Metodologia                              da                               Cientí                      Pesquisa CientíficaP...
Plano de AulaDia 13/05 (sexta, das 14:30h às 20h)• Epistemologia do trabalho científico• Critérios de cientificidade      ...
BibliografiaCARRAHER, David. Senso Crítico. São Paulo: Pioneira, 1999.CERVO, A. L. e BERVIAN, P. Metodologia cientifica. 4...
Links para manualCARTONI, D. Ciência e conhecimento científico. Anuário da Produção Acadêmica Docente. Vol.3,No.5, 2009, I...
Link para artigosDicas para escrever trabalhos acadêmicos segundo a ABNTOrientações para elaboração de trabalhos acadêmico...
Dicas de filmesPara dicas de filmes, verificar o arquivo:“Metodologia_Dicas de Filmes”                      Sabia MaisPara...
Seção                           Seção 1                             çã                      Conhecimento,                 ...
Por que  estudarmetodologia?
Ensino Superior e PesquisaCF/88 – Art. 207    “ [...] as universidades gozam de autonomia didático-    científica, adminis...
Ensino Superior e Pesquisa                              Tecnológo  Graduação                                        (monog...
Relação Orientador-OrientandoViabiliza uma monografia de qualidade quando pautadaem uma agenda de compromissosReciprocidad...
Para que serve a metodologia?Profª Daniela M. Cartoni
A importância da metodologia            Vídeo
A importância da metodologia•   Apresenta os procedimentos e normas que orientaram    o pesquisador na realização de seus ...
Em que a metodologia ajuda?Sistematizar o conhecimento já adquiridoIdentificar as fontes de novas informaçõesFacilitar na ...
MÉTODO =procedimentos para análise científica    TÉCNICA =NORMATIZAÇÃO =padronização das comunicações   científicas
Metodologia CientíficaResponder às questões: Como fazer? Com que fazer?Por que fazer? Onde fazer? Quando fazer?           ...
Pressupostos da pesquisa          • Pesquisa como “garimpagem          intelectual”          • Metodologia mostra o       ...
O que éCiência?
“Ciência é muito               mais uma maneira               de pensar do que               um corpo de               con...
CiênciaConjunto organizado de conhecimentos, relativos a umdeterminado campo de estudo ou objeto, conquistadosatravés de m...
Ciência•   É constituída pela observação sistemática dos fatos;•   Por intermédio da análise e da experimentação, extrai- ...
Ciência e ConhecimentoA definição clássica de conhecimento, originada em Platão, diz que consiste em crença               ...
O que é ciência?            • Ciência (epistéme) e            Opinião (dóxa)            • Ciência (epistéme) e            ...
Evolução da Ciência A ciência nocotidiano A evolução doConhecimento:• Antiguidade• Iluminismo• Era Moderna
Invenções e descobertas só puderam ser produzidas    porque a capacidade de gerar conhecimento é inerenteProfª Daniela M. ...
CiênciaInterpretação, verificação e solução de problemas       decorrentes de determinado período.         Cuidado com o d...
Revolução Científica         Copérnico – teoria heliocêntrica         Galileo Galilei – método experimental; lei da       ...
Elementos do Método Científico   Com bases nas premissas de Descartes e Bacon,   são elementos de um método científico:• F...
Ciência  Conjunto de conhecimentos gerados a partir de      hipóteses acerca de objetos/fenômenos,  obtido por meio de pro...
Pressupostos Científicos                                     “A ciência, portanto,                                     não...
Profª Daniela M. Cartoni
Senso Comum X Conhecimento Científico Conceito de paradigma    KUHN, Thomas. As Estruturas das Revoluções                C...
O Mito da Caverna
ExercícioClassifique as situações seguintes como senso comum (SC) ou conhecimento científico (CC):( ) Para a elaboração de...
Conhecimento                       Conhecimento é a relação que                       se estabelece entre sujeito que     ...
A construção do conhecimento científico                  Ciência     organiza    Pesquisa                   Conhecimento  ...
A construção do conhecimento científico                                                         Refere-se ao conhecimento ...
Tipos de conhecimento• Conhecimento mítico• Conhecimento empírico• Conhecimento filosófico• Conhecimento teológico ou reli...
Conhecimento míticoBusca compreender as relações entre o homem,as divindades e natureza.
