Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Arte barroca

106 views

Published on

Com informação sobre pintura, escultura, arquitetura, música e exemplos portugueses.
Créditos no final.

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Arte barroca

  1. 1. M6 A cultura do Palco HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES CURSOS PROFISSIONAIS: ARTES DO ESPETÁCULO – INTERPRETAÇÃO INTÉRPRETES DE DANÇA CONTEMPORÂNEA ARTE E MENTALIDADE BARROCAS 1 A Ronda da Noite, 1642, 380X454, óleo sobre tela, Rijksmuseum Amesterdão, Holanda
  2. 2. M6 A cultura do Palco ARTE BARROCA 2 Bernini, A Beata Ludovica Alberoni, Igreja San Francesco a Ripa, Roma, Itália, 1671 Borromini, Igreja de San Carlino, Roma 1634-1682 Rubens, Descida da Cruz, 1634, Catedral de Antuérpia, Bélgica. Arte barroca
  3. 3. Instrumento da Igreja Católica - triunfo da Contra-Reforma:  Atrair fiéis e exaltar a sua fé.  Transmissão de imagem de opulência, poder, segurança e prestígio.  Glorificar a Igreja.  Combater o Protestantismo. M6 - A cultura do Palco Mentalidade Barroca
  4. 4. Instrumento do poder político: Cenário para espetáculo do poder. M6 - A cultura do Palco Mentalidade Barroca
  5. 5. Clima de insegurança e de medo. Acentuar do espírito de misticismo e de paixão que substitui a harmonia e o equilíbrio do Renascimento M6 - A cultura do Palco Mentalidade Barroca
  6. 6.  Nasce em Roma, final século XVI. Estende-se pela Europa, Brasil e América Latina. Gosto pelo movimento, pela emoção, pelo espetacular. Proliferação dos volumes, curvas e contracurvas, ornamentação, contrastes de cor, luz e sombra, sensualidade das formas e horror ao vazio. Apela às emoções, dramatismo e teatralidade. M6 - A cultura do Palco Características arte barroca
  7. 7.  Afastamento da simplicidade, equilíbrio e racionalismo do Renascimento.  Grandiosidade.  Ideia de movimento: profusão de curvas e de contracurvas, fachadas ondulantes, plantas ovais e em elipse.  Ausência de espaços vazios.  Exuberância decorativa: esculturas, pinturas, talha dourada e azulejaria.  Teatralidade da construção. M6 - A cultura do Palco Arquitetura Barroca
  8. 8. M6 - A cultura do Palco Arquitetura Barroca Borromini, Igreja de San Carlino, Roma 1634-1682
  9. 9. M6 A cultura do Palco 9 A Ronda da Noite, 1642, 380X454, óleo sobre tela, Rijksmuseum Amesterdão, Holanda
  10. 10. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca 10 El Greco, El Expolio, 1577–1579, óleo sobre tela, 285 × 173 cm, Sacristia da Catedral de Toledo In https://goo.gl/6UU56H, consultado a 5/11/2017 Jean-Honoré Fragonard, O beijo roubado, 1786, óleo sobre tela, 168,5 × 168,5, Museu Hermitage, S. Petersburgo In https://goo.gl/MGXwGU, , consultado a 5/11/2017 MANEIRISMO ROCOCÓ BARROCO ITÁLIA Início XVII Meados XVIII CONTRARREFORMA
  11. 11. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca • Nasce em Itália • Início do século XVII a meados do século XVIII • Aplicação dos princípios propostos pela Igreja da Contrarreforma • Sedução pelos sentimentos • Captação da atenção e da fé 11
  12. 12. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca OBJETIVO:  Deslumbrar  Surpreender  Encenar  Criar efeitos de luz  Escolha de cenas no seu momento de maior intensidade dramática. 12 Caravaggio
  13. 13. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca  Manifestação de excessos.  Grandiosidade e sentimental.  Jogo claro-escuro. Efeitos da luz e sombra.  Cores fortes e variadas.  Jogos cromáticos.  Movimento.
