Transformando a ti com cloud computing e virtualização

1,666 views

Published on

Palestra sobre Cloud Computing e Virtualização realizada na URI Campus de Erechim e na Unoesc Chapecó

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,666
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
74
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transformando a ti com cloud computing e virtualização

  1. 1. Transformando a TI com Cloud Computing e Virtualização Darlan Segalin
  2. 2.  Diretor de TI CBA Sistemas – Chapecó - SC;  Arquiteto de soluções IBM;  Responsável por projetos de datacenter e desenvolvimento de painel de gerenciamento para serviços baseados em nuvem;  Graduação em análise e desenvolvimento de sistemas. UNOESC  Mestrando em Ciência da Computação – PUCPR;  Especialista em Gerenciamento de projetos.  IBM Certified Specialist;  Certificação Linux LPI-2;  Mandriva Conectiva Certified Instructor;  DBA Oracle;  MCP, MCTS. (Microsoft Certified Professional)  Palestrante FISL(Fórum Internacional de Software Livre) em 2008, 2009 e 2010 Info?
  3. 3. Popularidade do assunto By Google Trends
  4. 4. Conceito
  5. 5.  O termo “Cloud Computing” tem se tornado popular associado à utilização de uma rede massiva de servidores físicos ou virtuais – uma nuvem – para a alocação de um ambiente de computação;  É isso, mas não só. Conceito
  6. 6. Conceito
  7. 7. Your Business !!
  8. 8. SaaS (Software as a Service); PaaS (Platform as a Service); IaaS (Infrastructure as a Service); XaaX (X as a X)
  9. 9. Software as a Service
  10. 10. Software as a Service
  11. 11. Platform as a Service Rails One
  12. 12. Infrastructure as a Service
  13. 13. Storage on a Cloud: Ex: S3 – Amazon web services  Integração com APIS de desenvolvimento;  Armazenamento na nuvem;  Escalabilidade;  Utilização sob-demanda; Nuvens escaláveis – S3
  14. 14.  Sudo gem install aws-s3  Require 'rubygems'  Require 'aws/s3'  AWS::S3::Base:establish_connection!(  :access_key_id = > 'Sua ID',  :secret_access_key = > 'Sua Chave'  )  AWS::S3::S3Object.store(  'exemplo.jpg' ,  Re open('exemplo.jpg'),  'meu-local-publico'  :access => :public_read Nuvens escaláveis – EC3
  15. 15. Infra on a Cloud: Ex: EC2 – Amazon web services  Elastic Computing e Escalabilidade;  Servidores na nuvem;  Utilização sob-demanda;  VIDEO:  http://www.youtube.com/watch?v=bBajLxeKqoY Nuvens escaláveis – EC2
  16. 16. Google App Engine  Servidor Web dinâmico com total suporte a tecnologias web;  Plataforma de desenvolvimento em nuvem;  Suporta linguagens Python e Java; • Storage persistente com suporte a queries, sorting and transactions. • Limites de 500mb de armazenamento • 5 millhões de page views por mês. • Limite de registro para até 10 aplicações. Nuvens escaláveis
  17. 17.  Exemplo:  Helloworld.py  print 'Content-Type: text/plain' print '' print 'Hello, world!‘  app.yaml - dentro do diretorio da aplicação.  application: helloworld  version: 1  runtime: python  api_version: 1  handlers:  - url: /.*  script: helloworld.py Nuvens escaláveis
  18. 18.  Inicie o WebServer local com o comando:  google_appengine/dev_appserver.py helloworld/  Acessando:  http://localhost:8080/  Usando templates (Django)  import os from google.appengine.ext.webapp import template  Realizando upload de sua aplicação na nuvem do Google:  appcfg.py update helloworld/  Acessando:  http://exemploaplic.appspot.com Nuvens escaláveis
  19. 19.  Enomaly é uma desenvolvedora de software para o sistema de virtualização e gerenciamento de cloud computing como plataforma IaaS;  É usado por muitos prestadores de serviços como base para suas ofertas de cloud computing e também para construção de nuvens privadas, alguns cases abaixo: Cloud Projects
  20. 20. Cloud Projects
  21. 21. Cloud Projects
  22. 22. Cloud Projects
  23. 23.  Customer & Administrative web based GUI applications  Support for multiple Hypervisors including KVM, VMware and Xen  Per customer and per virtual machine network assignment and VLAN tagging capabilities  An integrated Application Store offering  Billing and metering capability with back-office integration  High Availability (HA) architecture  RESTful automation API software architecture  Group-based ACL security Cloud Projects
  24. 24.  OpenNebula é um toolkit de código aberto para criar facilmente qualquer tipo de nuvem: privado, público e híbridos;  Com OpenNebula você pode transformar seu centro de dados em uma infra-estrutura flexível e ágil virtual que dinamicamente se adapta às novas exigências da carga de serviço. Cloud Projects
  25. 25. Cloud Projects
