DSTs

8,163 views

Published on

Published in: Health & Medicine
2 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
8,163
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
142
Comments
2
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

DSTs

  1. 1. AIDS - HIV<br />
  2. 2. O vírus HIV se liga a certas células do corpo humano. Entre essas células está o tipo de linfócito que comanda uma série de reações de defesa no corpo.<br /> Sintomas: inchaços no pescoço axilas e nas virilhas febre dor de garganta emagrecimento rápido diarréia prolongada tosse seca sem motivo aparente suores noturnos cansaços candidíase e manchas a vermelhadas pelo corpo.<br /> Fatores de riscos: relações sexuais sem camisinha compartilhamento de agulhas e seringas depois de injetar drogas transfusão de sangue contaminado mãe contaminada para o filho: durante a gestação amamentação e no parto procedimentos não-esterelizados.<br />
  3. 3.
  4. 4. Prevenções: usar camisinha nas relações sexuais vaginais ou orais não compartilhar seringas ou agulhas com outras pessoas verificar se o sangue recebido em hospitais foi testado conta a AIDS tomar AZT durante a gestação se a mãe foi contaminada pelo HIV não amamentar o bebê. A AIDS não tem cura mas tratamento para a pessoa viver mais tempo. Ela não morre de AIDS morre das doenças que a AIDS pode deixar infectar.<br />
  5. 5. Componentes: Alexandre Gabriela e Karine.<br />
  6. 6. Candidíase ou monolíase<br />
  7. 7. A doença como muitas pessoas acham ela não é trasmisiveis nas relações sexuais<br />É um corimento que coça infernalmente. Ele tem aspecto de leite talhado. E um fungo da família dos ascomicetos que atende por condidaalbicans. Ele mora dentro do nosso corpo e aproveita qualquer oportunidade para se reproduzir. <br />
  8. 8. Ele se prolifera a ponto de se espalhar para todo o corpo. Isso causa alergias, dores abdominais, garganta seca, insônia, queda de cabelo, estragos nas unhas, enxaqueca, hipoglicemia e muitas outras doenças.<br />A maior parte das mulheres sente é Vermelhão na parte externa da vagina, expelem uma secreção espessa e esbranquiçada. <br />
  9. 9. A maior parte das mulheres sente é Vermelhão na parte externa da vagina, expelem uma secreção espessa e esbranquiçada. <br />
  10. 10. A maior parte dos homens sente inchaço, Vermelhão no prepúcio.<br />
  11. 11. Cuidados que se devem ser tratados<br />Evitar dietas ricas em açúcar.<br />Após urinar, enxugar a vagina cuidadosamente.<br />Evitar ter relações sexuais ate o ferimento melhorar.<br />Na hora do banho,evitar os produtos químicos.<br />Evitar as áreas genitais sempre seca.<br />
  12. 12. O tratamento é feito com cremes e outros medicamentos do médico.<br />
  13. 13. Componentes:<br />Adriana <br />E<br />Fabiano<br />
  14. 14. Condiloma Genital<br />
  15. 15. Essa doença é causada pelo papiloma humano que forma verrugas nos órgãos genitais; no colo do útero ou ao redor do ânus .<br />A mulher que teve contiloma em grávida teve avisar ao médico ; ao parto o vírus pode passar para criança e provocar problemas respiratórios <br />
  16. 16. E conhecida com crista de galo ou jacaré ; e causado pelo vírus HPV é da família papilomaviridae<br />Pode ocorrer a tranmição do vírus em roupas intimas contaminatas<br />PREVENÇÂO<br />Ponde ser previnida através da vacina <br />contra o HPV usar camisinha e o único método que oferece alguma prevenção<br />
  17. 17.
  18. 18. Componentes: <br />Kelvin . Luana . Gabriel<br />
  19. 19. Hepatite B<br />
  20. 20. A hepatite B é um vírus transmitido por sangue que fica no DNA.A hepatite não se transmite por contatos ou objetos pessoais.O vírus se encontra especialmente no fígado,o vírus chega a viver 7 dias no ambiente externo em condições normais.<br />Os anticorpos devem ser ativados quando o vírus estiver na corrente sanguínea.<br />
  21. 21. vírus da hepatite B <br />
