Seminário Cultura de Massa

6,869 views

Published on

Seminário sobre a Cultura de Massa e sua influência nos meios de comunicação no século XX.

Um estudo, sob o ponto de vista sociológico e psicológico, dos comportamentos da sociedade no ambiente da cultura de massa e seus impactos na comunicação e consumo do século XX.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,869
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
252
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Seminário Cultura de Massa

  1. 1. CULTURA DE MASSASeminário sobre a cultura de massa e seus impactos na comunicação no século XX.
  2. 2. INTRODUÇÃOHomogeneidade social, étnica, etária, sexual oupsicológicaProduzida para a população em geralVeiculada pelos meios de comunicação de massa
  3. 3. ANTES DO SÉC. XXA idéia de “massa”, desenvolveu-se no século XIIIMassa politizada, associada a movimentos sociaisCultura Popular x Cultura Erudita (distinção entreelite e grande massa)Cultura Nacional (povo de um país)Cultura (valores, moral, identidade)
  4. 4. SÉC. XXMigração das massas, do campo político ao campo doentretenimentoSurgimento de novas mídias (cinema, rádio, TV)Diferentes culturas submetidas à homogeneizaçãoCultura vira produto de uma indústria (veículos decomunicação) - interesse na massificação
  5. 5. CONCEITO ATUAL DE “MASSA”Está associado ao fanatismo por um ídolo, histeriacoletiva, modismoDespersonalização: a multidão permite ao indivíduofazer coisas que não faria fora dela - gera contágio eimpossibilidade de reconhecimento individualRegressão: sensação de onipotência - suspensão darepressão
  6. 6. Massa - Édipo X Narcisismo Como indivíduo, a pessoa tem a consciência de que não pode tudo e não há possibilidade de perfeicão. Em massa, a pessoa retoma o estado narcisista e acredita em sua onipotência
  7. 7. MEIOS DE COMUNICAÇÃOTelevisão, rádio, jornal, revistas, internetInformar, educar, entreterConteúdos selecionados (agenda setting)Podem fornecer informações úteis ou alienarIndução de comportamentos
  8. 8. INDÚSTRIA CULTURALConversão da cultura em mercadoriaDiversos meios podem atingir um enorme número deindivíduosConsequência de uma sociedade industrializada, muitasvezes alienada, retroalimentando uma sociedade deconsumo e cada vez mais globalizadaUso da produção cultural e intelectual como possibilidadede consumo mercadológico (i.e.: música - hits de sucesso,para render dinheiro)
  9. 9. A INFLUÊNCIA DACOMUNICAÇÃO DE MASSARecebemos informações diariamente (notícias, anúncios,filmes, fofocas de celebridades) - assuntos que ocupamnosso tempo - Agenda PúblicaImposição de um padrão de vida e felicidade a seralcançadoObjetivos e ideais muito longe de serem atingidos,praticamente impossíveisA televisão, por exemplo, aproxima os ideais da população,os torna “possíveis”
  10. 10. Telejornais apresentam uma realidade que é passadacomo algo distante e irrealNovelas são apresentadas como se fossem problemaspróximos e reaisInversão realidade x ficçãoComoção com a morte de um personagem xIndiferença perante um desastre realAbdicação da liberdade e do senso crítico - populaçãose deixa influenciar
  11. 11. Narcisismo = “Nós nos movemos no mundo segundoa representação que temos de nós mesmos”COMUNICADORES dificilmente trabalham com anatureza dos produtos, mas sim com conceitos, ouseja, representações
  12. 12. Narcisismo = “Nós nos movemos no mundo segundoa representação que temos de nós mesmos”COMUNICADORES dificilmente trabalham com anatureza dos produtos, mas sim com conceitos, ouseja, representações
  13. 13. Narcisismo = “Nós nos movemos no mundo segundoa representação que temos de nós mesmos”COMUNICADORES dificilmente trabalham com anatureza dos produtos, mas sim com conceitos, ouseja, representações
  14. 14. Narcisismo = “Nós nos movemos no mundo segundoa representação que temos de nós mesmos”COMUNICADORES dificilmente trabalham com anatureza dos produtos, mas sim com conceitos, ouseja, representações
  15. 15. ESPIRAL DO SILÊNCIOEfeitos do meio de comunicação de massaDetentores de opiniões minoritárias tendem a semanter caladosMedo de represálias vindas da maioria da populaçãoA comunicação se dá na forma de ciclo, recebendoconstantes feedbacks da população, fechando o sistemaFormação da opinião pública
  16. 16. EFEITOS DA CULTURA DE MASSAGrau de difusão de um bem cultural já não dependeda classe de origem para ser aceito por outraTransformação de todos em consumidores,igualmente “livres” para consumir o que desejaremAqueles que não a acompanham são tratados comoexcluídos, isolados, escondidos (underground xmainstream)
