Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Esplenomegalia, linfadenomegalia

8,033 views

Published on

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Esplenomegalia, linfadenomegalia

  1. 1. EsplenomegaliaHepatesplenomegaliaLinfadenomegalia Como interpretar e como agir FMJ: 3.º ano – 2011
  2. 2. Esplenomegalia
  3. 3. Esplenomegalia – causas hematológicas  Leucemia mielóide crônica (mielocítica)  Leucemia linfóide crônica (linfocítica)  Leucemias agudas  Linfomas  Mielofibrose / Metaplasia mielóide  Policitemia Vera  Tricoleucemia ( “Hairy cell leukemia” )  Talassemia major / intermedia  Anemia falciforme (até a idade pré-escolar; depois, há involução, por infartos esplênicos  auto-esplenectomia)  Outras anemias hemolíticas
  4. 4. Causas hematológicas de esplenomegalia Linfoma de Hodgkin LLC LMC
  5. 5. Esplenomegalia – causas não hematológicasHipertensão Portal Cirrose hepática Trombose ( vv. hepáticas / porta / esplênica )Doenças de Depósito Doença de Gaucher ( defic. glicocerebrosidase ) Doença de Niemann-Pick ( defic. esfingomielinase )Histiocitoses
  6. 6. Doenças de depósito Doença de Gaucher
  7. 7. Esplenomegalia – causas não hematológicas Doenças sistêmicas:  Sarcoidose  Amiloidose  Doenças do colágeno  Mastocitose sistêmica
  8. 8. Esplenomegalia – causas não hematológicasInfecções: Agudas: sepse, endocardite bacteriana, febre tifóide, mononucleose Crônicas: tuberculose, brucelose, sífilis, malária, leishmaniose, esquistossomose
  9. 9. Mononucleose (EBV: Epstein-Bar virus)
  10. 10. Tuberculose miliar
  11. 11. M. tuberculosis
  12. 12. Linfadenomegalia
  13. 13. Características do Linfonodo Localização Tamanho Consistência Mobilidade Sensibilidade Fistulização Sinais inflamatórios
  14. 14. LN - Abordagem clínicaExaminar áreas de drenagem: LN occipital  couro cabeludo LN supraclavicular  pulmões/retroperitônio/TGI LN submandibulares e mentonianos  cabeça e pescoço / dentes
  15. 15. LN- Localização Linfadenomegalia Generalizada: Leucemias, Linfomas, Sarcoidose, L.E.S., Reações a fármacos, Infecções (Toxo, Mono, CMV, Endocardite Bacteriana) Linfadenomegalia Localizada:  Metástases  LN sentinela de Virchow (região supraclavicular esq.)  neoplasia de TGI  Linfomas
  16. 16. LN - Consistência Carcinomas metastáticos: LN endurecidos, aderentes, indolores, plastrão Leucemias e linfomas: LN firmes e indolores Infecções: dolorosos. Fistulização às vezes
  17. 17. Causas de Linfadenomegalia Infecciosas: bactérias, vírus, fungos, micobactérias, clamídia, parasitas Inflamatórias: doenças autoimunes, reação a fármacos, sarcoidose Neoplásicas: metástases, linfomas, leucemias Infiltrativas: Gaucher, Amiloidose Outras: histiocitoses
  18. 18. LN - BiópsiaQuando indicar ? Duração prolongada da linfadenomegalia ( 20 - 30 dias ) Aumento progressivo Exames negativos para causas infecciosas, inflamatórias, hematológicas, imunológicas (RX, sorologias, microbiologia, imunologia, hemograma; eventualmente mielograma)

×