Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Automação Predial 4.0

153 views

Published on

Jaime Díaz de la Cruz | Palestrante
Engenheiro Eletrônico (Las Palmas de Gran Canaria, Espanha). Projetista de sistemas prediais, tendo atuado nas empresas: Light & Power, Austin Brasil, Milder Kaiser e Natron. Sócio da CD Consultoria e Projetos. Participou da elaboração de projetos industriais para empresas de mineração e de transformação. Liderou projetos de instalações elétricas e de automação de empreendimentos de médio e grande porte, no segmento de prédios comerciais e corporativos. Criou um padrão de projetos adotado em novos empreendimentos (Triple A) em São Paulo.

Eduardo Díaz de la Cruz | Palestrante
Projetista de sistemas prediais desde 2006. Formou-se em engenharia elétrica pela Universidade Paulista em São Paulo. Sócio-Gerente da CD Consultoria e Projetos, tem participado da coordenação e execução de projetos executivos de instalações elétricas e de automação de edifícios corporativos de grande porte. Participa como membro do GENE (Grupo de Excelência de Negócios de Energia) do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP).

Published in: Career
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Automação Predial 4.0

  1. 1. Palestra 30/05/2019 – 17h CRA-SP Auditório Cerejeira Palestrantes: Jaime Díaz de la Cruz Eduardo Díaz de la Cruz Apresentação do Tema e Lançamento do Livro: Automação Predial 4.0 A Automação Predial na Quarta Revolução CRA-SP CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO
  2. 2. Automação Predial 4.0 A Automação Predial na Quarta Revolução Autores: Jaime Díaz de la Cruz Eduardo Díaz de la Cruz Coordenadores: Eduardo M. Dias Maria L. R. P. D. Scoton Fotografia da Capa: Jafo
  3. 3. I PARTE O PROJETO 1 AUTOMAÇÃO PREDIAL 4.0 2 EMPREENDIMENTO E PROJETO 3 O PROJETO DE AUTOMAÇÃO PREDIAL II PARTE AS REDES 4 SISTEMAS EM REDE DOS PRÉDIOS 5 INTRODUÇÃO À REDE CONTROLADORA 6 HARDWARE DAS REDES DE CONTROLE 7 SOFTWARE DAS REDES DE CONTROLE III PARTE O SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 8 O SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 9 MODELOS DE PROTOCOLOS 10 PROTOCOLOS ABERTOS PARA AUTOMAÇÃO e IoT 11 INTERFACES E MEIO FÍSICO IV PARTE SUBSISTEMAS INTEGRADOS 12 O SISTEMA NA PRÁTICA 13 GERENCIAMENTO DE ENERGIA 14 CONTROLE DE AR CONDICIONADO 15 SISTEMAS CRÍTICOS 16 CONTROLE DE ILUMINAÇÃO 17 CONTROLE DE MOTOBOMBAS E RESERVATÓRIOS 18 DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO 19 CONTROLE DE ACESSO V PARTE CONCLUSÕES 20 CONCLUSÕES 4.0 Quadro de Conteúdo por Capítulo
  4. 4. Parte I : O PROJETO Três pontos de Apoio Principais: • Sistema de Automação Predial • Sistemas de Telecomunicações • Gerenciamento da Informação Gerenciamento e Coordenação: • Importância do Gerenciador • Atender necessidades do Cliente. • Coordenação entre as disciplinas. Conceito e Denominação do PGP - Programa de Gerenciamento Predial
  5. 5. Parte I : O PROJETO
  6. 6. Parte I : O PROJETO PGP - Programa de Gerenciamento Predial Definição: • Memorial detalhado de critérios de como o prédio deverá operar. • Elaborado na etapa de conceituação do empreendimento antes da contratação dos projetos executivos de instalações. • Deverá orientar também como deverão operar os subsistemas. Deverá ser elaborado por profissional da área de projetos com uma visão multidisciplinar e de forma coordenada com a concepção arquitetônica do edifício.
  7. 7. Redes de Automação Arquitetura Convencional de Automação do Edifício Corporativo Parte II : AS REDES
  8. 8. Redes de Automação EXEMPLO TÍPICO DE REDE DE CONTROLE Principais Elementos: ➢ Controladoras Primárias ➢ Controladoras Secundárias ➢ Terminal de Controle Parte II : AS REDES
  9. 9. Parte II : AS REDES Integração da Rede de Automação com Rede Corporativa
  10. 10. MODELOS DE PROTOCOLOS PROTOCOLOS ABERTOS e IoT INTERFACES AO MEIO FÍSICO Parte III : COMUNICAÇÃO
