Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Direito do serviço social - constituições - seguridade social

3,911 views

Published on

  • daniele, valeu,abraços
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Direito do serviço social - constituições - seguridade social

  1. 1. A SEGURIDADE SOCIAL (1) CONSTITUIÇÕES
  2. 2. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL O Conceito de SEGURIDADE SOCIAL foi instituído pela Constituição de 1988. A Constituição Federal garante os direito à: SAÚDE, PREVIDENCIA E ASSISTENCIA SOCIAL (o tripé da Seguridade Social)
  3. 3. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL  Nosso país já teve as seguintes Constituições:  1824,  1891,  1934,  1937,  1946,  1967,  1988.
  4. 4. Constituição de 1824 CONTEXTO HISTÓRICO: Fim do Imperialismo - INDEPENDECIA DO BRASIL MELHORIA: Fundação do Estado e seus deveres para com o povo (socorros públicos – assistencialismo)
  5. 5. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1824 (INDEPENDENCIA DO BRASIL): O Estado, que antes era secundários, se tona responsável institucionalmente pelos socorros públicos.  Garantido pela Constituição de 1824 no inciso 31 art 179: Art. 179. A inviolabilidade dos Direitos Civis, e Políticos dos Cidadãos Brasileiros, que tem por base a liberdade, a segurança individual, e a propriedade, é garantida pela Constituição do Império, pela maneira seguinte. Inciso XXXI (31) A Constituição também garante os socorros públicos. PS – ainda persistia o assistencialismo e não a seguridade como a conhecemos.  Acesse a constituição de 1824 completa no endereço abaixo: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao24.htm
  6. 6. Constituição de 1891 CONTEXTO HISTÓRICO: Instituição da Republica Velha MELHORIA: Mantido o dever do Estado porem com ajuda da Administração Pública.
  7. 7. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1891: (REPUBLICA VELHA) Essa constituição manteve o dever institucional do Estado para com o povo porem a sua execução saiu da área privada para a administração publica. Art 72 - A Constituição assegura a brasileiros e a estrangeiros residentes no País a inviolabilidade dos direitos concernentes à liberdade, à segurança individual e à propriedade, nos termos seguintes: 1º - Ninguém pode ser obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. 2º - Todos são iguais perante a lei.  Acesse a constituição de 1891 completa no endereço abaixo: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao91.htm
  8. 8. Constituição de 1934 CONTEXTO HISTÓRICO: Revolução Constitucionalista – GOVERNO GETULISTA MELHORIA: Introdução de seguro social e outra políticas trabalhistas (paternalismo – tutela social)
  9. 9. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1934 (VER. CONSTITUCIONALISTA): Essa constituição adquiriu uma natureza previdenciária no âmbito das políticas trabalhistas sob forma do Seguro Social para o trabalhador em troca de uma contribuição mensal. Essa forma permanece até hoje, sendo “melhora” pelas próximas Constituições. A Carta Magna proibia qualquer tipo de distinção salarial baseada em critérios de sexo, idade, nacionalidade ou estado civil. Ao mesmo tempo, ofereceu novas conquistas à classe trabalhadora com a criação do salário mínimo e a redução da carga horária de trabalho para 8 horas diárias e descansos semanais. 
  10. 10. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1934 (POLITICA GETULISTA): Essa Constituição também trouxe um desenvolvimento da Ordem Econômica e Social. Art 121. A lei promoverá o amparo da produção e estabelecerá as condições do trabalho, na cidade e nos campos, tendo em vista a proteção social do trabalhador e os interesses econômicos do pais. Um conceito de proteção e tutela social e reconhecimento do risco social  Acesse a constituição de 1934 completa no endereço abaixo: http://www2.camara.gov.br/legin/fed/consti/1930-1939/constituicao-1934-16-julho-1934-365196-publicacaooriginal-1pl.html
