Introdução ao laboratório de química

26,824 views

Published on

0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
26,824
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
107
Actions
Shares
0
Downloads
684
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Introdução ao laboratório de química

  1. 1.  Os laboratórios, tanto de Química quanto de Física e Biologia, fazem uso de vários instrumentos. Tais instrumentos são chamados de vidrarias. As vidrarias são, em sua maioria, instrumentos de vidro cristal ou temperado, para que as medidas sejam precisas e o recipiente não reaja com a substância contida nele.
  2. 2.  É de uso geral em laboratório, servindo para dissolver substâncias, efetuar reações químicas, aquecer líquidos, etc. Também pode ser aquecido utilizando o bico de Bunsen em conjunto com a tela de amianto.
  3. 3.  Usado na trituração e pulverização de sólidos em pequena escala.
  4. 4.  É um equipamento calibrado para medir o volume de líquidos precisamente. Ela é graduada em décimos de milímetro e é muito utilizada em titulações.
  5. 5.  Utilizado principalmente em sistemas de refluxo e evaporação a vácuo, acoplado a um rotaevaporador.
  6. 6.  Utilizado como recipiente para conter líquidos ou soluções, ou mesmo, fazer reações com desprendimento de gases. Pode ser aquecido sobre o tripé com tela de amianto.
  7. 7.  Utilizado em conjunto com o funil de Büchner em filtrações a vácuo.
  8. 8.  Utilizado em filtrações a vácuo. Pode ser usado com a função de filtro em conjunto com o Kitassato.
  9. 9.  Utilizado na separação de líquidos não miscíveis e na extração líquido/líquido.
  10. 10.  É a fonte de aquecimento utilizada no laboratório. Não devem ser utilizadas substâncias inflamáveis.
  11. 11.  É utilizado em destilações simples ou fracionadas; o braço do balão é então ligado ao condensador.
  12. 12.  É utilizado para preparo de soluções e para medir com precisão um volume único e fixo descrito no balão.
  13. 13.  É um equipamento que tem como finalidade condensar vapores, principalmente em destilações. Os mais comuns são os de Liebig, como o da figura. É comumente utilizado em conjunto com o balão de destilação.
  14. 14.  O erlenmeyer tem as mesmas finalidades que o béquer, fazer titulações, aquecer líquidos e dissolver substâncias, dentre outras, mas tem a vantagem de permitir a agitação manual – o seu afunilamento em cima anula o risco de perda de material
  15. 15.  A proveta, ou cilindro graduado, é um instrumento preciso e, portanto, altamente recomendado para medição de líquidos.
  16. 16.  É utilizada para medir com grande precisão uma quantidade estipulada de volume. A da foto ao lado mede com precisão 25ml, enquanto existem pipetas de 5ml, 10ml, 50ml e até 100ml.
  17. 17.  Um frasco de plástico para guardar água, álcool ou outro solvente. Ela também serve para atirar jatos da substância contida na própria.
  18. 18.  É empregado na sustentação de peças e sistemas. Ele pode segurar, por exemplo, a bureta ou o funil de cromo.
  19. 19.  Tubo de ensaio quer dizer tubo de experimento, e é para isso que ele serve. Podem ser feitas reações em pequena escala e pode ser aquecido diretamente sob a chama do bico de bunsen.
  20. 20.  Ler sempre os rótulos dos produtos químicos com os quais vais trabalhar. Todas as atividades devem ser realizadas com o acompanhamento do professor. Seguindo atentamente todas as instruções dadas pelo professor.
  21. 21.  Não provar, ingerir, cheirar ou tocar com as mãos em quaisquer substâncias químicas. Usar luvas sempre que manusear substâncias tóxicas ou corrosivas.  Não comer nem beber dentro do laboratório.
  22. 22.  Antes de iniciar uma atividade experimental, deve se ler atentamente o procedimento experimental e, se tiver alguma dúvida, esclarecê-la antes de iniciar. Depois de terminar uma atividade experimental deve-se limpar e arrumar todo o material utilizado e deixar o laboratório organizado.

×