Conhecimento filosóficoSua finalidade écompreender o significadoda existência humana nosdiferentes aspectos, bemcomo as re...
Conhecimento teológicoPressupõe a existênciade forças que estãoalém da capacidade deexplicação do homemBaseia-se em instân...
Conhecimento filosófico-   Obtido pelo confronto    com a realidade.-   Também chamado    erroneamente de    senso comum
Conhecimento científicoBusca explicar racional e objetivamente o mundo,para nele poder intervir.
Conhecimento científico             - Por ser sistemático,             contínuo, não é             considerado como algo  ...
Exemplo da verificação na pesquisaExperiências realizadas pelo “Caçadores de Mito” na TV confrontam senso comum e método c...
Conhecimento Científico Produtivo                                 Pode ser originária                                 do s...
Caracterização da Pesquisa                           Profundidade e AmplitudeAmplitude                   Pesquisa de Campo...
Exemplo da importância da             verificação para ciênciaFraude do sul-coreano Woo-Suk Hwang com o anúncioda clonagem...
Plágio na AlemanhaProfª Daniela M. Cartoni
Plágio na UniversidadeProfª Daniela M. Cartoni
Plágio na MúsicaProfª Daniela M. Cartoni
ConhecimentoFormas de conhecimento e suas características                                         Conhecimento   Popular  ...
O mundo já não   éomesmo...
“Nada há de permanente a                              não ser a mudança.”                                   HeráclitoProfª...
Evolução do conhecimento        Época             No. de inventos2,6 Milhões de Anos A.C                                 1...
Tempo de maturação1 de alguns bens e serviços selecionados                                                      Automóvel ...
Tempo necessário para que volume de informações       produzidas em todo mundo dobre        1985                       3,5...
Não confundirMetodologia Científica         com  Método Científico!
Metodologia Científica                    X             Método Científico             Método: do grego methodos           ...
Metodologia Científica                    X             Método CientíficoMetodologia: do grego [methodos] + [logos] (estud...
Epistemologia do Trabalho Científico       Epistemologia: do grego epistéme [ciência;             conhecimento] + logia [e...
“A dificuldade maior não está em persuadir as pessoas a aceitarem idéias novas, mas em persuadi-las a abandonar Profª Dani...
Já anunciaram diversas vezes o fim das ideologias,             mas o homem não precisa só de pão,                         ...
Metolodogia   daniela cartoni - slides - parte 04 - epistemologia
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 04 - epistemologia

7,482 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
7,482
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
353
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Metolodogia daniela cartoni - slides - parte 04 - epistemologia

  1. 1. Metodologia da Cientí Pesquisa CientíficaProfª Ms. Daniela CartoniProfª Daniela M. Cartoni
  2. 2. Plano de AulaDia 13/05 (sexta, das 14:30h às 20h)• Epistemologia do trabalho científico• Critérios de cientificidade Orientações• Tipos de Pesquisa• Métodos de Pesquisa Email:• Elaboração do projeto de pesquisa daniela_cartoni@yahoo.com.brDia 14/05 (sábado, das 8h às 18h) MSN: dcartoni@hotmail.com• Elaboração do projeto de pesquisa• Técnicas de leitura e sistematização• Estrutura dos trabalhos acadêmicos Skype: canielacartoni• Redação Técnica• Normas da ABNT (citações, referências eapresentação gráfica)
  3. 3. BibliografiaCARRAHER, David. Senso Crítico. São Paulo: Pioneira, 1999.CERVO, A. L. e BERVIAN, P. Metodologia cientifica. 4.ed. São Paulo: Makron Books, 2007.CHAUÍ, M. Convite à filosofia. 6.ed. São Paulo: Ática, 1995.DEMO, P. Metodologia científica em ciências sociais. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1991.______. Pesquisa Princípio Científico e Educativo. São Paulo: Cortez, 1990.DIEHL, A. A.; TATIM, D. C. Pesquisa em ciências sociais aplicadas. Métodos e técnicas. São Paulo:Pearson-Prentice Hall, 2004.ECO, Umberto. Como se faz uma tese. Trad. Gilson Cezar de Souza. 19.ed. São Paulo: Perspectiva, 2006.GIL, A. C. Como elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 1999.______. Métodos e técnicas da pesquisa social. São Paulo: 1987.KUHN, T. La Estrutura de las revolutiones cientificas. Trad. de Agustín Contín. Madrid: Fundo de CulturaEconómica, 1975.LAKATOS, E.M., MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia científica. 3.ed. São Paulo: Atlas,2001.______. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas depesquisas, elaboração, análise e interpretação de dados. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1996.MORIN, Edgar. Introdução ao Pensamento Complexo. Lisboa: Instituto Piaget, 1990.POPPER, Karl. A Lógica da pesquisa científica. São Paulo: Cultrix, 1978.SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. 22 ed.. São Paulo: Cortez, 2007.
