Principais filos do reino animália $raisa

3,857 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,857
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Principais filos do reino animália $raisa

  1. 1. escola estadual de ens. fund. “Isaura Baia” Diretor: Edmar Barros Professora: RosileneTurma: m3mr03 Turno: I Equipe: Raisa Cardoso castelo branco Valdineia lobato pereira Fernanda Tenório pereira Mayara ribeiro Rosinaldo cantão Henrique Muniz santos Omex Martins marques Dinailson caldas pinto Antenor neto cantão caldas Alane ferreira farias Edinaldo pereira da silva Kleberton ribeiro costa
  2. 2. Arthur Rodrigues ferreira Marcos Alexandre da mata Paes Ivone garciaFilo poríferaPorífera é um filo (filos são os agrupamentos mais elevados emcada um dos reinos em que os seres vivos foram divididos) do reino
  3. 3. Animália (também chamado de Reino Animal ou Metazoa, écomposto por seres vivos multicelulares cujas células formemtecidos biológicos, com capacidade de responder ao ambiente queos envolve), sub-reino Parazoa, onde se enquadram os animaisconhecidos como esponjas.CaracterísticasO nome do filo vem do Latim porus "poro" e ferre "carregar".Estesorganismos são primitivos e sésseis (não se deslocamvoluntariamente do seu local de fixação).Sua maior parte é marinha,estes seres alimentam-se por filtração, bombeando a água atravésdas paredes do corpo e retendo as partículas de alimento nas suascélulas.As esponjas estão entre os animais mais simples, com tecidosparcialmente diferenciados (parazoas), porém sem músculos,sistema nervoso, nem órgãos internos.Eles são muito próximos a uma colônia celular decoanoflagelados,(o que mostra o provável salto evolutivo deunicelulares para pluricelulares) pois cada célula alimenta-se por siprópria.
  4. 4. CNIDÁRIAO Filo Cnidária, anteriormente denominado de coelencerata,abrange os animais aquáticos, de forma geral, os marinhos,
  5. 5. contudo com alguns representantes de água doce, reunindo em suatotalidade mais de 9 mil espécies representadas principalmente pororganismos que vivem isoladamente (hidras, anêmonas-do-mar) eas formas coloniais (as caravelas).Platelmintos (platyhelminthes)
  6. 6. Os platelmintos são vermes de corpo achatado dorso-ventralmente(platy= chato; helminto= verme), com simetria bilateral. Podem serparasitas ou de vida livre, estes podendo ocorrer nos mares, águadoce ou em ambientes terrestres úmidos. Como parasitas de sereshumanos podemos citar a tênia e o Schistosoma mansoni, causadorda esquistossomose. Outros animais também podem serparasitados como o boi, o porco, os cachorros, gatos, etc. O corpopode ou não possuir uma segmentação. A maioria das espécies sãomonóicas. Existem aproximadamente 20 mil espécies descritas deplatelmintos.
  7. 7. Filo NematódeaOs nematóides são vermes de simetria bilateral, com corpobastante alongado, forma cilíndrica e extremidade final afilada. Esteé revestido por epiderme e, acima dela, por uma cutícula. Sob estaprimeira, encontram-se fibras musculares longitudinais e, em razão
  8. 8. da disposição destas, estes animais se locomovem por meio demovimentos ondulatórios.Podem ser parasitas, causando no homem doenças como afilariose, ascaridíase, ancilostomose, bicho-geográfico, tricocefalosee oxiurose. Entretanto, a maioria desses indivíduos é de vida livre,podem ser encontrados em ambientes aquáticos ou terrestres.Anelídea
  9. 9. Os anelídeos (filo Annelida) possuem o corpo segmentado(metamerizado) em anéis. São triblásticos, celomados, protostômiose possuem um sistema digestório completo, com boca e ânus.Existem cerca de 15 mil espécies descritas. Variam de poucosmilímetros até mais de 3 metros. Os representantes maisconhecidos são as minhocas e as sanguessugas.Artrópodes (Arthropoda)O filo Arthropoda (Artrópodes) é um conjunto muito grande deanimais, o maior grupo com espécies descritas. A enormediversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivamem todos os habitats. São animais que, como os anelídeos,apresentam metameria (corpo segmentado), embora em aracnídeose crustáceos haja uma tendência de diminuição desta metameria e,em ácaros e caranguejos ela não existe. Compreende o grupo dosinsetos, crustáceos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes.
