Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Uma Igreja na Cidade: Implicações para Economia

927 views

Published on

Diante dos desafios atuais nas cidades no que tange a economia, pensamos nas contradições e corrupções de nosso meio e numa direção a agir e fazer diferença.

Published in: Spiritual, Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Uma Igreja na Cidade: Implicações para Economia

  1. 1. Implicações para a ECONOMIA na Cidade
  2. 2. CONTRADIÇÕES
  3. 3. CONTRADIÇÕESo BRASIL está entre as 10 maiores economias mundiais... ... mas também é um PAÍS de desigualdades. O oitavo homem mais rico do mundo é brasileiro US$ 30.000.000.000 R$ 50.000.000.000 Se você ganhasse em todas as megas senas que já existiram, você teria cerca de ¼ do que ele tem!
  4. 4. CONTRADIÇÕES
  5. 5. CONTRADIÇÕES
  6. 6. CONTRADIÇÕES... 16 milhões de brasileiros vivem na miséria... ... com uma RENDA INFERIOR a R$70,00 por mês.Se o brasileiro MAIS RICO do MUNDO decidisse INVESTIRnos 16 milhões de brasileiros MAIS POBRES do BRASIL ele poderia investir mais de R$3.000,00 EM CADA brasileiro que está na miséria. Imagine o que os 30 brasileiros mais ricos do mundo poderiam fazer...
  7. 7. CONTRADIÇÕES
  8. 8. CONTRADIÇÕES
  9. 9. A SANTA TRINDADE DE NOSSOS DIAS SELFAHOLIC
  10. 10. DE CONTRADIÇÕES A CORRUPÇÕES
  11. 11. DE CONTRADIÇÕES A CORRUPÇÕES DARIA PARA CONSTRUIR 20 creches iniciar um bom hospital 500 casas populares DARIA PARA DAR EDUCAÇÃO DE 1ª QUALIDADE PARA: 164 crianças até o vestibular
  12. 12. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade O que a BÍBLIA tem a dizer? 1. O DESVIO 2. O DESAFIO ... nossa prática 3. A DIREÇÃO NA CIDADE 4. A DIMENSÃO
  13. 13. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade1. O DESVIO em nossa prática Isaías 58.1-5 1 Grite alto, não se contenha! Levante a voz como trombeta. Anuncie ao meu povo a rebelião dele, e à comunidade de Jacó, os seus pecados.
  14. 14. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade Um olhar para Amós POVOS TEXTO PECADOS Damasco 1.1-5 opressão, crueldade Gaza 1.6-8 cativeiro, escravidão Tiro 1.9-10 cativeiro, escravidão Edom 1.11-12 ausência de compaixão Amom 1.13-15 destruição da descendência Moabe 2.1-3 profanação Judá 2.4-5 desobediência
  15. 15. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade Um olhar para Amós UM POVO TEXTO PECADOS Samaria 2.6 opressão, crueldade Gaza 2.6-7 cativeiro, escravidão Tiro 2.6-7 cativeiro, escravidão ISRAEL Edom 2.7 ausência de compaixão Amom 2.7 destruição da descendência Moabe 2.7-8 profanação Judá 2.8,11,12 desobediência
  16. 16. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade1. O DESVIO em nossa prática Isaías 58.1-5 2 Pois dia a dia me procuram; parecem desejosos de conhecer os meus caminhos, como se fossem uma nação que faz o que é direito e que não abandonou os mandamentos do seu Deus. Pedem-me decisões justas e parecem desejosos de que Deus se aproxime deles.
  17. 17. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade1. O DESVIO em nossa prática Isaías 58.1-5 3 ‘Por que jejuamos’, dizem, ‘e não o viste?’ ‘Por que nos humilhamos e não reparaste?’ Contudo, no dia do seu jejum vocês fazem o que é do agrado de vocês, e exploram os seus empregados.
  18. 18. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade1. O DESVIO em nossa prática Isaías 58.1-5 4 Seu jejum termina em discussão e rixa, e em brigas de socos brutais. Vocês não podem jejuar como fazem hoje e esperar que a sua voz seja ouvida no alto.
  19. 19. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade1. O DESVIO em nossa prática Isaías 58.1-5 5 Será que é esse o jejum que escolhi, que apenas um dia o homem se humilhe, incline a cabeça como o junco e se deite sobre o pano de saco e cinzas? É isso que vocês chamam de jejum, um dia aceitável ao SENHOR? aparência sem CONSCIÊNCIA
  20. 20. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade2. O DESAFIO para nossa prática Isaías 58.6-7 6 O jejum que desejo não é este: soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e romper todo jugo?
  21. 21. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade2. O DESAFIO para nossa prática Isaías 58.6-7 7 Não é partilhar sua comida com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu que você encontrou, e não recusar ajuda ao próximo? aparência sem COERÊNCIA
  22. 22. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade3. A DIREÇÃO para nossa prática Isaías 58.8-10 8 Aí sim, a luz irromperá como a alvorada, e prontamente surgirá a sua cura; a sua retidão irá adiante de você, e a glória do SENHOR estará na sua retaguarda.
  23. 23. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade3. A DIREÇÃO para nossa prática Isaías 58.8-10 9 Aí sim, você clamará ao SENHOR, e ele responderá; Você gritará por socorro, e ele dirá: “Aqui estou”. Se você eliminar do seu meio o jugo opressor, o dedo acusador e a falsidade do falar;
  24. 24. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade3. A DIREÇÃO para nossa prática Isaías 58.8-10 10 se com renúncia própria você beneficiar os famintos e satisfizer o anseio dos aflitos, então a sua luz despontará nas trevas, e sua noite será como o meio-dia. aparência sem CONIVÊNCIA
  25. 25. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade4. A DIMENSÃO de nossa prática Isaías 58.11-14 11 O SENHOR o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol e fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim bem regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam.
  26. 26. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade4. A DIMENSÃO de nossa prática Isaías 58.11-14 12 Seu povo reconstruirá as velhas ruínas e restaurará os alicerces antigos; você será chamado reparador de muros, restaurador de ruas e moradias.
  27. 27. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade4. A DIMENSÃO de nossa prática Isaías 58.11-14 13 Se você vigiar seus pés para não profanar o sábado e para não fazer o que bem quiser em meu santo dia; se você chamar delícia o sábado e honroso o santo dia do SENHOR, e se honrá-lo, deixando de seguir seu próprio caminho, de fazer o que bem quiser e de falar futilidades,
  28. 28. Uma IGREJA na CIDADE: implicações para a ECONOMIA na Cidade4. A DIMENSÃO de nossa prática Isaías 58.11-14 14 Então você terá no SENHOR a sua alegria, e eu farei com que você cavalgue nos altos da terra e se banqueteie com a herança de Jacó, seu pai. É o SENHOR quem fala.
  29. 29. para PENSAR & PRATICAR para encontrar DIREÇÃO...... a partir de uma diante dos DESAFIOS...nova DIMENSÃO... ao identificar DESVIOS...

×