Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Franquias: a marca na internacionalização das redes brasileiras

50 views

Published on

Adm. Sidney L. Vitorino
Moderador

É Mestre Profissional em Administração: Gestão de Riscos em Projetos de Franquias, UNINOVE (2016) e ext. em Projetos Internacionais pela Bentley University Waltham Massachusstts, EUA (2015); Especialista em Docência pela UNINOVE 2012, MBA em Gestão Empresarial pela FGV (2010) e Bacharel em Administração Geral pela UNINOVE (2008); Embaixador de “O Monge e o Executivo” no Brasil e Coordenador do Grupo de Excelência em Franquias – GEF, no Conselho Regional de Administração CRASP, com publicações científicas, livro e participações em congressos. Empreendedor no varejo desde 1999, consultor e palestrante em relação a temáticas estratégicas de negócios, expansão por franchising, gestão de riscos em projetos, TI e MPEs.

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Franquias: a marca na internacionalização das redes brasileiras

  1. 1. Autores: Thelma Rocha Rodrigues Eduardo Spers Felipe Borini Vanessa Galetti Bretas Pedro Melo Mario Ogasavara Adriana Camargo A MARCA NA INTERNACIONALIZAÇÃO DAS FRANQUIAS BRASILEIRAS
  2. 2. PESQUISA ELABORADA EM UMA PARCERIA ESPM E ABF • Grupo de Estudos IFB registrado no CNPQ em 2012. • 5º Estudo Bienal => 2010, 2012, 2014, 2016, 2018 • Tiragem de 1.000 exemplares. Acesse: http://www2.espm.br/livro-Franquias
  3. 3. Objetivo: analisar o processo de construção de marca na internacionalização das redes de franquias brasileiras. Metodologia: • Grupo Focal com as redes: Chilli Beans, iGUi, Grupo Boticário, Localiza e Nutty Bavarian • 4 entrevistas em produndidade com 3 redes do Segmento de MODA LIVRO VERDE 2018
  4. 4. Mais que dobrou o número de redes no exterior : 118% EVOLUÇÃO DE 2010 PARA 2018 Destaque de Segmentos não tradicionais como: • Casa e Construção • Serviços • Limpeza • Hotelaria
  5. 5. EVOLUÇÃO DE 2010 PARA 2018 • São 18 redes vão prioritariamente com exportação.
  6. 6. PRINCIPAIS DESTINOS Cuidado com Estados Unidos: Mercado muito competitivo
  7. 7. EVOLUÇÃO DOS ESTÁGIOS Pouca variação com o tempo56,5% 27,5% 16%
  8. 8. BRASIL, ARGENTINA E MEXICO SÃO DIFERENTES São países com grande percentual de redes de franquias locais
  9. 9. MODELO CONCEITUAL
  10. 10. BENEFÍCIOS DA MARCA Confiança Parceiro
  11. 11. ESTRATÉGIA DE POSICIONAMENTO Conhecimento do exterior adquirido ao longo do tempo
  12. 12. MARKETING MIX Criar uma estratégia Regional Preço adaptado Busca por um parceiro Ações Coordenadas do Brasil
  13. 13. CONCLUSÕES • Não existe mais espaço para amadorismo! • Manter um núcleo padronizado, e o mesmo posicionamento para otimizar a ação de comunicação em uma região • Conhecer a cultura local de onde se pretende trabalhar é fundamental • Necessidade de se ter uma estrutura dedicada, e mantê-la ao longo do tempo • A Internet e redes Sociais apresentam novas oportunidades • Com relação às redes estrangeiras que estão atuando no Brasil, são 200 redes estrangeiras, em média há 26 anos no exterior, e este número tende a aumentar...
  14. 14. Obrigada !!! Baixe os livros: http://www2.espm.br/livro-Franquias Thelma Rocha tvrocha@espm.br

×