhD em gestão com ênfase na qualidade em serviços pela Newcastle University – Inglaterra. Professor Longo é professor titular e Pró-Reitor Acadêmico da Universidade Positivo onde desenvolve e supervisiona a implementação das políticas e estratégias acadêmicas e as aplicações de Tecnologias de Informação e Comunicação na graduação e pós-graduação nas modalidades presencial e à distância para cumprir a missão da Universidade Positivo. Longo foi Diretor Nacional de EAD da Laureate International Universities no Brasil, Diretor de Educação Executiva do Grupo Ibmec Educacional S/A, responsável pelo programa de EAD Ibmec Online, Programa de Soluções Corporativas, Responsável pelos programas de MBA e CBA no RJ, BH, Brasília sendo também responsável pela Educação Executiva em Parcerias do Ibmec em mais de 12 capitais em todo território nacional, e Diretor Executivo do FGV Online. Carlos Longo também foi Senior Vice-Presidente de Educação a Distância da Whitney International University System com sede em Dallas/EUA tendo como principais atribuições coordenação e apoio às operações de ensino distribuído da WIUS na América Latina. Prof. Carlos Longo é Diretor de Qualidade e Ética da ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) e Consul Member do Gerson Lehrman Group International. Em novembro 2007, o instituto IPAE - RJ (Instituto de Pesquisas Avançadas em Educação) agraciou o Prof. Carlos Longo com o Prêmio Destaque em Educação na modalidade de Educação a Distância.

Views

Total views

1,008

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

110

Actions

Downloads

48

Shares

0

Comments

0

Likes

1

×