BIOQUIMICA CLINICA

3,302 views

Published on

BIOQUIMICA CLINICA

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,302
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
118
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

BIOQUIMICA CLINICA

  1. 1. BIOQUÍMICA CLÍNICA Metabolismo de lipídios Agnes Maria Victoria Silva Santos Cynthia Gonçalves Batista Denise Brenda Silva Oliveira Nágylla Rogéria da Silva Barbosa
  2. 2. LIPOPROTEÍNAS  Quilomicrons  VLDL  IDL  LDL  HDL
  3. 3. LIPOPROTEÍNAS o Metabolismo
  4. 4. LIPOPROTEÍNAS  Quilomicrons => Transportam os triglicerídeos da dieta.  VLDL => Transportam os triglicerídeos sintetizados no fígado.  IDL =>  LDL => Principal carreador de colesterol no plasma.  HDL => Remove colesterol das células.
  5. 5. ATEROSCLEROSE  É um processo que leva ao estreitamento ou completa oclusão da luz arterial. Por material gorduroso ou outras substâncias que formam acúmulo de placa nas paredes das artérias coronárias.  Consequências:  Infarto do miocárdio  Acidente vascular cerebral  Doença vascular periférica
  6. 6. ATEROSCLEROSE o Aterogênese  Disfunção endotelial  Deposição de lipídios na parede vascular  Reação inflamatória na parede vascular
  7. 7. Muitos fatores aumentam os riscos de surgimento de doença cardíaca: - Diabetes é um grande fator de risco para a doença cardíaca; - Hipertensão aumenta os riscos de doença cardíaca e insuficiência cardíaca; - Colesterol extra no sangue se acumula dentro das paredes das artérias do coração (vasos sanguíneos); - Fumantes correm mais risco de doença cardíaca; - Doenças renais crônicas podem aumentar seus riscos; - Pessoas com artérias estreitadas em outras partes do corpo (exemplos são derrame e fluxo precário de sangue para as pernas) têm maior probabilidade de apresentar doença cardíaca; - Abuso de substâncias (como cocaína); - Estar acima do peso; - A falta de exercícios e sentir-se deprimido ou o acúmulo de estresse são outros fatores de risco. Os fatores de risco para doença cardíaca que você não pode alterar são: - Sua idade (o risco de doenças cardíacas aumenta com a idade); - Seu sexo; Homens têm um mais risco de desenvolver doenças cardíacas do que mulheres em idade fértil. Após a menopausa, o risco para mulheres é mais próximo ao de homens. - Seus genes (se os seus pais ou outros parentes próximos apresentaram doença cardíaca, você tem maior risco); - Sua raça Afro-americanos, mexicanos-americanos, ameríndios, havaianos e alguns asiáticos-americanos também têm mais risco de problemas cardíacos.
  8. 8. ATEROSCLEROSE  Interrupção do fumo  Dieta pobre em gordura saturadas  Redução de peso  Controle da pressão sanguínea  Exercícios físicos regulares
  9. 9. DISLIPIDEMIAS  Hiperlipidemia ou hiperlipoproteinemia  É um distúrbio nos níveis de lipídios e/ou lipoproteínas no sangue. As dislipidemias podem ocorrer por causa do aumento do triglicérides (TGs), aumento do colesterol ou por uma combinação das duas. Pode ainda ser causada pela redução do HDL ou aumento dos TGs ou LDL-C.  As anormalidades nos lipídios e lipoproteínas são extremamente comuns na população geral, e são consideradas um fator de risco altamente modificável para doenças cardiovasculares, devido à influência do colesterol, uma das substâncias lipídicas clinicamente mais relevantes, na aterosclerose. Algumas formas de dislipidemia podem também predispor à pancreatite aguda.
  10. 10. DISLIPIDEMIAS De acordo com a Associação Médica Brasileira, existem dois tipos de dislipidemia: o Primária  Hipercolesterolêmica isolada,  Hipertrigliceridemia isolada,  Hiperlipidêmia mista e  Redução isolada do HDL-colesterol. o Secundária  Diabetes mellitus – aumento dos triglicerídeos; aumento do colesterol total.  Hipotireoidismo – aumento do colesterol total.  Síndrome nefrótica – aumento do colesterol total.  Obesidade – aumento dos triglicerídeos; redução do HDL colesterol.
  11. 11. OBRIGADA!

×