  10. 10. Metameria
  11. 11. Insetos
  12. 12. *CIGARRA
  13. 13. Aracnídeos
  14. 14. Insetos sociais
  15. 15. CRUSTÁCEOS
  16. 16. Filo Echinodermata (Equinodermos)O Filo Echinodermata compreende todos os animais marinhosinvertebrados que são cobertos por espinhos, ou por umendoesqueleto calcário. Alguns exemplos são a estrela-do-mar,ouriço-do-mar, pepino-do-mar, etc. Os animais deste filo são muitosimples, não apresentam muita evolução. Seu sistema nervoso émuito reduzido, não possuem qualquer tipo de órgão sensorialespecializado, embora alguns tenham algumas células olfativas e
  17. 17. tácteis. Em sua maioria, têm o corpo com simetria radial, ou seja,seu corpo é dividido em partes iguais que se juntam ao eixo central.Há ainda os pentarradiais, com 5 partes iguais (maioria dasestralas-do-mar).Filo Chordata
  18. 18. Abrange animais adaptados para a vida na água doce e salgada, naterra e no ar.Os cordatos se dividem em protocordados, os cordados maisprimitivos, destituído de coluna vertebral e caixa craniana e oseucordados, mais evoluídos, pois, além de apresentarem colunavertebral têm crânio com encéfalo.Características gerais: simetria corpórea bilateral; presença deceloma; triblásticos e segmentados .
  19. 19. Características específicas:Notocorda ou corda dorsal: um bastão fibroso que permite asustentação do corpo.Fendas branquiais: pequenos orifícios encontrados na faringe e quese prestam a filtração de alimentos à respiração. Tubo nervosodorsal: nos cordados, o sistema nervoso ocupa posição dorsal eapresenta-se como um tudo nervoso longitudinal e único.Anfíbios
  20. 20. Anfíbios são animais de pele fina e úmida, na qual não ocorrempêlos ou escamas externas. São animais que não incapazes demanter a temperatura de seu corpo constante por mecanismosexternos, por isso são chamados animais de sangue frio oupecilotérmicos.A pele fina, rica em vasos sanguíneos e glândulas que possuem
  21. 21. permite-lhes que a utilizem na respiração, absorção de água edefesa. Quando estão com "sede", os anfíbios encostam a regiãoventral de seu corpo na água e a absorvem pela pele. As glândulasem sua pele são de dois tipos: mucosas, que produzem muco eserosas, que produzem veneno.Podem ser aquáticos ou terrestres. As formas aquáticas respiramatravés de brânquias, através da pele ou através de pulmões. Asterrestres respiram geralmente tanto através dos pulmões quantopela pele.Aves
  22. 22. As aves (latim científico: Aves) constituem uma classe de animaisvertebrados, bípedes, homeotérmicos, ovíparos,caracterizadosprincipalmente por possuírem penas, apêndices locomotoresanteriores modificados em asas, bico córneo e ossos pneumáticos.São reconhecidas aproximadamente 9 000 espécies de aves nomundo. As aves variam muito em seu tamanho, dos minúsculosbeija-flores a espécies de grande porte como a avestruz e a ema.
  23. 23. Note que todos os pássaros são aves, mas nem todas as aves sãopássaros. Os pássaros estão incluidos na ordem Passeriformes,constituindo a ordem mais rica, ou seja, com maior número deespécies dentro do grupo das aves.
  24. 24. MamíferosOs mamíferos constituem o grupo mais “evoluído” do Reino Animal.Receberam este nome devido à presença de glândulas mamárias,que nas fêmeas fornecem leite para os filhotes, mais nítida na
  25. 25. espécie humana. Habitam os mais diferentes ambientes e têm umadieta muito diversificada.A pele coberta por pêlos, presença de glândulas sebáceas esudoríparas ajudam a regular a temperatura tornando possível odesenvolvimento de mecanismos fisiológicos mais complexos eeficientes. O aumento do cérebro permitiu que os mamíferos setornassem mais ágeis e inteligentes.
