Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Matrizes cruzadas Texel e seus cordeirosRobin HilsonNova Zelândia                                   Dayanne M Almeida     ...
(Group Breeding Scheme), pelo qual vinte e quatro criadores                                                               ...
Tínhamos, também, na fazenda, um bloco para quarentena       genética pudesse proporcionar as características ideais para ...
A mudança no aspecto do rebanho ovino       oportunidade comercial em benefício    da NZ nas últimas décadas é reflexo do ...
ONE STOP RAM SHOP Área                                            950 ha Total de matrizes em reprodução:               ...
Primeira fazenda comercial a ter ovinos Texel, Finnish Landrace e Oxford                    Down na Nova Zelândia.        ...
OBJETIVOS    A OSRS tem acesso a melhor genética da NZ proveniente da                Sheepac Ltda a qual foi iniciada em 1...
O genótipo do reprodutor é formado pelo cruzamento de raças puras a    Vinte anos de experiência incorporada por meio da p...
PRINCÍPIOS DO PROGRAMA                                                                      DE MELHORAMENTO GENÉTICO OSRS ...
TECNOLOGIA APLICADA AO PROGRAMA                                                                    DE MELHORAMENTO GENÉTIC...
RESULTADOS                                                         Índice de Seleção   Índice de                          ...
PERFIL ZOOTÉCNICO                           DOS REPRODUTORESwww.onestopramshop.co.nz     dayanne@zootecnista.com.br   11
½ FINN ½ TEXEL  Menor índice de partos distócicos Elevada taxa de concepção em borregas Longevidade reprodutiva  Eficiênci...
¼ FINN ¼ TEXEL ½ ROMNEY  Musculosidade característica da raça Texel  Resistência característica da raça Romney  Carcaças c...
⅜ FINN ⅜ TEXEL ¼ ROMNEY  Elevado índice produtivo  Texel  Excelente conformação de carcaça  Elevado índice de prolificidad...
¼ FINN ¼ TEXEL ½ PERENDALE  Rusticidade característica da raça Perendale  Musculosidade característica da raça Texel  Prol...
½ TEXEL ½ PERENDALE Cruzamento utilizado normalmente para linha materna Impressionante conformação de carcaça Animais com ...
¾ TEXEL ¼ FINN  Elevada taxa de fecundidade em borregas  Fácil manejo  Longevidade reprodutiva  Boa conformação de carcaça...
½ TEXEL ½ SUFFOLK  Reprodutores ideais para primeira monta em borregas  Rusticidade  Ideal para os mercados de exportação ...
TEXEL Superba conformação e rendimento de carcaça Deposição tardia de gordura quando comparado às outras raças Tolerância ...
FINN  Precocidade sexual  Elevada taxa de concepção (250-320%)  Boa tolerância à fotossensibilização  Cordeiros mais leves...
DORPER  Elevada taxa de crescimento em cordeiros Ausência de estacionalidade reprodutiva Elevada taxa de concepção  Boa co...
CRUZAMENTO FINN TEXEL                                             TOLERANTE A FOTOSSENSIBILIZAÇÃO        Borregas cruzadas...
A ESCOLHA PELA GENÉTICA OSRS                                                                                              ...
Inseminação                           Fazenda                                                                  Artificial ...
Cordeiros meio-                         A seleção do                           sangue Texel                            rep...
A participação                           da OSRS em                           feiras                               TV Educ...
MAIORES INFORMAÇÕES                             SOBRE A GENÉTICA OSRS                           Robin Hilson              ...
Robert Carter                                    Taumarunui                                  +64 7 896 7020               ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Catálogo de Reprodutores OSRS 2011-2012

1,337 views

Published on

One Stop Ram Shop 2011-2012 Ram Catalogue Portuguese version.

