Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Caso: Planejamento Estratégico de Longo Prazo"

156 views

Published on

Prof. Dr. Antonio Luis Aulicino - Pesquisador do Núcleo de Apoio à Pesquisa do Planejamento de Longo Prazo da FEA/USP;

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Caso: Planejamento Estratégico de Longo Prazo"

  1. 1. Antônio Luís Aulicino São Paulo 24 abril 2018 Núcleo de Apoio à Pesquisa de Planejamento de Longo Prazo (NAP PLP) Mãos à obra - ferramentas da Administração para a Gestão Municipal Planejamento Estratégico de Longo Prazo - Caso
  2. 2. Antônio Luís Aulicino 2 https://www.examtime.com/pt/blog/profissoes-futuro-como-preparar-os-jovens/ Construir o futuro é melhor forma de não temê-lo A Visão Estratégica do Futuro do Território será construída a partir dos futuros possíveis, que seja desejável e realizável. Marc GIGET (2007) É Trabalho Coletivo Em que os participantes são os geradores e não os consumidores dessa reflexão O futuro será construído por meio das ferramentas que temos e criarmos
  3. 3. 3 Processo Prospectivo para a Construção da Visão Estratégica do Futuro Planejar o Longo Prazo •Ver longe, com amplitude, com profundidade; •Com ousadia e tomar riscos; •Pensar no ser humano; •Ver de maneira diferente (caçar ideias); •Ver juntos (apropriação). Utilizar técnicas e métodos pedagógicos, rigorosos e participativos. futuros possíveis Gaston BERGER (1958) Michel GODET (2001) Antônio Luís Aulicino Antecipação para orientar a ação com APROPRIAÇÃO
  4. 4. Processo Prospectivo na elaboração do Planejamento de Longo Prazo Criar a Governança do Processo Prospectivo Proporcionar a integração e interação dos diversos tipos de agentes sociais por meio de técnicas e métodos pedagógicos e rigorosos, gerando a network Sensibilizar e conscientizar com o objetivo de MOBILIZAR para Conduzir a Mudança
  5. 5. Processo Prospectivo - Planejamento de Longo Prazo Proporcionar a APROPRIAÇÃO aos diversos tipos agentes sociais envolvidos: – Aquisição de conhecimento – Motivação de ver juntos – Desenvolvimento do comprometimento, com o objetivo de construir a visão estratégica do futuro possível, mas desejável e realizável e mitigar ações do futuro não desejável
  6. 6. Antônio Luís Aulicino, PhD6 Futuro possível, desejável e realizável Futuro não desejável A Construção dos Cenários deve ser contrastante e confrontante GODET e DURANCE (2011)
  7. 7. http://gestaodeprojetos10.blogspot.com.br/2009/11/estrategia-e- projetos.html ALBRIGHT (2008) Definir as Ações Estratégicas, Políticas Públicas e transformando-as Projetos
  8. 8. Antônio Luís Aulicino 8 Resultados e Impactos a serem Atingidos pelo Território • Visão Estratégica do Futuro do Desenvolvimento do Território Compartilhada • Não deixar que o Ambiente conduza o Território • Alinhamento e engajamento dos diversos tipos de Agentes Sociais (stakeholders) aos objetivos definidos • Nova dinâmica de Desenvolvimento e Ordenamento Territorial • Desenvolvimento de Competências por meio da Educação e a Formação de Cidadania • Produção de Novo Conhecimento e de Inteligência Coletiva • Renovação das Políticas Públicas Territoriais • Reequilíbrio Financeiro entre os territórios • Território COMPETITIVO na qualidade da prestação de serviços e dos produtos
