Pop Art

45,566 views

Published on

Published in: Design
1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
45,566
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
527
Actions
Shares
0
Downloads
884
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pop Art

  1. 1. Pop Art História do Design II | 2009 -1
  2. 2. Pop Art|histórico Movimento artístico do pós-guerra  Emergiu entre as décadas de 50 e 60  Nasceu na Inglaterra mas popularizou-se nos EUA (Independent  Group) Restruturação das indústrias norte-americanas  Incentivo do governo para aumentar o poder de compra  Suporte aos outros países, investindo em sua reconstrução  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  3. 3. Pop Art|histórico INDEPENDENT GROUP Precursor do movimento de arte Pop, em  1952 Pintores, escultores, arquitetos, críticos e escritores. Promoção de novas maneiras de pensar a arte moderna. POP ART “popular, transitória, consumível, de baixo  custo, produzida em massa, jovem, espirituosa, sexy, chamativa, glamorosa e um grande negócio” Richard Hamilton História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  4. 4. Pop Art|contexto histórico  CONSEQÜÊNCIAS Soberania dos Estados Unidos perante os outros países Consumismo exagerado incentivado pelo governo  PUBLICIDADE Mulheres ocupando postos antes masculinos, durante a guerra Retorno aos afazeres domésticos Aparecimento de eletrodomésticos e campanhas publicitárias para o público consumidor feminino  MÍDIAS SOCIAIS Aumento do potencial econômico da indústria do entretenimento Expansão e consolidação dos meios Rádio Televisão Cinema História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  5. 5. Pop Art|características Influências da anti-arte de Marcel Duchamp  Arte consumista do mundo pós moderno  Estilo artístico baseado no reprocessamento de imagens populares  e de consumo Produção industrializada | objetos produzidos em série  Discussão das implicações da publicidade, cinema, desenho  industrial, quadrinhos, cinema, ficção científica e tecnologias na cultura popular. Signos estéticos massificados como forma de expressão artística  CULTURA DE MASSAS | industrias culturais  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  6. 6. Pop Art|características Recortes de recursos e técnicas já existentes na cultura de massas  Remoção de um material de seu contexto tradicional, isolamento ou  união com outros materiais com fins meramente contemplativos A pop art trouxe de volta às realidades materiais do dia-a-dia, à  cultura popular, na qual as pessoas comuns extraíam da TV, das revistas ou das histórias em quadrinhos a maior parte de sua satisfação visual Celebração espirituosa da sociedade do consumo  Apropriações de uso e ready-mades  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  7. 7. Pop Art|características  Uso de apropriações e ready-mades As apropriações e ready-mades fazem referência ao universo de artistas e espectadores. Falam do que pode ser banal, da perda e da reconquista de sentido. Daquilo que foi esquecido e também de símbolos que ganharam importância excessiva devido à exposição contínua na mídia. O tema eleva-se ao status de conteúdo pela atitude do artista. O sentido e os símbolos da Arte Pop pretendiam ser universais e facilmente reconhecidos por todos, numa tentativa de eliminar o fosso entre arte erudita e arte popular tal qual uma arqueologia dos mitos produzidos em massa e do design popular. Assim, os quadros resultantes não revelam nenhum sentimento, estado mental, pensamento, sensação ou aspiração de quem os fazia. o primeiro Ready-Made de Duchamp História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  8. 8. Pop Art|artistas e obras Integrantes do Independent Group lançam as bases da nova forma  de expressão artística, que se aproveita das mudanças tecnológicas e da ampla gama de possibilidades colocada pela visualidade moderna, que está no mundo - ruas e casas - e não apenas em museus e galerias. São alguns dos principais nomes do grupo britânico: Richard Hamilton (1922)  Eduardo Luigi Paolozzi (1924 - 2005)  Richard Smith (1931)  Peter Blake (1932)  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  9. 