Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Revolução Inglesa, Revolução Industrial, Iluminismos, Revolução Francesa e Independencia EUA

514 views

Published on

Material de apoio. Temas: Revolução Inglesa, Revolução Industrial, Iluminismo, Revolução Francesa, Independência dos Estados Unidos.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Revolução Inglesa, Revolução Industrial, Iluminismos, Revolução Francesa e Independencia EUA

  1. 1. Da revolução Inglesa à Revolução industrial • A Inglaterra limitava os poderes dos reis através da Magna Carta. • Esta característica foi interrompida com o absolutismo da dinastia TUDOR: Henrique VIII Elisabeth I. Contudo, como suas decisões eram benéficas aos burgueses não houve conflito entre o rei e o parlamento. • A dinastia de Elisabeth I inclusive derrotou a invencível armada espanhola.
  2. 2. Nobreza Burguesia e Gentry Yomen (pequenos camponeses) Levellers ( Niveladores ) Diggers (cavadores)
  3. 3. •Divisão religiosa: a) Anglicanos: Nobreza Feudal e alta burguesia b) Católicos: Espalhados em várias classes c) Puritanos (calvinistas): Camponeses e baixa burguesia.
  4. 4. Inicio do conflito religioso • Jaime I passou a subir impostos e a perseguir os puritanos. • O rei confiscou terras dos Irlandeses puritanos e os obrigou a migrar para EUA. • Para finalizar seu mandato dissolveu o parlamento. • Carlos I continuou subindo os impostos e o parlamento impõe a ele a Petição de Direitos • Ele imita seu pai e também dissolve o parlamento
  5. 5. • O parlamento aprova uma lei em que o rei é proibido de dissolver o parlamento. • Início da Revolução puritana (1642-1649): Exército do Rei: Católicos e Anglicanos x Exército do parlamento* *Formado por Puritanos de duas categorias, respectivamente: Levellers e Diggers ambos sob a liderança de Oliver Cromwell. • Os puritanos vencem e o rei é morto !!!!
  6. 6. A república de Oliver Cronwell • União sob uma única bandeira: Irlanda, Escócia, Pais de Gales, Inglaterra. • Os Levellers e Diggers foram abandonados por serem considerados muito radicais. • Atos de Navegação: a marinha inglesa ganhava exclusividade no transporte de mercadorias das colônias. • Lord protetor da república: cargo vitalício e hereditário.
  7. 7. A volta da monarquia • Os grupos burgueses apoiam a volta da monarquia sob novas regras. • Assumiria Carlos II filho de do rei morto Carlos I • Morte de Carlos II passou o trono para seu irmão Jaime II que era um católico fervoroso. • O medo da volta do catolicismo fez o parlamento fechar um acordo com sua filha Maria Stuart que era casada com o príncipe holandês Guilherme de Orange.
  8. 8. • Neste acordo o parlamento se comprometia a coroar Maria como rainha da Inglaterra e Guilherme, seu marido, seria coroado rei. • Ao ser empossado o rei deveria assinar um documento chamado Bill of Rigths (declaração de direitos). Este submetia os poderes do rei ao parlamento. - Garantia de liberdade individual - Eleições parlamentares - Afastar os católicos do trono - Liberdade de Culto • Estava encerrada a chamada revolução gloriosa.
  9. 9. Revolução Industrial • Divisão entre capital e trabalho. - O burguês detém os meios de produção. - O trabalhador detém a força de trabalho. - Resta ao trabalhador vender sua força de trabalho ao burguês para não morrer de fome.
  10. 10. Principais fatores • Capital acumulado ao longo da idade moderna. • Existência de mão de obra excedente nas cidades. • Disponibilidade de matéria prima: Carvão e Ferro. • Primeiro setor a passar pelo processo foi o setor têxtil.
  11. 11. Inovações tecnológicas. • Máquinas de fiar de uma só vez 80 fios. • Máquina a vapor de James Watt. • Tear Mecânico. • Desencaroçador mecânico: separava o caroço do algodão da fibra.
