Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Formação do professor em relação a lei 10639

4,785 views

Published on

Published in: Spiritual, Technology

Formação do professor em relação a lei 10639

  1. 1. EDUCAÇÃO PARA AS RELACÕES ÉTNICO-RACIAIS: REFLETINDO SOBRE ALGUMAS ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO.
  2. 5. As instituições de Ensino Superior incluirão nos conteúdos de disciplinas e atividades curriculares dos cursos, a educação da relações Étnico Raciais bem como o tratamento de questões e temáticas que dizem respeito aos afrodescendentes.
  3. 8. ARTIGO 6º- FORMAÇÃO DE EQUIPES MULTIDISCIPLINARES PARA DAR SUPORTE AOS PROFESSORES. ARTIGO:3º- QUALIFICAR OS EDUCADORES NO QUE DIZ RESPEITO A TEMÁTICA, PROMOVENDO CURSOS SEMINÁRIOS,OFICINAS DURANTE O PERÍODO LETIVO, GARANTINDO A PARTICIPAÇÃO DOS EDUCADORES SEM NENHUM PREJUÍZO FUNCIONAL OU SALARIAL
  4. 9. ANO DE 2009: REGIMENTAÇÃO DAS EQUIPES MULTIDISCIPLINARES
  5. 10. 11.645 10.639 LEI
  6. 11. COMO TRABALHAR ESTAS TEMÁTICAS NAS DISCIPLINAS CURRICULARES? história literatura artes geografia matemátic a sociologia filosofia química português Educação física biologia inglês
  7. 12. Alguns desafios na implementação
  8. 13. Onde estão a África, os africanos e os afro-brasileiros na grade curricular das nossas escolas públicas e privadas, nos níveis infantil, fundamental, médio e universitário? A África mantém-se como um continente desconhecido para a maioria da população brasileira, incluindo os docentes. Em nossas escolas, não se aborda o passado nem o presente africano, muito embora esse passado esteja tão presente no cotidiano nacional, por meio das palavras faladas, da cultura, das religiões, das instituições, da economia etc. São imensos o desconhecimento e o silêncio sobre o passado e o presente da comunidade negra no Brasil
  9. 14. A África permanece para a maioria reduzida a uma Imagem simplificada por quatro T TRIBO TAMBOR TERREIRO TARZAN (PERERIRA, 1978,p.16)
  10. 18. Como nós, professores e professoras, temos trabalhado com a questão racial na escola? Que atitudes tomamos frente às situações de discriminação racial no interior da escola e da sala de aula? Até quando esperaremos uma situação drástica de conflito racial ou enfrentamento para respondermos a essas perguntas? O tratamento da questão racial é um projeto coletivo da escola? Ou apenas trabalhos individualizados?
  11. 19. FILME: TESTE DO RACISMO E vida Maria
  12. 20. Em relação a aplicabilidade da lei o professore e a escola devem ter sua autonomia, mas autonomia não significa ser livre para fazer o que eu quero. Quando quero, de qualquer jeito. Apenas para constar no livro de chamada ou no projeto político pedagógico da escola.
  13. 21. É preciso que as práticas pedagógicas sejam orientadas por princípios éticos que norteiem as relações estabelecidas entre professores, pais e alunos no interior das escolas brasileiras. E é necessário inserir a discussão sobre o tratamento que a escola tem dado às relações raciais no interior desse debate.
  14. 22. Nós, os(as) professores(as), somos conhecidos como uma categoria de lutas e de conquistas e como intelectuais da educação. Se reconhecemos que o trato pedagógico da diversidade é um direito de todo cidadão pertencente a qualquer grupo étnico-racial . Pergunto: Que movimento temos feito no interior da escola para que possamos trabalhar com estas temáticas? Para existir mudanças é preciso que haja movimento. E movimento não combina com ações isoladas. É preciso uma organização enquanto grupo.
  15. 24. <ul><ul><ul><ul><ul><li>Axé, axé, axé pra todo mundo, </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Axé muito axé, muito axé </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Muito axé pra todo mundo, axé </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Eu, professora,brasileira. Desejo pra </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>esse Brasil e para todos de todas as raças </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>De todos os credos Axé </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  16. 25. nós sabemos, axé quer dizer energia positiva, força de vida, e é uma expressão que anuncia e pede o Bem. É usada tanto para saudar alguém como para se despedir e pretende transmitir as melhores vibrações.

×