  11. 11. CAMADAS QUE COMPÕE O SISTEMA DE COMUNICAÇÃO Parte III : COMUNICAÇÃO PASSO I : GERAÇÃO DE UM PACOTE DE INFORMAÇÃO PASSO II: ACESSO AO MEIO FÍSICO PASSO III: CODFICAÇÃO DE UMA SINALIZAÇÃO
  12. 12. EXEMPLO REDE IoT COM SERVIDORES DE APLICAÇÃO Parte III : COMUNICAÇÃO
  13. 13. EXEMPLO REDE IoT SEM SERVIDORES DE APLICAÇÃO Parte III : COMUNICAÇÃO
  14. 14. EVOLUÇÃO HISTÓRICA DESDE 1960 ATÉ OS TEMPOS ATUAIS PROGRESSO DA TECNOLOGIA DOS SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO E DE TI PADRONIZAÇÃOES COM FOCO NA AUTOMAÇÃO PREDIAL Parte III : COMUNICAÇÃO
  15. 15. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS ➢O SISTEMA NA PRÁTICA ➢GERENCIAMENTO DE ENERGIA ➢CONTROLE DE AR CONDICIONADO ➢SISTEMAS CRÍTICOS ➢CONTROLE DE ILUMINAÇÃO ➢MOTOBOMBAS E RESERVATÓRIOS ➢DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO ➢CONTROLE DE ACESSO IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO MULTIDISCIPLINAR NAS DIVERSAS ESPECIALIDADES DE PROJETOS DE INSTALAÇÕES PREDIAIS
  16. 16. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS O SISTEMA NA PRÁTICA A ARQUITETURA DE UM SISTEMA COMPLETO
  17. 17. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS O SISTEMA NA PRÁTICA SOLUÇÃO CONVENCIONAL DE AUTOMAÇÃO PREDIAL
  18. 18. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS O SISTEMA NA PRÁTICA SOLUÇÃO CONVENCIONAL EM DATACENTER
  19. 19. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS O SISTEMA NA PRÁTICA SISTEMA DE AUTOMAÇÃO WI-FI
  20. 20. Parte IV: O SISTEMA NA PRÁTICA LAYOUT DA SALA DO BMS
  21. 21. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS GERENCIAMENTO DE ENERGIA GRÁFICO DOS CUSTOS COM ENERGIA CONFORME O NÍVEL DE GESTÃO ENERGÉTICA
  22. 22. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO
  23. 23. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO DIAGRAMA FUNCIONAL DE UM FAN-COIL
  24. 24. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO QUADRO DE PONTOS DE CONTROLE
  25. 25. Parte IV: AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO DIAGRAMA DE INTERCONEXÃO
  26. 26. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO QUADRO DE CONTROLE
  27. 27. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO EXEMPLO DE TELA GRÁFICA DE UM FAN-COIL
  28. 28. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO TELA GRÁFICA CENTRAL DE ÁGUA GELADA
  29. 29. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS GERENCIAMENTO DE SISTEMAS CRÍTICOS
  30. 30. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS GERENCIAMENTO DE SISTEMAS CRÍTICOS
  31. 31. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS QUADRO DE PONTOS DE BOMBAS E RESERVATÓRIOS
  32. 32. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS TELA GRÁFICA DO SISTEMA DE BOMBAS
  33. 33. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO BASEADO NA NFPA 70 ATENÇÃO ESPECIAL ÀS INSTALAÇÕES DE NÃO-FOGO
  34. 34. Parte IV DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO COMPOSIÇÃO DA CENTRAL E REDE DE ALARME DE INCÊNDIO
  35. 35. Parte IV: DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO SISTEMA DE CONTROLE DE FUMAÇA
  36. 36. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO Integração da central de alarme de incêndio
  37. 37. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO Controle Setorial
  38. 38. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO Válvula de Governo
  39. 39. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO
  40. 40. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS CONTROLE DE ACESSO SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO
  41. 41. Parte IV: SUBSISTEMAS INTEGRADOS CONTROLE DE ACESSO SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO
  42. 42. Parte V: CONCLUSÕES
  43. 43. Parte V: CONCLUSÕES
  44. 44. Parte V: CONCLUSÕES A AUTOMAÇÃO PREDIAL NA QUARTA REVOLUÇÃO
  45. 45. Parte V: CONCLUSÕES RECOMENDAÇÕES FINAIS: ➢ ELABORAÇÃO DO PGP (PROGRAMA DE GERENCIAMENTO PREDIAL) ➢ APRIMORAMENTO DA GESTÃO DO BMS

×