  12. 12. Fases da revolução Industrial • Primeira fase: Inglaterra e em menor proporção França e Bélgica. Atingiu apenas a indústria Têxtil. Matéria prima: Ferro, Carvão e vapor. • Segunda Revolução industrial: Alemanha, Itália, Estados Unidos, Japão. Motor a combustão, energia elétrica, derivados de petróleo. Foi inventado também neste processo o telegrafo e o telefone. • Terceira revolução industrial: Sistema de produção totalmente automatizado Fordismo e Taylorismo, caracterizado pelo consumo em massa.
  13. 13. Alienação no Trabalho. • Ao separar o trabalhador do processo total de produção de um determinada produto, a revolução industrial teve como principal consequência este processo alienação. • Nela a produção do trabalhador é absolutamente estranha ao mesmo, pois ele não mais participa de todo o processo de construção do objeto fabricado, mas participa apenas de uma pequena parte.
  14. 14. As condições de trabalho e os movimentos operários • Uma das principais contribuições do pensador alemão Karl Marx para a sociologia foi ter explicado, com enorme precisão, qual é a origem do lucro e da acumulação de capital. • Um operário trabalha 8 horas por dia, e nestas 8 horas ele produz em riqueza o suficiente para pagar seu salário mensal. • Nos outros 29 dias do mês que ele trabalha e o lucro deste é 100% do patrão. • E quanto maior a exploração do tempo sobre a mercadoria trabalho maior será o lucro final do burguês: Mais valia absoluta. • Esta equação resultou em condições de trabalho insalubres, bem como, jornadas de trabalho de 18 horas diária. • Por esta razão surgiram os movimentos Ludista e Cartista, e posteriormente as Trade Unions.
  15. 15. Século das Luzes • Aprofundamento nas transformações sociais e econômicas em ascensão desde o período renascentista. • A razão científica racionalizava todos os setores da vida prática: econômico ( Adam Smith), filosófico (Jean Jacques Rousseau e Montesquieu) científico com Isaac Newton. • Principal inimigo das ideias iluministas estava no chamado antigo regime.
  16. 16. Século das Luzes • Postura anticlerical • Laicização do Estado: separação entre estado e igreja. • Combate à escravidão e defesa da liberdade como direito natural e inalienável de todo ser humano. • Indivíduos livres para comprar, vender, ou produzir sem a interferência do estado ou do clero. • Defesa da igualdade jurídica dos indivíduos.
  17. 17. Principais pensadores Iluministas • Francis Bacon (1561-1626): Método experimental • René Descartes (1596-1650): Discurso do método • John Locke (1632-1704): Liberalismo político • Barão de Montesquieu (1689-1775): Divisão em 4 poderes • Denis Diderot (1713-1778): Enciclopédia iluminista.
  18. 18. Liberalismo econômico • Não intervenção estatal na economia. Mão invisível do estado: Adam Smith. Laissez faire, laissez passer: fisiocratas. • Auto regulação do mercado • Defesa sagrada da propriedade privada • Combate ao protecionismo.
  19. 19. Despotismo esclarecido • Para não perder a cabeça em uma guilhotina por ai os reis da Europa tomaram medidas politicas e econômicas de caráter iluminista. • Estes foram chamados de déspotas esclarecidos.  Abolição da tortura para presos políticos.  Limitação aos poderes da igreja.  Investimento em educação.  Abolição da servidão.  Concessão de liberdade. religiosa .
  20. 20. Independência dos Estados Unidos • Ocupação do território por perseguição religiosa e pelos cercamentos. • Divisão das 13 colônias três regiões: Norte (nova Inglaterra), Centro, e Sul. • O modelo de desenvolvimento autônomo do Norte é o que leva ao processo de independência. • Com a revolução industrial a Inglaterra pretendia acabar com as manufaturas do Norte e dificultar o comércio com África e Caribe.