  17. 17. FATORES INFLUENCIADORESGovernoClasses sócio-econômicas dominantes,financeiramente e culturalmenteInteresse (muitas vezes mercadológico) de poucos épassado à massa, que sem filtros, os absorve
  18. 18. EFEMERIDADEAgenda Pública em constante mutaçãoA cultura popular, quando deixa de sermercadologicamente rentável, é relegada aoostracismo, seu valor é exaurido após ser repetidadiversas vezes
  19. 19. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSA
  20. 20. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSASatisfação proporcionada por fazer parte da coletividade,não fazer parte de nenhum grupo não é bem visto, éelemento excludente da sociedade
  21. 21. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSASatisfação proporcionada por fazer parte da coletividade,não fazer parte de nenhum grupo não é bem visto, éelemento excludente da sociedadeMúsica: Rock ‘n’ Roll - prazer de se ligar a várias pessoasque compartilham da idéia de rebeldia, de juventude, deruptura de padrões morais
  22. 22. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSASatisfação proporcionada por fazer parte da coletividade,não fazer parte de nenhum grupo não é bem visto, éelemento excludente da sociedadeMúsica: Rock ‘n’ Roll - prazer de se ligar a várias pessoasque compartilham da idéia de rebeldia, de juventude, deruptura de padrões morais Cultura de massa existe em função de quem a consome,nutrindo a satisfação narcisista de retomada da identidadedo Eu através de emoções reprimidas pela vida cotidiana
  23. 23. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSASatisfação proporcionada por fazer parte da coletividade,não fazer parte de nenhum grupo não é bem visto, éelemento excludente da sociedadeMúsica: Rock ‘n’ Roll - prazer de se ligar a várias pessoasque compartilham da idéia de rebeldia, de juventude, deruptura de padrões morais Cultura de massa existe em função de quem a consome,nutrindo a satisfação narcisista de retomada da identidadedo Eu através de emoções reprimidas pela vida cotidiana
  24. 24. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSASatisfação proporcionada por fazer parte da coletividade,não fazer parte de nenhum grupo não é bem visto, éelemento excludente da sociedadeMúsica: Rock ‘n’ Roll - prazer de se ligar a várias pessoasque compartilham da idéia de rebeldia, de juventude, deruptura de padrões morais Cultura de massa existe em função de quem a consome,nutrindo a satisfação narcisista de retomada da identidadedo Eu através de emoções reprimidas pela vida cotidiana
  25. 25. NARCISISMO NA CULTURA DE MASSASatisfação proporcionada por fazer parte da coletividade,não fazer parte de nenhum grupo não é bem visto, éelemento excludente da sociedadeMúsica: Rock ‘n’ Roll - prazer de se ligar a várias pessoasque compartilham da idéia de rebeldia, de juventude, deruptura de padrões morais Cultura de massa existe em função de quem a consome,nutrindo a satisfação narcisista de retomada da identidadedo Eu através de emoções reprimidas pela vida cotidiana
  26. 26. Os meios de comunicação podem afetar a auto-estima de forma destrutiva, nutrindo desejosinalcançáveis, ideais de vida (i.e.: novelas)O valor que se dá a si mesmo depende de diversosfatores (aquisição de determinados bens, ser amado,encontrar alguém que corresponda às expectativas)A massa se une por ideais individuais de realizaçãopessoal, sucesso e beleza
  27. 27. A indústria cultural promete propiciar entretenimentocoloca em seus produtos o rótulo “distração e liberdade”Na verdade ela fornece um prazer narcisista, umapromessa de readquirir a identidade individual, o egoperdido na vida cotidianaTodos os produtos da cultura de massa têm como valorestético mais próprio uma relação de espelho para oespectador. (i.e.: slogan - Barbie: tudo o que você querser/seja quem você quiser)O consumo é uma tentativa de suprir a auto-estima
  28. 28. Narcisismo - “Desespero por tentar corresponder aoque o outro espera e garantir seu amor”COMUNICADORES - utilizam os meios decomunicação se aproveitando desta condição paragerar desejos - interesse mercadológico
  29. 29. Na cultura de massa, somente aquilo que aumenta eestabiliza o ego é consumido, do contrário, é rejeitadoA indústria cultural vende seus produtos, aglorificação da auto-imagemA cultura de massa oscila, entre a imagem narcisistainfantil a ser resgatada e a crueldade extenuante davida do trabalho cotidiano (ideal de ego x submissãosofrida do corpo)

×