  14. 14. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Caracteriza-se:  Pela irracionalidade  Pela ânsia de novidade  Pela exuberância  Pelos contrastes  Por criar ambientes majestosos, grandiosos, esmagadores que atestam o poder da Igreja 14
  15. 15. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca 15 Dois tipos de Pintura Móvel - tela/cavalete Mural (fresco) - Utilização das paredes e tetos
  16. 16. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 16 Pintura sobre tela Classicismo Diferentes tendências Grande variedade cultural, social e estética da Europa + Atributos estéticos de cada pintor Naturalismo Realismo
  17. 17. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 17 Classicismo: Carraci+Poussin+Lorrain Claude Lorrain, Apolo e as Musas, 1680, óleo sobre tela, 98X135, Museu de Arte, Boston, In https://goo.gl/63y58P, consultado a 5/11/2017
  18. 18. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 18 Naturalismo: Caravaggio+ Ribera Caravaggio, Os discípulos de Emaus, 1606, óleo sobre tela, 141X175, Pinacoteca de Brera, Milão, In https://goo.gl/ssk ms1, consultado a 5/11/2017
  19. 19. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 19 Realismo: Vermeer+Rembrandt Vermeer, A rapariga com brincos de pérola, 1665, óleo sobre tela, 44,5X39, Pinacoteca de Brera, Mauritshuis, Haia, In https://goo.gl/aDuiSx, consultado a 5/11/2017
  20. 20. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 20 Temas:  Religiosos  Profanos/Mitológicos  Retratos  Paisagem  Cenas de género  Natureza-morta Rubens, Assunção da Virgem Maria ca. 1625-1625; na Catedral de Antuérpia, In https://goo.gl/yq1mLs, consultado a 5/11/2017
  21. 21. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 21 Características técnico-formais  Representação do momento  Dá ênfase ao acontecimento e à ação  Linha do horizonte delineada abaixo do normal para dar primazia aos elementos representados e destacar as figuras Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  22. 22. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 22 Características técnico-formais  Composição aberta  Espaço da composição define-se em movimentos e impulsos centrífugos  De dentro para fora  Através de grandes linhas oblíquas, retas ou curvilíneas Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5, óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  23. 23. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 23 Características técnico-formais  Sobreposição de formas  profundidade do campo visual, sem descontinuidades, preservando a unidade do espaço Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5, óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  24. 24. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 24 Características técnico-formais  Formas dinâmicas e sinuosas  orientadas, enquadradas ou combinadas com estruturas poligonais (triângulo, quadrado e losango) e com formas circulares ou ovaladas Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5, óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  25. 25. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 25 Características técnico-formais  União plástica da luz/sombra e da cor  focaliza e define os principais elementos da composição, por vezes de uma forma artificial, deixando os restantes elementos diluídos na penumbra Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5, óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  26. 26. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 26 Características técnico-formais  Luz rasante  Chama a atenção do espetador para determinadas zonas do quadro, orientando a leitura da obra Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5, óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  27. 27. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 27 Características técnico-formais  Cor pura e cálida  Persuasiva, incisiva e forte, de modo a captar e sensibilizar o espetador através dos sentidos Rubens, O Rapto das filhas de Leucipo, 1618, 224X210,5, óleo sobre tela, Alte Pinakothek, Munique
  28. 28. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 28 Caravagio (1571-1610)  Inventor do tenebrismo  Luz rasante e descontínua  Ilumina fortemente alguns pormenores ou personagens importantes da cena deixando o resto da composição numa semipenumbra
  29. 29. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 29 Caravagio (1571-1610) Baco, 1596/1597, 95X85, óleo sobre tela, Galleria degli Uffizi, Florença https://goo.gl/zvwAHN, consultado a 5/11/2017
  30. 30. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 30 Caravagio (1571-1610) Tocador de Alaúde, 1596, 94X119, óleo sobre tela, Museu do Hermitage, S. Petersburgo https://goo.gl/xPUzFR, consultado a 5/11/2017
  31. 31. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 31 Carravagio (1571-1610) A vocação de S. Mateus, 1599-1600, 322X340, óleo sobre tela, Capela Contarelli, San Luigi dei Francesi, Roma https://goo.gl/djYJCc, consultado a 5/11/2017
  32. 32. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 32 Caravagio (1571-1610) A conversão de S. Paulo, 1600, 230X175, óleo sobre tela, Capela Cerasi, Sta Maria del Popolo, Roma https://goo.gl/jZkhDt, consultado a 5/11/2017 Luz focalizada Composição orientada pelas linhas formadas pelos braços estendidos e dorsos do cavalo Cores quentes acentuam cena Cena dramática sem detalhes supérfluos
  33. 33. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 33 Peter Paul Rubens (1577-1640) https://goo.gl/cC5aoP, consultado a 5/11/2017 Descida da Cruz, 1634, Catedral de Antuérpia, Bélgica.