  4. 4. Links para manualCARTONI, D. Ciência e conhecimento científico. Anuário da Produção Acadêmica Docente. Vol.3,No.5, 2009, ISSN 1982-3169.Disponível em: <http://www.sare.unianhanguera.edu.br/index.php/anudo/article/view/1586/746>CARTONI, D. Construindo o projeto de pesquisa. Anuário da Produção Acadêmica Docente.Vol.3, No.5, 2009, ISSN 1982-3169.Disponível em: <http://www.sare.unianhanguera.edu.br/index.php/anudo/article/view/1587/747>CARTONI, D. Pesquisa científica: planejando etapas ao longo do tempo. Anuário da ProduçãoAcadêmica Docente. Vol.3, No.6, 2009, ISSN 1982-3169.Disponível em: <http://www.sare.unianhanguera.edu.br/index.php/anudo/article/view/1848/816>CARTONI, D. Comunicação científica e normatização. Anuário da Produção Acadêmica Docente.Vol.3, No.6, 2009, ISSN 1982-3169.Disponível em: <http://www.sare.unianhanguera.edu.br/index.php/anudo/article/view/1849/817>
  5. 5. Link para artigosDicas para escrever trabalhos acadêmicos segundo a ABNTOrientações para elaboração de trabalhos acadêmicos segundo as normas da ABNTDisponível em: http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/dicas-para-escrever-trabalhos-academicos-segundo-a-abnt/54407/Planejamento de trabalhos acadêmicosDisponível em: http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/planejamento-de-trabalhos-academicos/54412/Como elaborar um projeto de pesquisaComo toda aspiração na vida, as chances de sucesso são maiores quando estão relacionadas a um bomprocesso de planejamento. O mesmo acontece com a pesquisa acadêmica, seja a elaboração de um trabalhopara uma disciplina cursada, um artigo, uma monografia ou uma tese. Este breve artigo trata de um “roteiro” ouplano do trabalho que auxilia na construção de um Projeto de Pesquisa, instrumento essencial ao processo deinvestigação acadêmica.Disponível em: http://www.webartigos.com/articles/64159/1/Como-elaborar-um-projeto-de-pesquisa/pagina1.htmlO plágio na era virtualEste breve artigo traz uma reflexão sobre a reprovável prática do “copia e cola", que afronta a lei dos direitosautorais e constitui um ataque ao avanço do conhecimento criativo. Profª Daniela M. CartoniDisponível em: http://www.webartigos.com/articles/63809/1/O-plagio-na-era-virtual/pagina1.html
  6. 6. Dicas de filmesPara dicas de filmes, verificar o arquivo:“Metodologia_Dicas de Filmes” Sabia MaisPara dicas de sites, livros e links, verificar o arquivo“Metodologia_Saiba Mais”
  7. 7. Seção Seção 1 çã Conhecimento, ciê ciência e paradigmaProfª Daniela M. Cartoni
  8. 8. Por que estudarmetodologia?
  9. 9. Ensino Superior e PesquisaCF/88 – Art. 207 “ [...] as universidades gozam de autonomia didático- científica, administrativa e de gestão, financeira e patrimonial e obedecerão ao princípio de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.”LDB-Lei nº 9394 de 20/12/1996 “Art. 43. A educação superior tem por finalidade: [...] III- incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o entendimento do homem e do meio em que vive.”
  10. 10. Ensino Superior e Pesquisa Tecnológo Graduação (monografia) Bacharelado ou Licenciatura Lato Sensu Especialização ou MBA (monografia ou artigo científico)Pós-Graduação Mestrado (dissertação) Stricto Sensu Doutorado Profª Daniela M. Cartoni (tese)
  11. 11. Relação Orientador-OrientandoViabiliza uma monografia de qualidade quando pautadaem uma agenda de compromissosReciprocidade:Orientador desenvolve competências intelectuaiscapazes de viabilizar a produção de conhecimentocientíficoOrientando cumpre prazos e demonstracomprometimento, entregando as etapas do trabalhopela utilização do método para investigar e analisarsoluções para problemas levantados.
