Lisossomos

29,813 views

Published on

  • Be the first to comment

Lisossomos

  1. 1. Organelas citoplasmáticas
  2. 2. Lisossomos • São corpúsculos geralmente esféricos de estrutura e dimensão muito variável. • São ricos em enzimas digestivas para quase todas as macromoléculas biológicas • Hidrolisam substâncias que penetram por fagocitose ou pinocitose, assim como, componentes desgastados pelo uso.
  3. 3. Funções do lisossomos • Heterofágica: digestão de substâncias que penetram a célula por pinocitose ou fagocitose • Autofágica: digestão de materiais e organelas da própria célula.
  4. 4. Lisossomos • Essas enzimas, cerca de 40 tipos, incluindo proteases, lípases, fosfatases, são todas ácidas, precisando de um ambiente com pH de valor próximo a 5 no seu interior. • Podem permanecer, nos lisossomos, material que resistiu ao processo digestivo, formando- se corpos residuais.
  5. 5. Lisossomos e doenças humanas • Sob condições anômalas ou patológicas, a membrana do lisossomo pode perder sua estabilidade, romper-se e liberar as enzimas para o restante da célula, com conseqüências catastróficas. • Silicose: Acúmulo de sílica nos lisossomos das células pulmonares, promove o rompimento das organelas e a digestão das organelas da citoplasméticas provocando a morte celular
  6. 6. Lisossomos e as doenças humanas • Artrite reumatóide: Neste caso acredita-se haver a liberação de enzimas para o espaço extracelular, causando estragos aos mateiais das articulações. • Doença de Tay-Sachs: doença horeditaria e ocorre pelo mau funcionamento das enzimas dos lisossomos de células nervosas provocando lesões graves e irreversíveis determinando retardo e morte ainda na infância.
  7. 7. Pesquisa • Doença de Pompe • Leucodistrofia hepatorrenal • Doença de Hurler
  8. 8. Retículo Endoplasmático • O RE é um complexo sistema de canais delimitados por membranas e tem como uma de suas funções o transporte de substâncias na célula. Pode ser de dois tipos: • Liso ou agranular- composto de túbulos cilíndricos, sem ribossomos. • Rugoso ou granuloso- composto de túbulos achatados, com aspecto granuloso devido aos ribossomos que ai são aderidos.
  9. 9. RE granuloso • A principal função é realizar síntese de proteínas e alguns tipos de lipídios. • É muito desenvolvido na célula desenvolvido em células secretoras. • Os ribossomos começam a síntese protéica e mandam os polipeptídios para dentro das cisternas do RE
  10. 10. RE não-granuloso • Envolvido na síntese de hormônio esteróides produzidos nas gônadas. • Armazena glicose na forma de glicogênio. • Possuem enzimas que aceleram reações químicas no fígado relacionado com a desintoxicação do organismo.
  11. 11. Doença relacionada a RE • Escorbuto: é causada pela deficiência de vitamina C que é um co-fator necessário para a síntese de colágeno. Há uma alteração nas fibras de colágeno causando hemorragias freqüentes e queda dos dentes devido à síntese defeituosa de fibras de colágeno
  12. 12. Aparelho de Golgi • Encontra-se próximo ao núcleo e o Retículo endoplasmático e é composto de vários sáculos achatados que formam um número variável de pilhas. Sua função estar na concentração, modificação, e eliminação das secressões .
  13. 13. Aparelho de golgi • Os sáculos lameliformes apresentam duas fases distintas: • Fase cis – voltada para o retículo Endoplasmático onde recebe as vasículas • Fase trans – voltado para a membrana plasmática onde endereça as vesículas.
  14. 14. Doença relacionada a Aparelho de Golgi • Diabete pró-insulina : não transformação de pró-insulina nos grânulos de secreção. Como consequencia insulina não é completada e falta o hormônio no sangue.
  15. 15. Referências Bibliográficas • JUNQUEIRA,L. C;José. Biologia celular e molecular. 8.ed. RIO DE JANEIRO: Guanabara Koogan, 2005. 332 • DE Robertis, Eduardo M. F.: HB, José. Bases da Biologia celular e molecular. 4. ed. RIO DE JANEIRO: Guanabara Koogan, 2006. 389.

×