9. Pop Art|artistas e obras Richard Hamilton (1922) quot;O que torna os lares de hoje tão diferentes, tão atraentes?“ 1956 Concebido como pôster e ilustração para o catálogo da exposição This Is Tomorrow [Este É o Amanhã] do Independent Group de Londres, o quadro carrega temas e técnicas dominantes da nova expressão artística. A composição de uma cena doméstica é feita com o auxílio de anúncios tirados de revistas de grande circulação. Nela, um casal se exibe com (e como) os atraentes objetos da vida moderna: televisão, aspirador de pó, enlatados, produtos em embalagens vistosas etc. Os anúncios são descolados de seus contextos e transpostos para a obra de arte, mas guardam a memória de seu locus original. Ao aproximar arte e design comercial, o artista borra, propositadamente, as fronteiras entre arte erudita e arte popular, ou entre arte elevada e cultura de massa.– Prof. Dani Fiuza – 2009 | História do Design II
  10. 10. Pop Art|artistas e obras Peter Blake (1932) Capa do álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, dos Beatles Peter Thomas Blake é um artista pop, mais conhecido por ter sido o autor da capa do álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, dos Beatles. Também desenvolve significativa carreira na pintura, que incorpora imagens da cultura de massa e colagens. De 1946-1951 foi desenhador técnico na Gravesend School of Art. De 1953-1956 estudou no royal College of Art de Londres. De 1956-1957 interessou-se pela arte popular. Viajou bastante na Europa. Em 1964 começou a ensinar na St. Martin's School of Art de Londres. Pintou colagens com cores vibrantes. De 1969- 1979 foi membro da Brotherhood of Ruralists. Em 1981 tornou-se membro da Royal Academy de Londres. Após o seu realismo inicial juntou-se a Hamilton tornando-se uma das figuras chave da Pop Art em Inglaterra. História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  11. 11. Pop Art|artistas e obras Ao contrário do que se sucede na Grã-Bretanha, nos Estados  Unidos os artistas trabalham isoladamente até 1963, quando duas exposições - Arte 1963: Novo Vocabulário, Arts Council, na Filadélfia, e Os Novos Realistas, Sidney Janis Gallery, em Nova York - reúnem obras que se beneficiam do material publicitário e da mídia. São os principais representantes da arte pop em solo norte-americano: Andy Warhol (1928 - 1987)  Roy Lichtenstein (1923 - 1997)  Claes Oldenburg (1929)  James Rosenquist (1933)  Tom Wesselmann (1931 - 2004)  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  12. 12. Pop Art|artistas e obras Andy Warhol (1928 - 1987) WARHOL (Andrew WARHOLA, dito Andy), artista plástico norte-americano (Pittsburgh, 1929 - Nova York, 1987. Ele foi figura mais conhecida e mais controvertida do pop art, Warhol mostrou sua concepção da produção mecânica da imagem em substituição ao trabalho manual numa série de retratos de ídolos da música popular e do cinema, como Elvis 32 Latas de Sopas Campbell, 1961/1962 Presley e Marilyn Monroe. Warhol entendia as personalidades públicas como figuras impessoais e vazias, apesar da ascensão social e da celebridade. Da mesma forma, e usando sobretudo a técnica de serigrafia, destacou a impessoalidade do objeto produzido em massa para o consumo, como garrafas de Coca-Cola, as latas de sopa Campbell, automóveis, crucifixos e dinheiro. os diversos trabalhos feitos com imagens da atriz Marilyn Monroe (1926 - Produziu filmes e discos de um grupo 1962) Díptico de Marilyn musical, incentivou o trabalho de outros História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 | artistas.