  12. 12. Para que serve a metodologia?Profª Daniela M. Cartoni
  13. 13. A importância da metodologia Vídeo
  14. 14. A importância da metodologia• Apresenta os procedimentos e normas que orientaram o pesquisador na realização de seus trabalhos e possibilitam condições para que o resultado seja confiável e tenha maior possibilidade de ser generalizado para outros casos.• Mostra os caminhos, ou seja, os métodos para a realização de trabalhos acadêmicos, a fim de dar ordenamento aos assuntos pesquisados.• Garante padronização dos trabalhos e comparabilidade, em estruturas que facilitam a apresentação dos argumentos
  15. 15. Em que a metodologia ajuda?Sistematizar o conhecimento já adquiridoIdentificar as fontes de novas informaçõesFacilitar na inter-relação entre as informaçõesdisponíveis e aquelas de fato relevantesOrganizar as leituras e os argumentos, gerenciando otempo e recursos disponíveisEstabelecendo um planejamento, com objetivos ehipóteses de trabalho
  16. 16. MÉTODO =procedimentos para análise científica TÉCNICA =NORMATIZAÇÃO =padronização das comunicações científicas
  17. 17. Metodologia CientíficaResponder às questões: Como fazer? Com que fazer?Por que fazer? Onde fazer? Quando fazer? Métodos de investigaçãoPodem ser fontes bibliográficas, documentaise eletrônicas, além da vivência profissional do autor do trabalho, entrevistas, observação, coleta de informações, etc.
  18. 18. Pressupostos da pesquisa • Pesquisa como “garimpagem intelectual” • Metodologia mostra o “caminho das pedras” da pesquisa
  19. 19. O que éCiência?
  20. 20. “Ciência é muito mais uma maneira de pensar do que um corpo de conhecimentos." Carl Sagan(1934-1996)
  21. 21. CiênciaConjunto organizado de conhecimentos, relativos a umdeterminado campo de estudo ou objeto, conquistadosatravés de métodos próprios de coleta de informações.É conhecimento é cumulativo, dinâmico e transitório MÉTODO = CAMINHO
  22. 22. Ciência• É constituída pela observação sistemática dos fatos;• Por intermédio da análise e da experimentação, extrai- se resultados que passam a ser avaliados universalmente• Baseia-se no processo de verificação (sujeita à crítica e comprovação)
  23. 23. Ciência e ConhecimentoA definição clássica de conhecimento, originada em Platão, diz que consiste em crença verdadeira e justificada.
  24. 24. O que é ciência? • Ciência (epistéme) e Opinião (dóxa) • Ciência (epistéme) e Tecnologia (teckné)
  25. 25. Evolução da Ciência A ciência nocotidiano A evolução doConhecimento:• Antiguidade• Iluminismo• Era Moderna
  26. 26. Invenções e descobertas só puderam ser produzidas porque a capacidade de gerar conhecimento é inerenteProfª Daniela M. Cartoni à natureza humana
  27. 27. CiênciaInterpretação, verificação e solução de problemas decorrentes de determinado período. Cuidado com o dogmatismo...
  28. 28. Revolução Científica Copérnico – teoria heliocêntrica Galileo Galilei – método experimental; lei da queda dos corpos Descartes (racionalismo) e Francis Bacon (empirismo) Isaac Newton – matemática, física, astronomia; lei da atração universalProfª Daniela M. Cartoni
  29. 29. Elementos do Método Científico Com bases nas premissas de Descartes e Bacon, são elementos de um método científico:• Fato Concreto: objeto ou fenômeno (todo).• Contexto: realidade das partes ou das particularidades do todo.• Experimento: estudo das partes do todo de forma sistemática e lógica.• Conhecimento: geração de resultado• Verificação: repetição do experimentoProfª Daniela M. Cartoni
  30. 30. Ciência Conjunto de conhecimentos gerados a partir de hipóteses acerca de objetos/fenômenos, obtido por meio de procedimentos sistemáticos, lógicos e racionais, passível de verificação para comprovar a sua valia.Profª Daniela M. Cartoni
  31. 31. Pressupostos Científicos “A ciência, portanto, não caminha numa via linear contínua e progressiva, mas por saltos e revoluções.”Marilena Chauí,Convite à Filosofia (1997, p. 258)
  32. 32. Profª Daniela M. Cartoni
  33. 33. Senso Comum X Conhecimento Científico Conceito de paradigma KUHN, Thomas. As Estruturas das Revoluções Científicas, 1962.