  34. 34. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 34 Rembrandt (1606-1669) https://goo.gl/9J1Rq7, consultado a 5/11/2017 A Ronda da Noite, 1642, 380X454, óleo sobre tela, Rijksmuseum Amesterdão, Holanda
  35. 35. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Móvel 35 Diego Velásquez (1599-1660) https://goo.gl/4wKsND, consultado a 5/11/2017 Las Meninas, 1656, 318X276, óleo sobre tela, Museu do Prado, Madrid, Espanha
  36. 36. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 36 Pintura mural  Suporte: paredes e tetos das igrejas e palácios  Tipo de pintura: frescos  Temas: religioso, mitológico e laico  Funções: decorativo, alegórico, dilatação do espaço
  37. 37. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 37 Características  Imensa grandiosidade ou teatralidade.  Ilusão e movimento.  Cenas, maioria religiosas:  Movimentadas e amplas de modo a dilatarem o espaço.  Dificuldade em distinguir os elementos arquitetónicos reais dos falsos.
  38. 38. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 38 Características  Estruturas arquitetónicas simuladas, como cornijas, colunas, arcos, etc. que se projetavam para o céu.  Figuras com movimentos sinuosos, vigorosos e amplos.  Vestes das personagens reforçam o movimento, parecendo sacudidas pelo vento.  Composições dinâmicas com recurso à perspetiva para as organizar e unificar, ora orientadas de baixo para cima, ora o inverso.
  39. 39. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 39 Técnicas Artísticas Simulação cenográfica da realidade  Trompe-l’oeil – truque de perspetiva que permite que 2 dimensões aparentem possuir 3 dimensões – ilusão ótica).  Sotto in sú – perspetiva de baixo para cima.  Quadri riportati – imitação dos quadros de cavalete inscritos nas paredes ou nos tetos.
  40. 40. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 40 Técnicas Artísticas - Trompe-l’oeil e sotto in su Andrea Pozzo, Glória de Santo Inácio, frescos do teto da Igreja de Santo Inácio, 1684, Roma In https://goo.gl/KwEjjs, consultado a 5/11/2017 Efeitos de trompe l’oeil sotto in sú Espaço, visto de baixo para cima, estende-se para o infinito Transmite a noção de espaço místico
  41. 41. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 41 Técnicas Artísticas - Trompe-l’oeil e sotto in su Andrea Pozzo, Glória de Santo Inácio, frescos do teto da Igreja de Santo Inácio, 1684, Roma In https://goo.gl/KwEjjs, consultado a 5/11/2017
  42. 42. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 42 Técnicas Artísticas - Quadri riportati Annibale Carraci, Galeria Farnese, frescos do Palácio Farnese, 1597-1602, Roma In https://goo.gl/Yd2xQb, consultado a 5/11/2017
  43. 43. M6 - A cultura do Palco Pintura Barroca Mural 43 Técnicas Artísticas - Quadri riportati Annibale Carraci, Galeria Farnese, frescos do Palácio Farnese, 1597-1602, Roma In https://goo.gl/Z4jjMZ, consultado a 5/11/2017
  44. 44. M6 - A cultura do Palco Escultura Barroca 44  Ligada à arquitetura.  Linha ondulada dos corpos.  Movimentação dos corpos.  Exuberância dos sentimentos.  Dramatismo das expressões.  Torsão dos gestos.  Vestes ondulantes.  Apelar aos sentidos, emocionar, deslumbrar e seduzir os fiéis.
  45. 45. M6 - A cultura do Palco Escultura Barroca 45 Bernini, A Beata Ludovica Alberoni, Igreja San Francesco a Ripa, Roma, Itália, 1671
  46. 46. M6 - A cultura do Palco Escultura Barroca 46 Bernini, Êxtase de Santa Teresa, Igreja Santa Maria da Vitória, Roma, Itália, 1653
  47. 47. M6 - A cultura do Palco Escultura Barroca 47 Bernini, Apolo e Dafne, 1622- 1625, Galleria Borghose, Roma
  48. 48. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 48 Palácio/Convento de Mafra Johann Friedrich Ludwig Ludovice, 1711-1730(?)
  49. 49. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 49 Igreja e Torre dos Clérigos, Nicolau Nasoni, Porto, 1754 (?)
  50. 50. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 50 Solar de Mateus, Vila Real, Nicolau Nasoni, 1743 (?)
