Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Construção da visão estratégica do futuro do desenvolvimento sustentável do Brasil

57 views

Published on

Antônio Luís Aulicino
Palestrante

Atua na elaboração de Planejamento de Longo Prazo por meio do Processo Prospectivo Estratégico e Territorial; Construção de Cenários e Plano de Ações Estratégicas e Políticas Públicas; Formulação de Estratégias Multidimensionais e Transformação Organizacional; Administração de Crise, Desenvolvimento Sustentável de Organizações, Regiões e Administração em Geral e na Análise Estrutural das diversas áreas da Organização, para alinhá-las às Estratégias. Pós Doutorando, Doutor e Mestre em Administração (FEA/ USP), Matemático. Sócio do IDS - Instituto para o Desenvolvimento Sustentável Ltda. Responsável Técnico e de Pesquisa do Núcleo de Apoio à Pesquisa de Planejamento de Longo Prazo (NAP PLP/USP). Foi Diretor-Presidente da Eternit S.A.; Presidente da SAMA - Mineração de Amianto Ltda; Vice-presidente da ETERBRAS-TEC Industrial Ltda; Presidente do Conselho de Administração da Wagner S.A.; Diretor e Executivo de diversas empresas.

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Construção da visão estratégica do futuro do desenvolvimento sustentável do Brasil

