Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Bibliografia relacionadas ao guarani

1,660 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Bibliografia relacionadas ao guarani

  1. 1. BIBLIOGRAFIA RELACIONADAS AO GUARANI<br />Olha o que achei, Iná vê se tem alguns que te interessam para<br />Comprar no sebo, ou em livrarias para sua pesquisa<br />Beijos da mamae<br />(relacionada aos Guarani)<br /> <br />         BORGES, Luís Carlos: Fala instituinte do discurso mítico Guarani-Mbyá. Unicamp (Tese de Doutorado) . Campinas. 1999<br />         BORGES, Paulo: Ymâ, ano 1500: Escolarização e Historicidade Guarani Mbya na Aldeia de Sapukai. UNICAMP (Dissertação de Mestrado). Campinas. 1998.<br />         BUENO, Silveira. Vocabulário Tupi-Guarani-Português. Ed. Gráfica Nagy.  São Paulo. 1983.<br />         CADOGAN, Leon. Ayvu Rapyta. Textos miticos de los Mbyá-Guarani del Guairá.USP/Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, Boletim n. 227, Antropologia n.5. São Paulo. 1959.<br />         CHAMORRO, Graciela: Os Guarani: sua trajetória e seu modo de ser. Cadernos do Comin. São Leopoldo. RS. 1999<br />         CHAMORRO, Graciela: A espiritualidade guarani: uma teologia ameríndia da palavra.Sinodal São Leopoldo. RS. 1998<br />         CLASTRES, Helène:  A Terra Sem Mal, o profetismo tupi-guarani. Brasiliense. São Paulo. 1978<br />         CLASTRES, Pierre. A fala sagrada. Mitos e cantos sagrados dos índios Guarani. Papirus. Campinas – SP. 1990.<br />         DOOLEY, Robert A. Textos guarani. Summer Institute of Linguistics. Brasília 1988.<br />         DOOLEY, Robert A. Vocabulário básico do Mbyá Guarani. Summer Institute of Linguistics.Brasília. 1994<br />         DUARTE SOBRINHO, Ciro et alii: Projeto autosustentável de agricultura familiar para as comunidades indígenas. Mimeo. EMATER. Município de Paraty. Maio 1998.<br />         EDELWEISS, Frederico G: Tupis e Guaranis: estudos de etnonímia e lingüística. Publicações do Museu da Bahia, n. 7.  Secretaria de Educação e Saúde. Salvador.1947<br />         FREIRE, José Ribamar Bessa & MALHEIROS, Márcia Fernanda. Aldeamentos indígenas do Rio de Janeiro. UERJ/Programa de Estudos dos Povos Indígenas. Rio de Janeiro. 1997<br />         GARLET, Ivori: Mobilidade Mbyá: história e significado. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS (Dissertação de Mestrado).  Porto Alegre. 1997<br />         GUIMARÃES, Sílvia Maria F.: Através da Terra Sem Mal: uma possível abordagem de um grupo Guarani. Pós – Revista Brasiliense de Pós-Graduação em Ciências Sociais. Vol. 3, nº 1. Universidade de Brasília - UNB. Brasília. 1999<br />         LA SALVIA, F. & BROCHADO, J.P. : Cerâmica Guarani. D. Posenato Arte & Cultura. Porto Alegre. 1989<br />         LADEIRA, Maria Inês: O caminhar sob a luz: o território Mbya à beira do oceano. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP (Dissertação de Mestrado). São Paulo.1992.<br />         LEVCOVITZ, Sérgio: Kandire: o Paraíso Terreal – O suicídio entre índios guarani do Brasil.Editora Espaço e Tempo/Te Corá Editora. Rio de Janeiro – Belo Horizonte.  1998<br />         LITAIFF, Aldo: As divinas palavras. Editora da UFSC. Florianópolis. 1996.<br />         MELIÁ, Bartolomeu: A experiência religiosa guarani. In: MARZAL, Manuel: O rosto índio de Deus. Vozes. Petrópolis. 1989<br />         MEMÓRIA VIVA GUARANI. Ñande Reko Arandu.  Cantos gravados pelas aldeias Rio Silveira, Morro da Saudade - Parelheiros e Jaexoaporã - Ubatuba – SP e Sapucai – Angra dos Reis – RJ. 1999 <br />         NIMUENDAJU, Curt: : As lendas da Criação e Destruição do Mundo como Fundamentos da Religião dos Apapocúva-Guarani. Hucitec. São Paulo. 1987<br />         NIMUENDAJU, Curt: Mapa Etno-histórico de Curt Nimuendaju. IBGE. Rio de Janeiro. 1981<br />         NOBRE, Domingos Barros et alii:  Escola Indígena Guarani Kyringue Yvotyty. Proposta Curricular (versão preliminar) Mimeo. CEDAC. Rio de Janeiro. 1998<br />         RODRIGUES, Aryon D.: O conceito de língua indígena no Brasil, I: os primeiros cem anos (1550-1650) na Costa Leste. Línguas e Instrumentos Lingüísticos,1 .Pontes Editores. Campinas. 1998<br />         RODRIGUES, Aryon D.: Línguas Brasileiras: para o conhecimento das línguas indígenas. . Loyola. São Paulo. 1986<br />         SAMPAIO, Theodoro: O Tupi na Geografia Nacional. 4 ª edição. Introdução e notas de F. G. Edelweiss. Câmara Municipal. Salvador. 1955<br />         SANTOS, Maristela Alves dos. Rotas de imigração tupi-guarani. Recife: Universidade Federal de Pernambuco - UFPe/História. (Dissertação de Mestrado).Recife.  1991.<br />         SCHADEN, Egon:  Aspectos fundamentais da cultura guarani. EDUSP. São Paulo. 1974 (2ªedição)<br />        TIBIRIÇÁ, Luiz Caldas. Dicionário Guarani-Português. Traço Ed. São Paulo.1989.<br />        TANGERINO, Celeste Ciccarone (org): Revelações sobre a terra: A memória Viva dos Guaran. UFES – Universidade Federal Fluminense. Vitória. 1996.<br />        TOCCHETTO, Fernanda Bordin: Possibilidades de interpretação do conteúdo simbólico da arte gráfica Guarani. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia. Universidade de São Paulo. 6: 33-46. São Paulo. 1996<br />         VIETTA, Katia: Mbya: Guarani de verdade. Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.(Dissertação de Mestrado não publicada). Porto Alegre. 1992.<br /> <br />

×