  51. 51. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 51 Biblioteca da Universidade de Coimbra, 1717-1725
  52. 52. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 52 Aqueduto das Águas Livres, Manuel da Maia (início), Carlos Mardel, 1748 (abastecimento de água)-1834 (conclusão)
  53. 53. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 53 Igreja de Almancil, Loulé Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Faro,
  54. 54. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 54 Francisco Vieira de Matos (Vieira Lusitano),1770,óleo sobre tela, Museu Nacional de Arte Antiga (Lisboa)
  55. 55. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 55 Josefa de Óbidos, Adoração dos Pastores, 1669, óleo sobre tela, 150x184cm, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa
  56. 56. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 56 Machado Castro, Presépio, Basílica da Estrela, Lisboa
  57. 57. M6 - A cultura do Palco Barroco em Portugal 57 Museu Nacional do Azulejo http://www.mnazulejo- ipmuseus.pt/code/modules/visita/presentation/visita_exposicao.php?site_sessi on=cdcc49c767b1000449db6c7f0361b6a8
  58. 58. M6 - A cultura do Palco Música Barroca 58  Itália: berço do Barroco.  Na música, o Barroco decorre entre o aparecimento da ópera (c.1600) e a morte de J. S. Bach (1750).  A música barroca é geralmente exuberante: ritmos enérgicos, melodias com muitos ornamentos, contrastes de timbres instrumentais e de sonoridades fortes com suaves. Imitação da natureza.
  59. 59. M6 - A cultura do Palco Música Barroca 59 • Música instrumental: Concerto (tem origem no termo italiano «concertare» - competir) Suíte Sonata • Música Vocal: Ópera Missa O barroco foi a época de máximo desenvolvimento de instrumentos como o cravo e o órgão.
  60. 60. M6 - A cultura do Palco Música Barroca 60 Concerto de órgão no Palácio- Convento de Mafra http://fotos.sapo.pt/tags/orgao/?listar=poucas&ordenar =maisrecentes Cravo Cravo Ruckers-Taskin, (Paris, Musée de la Musique)
  61. 61. M6 - A cultura do Palco Música Barroca 61 Alguns compositores: Claudio Monteverdi: Cremona, 1567- Veneza, 1643 Antonio Vivaldi: Veneza, 1678 - Viena,1741 Johann Sebastian Bach: Eisenach, 1685 - Leipzig, 1750 Georg Friedrich Händel: Halle an der Saale, 1685 - Londres, 1759 Carlos Seixas: Coimbra, 1704 - Lisboa, 1742
  62. 62. M6 - A cultura do Palco Música Barroca 62 Alguns compositores: Claudio Monteverdi: Cremona, 1567- Veneza, 1643 Antonio Vivaldi: Veneza, 1678 - Viena,1741 Johann Sebastian Bach: Eisenach, 1685 - Leipzig, 1750 Georg Friedrich Händel: Halle an der Saale, 1685 - Londres, 1759 Carlos Seixas: Coimbra, 1704 - Lisboa, 1742
  63. 63. UEFA Champions League theme song Original Handel: Zadok the Pries, coronation anthem No. 1(HQ) Sweetbox-Everything's gonna be alright Original Bach-Air on the G string Lady Gaga-Bad Romance (início) Original Bach-Prelude and Fugue nº24 in B Minor BWV 869 (WTCI) Consultar mais exemplos A música barroca continuou a ser apreciada ao longo dos séculos e ainda hoje serve de inspiração a estilos musicais muito diferentes. Exemplos: M6 - A cultura do Palco Música Barroca
  64. 64. Em Portugal… Carlos Seixas, 1704-1742 Concerto para cravo e cordas, em Lá Maior Marcos Portugal, 1763-1830 Modinha, Cuidados tristes cuidados Missa Grande: Domine Deus M6 - A cultura do Palco Música Barroca
  65. 65. HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES CURSOS PROFISSIONAIS: ARTES DO ESPETÁCULO – INTERPRETAÇÃO INTÉRPRETES DE DANÇA CONTEMPORÂNEA 65 Professora Cristina Barcoso Lourenço maria.barcoso@agr-tc.pt historia.cultura.artes.faro@gmail.com FB: https://www.facebook.com/HCA.AETC/ Bibliografia – adaptação de: https://pt.slideshare.net/carlosvieira/pintura-barroca2010?qid=1f271a0e-0024-48cb-86c9-42b86c029387&v=&b=&from_search=6, consultado a 5/11/2017 https://www.slideshare.net/abaj/pintura-barroca-14699329, consultado a 5/11/2017 http://www.slideshare.net/ladonordeste/musica-barroca-16778956 http://www.slideshare.net/OnildoJunior/musica-barroca-8953213 http://cronicasdoprofessorferrao.blogs.sapo.pt/16791.html A CULTURA DO PALCO M6 A cultura do Palco – Arte e mentalidade barrocas A Ronda da Noite, 1642, 380X454, óleo sobre tela, Rijksmuseum Amesterdão, Holanda

×