  21. 21. Causa e consequências Causas: Guerra dos sete anos desgastou a economia inglesa. • Esta guerra é considerada uma “pré-guerra primeira guerra mundial”.  Participaram dessa guerra: Reino da Saxônia, Império Russo, Império Sueco e Espanha, França, e Império Habsburgo. x Inglaterra, Portugal , Prússia e Reino de Hanover. Consequências: A Inglaterra aumento o controle sobre suas colônias através do aumento de impostos.
  22. 22. Leis restritivas 1756-1776 • Lei do Melaço: aumento no imposto do produto para colonos não ingleses. • Lei do açúcar: vetava a importação de rum. • Lei do selo: imposto sobre qualquer imposto na colônia • Lei do Chá(Tea Party): Monopólio do comercio do chá para a Cia das índias Orientais. • Leis intoleráveis: Fechamento do porto de Boston, o impedimento de toda e qualquer manifestação pública contra a
  23. 23. A independência • Primeiro congresso da Filadélfia: Declaração de direitos. • Segundo Congresso da Filadélfia: Declaração de independência. Thomas Jeferson e Benjamin Franklin. • Guerra de independência contra a Inglaterra.
  24. 24. Os Estados Unidos do Séc. XIX • Segunda guerra de independência. Inglaterra • Guerra do México: Texas, Luisiana, Califórnia, Oregon. • Norte: Trabalho Livre e início das manufaturas. • Sul: Agrária e escravocrata. • 1848-1860. Descoberta do ouro na Califórnia. • Ocupação e genocídio indígena baseado no destino manifesto
  25. 25. A guerra de secessão • 1861 O presidente Abraham Lincoln decretou o fim da escravidão. • Formação dos Estados Confederados da América que entra em guerra com o Norte denominado de Estados da União. • Vitória da União e início do processo de segregação e preconceito racial na América. • Emenda Platt e intervencionismo através da política do Big Stick Police.
  26. 26. Revolução Francesa 1789-1799 • A França estava atravessando uma forte crise nos três principais setores da sociedade.  Politico: desgaste no regime absolutista.  Econômico: atraso na participação no processo de revolução industrial.  Social: O primeiro estado (clero) e o segundo estado (Nobreza) eram judicialmente privilegiados. Recaia sobre o povo, ou terceiro estado o pagamento de pesados impostos
  27. 27. Início do processo • Dificuldade financeira desde Luís XIV. • Aumento no déficit público com a entrada na guerra dos 7 anos. • Aumento no preço do trigo. • Convocação dos Estados Gerais. • O terceiro Estado se reúne separadamente na Assembleia Nacional Constituinte (Juramento do jogo da Pela). • Substituição do exército pela Guarda Nacional.
  28. 28. A queda da Bastilha • Em 14 de julho de 1789 a população toma a antiga masmorra do absolutismo francês a Bastilha. • Fase do Grande Medo • Declaração dos direitos do Homem e do cidadão. • Monarquia Constitucional 1791-1792.  A burguesia quer manter a classe mais pobre afastada pode poder.  Tentativa de fuga da família real para a Áustria.  Ataque da primeira Coligação contra a França.
  29. 29. Convenção Nacional ou República Jacobina • Girondinos: Grupo que se sentava à direita da assembleia defendia a propriedade privada e os interesses da alta burguesia. • Jacobinos: Grupo que sentava à esquerda da assembleia e defendia o fim da propriedade privada e dos privilégios da nobreza e do clero. • Grupo do centro também conhecido como pântano.
  30. 30. Rubespierre • Fim da prisão por dívida e da escravidão na colônias • Lei no Máximo • Venda de bens da igreja elaboração de um novo calendário • Reforma agrária. • 1893 criado os comitês da salvação pública e comitê de segurança nacional. • 17 mil pessoas são guilhotinadas em 2 anos inclusive o rei Luís XVI • Danton, membro do grupo moderado dos Jacobinos é guilhotinado • Reação da direita Girondina na deposição de Rubespierre: Reação termidoriana.
  31. 31. O diretório • A alta burguesia substituiu a convenção nacional pelo diretório. • Nova Constituição (pântano) • Voto Censitário • 1798 vitória dos jacobinos nas eleições legislativas. • A alta burguesia se articula com o exército dando um golpe da revolução. • Viva Napoleão Bonaparte!

×