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Catálogo de Reprodutores OSRS 2011-2012

  1. 1. Matrizes cruzadas Texel e seus cordeirosRobin HilsonNova Zelândia Dayanne M Almeida Brasil (quando no Brasil) CATÁLOGO DE REPRODUTORESTel +64 6 855 8335Fax +64 6 855 8405Cel +64 27 444 1806 Cel +55 11 7244 7681 +55 14 8162 8632 Cel (NZ) +64 27 232 2279 2011-2012Email robin@onestopramshop.co.nz E-mail dayanne@zootecnista.com.br
  2. 2. (Group Breeding Scheme), pelo qual vinte e quatro criadores de diferentes regiões da Nova Zelândia (NZ) selecionavam PALAVRAS suas melhores matrizes para o quesito performance zootécnica e as combinavam entre as fazendas, formando, DO CRIADOR assim conjuntamente, um rebanho principal constituído de um banco genético espetacular. Ao longo de vinte anos foi feita uma análise aprofundada do desempenho dos animais de uma maneira inovadora em A One Stop Ram Shop (OSRS) foi inaugurada na década de que os criadores eram motivados por entusiasmo próprio 50 com o nome de ‘Fazenda Tangarakau’ - um nome um bem como por pesquisadores renomados das universidades tanto difícil de dizer, e mais ainda de se lembrar! Em 1990, envolvidos no programa. quando se tornou uma fazenda notável de criação de reprodutores ovinos, resolvemos mudar seu nome para Por volta dos anos 80, nosso rebanho da raça Perendale ‘One Stop Ram Shop’. havia alcançado desempenho produtivo muito próximo do ideal, fazendo com que, em 1987, fosse iniciada a Sheepac A venda de reprodutores da raça Suffolk e South Suffolk Ltda, uma joint-venture entre o Ministério da Agricultura e naquela época era uma tarefa muito difícil, uma vez que os Silvicultura (MAF) da NZ e quarenta e três ovinocultores com criadores ainda não vinham de um sistema orientado para o intuito de desenvolver e vender um novo banco genético produção, e muita atenção era dada a premiações por ‘tipo’ de ovinos (Texel, Finnish Landrace ou simplesmente Finn e em feiras agropecuárias. Oxford Downs). Modernas tecnologias para reprodução animal foram utilizadas anualmente tais como inseminação Inicialmente nossa criação de reprodutores era para uso artificial e transferência de embrião. próprio e, eventualmente, para venda. A raça Perendale (Cheviot x Romney) foi nosso primeiro recorde de venda, no entanto, não satisfeitos ainda com nosso progresso, resolvemos aderir ao ‘Esquema de Reprodução em Grupo’www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 1
  3. 3. Tínhamos, também, na fazenda, um bloco para quarentena genética pudesse proporcionar as características ideais para pelo Programa Sheepac que, por sua vez, estava ligado o mercado consumidor de carne ovina. Os criadores que diretamente às empresas de processamento de carne e foi atendiam às especificações da TMG recebiam em troca responsável pelo desenvolvimento de experimentos com as premiações pela iniciativa e colaboração. novas raças introduzidas comercialmente no país. Havia se tornado óbvio que cortes especializados de carne produziam Apesar de possuir vários projetos paralelos, a OSRS melhores retornos financeiros aos produtores. A partir de continuou com a venda de animais cruzados estabilizados então, todas as informações coletadas provenientes do geneticamente e as características genéticas selecionadas banco de dados da Sheepac passaram a ser requisito que passavam por constante melhoramento ao longo dos fundamental ao programa de reprodução da OSRS. anos foram se consolidando. Desta forma, os animais eram muito similares às raças pré-estabelecidas na NZ, mas com A OSRS forneceu reprodutores às mais variadas regiões no diferente ‘carga genética’, satisfazendo o gosto dos que diz respeito a condições de relevo e clima da NZ. criadores. Pesquisas haviam demonstrado aos produtores que proporções fixas dos genes das raças Finn e Texel Condições climáticas adversas têm devastado o país desde ocasionavam significante melhora na produção. Assim, a 2003, no entanto, os cruzamentos estabilizados partir de 1992, a OSRS iniciou a venda de reprodutores geneticamente têm demonstrado elevada resistência e cruzados contendo as