  22. 22. Sintomas:<br />Mal estar<br />Dor de cabeça<br />Cansaço<br />Falta de apetite<br />Náuseas<br />Febre<br />Coceira no corpo<br />Urina escura (como chá preto ou coca-cola)<br />Fezes claras<br />Pele amarelada<br />
  23. 23. Como se trata:<br /> Medicamento somente com indicações médicas.<br /> Para a hepatite B aguda não há tratamento especifico.<br /> Não é indicado a ingestão de álcool.<br /> Muitos casos de hepatite crônica B necessitam tratamento para evitar a evolução da doença e o risco de desenvolver cirrose e suas complicações.<br />
  24. 24. Como se previne:<br />A vacina da Hepatite B deve ser feita em todos os recém-nascidos.<br />Adultos que não tiveram a doença podem fazer a vacina.<br />Recém-nascidos de mães com hepatite B devem receber uma vacina imediatamente após o parto para diminuir o risco do bebê desenvolver a doença. O tratamento da mãe para diminuir o risco de transmissão deve ser discutido individualmente com o especialista. <br />Médicos que cuidam da saúde de hepáticos devem usar luvas e máscaras.<br />
  25. 25.
  26. 26. Componentes:<br />Iara<br />Simeone<br />E<br />Mayara<br />
  27. 27. Herpes Genital<br />
  28. 28. O herpes é causado por dois tipos de vírus : um deles ataca geralmente os lábios e as faces, enquanto o outro se concentra mais na área genital. <br />
  29. 29. Como se Pega<br />O herpes oral, é uma doença primariamente da infância, transmitida pelo contacto direto e pela saliva. O herpes genital é uma doença de adultos, uma vez que é transmitido pela via sexual.<br />
  30. 30. Sintomas<br />O local fica inicialmente vermelho e coça depois surge pequenas bolhas que arrebentam e formam feridas . Os sintomas desaparecem normalmente em ate 4 semanas, mas o vírus continua presente no organismo e depois que ao vírus desaparece os sintomas do Herpes poderá voltar quando a pessoa estiver com imunidade baixa.<br />
  31. 31. Prevenção<br />Como o vírus pode passar para a criança durante o parto, a mulher com herpes devem informar o fato ao medico de confiança sua. Ele poderá optar por realizar uma cesariana para evitar que a criança entre em contato com as lesões do herpes.<br />Vários medicamentos que diminuem muito os sintomas da doença, embora não eliminem o vírus.<br />
  32. 32. Como é o Tratamento <br />Não existe cura para o herpes genital, no entanto existe medicação que pode suprimir ou aliviar os sintomas. O médico vai decidir em cada caso qual a medicação ela devera tomar.<br />
  33. 33. Produzido por:<br />Beatriz <br />Marina <br />e<br />Vivian <br />
  34. 34. Infecções por Clamídia<br />
  35. 35. Clamidía é uma bactéria que pode causar infecções na uretra pode atingir também na mulher no útero e na tuba uterina.<br />Geralmente se manifestam entre 1-3 semanas depois da contaminação. Quando ataca a uretra provoca dor e ardência a urinar quando ataca os linfonodos provoca inchaço na virilha. Na mulher pode causar sangramentos no período entre a menstruação, dor durantes o ato sexual e outros sintomas. <br />Durante este período, o portador já pode transmitir a doença, mães infectadas podem contaminar seus filhos no momento do parto<br />
  36. 36. Sintomas<br />Quando ataca a uretra provoca dor e ardência a urinar quando ataca os linfonodos provoca inchaço na virilha. Na mulher pode causar sangramentos no período entre a menstruação, dor durantes o ato sexual e outros sintomas. Também, nas mulheres, dor no baixo ventre, sangramento depois da relação sexual, câimbra, tontura, vômito, e febre.<br />
  37. 37. Já no sexo masculino podem ter suas uretras estreitas, nos homens pode haver inflamação das estruturas próximas à uretra, como epidídimos, testículos e próstata. <br />
  38. 38. Prevenção <br />Se não for tratado adequadamente com antibióticos tomada de acordo com a receita medica, a risco de amputar.<br />Também tem remédios para se curar, também tem como se prevenir com os preservativos de látex se usar corretamente podemos reduzir o risco de transmissão. Se a pessoa está sendo tratada para clamídia ela deve avisar todos os parceiros sexuais recentes para eles procurem um médico e tratamento apropriado.<br />