  13. 13. Pop Art|artistas e obras Roy Lichtenstein (1923 - 1997) Seu interesse pelas histórias em quadrinhos como tema artístico começou provavelmente com uma pintura do camundongo Mickey, que realizou em 1960 para os filhos. Em seus quadros a óleo e tinta acrílica, ampliou as características das histórias em quadrinhos e dos anúncios os diversos trabalhos feitos com imagens da atriz Marilyn Monroe (1926 - comerciais, e reproduziu a mão, com 1962) Díptico de Marilyn fidelidade, os procedimentos gráficos. Empregou, por exemplo, uma técnica pontilhista para simular os pontos reticulados das historietas. Cores brilhantes, planas e limitadas, delineadas por um traço negro, contribuíam para o intenso impacto visual. Com essas obras, o artista pretendia oferecer uma reflexão sobre a linguagem e as formas artísticas. Seus quadros, desvinculados do contexto de uma história, aparecem como imagens frias, intelectuais, símbolos ambíguos do mundo moderno. O resultado a Design II – arte comercial História édocombinação de Prof. Dani Fiuza – 2009 | e abstração.
  14. 14. Pop Art| Contribuições para o design A moda e a arte exerceram forte influência sobre o design dos produtos, e nenhum movimento artístico causou maior impacto sobre o design comercial do que a arte pop. Artistas pop como Andy Warhol, Jasper Johns, Roy Lichtenstein e Robert Indiana viravam a arte mundial de cabeça para baixo introduzindo o cotidiano em seus estúdios e reciclando-o numa arte irônica e irreverente. Andy Warhol celebrou abertamente o consumismo norte-americano em seus quadros de imagens repetidas de símbolos da cultura popular, das latas de sopa Campbell's a Elvis Presley, ironicamente, os próprios fabricantes começaram a usar a A imagem quot;LOVEquot; de Robert arte pop no design dos produtos, no Indiana, por exemplo, apareceu em 40 milhões de selos postais. marketing e na publicidade, a tal ponto que logo se tornou parte da vidacotidiana. História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 | 3
  15. 15. Pop Art| Contribuições para o design No campo do design, o movimento Pop refletiu perfeitamente a lógica da indústria dos anos 60, com aumento de produtividade e obsolescência programada. O produto Pop segue a ética do efêmero: sua produção é barata e descartável após o uso. Um bom exemplo disso é o extenso uso do plástico, material que se torna o favorito. Os materiais mais usados pelos artistas da pop art eram derivados das novas tecnologias que surgiram em meados do século XX. Goma, espuma, poliéster e acrílico foram muito usados pelos artistas plásticos deste movimento. O Pop é uma ruptura com o Good Design dos anos anteriores e um anúncio dos movimentos de contestação (Anti-Design e Design Radical) dos anos seguintes, colocando em questão os valores Modernos e predizendo o nascimento futuro História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 | do Pós-Modernismo.
  16. 16. Pop Art| Contribuições para o design Anna Molinari para o desfile Influências da marca Blumarine A pop art exerceu uma grande influência no mundo artístico e cultural das épocas posteriores. Influenciou também o grafismo e os desenhos relacionados à moda. A artista italiana Silvia Zacchello criou uma linha de bancos e cadeiras com www.kitschulike.com/images/5373.jpg obras dos dois principais artistas da Pop Art - o próprio Andy Warhol e Roy Lichtenstein. História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  17. 17. Pop Art| bibliografia Para saber mais:  • Andy Warhol: www.warhol.org  • Roy Lichtenstein: www.lichtensteinfoundation.org  • Claes Oldenburg: www.oldenburgvanbruggen.com  • Robert Rauschenberg:  www.guggenheimcollection.org/site/artist_bio_133.html • Pop Art: www.historiadaarte.com.br/popart.html ou  www.popartists.com • Peter Blake: www.eyestorm.com/artist/Peter_Blake.aspx  • Richard Hamilton:  www.artcyclopedia.com/artists/hamilton_richard.html • James Rosenquist: www.jimrosenquist-artist.com  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |
  18. 18. Pop Art| fontes pesquisadas http://www.pcbrusque.kit.net/especial/historia07.htm  http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=t  ermos_texto&cd_verbete=367&lst_palavras=&cd_idioma=28555&cd_item=8 http://www.pitoresco.com.br/art_data/pop_art/index.htm  http://dossiers.publico.pt/noticia.aspx?idCanal=293&id=67319  http://www.slideshare.net/rafaelmarin/pop-art-a-arte-do-mundo-consumista-do-  psguerra-presentation http://indesignsp.blogspot.com/2009/02/pop-art-pop-design.html  http://www.historiadaarte.com.br/popart.html  Fontes pesquisadas em 11/04/09  História do Design II – Prof. Dani Fiuza – 2009 |

×