proporções genéticas que formariam adaptabilidade justamente por causa das características que o ‘animal composto’ final. Após 10 anos não se fazia mais os destacam tais como rusticidade, persistência na produção necessário o cruzamento de raças puras para obtenção do de leite, quilogramas de cordeiro desmamado por ovelha e cruzado uma vez que este já havia se tornado estável menor requerimento de energia para manutenção corpórea. geneticamente. A OSRS criou, também, o Texel Marketing Group (TMG) o qual possuía ligação contratual com a maior empresa processadora de carne denominada Richmond. A principal função do grupo era reunir rebanhos para abate cujawww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 2
  4. 4. A mudança no aspecto do rebanho ovino oportunidade comercial em benefício da NZ nas últimas décadas é reflexo do sempre dos produtores. quão é bem aceito o conceito de nova genética que tem sido inserido A OSRS é líder em prover genética ovina gradualmente no país e a OSRS sente-se de elevado desempenho a várias orgulhosa por ter contribuído com a propriedades na NZ como também para iniciativa. Todos os nossos parceiros e Austrália e América do Sul. Nossa colaboradores ainda almejam novas constante procura por informação e mudanças para o setor a fim de trazer tecnologia por meio do contato direto maior valor à atividade tornando-a com profissionais do setor agropecuário, atrativa ao produtor. O objetivo da OSRS juntamente com pesquisadores e é de produzir animais prontos para cientistas coloca-nos à frente nos atender às exigências do consumidor programas desenvolvidos para final assim como apresentar elevada melhoramento genético de ovinos no performance produtiva. país. Adicionalmente, nosso sucesso deve-se, também, à vasta experiência O sucesso da OSRS tem sido construído adquirida por meio do contato constante por meio do contato constante com os com criadores ao longo dos anos produtores e da atenção individual a combinado com a troca de experiências estes, os quais nos mantêm informados e ideias. continuamente sobre o desempenho dos nossos animais nas fazendas. Os A OSRS ainda continua selecionando seu programas de reprodução aconselhados rebanho sempre em busca do ideal e e também o tipo ideal de cruzamento estamos muito felizes em fazê-lo. para cada propriedade refletem diretamente a qualidade do nosso serviço. A TMG, por sua vez, está sempre Mapa da localização e genótipo dos disposta a explorar toda e qualquer reprodutores vendidos entre 1990- 2006.www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 3
  5. 5. ONE STOP RAM SHOP Área 950 ha Total de matrizes em reprodução: 4.600 Total de borregos e borregas para reprodução: 3.400 Total de cabeças de ovinos: 12.000 Total de raças ovinas puras e cruzados: 10 4
  6. 6. Primeira fazenda comercial a ter ovinos Texel, Finnish Landrace e Oxford Down na Nova Zelândia. Primeira a vender reprodutores meio-sangue Finn Texel. Primeira a comercializar carcaças das raças Finn e Texel em larga escala para os mercados da NZ e internacionais. Primeira a promover cruzamentos estabilizados geneticamente com proporções fixas das raças Finn, Texel e de genética neozelandesa. Primeira a produzir e comercializar reprodutores meio-sangue Texel Suffolk. Primeira a atingir 7 estações de monta natural dentro de um período de 18 meses com objetivo de atingir 6 estações de nascimento por ano por intermédio do Programa Dorper na NZ.www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 5
  7. 7. OBJETIVOS A OSRS tem acesso a melhor genética da NZ proveniente da Sheepac Ltda a qual foi iniciada em 1987 e tem sido submetida DO PROGRAMA à constante aperfeiçoamento. A partir da década de 90 a ênfase em seleção teve seu foco desviado para índices de seleçãoDE REPRODUÇÃO como taxa de crescimento e sobrevivência. Características como musculosidade e suculência na raça Texel têm feito parte do OSRS programa de reprodução da OSRS desde 1990. Já as características selecionadas para o cruzamento meio-sangue Finn Texel tais como taxa de concepção, sobrevivência e propensão a prolapsos têm sido destaque também no programa. 6