  34. 34. O Mito da Caverna
  35. 35. ExercícioClassifique as situações seguintes como senso comum (SC) ou conhecimento científico (CC):( ) Para a elaboração de trabalhos acadêmicos, utilizamos as normas definidas pela Associação Brasileira deNormas Técnicas (ABNT).( ) Segundo os ditos populares, não podemos comer uva e melancia ao mesmo tempo, porque isso causa dor deestômago.( ) Angino-Rub ungüento é um composto de cânfora e mentol + associações e é indicado ao alívio da tosse eação descongestionante.( ) O leite de soja sem lactose é um alimento com proteína isolada de soja e é indicado para quem não podebeber leite de vaca.( ) A certificação ISO 9001, versão 2000, que versa sobre Sistema de Gestão da Qualidade, garante sucesso aoprocesso de qualidade implantado pelas organizações.( ) A melhor coisa para quando a criança está agitada é o benzimento; com isso, imediatamente, ela se acalma.( ) Se alguém tomar todos os dias uma xícara de chá quente com ervas (carqueja, espinheira santa e alcachofra),pode emagrecer até 5 quilos por mês.( ) O adoçante dietético é composto de sacarina sódica e ciclamato de sódio e utilizado por quem está fazendoregime alimentar.( ) Para elaborar citações, a melhor fonte de informações é a NBR 10520 da ABNT.( ) Antigamente, muitas mulheres, quando concebiam um filho, ficavam de resguardo na alimentação e nãolavavam a cabeça por 40 dias, porque isso poderia causar problemas de saúde para a vida toda.( ) O Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) cuida da normalização de produtos e serviços de qualidade.( ) Algumas mães usam algumas gotas de leite materno para curar a dor de ouvido das crianças. Profª Daniela M. Cartoni
  36. 36. Conhecimento Conhecimento é a relação que se estabelece entre sujeito que Conhecimento é a relação que se o conhece ou deseja conhecer e estabelece entre sujeito que conhece ou objeto a ser conhecido ou que deseja conhecer e o objeto a ser se dá a conhecer. conhecido ou que se dá a conhecer.Profª Daniela M. Cartoni
  37. 37. A construção do conhecimento científico Ciência organiza Pesquisa Conhecimento gera é parte da Método Raciocínio define
  38. 38. A construção do conhecimento científico Refere-se ao conhecimento ou um sistema de conhecimentos que abarca verdades gerais ou a operação de leis gerais especialmente obtidas eÉ uma atividade voltada testadas através do método científicopara a solução de problemase produção de conhecimentonovo, fidedigno e Ciênciasocialmente válido organiza Pesquisa Conhecimento gera é parte É a construção da gera crítica e criativa do conhecimento (4 Cs). Método MonografiaÉ um conjunto de procedimentos, mediante define Resultado escrito de um estudo científico sobre um tema ouos quais os problemas científicos são questão específica. Visa sistematizar leituras, observações eformulados e as hipóteses testadas reflexões feitas pelo estudante. Exige método rigoroso de coleta e análise de dados e uma visão crítica do problema.
  39. 39. Tipos de conhecimento• Conhecimento mítico• Conhecimento empírico• Conhecimento filosófico• Conhecimento teológico ou religioso• Conhecimento científico
  40. 40. Conhecimento míticoBusca compreender as relações entre o homem,as divindades e natureza.
  41. 41. Conhecimento filosóficoSua finalidade écompreender o significadoda existência humana nosdiferentes aspectos, bemcomo as relações entre ohomem e o mundo.
  42. 42. Conhecimento teológicoPressupõe a existênciade forças que estãoalém da capacidade deexplicação do homemBaseia-se em instânciascriadoras da existência,incorporadas ou nãoaos rituais sagrados.
