Design Pra Quem Não é Designer

11,328 views

Published on

Published in: Entertainment & Humor

Design Pra Quem Não é Designer

  1. 1. DESIGN PARA QUEM NÃO É DESIGNER Noções básicas de planejamento visual Retirado do livro: Design para quem não é designer. Willians, Robin. 7ª edição, São Paulo : Callis. 1995.
  2. 2. Princípios Básicos <ul><li>Vejamos a seguir uma capa de um </li></ul><ul><li>relatório comum (e sem criatividade): </li></ul><ul><li>centralizada, com espaços iguais para </li></ul><ul><li>preencher a página. Se você não soubesse </li></ul><ul><li>ler em português, pensaria que são seis </li></ul><ul><li>tópicos separados na página, pois cada </li></ul><ul><li>linha parece ser um elemento individual. </li></ul>Tudo o Que Vai Volta Lições para viajar de carona pelo país Robin Willians 1º de Janeiro de 2001 A seguir aplicaremos os quatro princípios básicos, acompanhando os resultados:
  3. 3. Proximidade Tudo o Que Vai Volta Lições para viajar de carona pelo país Robin Willians 1º de Janeiro de 2001 Se os itens estiverem relacionados entre si, agrupe-os em proximidade. Separe-os, se eles não estiverem diretamente ligados. Varie o espaço entre os itens para indicar a proximidade. Aproximando o título do subtítulo, criamos uma unidade bem-definida, no lugar de seis unidades segmentadas. Ficou nítido que os dois tópicos estão ligados entre si. Distanciando o nome do autos e a data, fica claro que estas informações não fazem parte do título.
  4. 4. Proximidade - CD-ROMs CD-ROMs CDs para crianças CDs educacionais CDs de lazer Discos laser - Educacional Aprendizado inicial Idiomas Ciências Matemática - Material do Professor Livros Material do professor Vídeos - Hardware e Acessórios Cabos Dispositivo de entrada Armazenamento Memória Modems Impressoras e acessórios Vídeo e som O maior problema desta lista é que tudo está próximo de tudo , dificultando uma relação ou organização. CD ROMs Educacional Material do Professor Hardware & Acessórios CD ROMs CDs para crianças CDs educacionais CDs de lazer Discos laser Idiomais Ciências Matemática Livros Material do professor Vídeos Cabos Dispositivo de entrada Armazenamento Memória Modems Impressoras e acessórios Vídeo e som A mesma lista foi criada através de grupos visuais. Acrescentando um contraste aos títulos e a linha divisória dá-se mais legibilidade, o que torna mais fácil uma relação entre o título e seus tópicos.
  5. 5. Alinhamento Tudo o Que Vai Volta Lições para viajar de carona pelo país Robin Willians 1º de Janeiro de 2001 Fique atento a cada elemento que você colocar na página. Alinhe cada objeto com uma parte lateral de outro, para que a página inteira fique unificada. Mesmo que o nome do autor esteja distante do título, existe uma conexão visual entre os dois elementos, criada através do alinhamento. O exemplo anterior também está alinhado: o alinhamento é a centralização. Mas como você pode ver, alinhando à esquerda ou à direita (como este exemplo) você cria uma lateral mais marcante, mais fácil de seguir com os olhos.
  6. 6. Repetição Tudo o Que Vai Volta Lições para viajar de carona pelo país Robin Willians Repetição é uma forma mais marcante de criar consistência em um material. Avalie se é apropriado fazer com que um dos elementos fique mais marcante e utilize-o como o elemento repetitivo. A fonte diferenciada do título se repete no nome do autor, fortalecendo a conexão entre ambos. Os pequenos triângulos foram especialmente acrescentados para criar uma repetição. Apesar de cada um deles apontar para uma direção diferente, a forma triangular é suficientemente específica para ser reconhecida em todas as suas incidências na página. A repetição ajuda a unificar elementos separados do design (da diagramação).
  7. 7. Contraste Robin Willians Você concorda com o fato de que o exemplo deste slide atrai seus olhos muito mais do que o anterior? Neste caso, o responsável é o contraste do preto contra o branco. Há várias maneiras de criar contrastes: linhas, fontes, cores, relações espaciais, direções, etc. O trabalho com o contraste neste exemplo foi apenas o de acrescentar a caixa preta. Realce um pouco a letra colocando o subtítulo em itálico, contrastando-o com a letra normal (sem italização) do título e do nome do autor. Tudo o Que Vai Volta Lições para viajar de carona pelo país