  9. 9. Antônio Luís Aulicino Elaboração e Alinhamento do Planejamento de Longo, PPA, LDO, LOA e o Dia a Dia Governança I – Análise Conjuntural II – Análise Estrutural III- Árvores IV – Análise Morfológica V – Cenário / Maquete  Reunião Inicial  Governança, Definição do Problema, do Objetivo e Horizonte  Definição da Tipologia  Curso Formação-ação  Criação, Montagem e Manutenção do Banco de Dados e o Geográfico  Levantamento atual e Retrospectiva  Sensibilização e Conscientização, Mobilização  Varredura do ambiente, Atores e Variáveis  Aprofundamento das variáveis e definição de Hipóteses das Variáveis  Matriz de Impacto Cruzado  Identificação das Variáveis- Motrizes  Análise das Árvores de competências  Riscos e Mitigações,  Macro estratégias  Plano e Transformação das ações em Projetos VI - Avaliação do Processo Prospectivo por meio de seus Resultados e Impactos T0 + 9 meses T0 + 1 mês T0 + 9 meses T0 + 1,5 mês T0 + 9 meses T0 + 2 mês LOA PPA LDO  Definição dos temas  Construção dos Cenários Parciais  Construção do Cenários Globais Governança I - Análise da Conjuntura II - Análise Estrutural III Árvore de Competência IV - Análise Morfológica V - Cenário e Maquete T0 T0 + 1 mês T0 + 2 meses T0 + 6 meses T0 + 9 meses T0 + 8 meses T0 + 7 meses PLP
  10. 10. 10 Núcleo de Apoio à Pesquisa ao Planejamento de Longo Prazo (NAP PLP) Caso prático
  11. 11. Antônio Luís Aulicino
  12. 12. Antônio Luís Aulicino 1. DEFINIÇÃO DO PROBLEMA: “CONSTRUIR A VISÃO ESTRATÉGICA DO FUTURO PARA RIBEIRÃO BRANCO 2030” Jovens entre 20 e 40 anos deixam a região por falta de oportunidades 2. OBJETIVO: “DESENVOLVER DE FORMA SUSTENTÁVEL O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO BRANCO”
  13. 13. Antônio Luís Aulicino ECONÔMICAS CULTURAL SEGURANÇA E DEFESA Dimensões e Visão da Governança Transdepartamental OUTROS Agentes Sociais
  14. 14. Antônio Luís Aulicino Tipologia de Elaboração de Estudo Prospectivo Dispositivos Específicos BOOTZ (2001), adaptado por AULICINO (2008) GraudeParticipaçãodosAgentes SociaisnoDesenvolvimentoTerritorial (mobilização) FracoForte Indireta Direta Finalidade Estratégica Sensibilizados e Conscientizados
  15. 15. Antônio Luís Aulicino Ações Públicas num Contexto Complexo Vários atores Sistema de Agentes Sociais: mais complexo, mais difuso e mais evolutivo Variedade nas representações, nas expectativas e aspirações Recomposição do Interesse Geral Visão Compartilhada Nova Governança Nathalie Bassaler (2009)
  16. 16. Antônio Luís Aulicino Criação da Governança Definições: objetivo, horizonte, prazos e tipologia Varredura do Ambiente Análise Estrutural o jogo dos atores Análise estrutural tendências e rupturas Árvore de Competência Construção de Cenários Definir as Ações: O que – Quando – Quem - Como Definir os Projetos para executar as Ações/Políticas Etapas e Atividades do Planejamento de Longo Prazo Seminário de Prospectiva 03 junho 2011 Treinamento e engajamento do time Sensibilização e Conscientização Ato de Cidadania
  17. 17. Antônio Luís Aulicino A sensibilização é levar as pessoas a sentir que possuem condições para construir o futuro e como o participante pode contribuir nessa construção. Sensibilização e Conscientização A conscientização é proporcionar a pessoa tomar consciência da importância de sua apropriação para construir o futuro.
  18. 18. Antônio Luís Aulicino Banco de Dados Georeferenciados para apoio às Políticas Públicas do Ordenamento Territorial do Município de Ribeirão Branco - SP