  8. 8. O genótipo do reprodutor é formado pelo cruzamento de raças puras a Vinte anos de experiência incorporada por meio da parceria entre afim de se obter determinadas proporções genéticas para um específico OSRS e a Texel Marketing Group (TMG), a qual é responsável pelaobjetivo. Após as primeiras cruzas, inicia-se o processo de busca constante de tecnologia e desenvolvimento do programa deestabilização do ‘animal composto’ por meio de sucessivas cruzas com marketing da carne ovina neozelandesa para os diferentes mercadosoutros ‘animais compostos’ de semelhante proporção genética. O consumidores da Europa, EUA e Austrália, tem sido crucial para quesucesso desse programa deve-se a pressão de seleção a que são possamos manter a marca de contribuição anual de reprodutores emsubmetidos os produtos da cruza para atender ao ‘tipo’ que se busca cerca de 6% do rebanho nacional de matrizes na NZ, assim como terbaseando-se na performance dos animais. Cada cruzamento genética OSRS internacionalmente conhecida na Austrália e Américageneticamente estabilizado é produto, então, de um minucioso do Sul.programa de reprodução que se utiliza não somente das basescientíficas da pesquisa desenvolvida no país como também da Nosso programa de reprodução é baseado no senso comum entreacumulada experiência e conhecimento dos nossos funcionários e pesquisa e experiência de mercado e visa trazer maior poder aquisitivocolaboradores. e competitivo aos ovinocultores que acreditam na produção séria e sustentável. Reprodutores OSRS de vinte meses de idadewww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 7
  9. 9. PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO OSRS Com performance zootécnica tenras e musculosas. Desde 1990 registrada desde 1950, a OSRS a seleção de reprodutores para a está em constante seleção de característica que torna a carne seus animais para ganho de cordeiro Texel amplamente genético nos índices de seleção procurada por fazendas para sobrevivência e taxa de comerciais e de elite tem sido crescimento. Essas duas prioridade na OSRS. Para tal características têm sido nosso nosso programa de criação objetivo desde 2000 quando os disponibiliza reprodutores índices para fertilidade atingiram oriundos de sete cruzamentos um patamar ideal na fazenda. estabilizados geneticamente e três raças puras de origem. Todos A experiência em exportação e os animais da fazenda passam processamento da carne ovina pelo sistema de dados da Sheep foi incorporada aos programas de Improvement Limited (SIL) e após reprodução da OSRS. Por vinte e rigorosa análise, obtém-se o dois anos as raças Finn e Texel ranqueamento final dos têm sido criadas com o único reprodutores para a combinação objetivo de promover a genética entre índices genéticos de ideal para o sistema conhecido seleção para diferentes como ‘do animal à embalagem’. características tais como Carcaças de cordeiros meio-sangue Texel fertilidade, crescimento e Suffolk OSRS aos 66 dias de idade. Peso de A ciência da biotecnologia tem sobrevivência, expressos estes carcaça entre 10,7 a 13,1 kg. Animais com provado a existência de um gene em valores econômicos (NZ$). destino ao mercado espanhol. exclusivo à raça Texel que a permite produzir carcaças maiswww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 8
  10. 10. TECNOLOGIA APLICADA AO PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO OSRS ÍNDICES DE SELEÇÃO  WWTeBV: Peso à desmama  WWWTMeBV: Peso vivo da matriz à desmama No gráfico é demonstrada a tendência  CWeBV: Peso da carcaça genética para taxa de crescimento ao longo  EWTeBV: Peso vivo da matriz dos anos em borregas Texel. A linha azul  NLBeB: Número de cordeiros nascidos refere-se ao peso vivo dos animais enquanto  SUReBV: Sobrevivência dos cordeiros que a linha vermelha se refere ao peso à  SURMeBV: Habilidade materna com ênfase na sobrevivência da cria desmama destes.www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 9