  43. 43. Conhecimento filosófico- Obtido pelo confronto com a realidade.- Também chamado erroneamente de senso comum
  44. 44. Conhecimento científicoBusca explicar racional e objetivamente o mundo,para nele poder intervir.
  45. 45. Conhecimento científico - Por ser sistemático, contínuo, não é considerado como algo pronto, acabado ou definitivo. - Associa-se à PESQUISA e VERIFICAÇÃO.
  46. 46. Exemplo da verificação na pesquisaExperiências realizadas pelo “Caçadores de Mito” na TV confrontam senso comum e método científico Profª Daniela M. Cartoni
  47. 47. Conhecimento Científico Produtivo Pode ser originária do senso comum ou conhecimento empíricoProfª Daniela M. Cartoni
  48. 48. Caracterização da Pesquisa Profundidade e AmplitudeAmplitude Pesquisa de Campo Grau da Coleta de Dados Estudo de Campo Estudo de Caso ProfundidadeProfª Daniela M. Cartoni Grau do Conhecimento
  49. 49. Exemplo da importância da verificação para ciênciaFraude do sul-coreano Woo-Suk Hwang com o anúncioda clonagem de células-tronco embrionárias humanas Profª Daniela M. Cartoni
  50. 50. Plágio na AlemanhaProfª Daniela M. Cartoni
  51. 51. Plágio na UniversidadeProfª Daniela M. Cartoni
  52. 52. Plágio na MúsicaProfª Daniela M. Cartoni
  53. 53. ConhecimentoFormas de conhecimento e suas características Conhecimento Popular Mítico Filosófico Teológico Científico Valorativo Valorativo Valorativo Valorativo Factual Reflexivo Inspiracional Racional Inspiracional ContingenteAssistemático Sistemático Sistemático Assistemático Sistemático Verificável Não verificável Não Verificável Não Verificável Verificável Falível Infalível Infalível Infalível Falível Inexato Exato Exato Exato ≈ Exato Profª Daniela M. Cartoni
  54. 54. O mundo já não éomesmo...
  55. 55. “Nada há de permanente a não ser a mudança.” HeráclitoProfª Daniela M. Cartoni
  56. 56. Evolução do conhecimento Época No. de inventos2,6 Milhões de Anos A.C 16 Primeiros 18 Séculos 20 da Era Cristã Século XIX 29 Século XX 35
  57. 57. Tempo de maturação1 de alguns bens e serviços selecionados Automóvel 55 Eletricidade 46 Telefone 35 Forno de Microondas 30 Televisão 26 Rádio 22 PC 16 Celular 13 Fonte: National Center for Policy Analysis, 2000. Web 7 (1) N. de anos para atingir 25% da população.
  58. 58. Tempo necessário para que volume de informações produzidas em todo mundo dobre 1985 3,5 anos 1995 30 meses 1998 21 meses 2008 3 semanas 2018 1 noite Fonte: WiscosinSpeakers.com em 12/1/2008
  59. 59. Não confundirMetodologia Científica com Método Científico!
  60. 60. Metodologia Científica X Método Científico Método: do grego methodos [meta] (para) + [hodos] (caminho) “Modo para se chegar a um determinado fim ou objetivo”Modo = prática (genérica) ≠ procedimento (específico)
  61. 61. Metodologia Científica X Método CientíficoMetodologia: do grego [methodos] + [logos] (estudo, discurso)“Estudo do método, ou seja, estudo do modo para se chegar a um determinado fim ou objetivo ”Metodologia: conceitos que explicam o Método utilizado na pesquisa
  62. 62. Epistemologia do Trabalho Científico Epistemologia: do grego epistéme [ciência; conhecimento] + logia [estudo] Conjunto de conhecimentos que têm por objeto o conhecimento científico, buscando:• Explicar os seus condicionamentos (técnicos, históricos ou sociais; lógicos, matemáticos ou lingüísticos);• Sistematizar as suas relações;• Esclarecer os seus vínculos;• Avaliar os seus resultados e aplicações.
  63. 63. “A dificuldade maior não está em persuadir as pessoas a aceitarem idéias novas, mas em persuadi-las a abandonar Profª Daniela M. Cartoni as antigas” (John Maynard Keynes, 1883 – 1946)
  64. 64. Já anunciaram diversas vezes o fim das ideologias, mas o homem não precisa só de pão, precisa de sonhos. (Edgard Morin)

×