  26. 26. Benefícios:  Entrega mais rápida e escalabilidade de serviços;  Suporte para ambientes heterogêneos;  Integração entre nuvens privadas e/ou públicas;  Controle total do ciclo de vida do gerenciamento de serviços virtualizados;  Se encaixa em qualquer centro de dados existentes;  Gestão centralizada da infra-estrutura virtual e física;  Suporte Xen, KVM, VMware;  Open-Source  Cloud Projects
  27. 27.  Esconder a plataforma física do usuário.  Mostrar em ambiente virtual.  Emular em um ou mais ambientes isolados.  Executar diversos sistemas operacionais em um único equipamento físico. Virtualization as part of the Cloud
  28. 28. By ITweb
  29. 29. Definição de Continuidade de Negócios
  30. 30. VMWare vSphere
  31. 31. VMWare vSphere
  32. 32.  Conhecer sua estrutura de custos e validar se estaremos dentro do budget;  Analisar opções de hardware, virtualização, software.  Buscar empresa parceira para apoio no projeto.  Virtualizar servidores para teste com VMware ESXi (free ) Como começar
  33. 33.  Um exemplo prático: o Salesforce opera 77 mil clientes em 3 mil servidores, espalhados por 3 três data centers.  No modelo tradicional, com cada cliente tendo seus próprios servidores, provavelmente seriam necessários cerca de 100 mil ou mais servidores para atender a essa demanda.  No modelo de cloud são necessários apenas 3% dessa capacidade. Como começar
  34. 34. Como começar
  35. 35.  A área de TI passará a concentrar profissionais que dominam o negócio e que interagirão com os provedores de nuvens ou gerenciem a nuvem interna da empresa.  O mercado de TI está buscando profissionais que tenham skills sobre computação em nuvem. Como começar
  36. 36.  Dedicado à crença de que a nuvem deve ser aberta;  Este documento destina-se a iniciar uma conversa que vai reunir os membros da comunidade emergente de Cloud Computing (usuários e desenvolvedores de soluções em Cloud) em torno de um conjunto de princípios;  Tecnologias existentes, e as armadilhas potenciais que podem levar a um Lock-in com escolhas limitadas;  http://www.opencloudmanifesto.org/ Manifesto Open Cloud
  37. 37.  Empresas e organizações que apoiam o manifesto da nuvem aberta são listadas em: http://www.opencloudmanifesto.org  Over 300 supporters and growing. Manifesto Open Cloud
  38. 38.  Localização dos dados;  Isolamento dos dados de uma empresa para outra;  Os aspectos regulatórios e suas restrições;  O risco de lock-in e as condições de portabilidade de uma nuvem para outra;  Integração entre aplicações nas nuvens e on-premise;  Falta de padrões;  Falta de skills, questões de licenciamento de software; Preocupações
  39. 39.  Conhecer os componentes e seus responsáveis  O conceito segue o modelo de colaboração – o usuário precisa conhecer e saber usar a plataforma e os padrões.  Provar que o conceito pode ir além da virtualização e do software.  Definir questões relacionadas a gerenciamento e interoperabilidade.  Migração e interoperabilidade entre fornecedores de nuvem. Desafios
  40. 40.  Reports of Pew Internet & American Life Project.  “By 2020, most people won’t do their work with software running on a general-purpose PC. Instead, they will work in Internet-based applications such as Google Docs, and in applications run from smartphones. Aspiring application developers will develop for smartphones vendors and companies that provide Internet-based applications, because most innovative work will be done in that domain, instead of designing applications that run on a PC operating system” The futuro do Cloud Computing
  41. 41.  Cloud computing tem uma relação de dependência direta com a banda larga.  Nos primeiros três meses deste ano o numero de assinantes de banda larga móvel chegou a 11,9 milhões, sendo 100.000 a mais que o acesso fixo.  As estimativas apontam que até o fim deste ano serão 18 milhões de usuários de banda larga móvel contra 13 milhões de assinantes de banda larga fixa.  Neste primeiro trimestre, o numero de celulares 3G já chegou a 8,7 milhões The Future of Cloud Computing
  42. 42.  É provavel que o cenário mais comum seja um ambiente híbrido, com a maioria das funções sendo obtidas a partir das nuvens computacionais, mas algumas outras ainda resistindo nos PCs ou na Nuvem Corporativa.  Em alguns anos não vamos chamar isso de Cloud Computing. Não terá nome, será apenas computação. The Future of Cloud Computing
  43. 43.  http://www.vmware.com  http://www.enomaly.com  http://code.google.com/appengine/  http://www.gridgain.com/  http://www.opennebula.org  https://www.ibm.com/developerworks  http://www.idclatin.com  http://www.opencloudmanifesto.org/  https://www.ibm.com/developerworks/mydeveloperworks /blogs/ctaurion/?lang=en Recursos
  44. 44. CBADATA www.cbasistemas.com.br
  45. 45. Perguntas?
  46. 46. Darlan Segalin E-mail: darlan@cbainfo.com.br Site empresa: www.cbasistemas.com.br Site pessoal: www.darlansegalin.net Twitter: @darlanse Contato

×