  11. 11. RESULTADOS Índice de Seleção Índice de A Central de Teste de Progênie Índice de SeleçãoColocação Nº Animal Rebanho Raça para Crescimento e Seleção para para Produção de da Beef + Lamb NZ juntamente Produção de Carne Crescimento com a Sheep Improvement Carne (NZ$) (NZ$) (NZ$) Limited (SIL) realiza 12º 3091 (03) One Stop Ram Shop Texel/Suffolk 3,73 2,22 1,51 experimentalmente a análise genética do desempenho de reprodutores para específicas características tais como taxa de crescimento e produção de carne por meio de sucessivos testes de progênie. Os resultados, então, são apresentados na forma de comparações de rebanhos por toda a NZ. O reprodutor meio- sangue Texel Suffolk 3091/03 da OSRS participou do ranqueamento e ficou colocado entre os primeiros 10% do total de carneiros testados. A OSRS se utiliza dos mesmos índices de seleção em questão para as linhas maternas da fazenda. O ranqueamento individual do desempenho zootécnico dos animais da fazenda é a principal ferramenta na escolha do reprodutor que possa trazer os resultados esperados no desempenho produtivo final do rebanho.www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 10
  12. 12. PERFIL ZOOTÉCNICO DOS REPRODUTORESwww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 11
  13. 13. ½ FINN ½ TEXEL Menor índice de partos distócicos Elevada taxa de concepção em borregas Longevidade reprodutiva Eficiência em conversão alimentar Cordeiros com expressiva musculosidade Elevada habilidade materna Taxa de concepção de até 180% sob condições favoráveis Este cruzamento é utilizado em larga escala na NZ. Em 2009, apesar de enfrentar uma seca severa, as taxas de concepção se mantiveram inalteradas nas ovelhas meio-sangue Finn Texel da OSRS. Reprodutores meio-sangue Finn Texel Cordeiros meio-sangue Finn Texel à desmama Borregas meio-sangue Finn Texelwww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 12
  14. 14. ¼ FINN ¼ TEXEL ½ ROMNEY Musculosidade característica da raça Texel Resistência característica da raça Romney Carcaças consideradas ‘light’ para o teor de gordura Longevidade reprodutiva Ovelhas de médio à grande porte Ideal para o mercado de carcaças pesadas de cordeiro Taxa de concepção de até 180% sob condições favoráveis Este cruzamento possui satisfatória resistência a fotossensibilização e é, atualmente, componente principal do rebanho nacional de matrizes da NZ. Animais com elevado Reprodutores ¼ Finn ¼ Texel ½ Romney desempenho produtivo mesmo sob condições climáticas e geográficas adversas. Cordeiros e ovelhas ¼ Finn ¼ Texel ½ Romney Borregas ¼ Finn ¼ Texel ½ Romneywww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 13
  15. 15. ⅜ FINN ⅜ TEXEL ¼ ROMNEY Elevado índice produtivo Texel Excelente conformação de carcaça Elevado índice de prolificidade e libido Borregas com apresentação precoce de cio Taxa de concepção de até 180% sob condições favoráveis Animais de porte médio capazes de sobreviver nas mais adversas condições. Os criadores neozelandeses encontram neste cruzamento as características ideais para manejo simples do rebanho aliado ao alto desempenho produtivo. Reprodutores ⅜ Finn ⅜ Texel ¼ Romney Cordeiros ⅜ Finn ⅜ Texel ¼ Romney à desmama Borregas ⅜ Finn ⅜ Texel ¼ Romneywww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 14
  16. 16. ¼ FINN ¼ TEXEL ½ PERENDALE Rusticidade característica da raça Perendale Musculosidade característica da raça Texel Prolificidade característica da raça Finn Elevada taxa de sobrevivência dos cordeiros à desmama Excelente taxa de conversão alimentar Ovelhas com capacidade de manter o peso corpóreo estável mesmo sob condições insatisfatórias de pastagem Taxa de concepção de até 180% sob condições favoráveis Este cruzamento é considerado o melhor na categoria tricross no que diz respeito à resistência e à rusticidade. Ele é utilizado, também, em larga escala na NZ. Reprodutores ¼ Finn ¼ Texel ½ Perendale Ovelha ¼ Finn ¼ Texel ½ Perendale e seus cordeiros gêmeos Borregas ¼ Finn ¼ Texel ½ Perendalewww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 15