  1. 1. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 1 RESULTADO DAS OFICINAS Orientação para execução da Oficina Oficina I (1ª. Parte) de "Ideias identificadas" ou “caça às ideias” 1 Algumas ideias são identificadas, fundamentadas ou não, são geralmente admitidas sem que seja necessário argumentá-las ou justificá-las. • Exemplos: “Parceria para Formação Cidadã”; “Desenvolvimento do Cidadão de Amanhã”, “Formação Cidadã nos Territórios”, “O Desenvolvimento do Brasil é Responsabilidade da Sociedade”, e outros.  Listar as ideias identificadas e os consensos dominantes que circulam no âmbito do Desenvolvimento de rede para Formação Cidadã da Sociedade Brasileira, seu ambiente hoje e no futuro.  Durante 2 à 4 minutos, cada participante, individualmente, estabelece em silêncio, sem trocar ideia com outro participante, e por escrito a lista de ideias econômicas, demográficas, sociais, culturais, políticas, regulamentações, meio ambiente, segurança e defesa, tecnológicas, etc, que vão marcar o futuro do Desenvolvimento de rede para Formação Cidadã da Sociedade Brasileira, seu ambiente hoje e no futuro.  Depois do término do tempo estipulado para a reflexão individual, o animador desta oficina, solicita que cada participante escreva uma ideia, de sua lista individual, num post-it, isto significa que cada post-it terá somente uma única ideia. Após escrever cada ideia em cada post-it, de acordo com as orientações, cada participante, numa determinada ordem vai a frente dos demais, diz seu nome e lê, somente, uma única ideia e a prende no flip-chart. Dessa forma, dará oportunidade para que os demais participantes possam dar sua contribuição. O participante deve verificar se a ideia que vai ler e prender no flip-chart não tenha semelhança ou é igual ou está contida nas ideias que seus antecessores já expuseram, caso exista, não deve ler e prender seu post-it, no flip-chart. Deve escolher outra ideia que tenha listado, ler e colocar no flip-chart. Portanto, o participante da oficina somente deve ler e prender sua contribuição se não houver nenhuma contribuição anterior que seja igual ou tenha semelhança com a sua. Isto proporciona ao participante ler as contribuições dos participantes antes 1 GODET M., «Manuel de prospective stratégique, tome 2: l’art et la méthode », Dunod, Paris, 2001. BASSALER, Nathalie, “Le maïs et ses avenirs“, Cahier du Lipsor, nº 13, mai 2000. MOUSLI, Marc, "Pays Basque 2010: la prospective participative dans un territoire d’exception", Cahier du Lipsor, nº 15, juin 2004.
  2. 2. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 2 de colocar a sua, assimilando as ideias já listadas. Isto significa apropriação. Por esse motivo, cada participante deve listar ideias que, na sua reflexão, estejam relacionadas com o Desenvolvimento de rede para Formação Cidadã da Sociedade Brasileira. Com este procedimento, não haverá ideias repetidas. Deverá haver somente uma rodada, isto significa que cada participante deverá expor somente uma ideia, em razão do tempo disponível.  Hierarquizar estas ideias em função da importância de seu impacto sobre os comportamentos e as estratégias futuras dos atores Votação baseada no critério de importância • Número total de fatores dividido por 2, que será o número de pontos que deverá ser distribuído entre os fatores. Para saber quantos fatores serão considerados, o resultado anterior deve ser divido por 3. Exemplo, caso os participantes tenham listado 42 fatores, este número deverá ser dividido por 2, o resultado é 21, este será a quantidade de pontos que deverá ser distribuída pelos fatores. Para saber em quantos fatores esses pontos serão distribuídos, deve-se dividir 21 por 3, cujo resultado é 7. Então os 21 pontos deverão ser distribuídos entre os 7 fatores, seguindo a escala abaixo de acordo com o impacto. • O número de pontos a serem atribuídos a um item deverá situar-se entre l e 4: 1 - impacto fraco ou limitado 2 - impacto sensível 3 - impacto forte 4 - impacto crítico Oficina I (2ª. Parte) das "Ideias identificadas" ... às Ações  Em grupo, propor ações concretas (3 no máximo) para as 3 ideias principais. Se possível, que as ações contemplem a realização das 3 ideias ao mesmo tempo.
  3. 3. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 3 REGISTRO DA OFICINA REALIZADA AO FINAL DA PALESTRA: “CONSTRUÇÃO DA VISÃO ESTRATÉGICA DO FUTURO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO BRASIL”.
  4. 4. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 4 Para desenvolvimento da Oficina, dividimos o total 27 pessoas participantes em 4 (quatro) grupos de 7 pessoas em 3 dos grupos e 6 pessoas no grupo 4. Nos primeiros 5 minutos, cada uma das pessoas, individualmente, pensou e escreveu no post-it a sua ideia, se apresentou, leu, para o grupo, a sua ideia e a afixou no flip chart, tomando o cuidado de verificar se não coincidia com alguma ideia já colocada anteriormente. Após esgotada todas as contribuições, cada um escolheu uma ideia dentre todas apresentadas, e colocou a sua nota. A seguir foram hierarquizadas as ideias, selecionando-se as 3 primeiras ideias. O grupo realizou uma discussão sobre as possíveis ações para as 3 ideias mais votadas. Estas ações foram transcritas no flip chart, que deverão ser realizadas para atender as principais ideias. A seguir, os resultados apresentados por grupo de trabalho (1, 2, 3 e 4).
  5. 5. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 5 Grupo 1: Ideias Ações 1) Fomentar o ensino da cidadania nas escolas (12) 1.Desenvolver ações práticas de cidadania nas escolas para motivar as pessoas a pensarem e agirem coletivamente. 2.Desenvolver metodologia ativa de aprendizagem. 3.Criação de LAB. 2) Consultoria e mentoria para a formação de empreendedores e negócios responsáveis e sustentáveis em faculdades e aceleradoras (8) 3) Atuar em rede desde a pré-escola (4) + Parceria com organizações da sociedade (4) Simplificação tributária para desburocratizar o país Apoio ao MPME – fiscal/ burocratização Para mudar o mundo, precisamos começar na comunidade
  6. 6. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 6 Grupo 2: Ideias Ações 1) Criar uma equipe de conscientização para realizar palestras em escolas e empresas (8) 1. Junto ao SEBRAE, SENAC......  Listar empresas e escolas.  Realizar palestras.  Criar um fórum de debates para identificar parceiros. 2. Comunicação: mídias digitais. 2) Parceria na identificação regional, com várias cooperativas (4) ++ 3) Consumo sustentável (4) + Horta orgânica (4) Gamefication ético
  7. 7. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 7 Grupo 3: Ideias Ações 1) Projetos educacionais junto às estratégias eficazes (12) 1.Público alvo (definir). 2.Capacitar profissionais. 3.Multiplicar e avaliar resultados. 2) Rios mecanizados – água transportável (8) 3) Urbanista júnior (4) + Motivar os jovens a pensar no futuro do Brasil, através de uma associação que vai em escolas (4) Criar estrutura nas escolas para discussão Formação de conscientização & integração humana em pró progresso Associação de bairro local.
  8. 8. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 8 Grupo 4: Ideias Ações 1) Educar para eliminar inveja (6) 1.Conscientização do país. 2.Conscientizar através da mídia (TV, Rádio, Internet). 3.Envolver as personalidades para dar exemplo. 2) Fazer com que o cidadão entenda que cada um tem a sua diferença e que trabalhando junto essas diferenças se completam (3) ++ 3) Incentivar a leitura para ter um conhecimento amplo e entendimento da sociedade (3) + Formar pequenas “equipes” que “treinem” e disseminem as ideias (3) Investimento em educação financeira (3)
  9. 9. Oficina adaptada a realidade brasileira pelo Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino e IDS 15/08/18 9 Ao final, foi aberto para discussões gerais, reforçado o convite para participar do Projeto Desenvolvimento Brasil 2035 contribuindo na implementação das ações e várias pessoas se interessaram em conhecer mais sobre o Projeto. -------------////------------

×