  39. 39. Componentes: Guilherme.Luciano. Aline. <br />
  40. 40. Sífilis<br />
  41. 41. Transmitida pela bactéria (a Treponema pallidum), a doença pode ser fatal se não ser tratada corretamente. Pode ser passada de mãe para filho, provocando problemas físicos e mentais.<br />O primeiro sinal é uma ferida sem dor, com bordas duras, elevadas e avermelhadas na área genital, no anus, na boca ou em outras regiões que entram em contato com a bactéria. Essa bactéria mede entre 0,09 a 0,05 micrometros de diâmetro por 5 a 20 micrometros de comprimento. A ferida some em duas a seis semanas mesmo sem tratamento, mas a bactéria fica no corpo.<br />
  42. 42. Se a pessoa não se tratar cerca de dois meses, depois aparecem feridas na pele, tem febre baixa, dor de garganta e outros sintomas. Os sinas desaparecem também em poucas semanas. Se a pessoa continuar sem tratamento, a doença poderá atacar, até anos mais tarde, o coração as artérias e os sistema nervoso. O diagnóstico é feito por meio de exame de sangue, e a cura se dá com o uso de antibióticos.<br />
  43. 43. A transmissão quase sempre é através do sexo. A bactéria é móvel e invade a submucosa por micro rupturas invisíveis na mucosa. <br />Uma das prevenções é usando camisinha. <br />
  44. 44. Componentes:<br />Carolina, Rodrigo e Wagner.<br />
  45. 45. TRICOMONÍASE<br />
  46. 46. algumas imagens da tricomoníase:<br />
  47. 47. O que é tricomoníase:<br />A tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível DST comum a qual afeta tanto homens quanto mulheres embora os sintomas sejam mais comuns no sexo feminino.<br />A tricomoníase é causada por um protozoário parasita chamado trichomonas vaginalis. A vagina é o local mais comum para essa infecção em mulheres e a uretra canal da urina em homens.<br />
  48. 48. Sintomas:<br />A maioria dos homens com Tricomoníase não apresentam sinais porem alguns temporariamente tem irritação do pênis corrimento moderado ou queimação leve ao urinar ou ejacular.<br />Nas mulheres os sintomas incluem um corrimento vaginal amarelo – esverdeado com forte odor.<br />A infecção também pode causar nas mulheres desconforto durante o intercurso sexual e a urinar assim como provocar irritação e coceira na área genital.<br />Em casos raros a mulher pode sentir dor no abdômem inferior .os sintomas geralmente aparecem nas mulheres entre 5 e 28 dias depois da exposição.<br />
  49. 49. Gonorréia<br /><ul><li>Também chamada de blenorragia.
  50. 50. É uma doença sexualmente transmissível.
  51. 51. O fator mais importante de virulência gonococo é a existência de pílios e da proteína. Essas estruturas permitem à bactéria permanecer aderente a mucosa do tacto urinário.</li></li></ul><li>Transmissão<br /><ul><li>A principal forma de contágio é pelo ato sexual.
  52. 52. Há casos raros de contágio em vasos sanitários.
  53. 53. Mulheres grávidas com essa doença correm o risco de perder o feto.</li></li></ul><li>Progressão e Sintomas<br /><ul><li>O intervalo de tempo de contaminação é de 5 a 10 dias. Em casos raros pode chegar a demorar 30 dias.
  54. 54. Normalmente os sintomas nos homens é a ardência da urina e o aparecimento de um líquido amarelo saindo pela uretra.
  55. 55. 70% das mulheres não apresentam sintomas, mas é comum ardência ao urinar e corrimento vaginal.</li></li></ul><li>Diagnóstico<br /><ul><li>É basicamente clinico, não havendo necessidade de exames.
  56. 56. Atualmente com uma cultura de secreções da uretra é possível saber se a pessoas está contaminada ou não.</li></li></ul><li>Tratamento<br /><ul><li>Além de medidas de higiene e o uso de preservativos, compreende o uso de antibióticos e quimioterápicos.</li></li></ul><li>Componentes:<br />Felipe, Naiara e Vitória.<br />

×