  17. 17. ½ TEXEL ½ PERENDALE Cruzamento utilizado normalmente para linha materna Impressionante conformação de carcaça Animais com requerimento menor de energia de manutenção Desempenho positivo tanto às condições intensivas quanto extensivas Animais com elevado padrão de carcaça. Finalistas da premiação ‘Oscar do Cordeiro’ em 2007 Tolerância natural a parasitas maior que aquela observada na maioria das raças-padrão da NZ Taxa de concepção de até 180% sob condições favoráveis Reprodutores ½ Texel ½ Perendale Significativo aumento na utilização do meio-sangue Texel Perendale justamente pela rusticidade aliada ao menor custo energético para manutenção. Borregos ½ Texel ½ Perendalewww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 16
  18. 18. ¾ TEXEL ¼ FINN Elevada taxa de fecundidade em borregas Fácil manejo Longevidade reprodutiva Boa conformação de carcaça Superbas características sensoriais da carne Taxa de concepção de até 180% sob condições favoráveis Animais de grande potencial para as características de produtividade, resistência e fácil manejo. Reprodutores ¾ Texel ¼ Finn Cordeiros ¾ Texel ¼ Finn à desmama Borregas ¾ Texel ¼ Finnwww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 17
  19. 19. ½ TEXEL ½ SUFFOLK Reprodutores ideais para primeira monta em borregas Rusticidade Ideal para os mercados de exportação direcionada Conformação de carcaça de atribuição PRIME ainda com baixo peso vivo Taxa de concepção de até 160% sob condições favoráveis Texel Suffolks têm sido utilizados por todo território da NZ justamente por causa da rusticidade característica do cruzamento. Anualmente, 1200 matrizes Texel Suffolk são postas em estação de monta na OSRS. Durante os últimos vinte anos, a produção de ovinos Texel Suffolk se fez presente permitindo, dessa forma, ganhos genéticos significativos principalmente no Reprodutores ½ Texel ½ Suffolk que diz respeito à taxa de crescimento . Cordeiros ½ Texel ½ Suffolk à desmama Borregas ½ Texel ½ Suffolkwww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 18
  20. 20. TEXEL Superba conformação e rendimento de carcaça Deposição tardia de gordura quando comparado às outras raças Tolerância a parasitas 30% maior que nas raças neozelandesas Animais com ingestão alimentar entre 80-85% do valor médio consumido pelas raças-padrão da NZ Carneiros utilizados tanto como reprodutores para formação de ‘raças compostas’ ou para cruzamento comercial Taxa de concepção de até 150% sob condições favoráveis Texels são utilizados em quase todos os cruzamentos realizados na NZ. São considerados como a melhor raça para as características de carcaça bem como a melhor e mais freqüente Reprodutores Texel escolha de mercado para reprodutores destinados a fazendas comerciais. Cordeiros Texel à desmama Borregas Texelwww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 19
  21. 21. FINN Precocidade sexual Elevada taxa de concepção (250-320%) Boa tolerância à fotossensibilização Cordeiros mais leves ao nascer Rara incidência de prolapsos Animais cuja carcaça é considerada ‘light’ para o teor de gordura Animais provenientes de primeira cruza podem produzir até 50% mais cordeiros Excelente habilidade materna Utilizada como principal raça na composição dos cruzamentos genéticos da NZ com o propósito de melhorar a fertilidade do rebanho e a resistência à fotossensibilização. Reprodutores Finn Cordeiros Finn à desmama Ovelhas Finn próximas à época de pariçãowww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 20
  22. 22. DORPER Elevada taxa de crescimento em cordeiros Ausência de estacionalidade reprodutiva Elevada taxa de concepção Boa conformação de carcaça Rusticidade Animais de porte médio, ideais para primeira monta em borregas Dorpers foram desenvolvidos na África do Sul sob extremas condições ambientais adversas o que, desta forma, justifica sua rusticidade e resistência intrínsecas. Essa raça, apesar de apresentar problemas relacionados ao casco os quais podem ser eliminados com forte pressão de seleção, possuem grande potencial para mudar a indústria da ovinocultura na NZ. Borregos Dorper Ovelhas Dorper e cordeiros Borregas Dorperwww.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 21
