I Seminário de Práticas Pedagógicas em Língua Portuguesa e Matemática: Discutindo perspectivas de aprendizagens para o Ens...
COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ BONIFÁCIO TRABALHANDO A GEOMETRIA ESPACIAL COM  GARRAFA PET E LIGAS Prof. Dionildes Pereira Jácome X...
JUSTIFICATIVA As dificuldades de aprendizagem nas escolas têm sido um assunto bastante discutido no meio educacional. Não ...
OBJETIVOS Objetivo geral Proporcionar ao aluno do Ensino Médio uma aprendizagem diferenciada através do uso de recurso con...
PROCEDIMENTOS  METODOLÓGICOS 1. Revisão da Geometria Plana 2. Material utilizado 3. Construção dos moldes 4. Procedimento ...
CONCLUSÃO Neste trabalho, foi utilizada uma metodologia simples e motivadora para se trabalhar os sólidos geométricos de f...
Foto – 1: Alunos expondo seus trabalhos FOTOS Foto – 2: Professor orientando alunos  Foto – 3: Construção de um icosaedro ...
Foto – 06: Aluno expondo um tetraedro Foto – 05: Exposição de vários sólidos
 
 
 
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação do professor Dionildes

2,054 views

Published on

Published in: Education, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentação do professor Dionildes

  1. 1. I Seminário de Práticas Pedagógicas em Língua Portuguesa e Matemática: Discutindo perspectivas de aprendizagens para o Ensino Médio. 05 e 06 de Novembro/2009 Araguaína - TO
  2. 2. COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ BONIFÁCIO TRABALHANDO A GEOMETRIA ESPACIAL COM GARRAFA PET E LIGAS Prof. Dionildes Pereira Jácome Xambioá-TO
  3. 3. JUSTIFICATIVA As dificuldades de aprendizagem nas escolas têm sido um assunto bastante discutido no meio educacional. Não é de hoje que se convive com essa situação, onde os recursos e metodologias utilizados pelo educador não são suficientes para atender as necessidades dos educandos, resultando numa aprendizagem insatisfatória. A forma abstrata com que são trabalhados alguns assuntos, especificamente da matemática, dificulta de modo significativo, a aprendizagem e compreensão dos conteúdos com sua contextualização. A preocupação deste trabalho, repousa sobre a necessidade de aplicação de novos mecanismos didáticos e pedagógicos capazes de superar a distância entre teoria e prática no ensino da Geometria Espacial, com vistas a analisar o desempenho dos alunos submetidos a este processo, com a aplicabilidade de recursos concretos.
  4. 4. OBJETIVOS Objetivo geral Proporcionar ao aluno do Ensino Médio uma aprendizagem diferenciada através do uso de recurso concreto no estudo da Geometria espacial.    Objetivos específicos Permitir uma relação entre conceitos geométricos e objetos concretos; Adquirir conhecimentos da Geometria espacial através de material reciclável; Visualizar arestas e faces de um sólido geométrico a partir de material construído com garrafas PET(Politereftalato de etileno); Identificar elementos físicos encontrados nos sólidos geométricos.
  5. 5. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 1. Revisão da Geometria Plana 2. Material utilizado 3. Construção dos moldes 4. Procedimento inicial e planificação da parte cilíndrica da garrafa 5. Confecções das faces 6. Delineamento das margens para a sustentação das ligas 7. Unindo as faces 8. Explorando os objetos O recorte é feito até este ponto. Recorte em “v” para sustentação da liga quando as margens forem dobradas. Figura 5 – Marcação das margens que irão sustentar as ligas
  6. 6. CONCLUSÃO Neste trabalho, foi utilizada uma metodologia simples e motivadora para se trabalhar os sólidos geométricos de forma acessível, sem gastos onerosos e ainda permitindo a exploração de outros aspectos importantes, como a conservação ambiental. A escola precisa insistir no processo de conscientização para se obter uma sociedade mais participativa e comprometida com o meio em que vivemos. Na escola onde foi desenvolvido esse trabalho, os discentes que estudaram a Geometria Espacial a partir de objetos concretos, apresentaram significativa vantagem em relação aos alunos de anos anteriores que receberam os conteúdos pelo processo convencional.
  7. 7. Foto – 1: Alunos expondo seus trabalhos FOTOS Foto – 2: Professor orientando alunos Foto – 3: Construção de um icosaedro Foto – 4: Aluno expondo o octaedro
  8. 8. Foto – 06: Aluno expondo um tetraedro Foto – 05: Exposição de vários sólidos

×