  19. 19. Antônio Luís Aulicino Prof. Dr. Antônio Luís Aulicino19
  20. 20. Antônio Luís Aulicino Distribuição por Tipo de Agente Social 9% 3% 17% 10% 1% 14% 4% 1% 1% 18% 3% 4% 6% 3% 1%1% 3% Sem especificação ACS Agricultor Agricultor Familiar Educadora Saúde Escola da Família Estudantes Fruticultor Funcionário Estadual Jovem Agricultor Câmara Legislativa Prefeitura RB Org. Privada Sindicato Empregados Rurais Sind Trabs da Agric Familiar Tecn. Meio Ambiente Técnico Florestal Ribeirão Branco
  21. 21. Antônio Luís Aulicino SITUAÇÃO ATUAL Variáveis-chave Motrizes Construção do Desenvolvimento Sustentável de Ribeirão Branco Construção da Visão Estratégica do Futuro do Desenvolvimento Sustentável de Ribeirão Branco 2030
  22. 22. Antônio Luís Aulicino Variáveis chave Motrizes
  23. 23. Antônio Luís Aulicino Resultado da Análise Estrutural Dependência Influência Variáveis excluídas (autônomas). Não devem ser priorizados por não possuir efeito sinérgico importante. III Variáveis de Entrada (explicativas). Têm caráter prioritário na construção de cenários. Explica a evolução do Sistema.Tanto como Motor quanto Freio. I Variáveis de Ligação (instáveis). Têm relevância por intermediarem as influências dos fatores motrizes nos resultados ou efeitos finais. Por natureza são instáveis. II Variáveis de resultado. Influenciáveis indiretamente IV Tema 2: Resgate à Cultura Tema 1: Desenvolvimento Rural Sustentável Tema 3: Sistema Político Tema 4: Dinamizar a Região por meio da C,T&I
  24. 24. Antônio Luís Aulicino SITUAÇÃO ATUAL Variáveis-chave Motrizes Construção do Desenvolvimento Sustentável de Ribeirão Branco Construção da Visão Estratégica do Futuro do Desenvolvimento Sustentável de Ribeirão Branco 2030 Ações de Mobilização Ações de Condução à Mudança
  25. 25. Antônio Luís Aulicino 25 ©2008-2012 Albright Strategy Group, LLC
  26. 26. Antônio Luís Aulicino 26
  27. 27. Antônio Luís Aulicino Núcleo de Apoio à Pesquisa ao Planejamento de Longo Prazo (NAP PLP) Algumas das Ações / Políticas Transformadas em Projetos para sua Execução
  28. 28. Antônio Luís Aulicino
  29. 29. Antônio Luís Aulicino Escola Legislativa de Ribeirão Branco Piloto da Ação Escola Cidadã 31 outubro 2017
  30. 30. Antônio Luís Aulicino Elaboração do Projeto Canvas da Escola Legislativa de Ribeirão Branco SP 12 janeiro de 2018 Escola de Formação Cidadã
  31. 31. Antônio Luís Aulicino
  32. 32. Antônio Luís Aulicino 32 Parque Tecnológico Sudoeste Paulista CNPJ: 08.170.728/0001-73
  33. 33. Antônio Luís Aulicino 33 Missão – Promover o desenvolvimento sustentável regional com geração de conhecimento, produtos e serviços por meio da ciência e tecnologia e inovação, a serviço da sociedade, contribuindo para a sua transformação. Valores – Ética; Transparência; Qualidade; Participativo; Companheirismo; Comprometimento; Humildade Visão, Missão e Valores Parque Tecnológico Sudoeste Paulista
  34. 34. Antônio Luís Aulicino Parque Tecnológico Sudoeste Paulista é Territorial
  35. 35. Antônio Luís Aulicino Pedra Fundamental do Parque Tecnológico Sudoeste Paulista
  36. 36. Antônio Luís Aulicino DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL do Projeto Turístico do Polo da Região de Ribeirão Branco - SP
  37. 37. Antônio Luís Aulicino Obrigado! Antônio Luís Aulicino, PhD • ala@usp.br • alaulicino@idsust.com.br Núcleo de Apoio à Pesquisa de Planejamento de Longo Prazo (NAP PLP)

×