  23. 23. CRUZAMENTO FINN TEXEL TOLERANTE A FOTOSSENSIBILIZAÇÃO Borregas cruzadas Finn Texel Reprodutores cruzados Finn Texel Este cruzamento possui genes das raças Finn, Texel e Coopworth. Elevada taxa de fertilidade, resistência natural a parasitas, excelente habilidade materna e, principalmente, elevada tolerância à fotossensibilização Cordeiros cruzados Finn Texel (animais submetidos a 6mg de esporodesmina/kg de peso vivo) o tornam interessante escolha.www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 22
  24. 24. A ESCOLHA PELA GENÉTICA OSRS Reprodutores OSRS, Southland 2010Os reprodutores da OSRS têm provado aumentar a produtividade dos rebanhos dos criadores justamente por causa da alta pressão deseleção tanto genética quanto de ambiente a que são submetidos constantemente. A escolha pelo cruzamento ideal que atinja os objetivosesperados é o primeiro passo rumo ao melhoramento genético esperado na progênie. A OSRS, ciente do seu papel como provedora degenética ovina, preocupa-se em aconselhar o produtor na escolha do carneiro e também nas práticas de manejo que possam potencializardiretamente a resposta esperada.www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 23
  25. 25. Inseminação Fazenda Artificial e ‘Burnside’, Transferência de integrante da Embrião são OSRS, solo fértil, tecnologias plano e também naturalmente utilizadas na irrigado. OSRS. Outono, Inverno, 2009. 1 2010. 4 Carneiros sendo Fazenda ‘Tarata’, vasectomizados integrante da (rufiões) para OSRS, relevo de específicos planalto com programas de chuvas estação de regulares. monta. Verão, Inverno, 2009. 2010. 2 5 Veterinário Estação de Richard Hilson manejo de introduzindo cordeiros: CIDRs nas identificação, matrizes Dorper caudectomia e para registro sincronização de genealógico. cio. 3 Primavera, 2010. 6www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 24
  26. 26. Cordeiros meio- A seleção do sangue Texel reprodutor ideal Suffolk no centro sempre se faz de manejo da pelos registros Fazenda de desempenho ‘Burnside’, produtivo integrante da individual do OSRS. animal. 7 10 Este supervisor, responsável por Brincos coloridos 150 mil cabeças, tornam mais seleciona fácil a reprodutores identificação por meio-sangue genótipo dos 10 Texel Suffolk por diferentes meio do grupos genéticos ranqueamento da fazenda. de desempenho 8 zootécnico. 11 Anualmente a Após seleção OSRS organiza a (muitas vezes de ‘Fazenda mais de um tipo Aberta’, a qual genético), os atrai visitantes e criadores criadores de embarcam os todas as regiões animais. da NZ. 12 9www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 25
  27. 27. A participação da OSRS em feiras TV Educacional, agropecuárias Country Channel, estimula o realizando encontro de matéria sobre a produtores e a OSRS. Ago, 2009. discussão sobre ovinocultura. 16 Ilha Sul, NZ. 13 A repórter do Produtores canal TV uruguaios em Nacional visita à OSRS. entrevista Robin Variados grupos à respeito dos de produtores e caminhos acadêmicos futuros da visitam a OSRS ovinocultura na anualmente. 17 NZ. Fev, 2010. 14 Repórteres do canal de TV Nacional Comitê entrevistam agrotécnico Robin à respeito chinês em visita das diretrizes da à OSRS. política agrária na NZ. Set, 2009. 18 15www.onestopramshop.co.nz dayanne@zootecnista.com.br 26
  28. 28. MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE A GENÉTICA OSRS Robin Hilson Nova Zelândia 3600 SH 2 RD 1 Waipukurau 4281 Tel: +64 6 855 8335 Cel: +64 27 444 1806 Fax: +64 6 855 8405 E-mail: robin@onestopramshop.co.nz www.onestopramshop.co.nz Dayanne M Almeida Brasil Zootecnista, Consultora em ovinocultura Representante técnica da OSRS Genetics na América do Sul Tel (NZ): +64 6 855 8150 Cel (NZ): +64 27 232 2279 E-mail: dayanne@zootecnista.com.br www.farmpoint.com.br/mypoint/onestopramshopwww.onestopramshop.co.nz 27
  29. 29. Robert Carter Taumarunui +64 7 896 7020 Dennis Meade Tapawera +64 3 522 4112 Robin Hilson Waipukurau +64 6 855 8335 Peter Kettle Takapau +64 27 483 9595 Guy Bellerby Daniel Wheeler Te Anau Kaiapoi+64 3 249 8220 +64 27 436 3167 Blair Gallagher Mt Somers +64 3 303 9819 Jeff Moss Southland +64 3 246 8308

×