  26. 26. Répteis (Classe Reptilia)Ordens- Ordem Crocodilia- Ordem Squamata- Ordem Rhynchocephalia- Ordem TestudinataA classe Reptilia (do latim reptum = rastejar) inclui os lagartos, cobras, tartarugas,jabutis, crocodilos, jacarés e a tartaruga. A ciência que estuda os répteis chama-seherpetologia.Os répteis surgiram a partir de um grupo de anfíbios primitivos e foram os primeirosvertebrados que se adaptaram á vida terrestre sem depender de água para a reprodução erespiração. Como mudanças evolutivas podemos citar:- Pele mais resistente à perda de água mais ainda existem regiões onde a pele é maisfina para que haja locomoção;- Poucas glândulas epidérmicas, pois a epiderme é corneificada, sem funçãorespiratória;- Garras que ajudam na proteção e locomoção;- Ovo com casca resistente à perda de água, com cavidade amniótica;- A principal excreta nitrogenada é o ácido úrico para diminuir a perda de água para oambiente.Os répteis são mais evoluídos que os anfíbios, porém ainda são pecilotérmicos (atemperatura corporal depende da temperatura do ambiente). O esqueleto écompletamente ossificado e o coração é completamente dividido em quatro câmaras (2átrios e 2 ventrículos), as hemácias são nucleadas, respiração pulmonar, excreção porrins metanéfricos, ectotérmicos, dióicos com fecundação interna, ovos grande e comdesenvolvimento direto.Com a casca mais grossa, surge o anexo embrionário âmnio, que delimita a cavidadeamniótica, cheia de líquidos, que protege o embrião contra o dessecamento.Estrutura CorporalO corpo dos répteis é formado por cabeça, pescoço, tronco e cauda. Possui quatropernas curtas, com dedos terminando em garras córneas. A boca é grande e cheia dedentes. Olhos são grandes, ocupando a posição lateral, com pálpebras e uma membrananictante. A pele é composta por escamas córneas.Digestão
  27. 27. A boca abre-se largamente e os dentes são fortes, servindo para ataque, defesa e segurara presa. Entre a cavidade bucal e a faringe há uma dobra transversal que isola acavidade para não entrar água nos pulmões quando o animal abrir a boca dentro daágua.O alimento passa da boca para a faringe, seguindo para o esôfago, estômago, intestinodelgado, cloaca e o que não foi aproveitado é eliminado para o ambiente através doânus. A cloaca é a saída dos sistemas digestivo, excretor e reprodutor.CirculaçãoA circulação é fechada, dupla e completa nos crocodilianos, sendo incompleta nosoutros grupos.RespiraçãoA respiração é pulmonar. O ar entra pelas narinas, passam pelo palato duro, coanas,glote, laringe (onde estão as cordas vocais), traquéia e brônquios. Os pulmões possuemdois septos internos.ExcreçãoA excreção é feita por dois rins achatados e tubulares, localizados dorsalmente na parteposterior do corpo.ReproduçãoSão animais dióicos, que fazem fecundação interna. Os ovos costumam ser grandes,possuem uma casca grossa para proteger contra dessecamento, o embrião temdesenvolvimento direto, sem metamorfose.As tartarugas possuem uma concha oval,com placas corneificadas, que costumamos chamar de casco. A parte dorsal destaconcha chama-se carapaça e a ventral chama-se plastrão. O corpo está encaixado nestaconcha, soldado pelas vértebras torácicas e costelas. Os pés dos jabutis têm forma detoco, e das tartarugas marinhas tem a forma de um remo, para natação.
  28. 28. Os lagartos apresentam formas variadas do corpo, com pernas longas ou curtas. AlgunsCorrem muito rápido. Possuem pontos de quebra na cauda, pois se ela ficar presa,quebra-se no ponto de quebra e o animal se solta e foge. A cauda regenera em seguida.Os camaleões possuem uma língua protrátil.As cobras não possuem pernas, então locomovem se rastejando. Não possuempálpebras. Como nos lagartos, a pele apresenta fileiras de escamas. Os olhos sãocobertos por uma cutícula. As cobras normalmente engolem seu alimento inteiro, graçasa inúmeras modificações no seu corpo. As cobras vivem isoladas. Podemos classificá-las segundo o tipo de dente de veneno:Áglifas: Não possuem dentes de veneno, todos os dentes são iguais, de mesmotamanho. Exemplos: sucuri e a caninana;Opistóglifas: Os dentes de veneno estão localizados na parte posterior da boca.Possuem um sulco por onde o veneno corre. Dificilmente conseguem inocular o venenocom eficiência. Exemplo: Falsa coralProteróglifas: Os dentes de veneno estão localizados na parte posterior anterior da bocae possuem um sulco por onde o veneno corre. Exemplo: coral verdadeiraSolenóglifas: Os dentes de veneno estão localizados na parte posterior anterior da bocae o veneno corre por um canal do dente.

×