Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Turismo em áreas rurais definitivo

3,304 views

Published on

Turismo em áreas rurais

Published in: Education
  • Be the first to comment

Turismo em áreas rurais definitivo

  1. 1. Turismo em áreas rurais: suas possibilidades e limitações Daniel Albuquerque Pereira Érika Miyoshi de Azevedo Evellyn Gomes Zambon Presidente Prudente 2010
  2. 2. Introdução  Turismo rural e ecoturismo, no uso de turismo verde.  Conceito de Turismo Rural definido pela Embratur (1994),  um turismo diferente, turismo interiorano, turismo exótico, turismo integrado, turismo alternativo, turismo doméstico, turismo verde e agroturismo”.  Turismo em áreas rurais.
  3. 3.  Turismo rural e ecoturismo .  Atividade associadas ao agroturismo. *Hotel Fazenda e Fazenda Hotel  Atividades complementares e a geração de fontes de renda.  Proposta em estudo pelo CONAMA.
  4. 4. LIMITAÇÕES E POSSIBILIDADES DO AGROTURISMO  Hospedagem no espaço rural.  Apropriação e preservação do território rural.
  5. 5. Agentes de implantação  Experiências dos modelos estrangeiros. Ranking mundial: 1º Espanha 2º Portugal 3°Argentina 4° Brasil Presente em 16 Estados, maior destino é São Paulo. *Ação, TV Globo, 01/05/2010.  Pontos relevantes:  Paisagem;  Atividades realizadas;  Tamanhos das propriedades;  Proximidade de centros urbanos.
  6. 6.  Atores exógenos.  A importância dos centros urbanos.  Distância das grandes urbes.  Comunidades marginalizadas.
  7. 7. Perigos Se desenvolve perto dos grandes centros. A massificação trás perigos:  Dificuldade em grandes propriedades;  Impactos ambientais graves;  Abandono de atividades tradicionais;  Dependência da atividade turística;  Impactos culturais.
  8. 8. Vantagens  Apesar dos problemas, pode apresentar mudanças positivas ao espaço rural:  Melhoria da infraestrutura;  Desenvolvimento de pequenas indústrias existentes no meio rural;  Desenvolvimento do lazer;  Aumento do vínculo com a terra.
  9. 9. Experiência no Brasil  Sua importância socioeconômica;  Pouca produção bibliográfica;  Primeiras experiências em Lages, SC;  Conhecida como a capital nacional do Turismo Rural;  Otimização da estruturas das propriedades;
  10. 10. Estrutura otimizada na Serra da Mantiqueira em Sapucaí - Mirim, MG.
  11. 11. Ministério do Turismo “Conjunto das atividades turísticas desenvolvidas no meio rural, comprometidas com a produção agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade”.
  12. 12. Centenária Fazenda Santa Cecília, Cajuru, SP.
  13. 13. Conceito de hospedagem  Começo com equipamentos rústicos;  Procura por segurança; A mudança cambial no Brasil favoreceu o turismo interno. A mudança de cenário, com a crise urbana e o consequente aumento da violência, do stress e do desemprego, ocasionou uma retomada ao espaço rural, que passa a ter como referência o não urbano.  Igualdade com as cidades;
  14. 14. Hotel Fazenda Monte das Oliveiras em Joanópolis, SP.
  15. 15. A paisagem rural Principal motivador; Proliferação das Chácaras para aluguel; Impacto na paisagem rural. Site recomendado:
  16. 16. Principais atividades realizadas no Turismo Rural  Pesca amadora  Dentre as atividades de lazer, a pesca é uma das modalidades mais praticadas no mundo, e requer uma série de serviços do setor turismo.  Turismo em rios e represas  Um importante fator de crescimento de atividades não-agrícolas no meio rural tem sido o aproveitamento para lazer das represas formadas para geração de energia elétrica.  Fazenda-hotel  A fazenda-hotel mantém a exploração agropecuária e suas atividades e rotinas originais.
  17. 17.  Complexos hípicos  São centros hípicos com arena coberta, provas rodeios, shows e ainda contam com uma infra-estrutura de um grande hotel com piscinas, quadras de futebol, tênis e um cardápio que incluem cabrito, javali, perdiz e outros animais exóticos.
  18. 18.  Leilões e exposições agropecuárias  São conhecidas pelas movimentações de milhões de dólares arrecadados com os leilões de cavalos e gado de corte e leite.  Festas e rodeios Hoje é uma grande potência turística, especialmente nas cidades pequenas e médias do interior do país.
  19. 19.  Fazendas de caça    Devido à escassez de material, a Secretaria de Turismo do Paraná recomenda duas fazendas de caça no estado: A Fazenda Guaicurus e a Fazenda Marimbondo. As duas permitem a caça de aves o ano todo.  Fazenda-escola   Tem como objetivo fazer com que a criança paulistana ente um e nove anos tenha mais contato com a natureza.
  20. 20.  Artesanato  Hoje as valorizações do artesanato vêem crescendo muito.   Política nacional de turismo em áreas rurais  A política nacional de turismo é responsabilidade do ministério da Indústria, do Comércio e do turismo, por intermédio da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur). Hoje em dia, a política do turismo está orientada para parceria entre governo e iniciativa privada, com ênfase na descentralização de competências e responsabilidades, no fortalecimento institucional e na capitação de órgãos e empresas de turismo.
  21. 21. Bibliografia AÇÃO. Rede Globo, 01 maio 2010. ALMEIDA, Joaquim Anésio; FROEHLICH, José Marcos; RIEDL, Mário. Turismo e desenvolvimento sustentável. Campinas, SP: Papirus, 2002. BATHKE, Maria Eliza Martorano. O TURISMO SUSTENTÁVEL RURAL COMO ALTERNATIVA COMPLEMENTAR DE RENDA À PROPRIEDADE AGRÍCOLA ESTUDO DE CASO – FAZENDA ÁGUA SANTA – SÃO JOAQUIM, SC (dissertação). Florianópolis: UFSC, 2002. BRASIL. Embratur. Turismo Rural. Disponível em http://www.embratur.gov.br/site/br/busca/busca.php?palavra=turismo+rural&pagina= Acesso em 03/05/2010. BRASIL, Ministério do Turismo. Marcos conceituais. Disponível em <http://www.turismo.gov.br/turismo/programas_acoes/regionalizacao_turismo/estruturac ao_segmentos/rural.html> Acesso em 03/05/2010. KRIPPENDORF, Jost. Sociologia do Turismo. 2ª ed. São Paulo: Aleph, 2001.

×