Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Em diálogo redes e educação

1,082 views

Published on

Mesa redonda “Em diálogo: redes e educação” realizada na Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense com a participação do Prof. Dr. Paulo Carrano (UFF) e Prof. Ms. Daniele Araujo. Faculdade de Educação – Universidade Federal Fluminense, 2012.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Em diálogo redes e educação

  1. 1. Cíntia RabelloFaculdade de Letras LATEC UFRJ
  2. 2. • Quem é o aluno de hoje?• Qual o papel da tecnologia na vida deste aluno?• Quais as implicações para a educação?• Que oportunidades e desafios se desenham?
  3. 3. Nativos digitais Marc Prensky, 2001
  4. 4. « (...) falantes nativos da tecnologia, fluentes na linguagem digital doscomputadores, videogames e da internet. »
  5. 5. Fonte: Gaia Creative
  6. 6. Letrada digitalmente Preocupada com a Conectada comunidade Geração Net Visual e Multitarefacinestétsico Estruturala Imediatista Trabalha em Experiencial grupo BULLEN; MORGAN; QAYYUM, 2011
  7. 7. Mudança de paradigmas
  8. 8. De consumidores a produtores de conteúdo
  9. 9. Usuário especializado natecnologia
  10. 10. Novos meios de auto-expressão ecompartilhamento de informação
  11. 11. Sites de Redes Sociais “(...) aplicativos de(SRS) computador que possibilitam um arranjo complexo de nós conectados (pessoas) através ferramentas para armazenar e apresentar informação, bem como comunicar, conectar e interagir com outras pessoas.” (BUZZETTO-MORE, 2012)
  12. 12. • Qual o impacto das mídias sociais no mundo?• O que as estatísticas podem nos dizer sobre o fenômeno dos sites de redes sociais (SRS) na sociedade contemporânea?
  13. 13. Fonte: http://vincos.it/world-map-of-social-networks/
  14. 14. Fonte: http://vincos.it/world-map-of-social-networks/
  15. 15. • Como a escola e a universidade podem incorporar as mídias sociais no contexto educacional?• Quais as potencialidades e limitações dessas ferramentas nos processos de ensino e aprendizagem?
  16. 16. Mídias sociais e Educação
  17. 17. Plano Nacional deTecnologia da Educação de2010 (Departamento deEducação dos EstadosUnidos ) propõe a aplicaçãode tecnologias avançadasutilizadas na vidaprofissional e pessoal emtodo o sistema educacionala fim de melhorar aaprendizagem. Buzzetto-More (2012)
  18. 18. SRSs como uma plataforma para a aprendizagem.Estímulo à criação de experiências de aprendizagempersonalizadas, envolventes e relevantes que reflitamas vidas dos aprendizes e seus interesses. Buzzetto-More (2012)
  19. 19. Algumas potencialidades dos SRSs:• possibilitam uma aprendizagem disponível sobdemanda, autêntica, rica em mídias e social;• apoiam o letramento digital;• são centrados nos alunos;• são atraentes para osnativos digitais.Buzzetto-More (2012)
  20. 20. Potencialidades:- Aprendizagem informal e formal;- Formação de PLEs;- Interação;- Construção colaborativa do conhecimento;- Popularidade;- Fator motivacional.RABELLO e HAGUENAUER, 2011
  21. 21. Fonte: http://deboracunhampel05.blogspot.com.br/2011/11/personal-learning-environment-ple.html
  22. 22. Limitações:- Invasão de espaços;- Privacidade;- Segurança;- Cyberbullying;- Limitações de ferramentas.RABELLO e HAGUENAUER, 2011
  23. 23. Desafios:- Resistência;- Pedagogia inovadora;- Quebra de paradigmas;- Distração;- Políticas de uso.RABELLO e HAGUENAUER, 2011
  24. 24. SRS são ferramentas construtivistas que atendem os objetivos denovos métodos de participação no ensino superior impactando aautonomia do estudante; “(...) podem beneficiar os aprendizes uma vez que encorajam o diálogo entre pares, promovem o compartilhamento de recursos, facilitam a colaboração e desenvolvem habilidades de comunicação.” (SIEMENS & WELLER, 2011)
  25. 25. Obrigada! cintia_rabello@hotmail.com http://facebook.com/cintia.rabello.5 http://pinterest.com/cintiarabello/http://www.youtube.com/cintiarabello @crlrabellohttp://www.slideshare.net/crlrabello/
  26. 26. ReferênciasBULLEN, M.; MORGAN, T.; QAYYUM, A. Digital learners in HigherEducation: Generation is not the issue. Canadian Journal of LearningTechnology. V. 37(1), 2011.BUZZETTO-MORE, N. Social Networking in Undergraduate Education.Interdisciplinary Journal of Information, Knowledge, and Management.Volume 7, 2012. Disponível em: < Social Networking in UndergraduateEducation. Interdisciplinary Journal of Information, Knowledge, andManagement> Acesso em: 15 maio 2012.PRENSKY, M. Digital Natives, Digital Immigrants. On the Horizon , MCBUniversity Press, Vol. 9 No. 5, October 2001. Disponível em:<http://www.marcprensky.com/writing/prensky%20-%20digital%20natives,%20digital%20immigrants%20-%20part1.pdf>Acesso em : 15 jul. 2011.
  27. 27. ReferênciasPRENSKY, M. Listen to the natives. Learning in the digital age.Volume 63, Number 4. December 2005/January 2006. Disponívelem: <http://www.siprep.org/prodev/documents/Prensky.pdf>Acesso em : 15 jul. 2011.RABELLO, C. e HAGUENAUER, C. Sites de Redes Sociais e Aprendizagem:Potencialidades e Limitações. Educaonline. v.5, n.3, 2011. Disponível em:<http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=educaonline&page=article&op=view&path[]=189 > Acesso em: 15 maio 2012.SIEMENS, George; WELLER, Martin. Higher education and the promisesand perils of social networks. Revista de Universidad y Sociedad delConocimiento. Barcelona, v. 8, n. 1, p. 164-170, January 2011. Disponívelem: < http://rusc.uoc.edu/ojs/index.php/rusc/article/view/v8n1-globalizacion-e-internacionalizacion-de-la-educacion-superior/v8n1-siemens-weller-eng> Acesso em: 29 jul. 2011.

×