  11. 11. Constituição de 1937 CONTEXTO HISTÓRICO: Governo Getulista – Estado Novo Golpe de Estado MELHORIA: Introdução de seguro social e outra políticas trabalhistas (paternalismo – tutela social)
  12. 12. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1937 (ESTADO NOVO):  Após o golpe Militar, Getulio Vargas criou a Constituição do Estado Novo – 1937   Foi baseada na Constituição autoritária da Polônia. Sua maior característica foi a concentração da maior parte do poder para os chefes do executivo (centralização e autoritarismo)  Não alterou muito se limitando basicamente a ordem de governo interno.  Acesse a constituição de 1937 completa no endereço abaixo: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1930-1939/constituicao-35093-10-novembro-1937-532849publicacaooriginal-15246-pe.html
  13. 13. Constituição de 1946 CONTEXTO HISTÓRICO: Pós 2ª Guerra Mundial MELHORIA: Retomada e avanço da previdencia e seguro social. Lei Organica da Previdencia Social
  14. 14. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1946 (PÓS GUERRA): Os reflexos do esforço de guerra eram muitos para a sociedade o que exigia uma retomada dos direitos O seguro social e a previdência tiveram notáveis avanços Em 1960 – é promulgada a Lei Orgânica da Previdência Social (LOPS)  Acesse a constituição de 1946 completa no endereço abaixo: http://biblio.juridicas.unam.mx/libros/4/1960/9.pdf  Acesse a Lei Orgânica da Previdência Social no endereço abaixo: http://www010.dataprev.gov.br/sislex/paginas/42/1960/3807.htm
  15. 15. Constituição de 1967 CONTEXTO HISTÓRICO: Ditadura Militar Processo de internacionalização da economia brasileira FATOS: Legalização de medidas militares autoritárias.
  16. 16. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1967 (DITADURA MILITAR): O Brasil esta se intercionalizando e exigia cada vez mais mão de obra o que resultou em um aumento lógico de acidentes no trabalho A previdência social devido a grande demanda dos acidentados trabalhadores se subdividia para melhor atende-los A Constituição legalizava alguns atos militares que foras reforçados pelos AI’s  Acesse a constituição de 1967 completa no endereço abaixo: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao67.htm
  17. 17. Constituição de 1988 CONTEXTO HISTÓRICO: Ditadura Militar Processo de internacionalização da economia brasileira FATOS: Retomada dos direitos Ênfase nos diretos da população.
  18. 18. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1988 (CONSTITUIÇÃO CIDADÃ):  Títulos da Constituição de 1988 - Título I - Princípios Fundamentais - Título II - Direitos e Garantias Fundamentais - Título III - Organização do Estado - Título IV - Organização dos Poderes - Título V - Defesa do Estado e das Instituições - Título VI - Tributação e Orçamento - Título VII - Ordem Econômica e Financeira - Título VIII - Ordem Social - Título IX - Disposições Gerais Instituiu-se o conceito de Ordem social atraves da seguridade social que por sua vez era baseada no tripé: SAÚDE, PREVIDENCIA e ASSISTENCIA SOCIAL – garantindo certos patamares minimos de vida da população.  Acesse a constituição de 1988 completa no endereço abaixo: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm
  19. 19. A SEGURIDADE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Constituição de 1988 (CONSTITUIÇÃO CIDADÃ): Principais características:  - Restabeleceu eleições diretas para os cargos de presidente da República, governadores de estados e prefeitos municipais;  - Definiu o mandato presidencial de 5 anos;  - Estabeleceu o direito de voto para os analfabetos;  - Definiu o voto facultativo para os jovens de 16 a 18 anos de idade;  - Sistema pluripartidário;  - Colocou fim a censura aos meios de comunicação, obras de arte, músicas, filmes, teatro, etc Emenda da reeleição  - Em 1997, foi elaborada uma emenda constitucional que abriu a possibilidade de reeleição para os principais cargos do poder executivo (presidente da República, governadores de estados e prefeitos municipais).

×