  8. 8. Tipologia A combinação de fontes diferentes visa aperfeiçoar a comunicação, porém, algumas vezes esta combinação pode confundi-la. Tome cuidado ao utilizar vários tipos de fontes, crie sempre um contraste para melhorar o entendimento. Há seis maneiras claras e diferentes de contrastar a tipologia: Não seja TÍMIDO Exponha suas idéias! Um contraste de tamanho nem sempre significa que você deva fazer com que o tipo fique grande; significa que deve haver um contraste. Por exemplo: quando você vê uma pequena linha isolada em uma página grande de jornal, fica com vontade de lê-la, certo? Grande parte do que o convida a fazê-lo é o contraste do tipo muito pequeno colocado em uma página grande.
  9. 9. O peso de uma fonte refere-se à espessura dos traços. A maioria das famílias é desenhada com vários pesos: regular, bold (negrito), light, etc. O contraste dos pesos é uma das melhores maneiras de aumentar a estética visual de uma página sem redesenhar algo, mas você nunca poderá alcançar o contraste belo e forte se não tiver uma fonte com traços grandes e fortes. Arial Arial Medium Arial Black (bold) Outro Newsletter Título nononononononononononononononononononononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. Outro Título nonononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. nononononononononononononononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. Subtítulo nononononononononononononononononononomnononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. Outro Newsletter Título nononononononononononononononononononononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. Título nonononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. nononononononononononononononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono.. Subtítulo nononononononononononononononononononomnononononononononononononononononOnonononononononononononononononononononononononononononononono..
  10. 10. Serifado Estrutura Serifas Contraste grosso-fino Sem Serifa Não há serifas Não há contraste grosso-fino nos traços Existem ainda as categorias: Moderno, Manuscrito, Decorativo, Estilo Antigo. Ode Ode Ode Ode Ode Ode Ode Ode Ode A estrutura refere-se à maneira através de qual uma letra é construída e, como podemos ver através deste exemplo, a estrutura de cada categoria é bastante distinta. Dica importante: nunca coloque duas fontes de mesma categoria na mesma página . Não há como disfarçar suas similaridades. Além disso, existem tantas opções! Por que dificultar as coisas?
  11. 11. Forma A forma de uma letra refere-se ao seu formato. Os caracteres podem ter a mesma estrutura, mas suas “formas” podem ser diferentes. Por exemplo, a letra “G” (em caixa-alta) tem a mesma estrutura da letra “g” (em caixa-baixa) da mesma família. Entretanto, suas verdadeiras formas – ou formatos – são muito diferentes. Este é um tipo de contraste muito prático, e aumenta a legibilidade e ênfase de uma palavra ou frase. G g A a B b H h E e As formas de cada uma destas letras maiúsculas são completamente diferente das minúsculas. Portanto, caixa-alta versus caixa-baixa é outra maneira de contrastar os tipos. Usar caixa-alta algumas vezes (não exagere!) faz surgir um CONTRASTE girafa GIRAFA tartaruga TARTARUGA
  12. 12. Direção PARA CIMA! O tipo inclinado para cima cria uma energia positiva. Girar, inclinar, inverter, etc, as vezes podem ser uma boa maneira de enfatizar e contrastar uma parte de seu texto. Título longo nas duas colunas Nononononono nonononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononononono. Subtítulo nononononon ononononononononononoonnonononononononono. newsletter Nononononononononononononononononononononononononononononononononononononononono. Nonononono nononononononononononononononononononononononononononononononononononononononono.. Segundo Título interessante Ás vezes um redirecionamento marcante do tipo cria um impacto dramático ou um formato único, o que justifica plenamente seu uso.

×