Tipos de Comércio

59,049 views

Published on

Published in: Investor Relations

Tipos de Comércio

  1. 1. Escola Básica e Secundária Vale do Tamel Disciplina : Comercializar e Vender Modulo 1 – Atividade ComercialTrabalho realizado:•Daniel Coutada nº7•César Silva nº6
  2. 2. Para satisfazer as necessidades, não basta que umbem seja produzido, é necessário que chegue aosconsumidores, de forma cómoda e em quantidades certas. O comércio é uma das actividades que compõe adistribuição correspondendo apenas á fase em que seestabelece a troca de bens.
  3. 3. É o conjunto de todas as entidades singulares oucolectivas, que, através de múltiplas transacções comerciaise diferentes operações logísticas, que vão desde a fase deprodução até á de consumo, nas condições maisconvenientes a satisfazer as necessidades dos consumidores.
  4. 4. Comércio Grossista: quando o grossista contactadirectamente com o produtor e reúne, por vezes produçõesque se encontram dispersas. Comércio retalhista: quando o retalhista adquireos produtos junto do grossista, oferecendo-o aosconsumidores nos locais e nas quantidades que elesnecessitam. O retalhista contacta com o consumidor final.
  5. 5. São as etapas percorridas pelos bens ou serviços, através dediversos agentes económicos com diferentes funções, desde o seulugar de produção até serem colocados á disposição do consumidor.Estes são caracterizados pela sua extensão. Circuito ultra curto: quando o produtor oferecedirectamente os seus produtos aos consumidores. Circuito curto: quando o numero de intermediários entreo produtor e o consumidor se reduz apenas ao retalhista, assumindoneste caso o produtor em função de grossista. Circuito longo: quando intervêm dois ou maisintermediários desempenhando diferentes funções queestabeleçam ligações entre o produtor e o consumidor.
  6. 6. O comércio retalhista, de forma a obter melhoresresultados, organiza-se de várias formas: - Comércio independente - Comércio integrado - Comércio associado
  7. 7. Comércio independente: Constituído porempresas familiares, de dimensões relativamentepequenas, onde empregam um reduzido numero detrabalhadores, operam normalmente num único ponto devenda.
  8. 8. Comércio Associado: Compreende empresas quemantêm a sua independência jurídica, associando uma oumais actividades, de modo a obter vantagens, e a competir como comércio integrado. Estas associações de comerciantes, têmcomo objectivo efectuar compras em conjunto e obter preçosmais baixos, devido ao grande volume de compras, que nuncaconseguiriam assegurar isoladamente.
  9. 9. Comércio integrado: Este tipo de comércio,devido á sua grande dimensão, reúne as funções grossista eretalhista, explorando cadeias em pontos de vendasidentificados pela mesma insígnia, e, aplicando politicascomuns de gestão.
  10. 10. Venda á distância: Técnica de venda onde osprodutos são apresentados ao consumidor através de meiosde comunicação, como a televisão, catálogo, respondendoos consumidores por meios idênticos, quer por catálogo,telefonando, envio de cupões pelos correios. Neste tipo devenda não existe o contacto directo entre o comprador e ovendedor.
  11. 11. Venda automática: Este tipo de venda utilizaequipamentos automáticos instalados em locais públicos ede grande circulação. Neste meio de vendas, podemoscomprar desde bilhetes, tabaco, as bebidas, comida. Venda directa: Exige o contacto directo entre ovendedor e o consumidor, no entanto, este contacto não éfeito no ponto de venda, mas na casa do cliente ou noemprego, sendo habitualmente designada por venda aodomicilio.
  12. 12. O comércio em Portugalcaracteriza-se por um comércioretalhista, grossista e com maiordiversidade, qualidade , quantidade emais perto da população. Hoje em dia a populaçãopode comprar mais facilmente um ouvários produtos que necessitam, pelofacto de existir várias lojas,supermercados, hipermercados ouaté shoppings muito perto das suashabitações, com muita diversidade,qualidade e quantidade nos seusprodutos.
  13. 13. Franchising é uma estratégia para a distribuição ecomercialização de produtos e serviços. É um métodoseguro e eficaz para as empresas que desejam ampliar suasoperações com baixo investimento, representando, por outrolado, uma grande oportunidade para quem quer ser dono deseu próprio negócio.
  14. 14. Royalties É uma prestação financeira resultante da aplicação deuma percentagem sobre vendas que é paga pelofranchisado ao franchisador mensalmente.
  15. 15. Desvantagens do Franchising: Não é completamente independente. São obrigados a operar de acordo com as regras. Podem existir limitações territoriais. Maiores custos iniciais. Maiores custos fixos. Um mau desempenho de um franqueado pode prejudicar todos. O termo e duração do contrato pode não ser flexível. Pode existir má gestão das taxas de publicidade.
  16. 16. Vantagens do Franchising: Formação inicial. Apoio na concepção e construção. Apoio no financiamento. Publicidade local, regional e nacional. Supervisão continua e apoio à gestão.
  17. 17. Optimus Negócios A Optimus Negócios tem como objectivo contribuir deforma decisiva para que os profissionais e empresas emPortugal sejam melhores, mais competitivos e criem maisvalor. Assumem o compromisso de entregar as melhoressoluções de comunicações que sustentem os processos denegócio, contribuindo diariamente para fortalecer orelacionamento com os nossos parceiros de negócio e para umdesenvolvimento sustentável.
  18. 18. Define-se como uma compra não planeada, queocorre quando o desejo se sobrepõe ao autocontrolo,possuindo uma forte influência emocional e baixo controlocognitivo. É uma compra rápida, espontânea, comandada porum estímulo e com pouca ponderação das consequências. Conhecer os seus factores determinantes é crítico paraos retalhistas, uma vez que a maior parte das decisões decompra efectuadas pelo consumidor não são tomadas até estese encontrar dentro da loja.
  19. 19. A compra por impulso é motivada pelo espíritoconsumista, ou seja, a pessoa não pode ver uma novidade ouuma oferta que já deseja adquirir o produto. Estecomportamento se torna ainda mais aquecido com asestratégias do mercado. Os estabelecimentos comerciaiscriam condições para que o consumidor torne-se ainda maisimpulsivos.
  20. 20. Supermercado é o local onde as pessoas compramgéneros alimentícios e artigos de higiene, llimpeza e beleza,frios, carnes, pães, hortifruti e congelados.
  21. 21. Hipermercado é uma grande superfície comercial devenda a retalho com parque de estacionamento próprio, quese caracteriza por ter uma área superior a 2000m2, 50% daqual é dedicada à venda de produtos alimentares

×