Brasileiros, mostrem suas caras Capítulo 10
Antecedentes do golpe de 1964 <ul><li>A crise que deu origem  ao regime instaurado pelo golpe de Estado em 1964, teve como...
<ul><li>Ao assumir o cargo, Goulart encontrou um grave quadro socioeconômico. </li></ul><ul><li>Sua proposta foi implantar...
Tais propostas foram apoiadas por partidos como o PCB (Partido Comunista Brasileiro), PTB (Partido Trabalhista Brasileiro)...
<ul><li>Mas os opositores a essas reformas formavam a maioria no Congresso Nacional, eram eles: latifundiários, industriai...
<ul><li>Já em 1961, John Kennedy anunciou o projeto chamado Aliança para o Progresso, cuja finalidade era desenvolver 22 p...
<ul><li>Com o aumento de manifestações e protestos, os Estados Unidos passou a ampliar sua ajuda militar na América Latina...
A implantação do golpe <ul><li>A Ditadura militar ocorreu no período de 1964 a 1985. Suas principais características são: ...
<ul><li>Os militares assumiram o poder no dia 1º de abril, com representantes das três esferas militares: a marinha, o exe...
<ul><li>Castelo Branco foi o primeiro militar a assumir o poder em 15 de abril. Castelo Branco, através dos AIs acabou os ...
O AI-5 e os anos de chumbo <ul><li>O general Artur da Costa e Silva assumiu a presidência em 1967. Seu governo foi marcado...
<ul><li>O presidente Costa então fechou o Congresso Nacional em 1968 e decretou o AI-5, pelo qual além de suspender o Cong...
<ul><li>Em 1969, Emílio Garrastazu Médici, comandou o mais severo governo da ditadura. </li></ul><ul><li>O período foi mar...
A difícil abertura política <ul><li>O quarto presidente militar foi Ernesto Geisel. Ao assumir, em março de 1974, anunciou...
<ul><li>Tanto nas eleições legislativas de 1974 como nas municipais de 1976, o MDB obteve soma considerável de votos. </li...
<ul><li>Na economia, o país sofria com  a crise do petróleo, com a recessão internacional e a conseqüência elevação de tax...
<ul><li>No entanto, a abertura política, mesmo lenta, sofria reações da chamada “linha dura” do regime militar. Foram vári...
Eleições Diretas ( a campanha das Diretas-já) <ul><li>Na década de 1980 o país vivia um período de grande inflação e reces...
<ul><li>A participação cada vez maior de partidos políticos, sindicatos e da população em geral foi pressionando o Congres...
<ul><li>Iniciava-se, assim, a chamada Nova República. </li></ul><ul><li>Em 1986 foram eleitos os novos integrantes do Cong...
<ul><li>  Em 1989 vários candidatos concorreram nas primeiras eleições diretas para Presidência da República após os anos ...
<ul><li>O Plano Collor, como foi chamado, acarretou uma série de medidas radicais na economia. Ao mesmo tempo, propunha a ...
<ul><li>  Nas duas eleições seguintes seria eleito o candidato Fernando Henrique Cardoso, ganhando por duas vezes de Luís ...
Grupo: <ul><li>Eurico  </li></ul><ul><li>Guilherme </li></ul><ul><li>Gustavo B.  </li></ul><ul><li>Patrícia </li></ul><ul>...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

História - Capítulo 10

3,324 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,324
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

História - Capítulo 10

  1. 1. Brasileiros, mostrem suas caras Capítulo 10
  2. 2. Antecedentes do golpe de 1964 <ul><li>A crise que deu origem ao regime instaurado pelo golpe de Estado em 1964, teve como início a renuncia do presidente Jânio Quadros e piorou com o governo de seu sucessor, João Goulart. </li></ul>Jango, como era conhecido João Goulart .
  3. 3. <ul><li>Ao assumir o cargo, Goulart encontrou um grave quadro socioeconômico. </li></ul><ul><li>Sua proposta foi implantar as Reformas de Base, que estariam ligadas aos quatro principais setores da economia brasileira: Agrário, Tributário, Administrativo e o Financeiro. </li></ul>
  4. 4. Tais propostas foram apoiadas por partidos como o PCB (Partido Comunista Brasileiro), PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), PS (Partido Socialista). Alem de alguns governantes e parte da Igreja.
  5. 5. <ul><li>Mas os opositores a essas reformas formavam a maioria no Congresso Nacional, eram eles: latifundiários, industriais e alguns partidos. Dentro dos opositores, o ESG (Escola Superior de Guerra) e parte do Exercito Militar foram os que arquitetaram um plano para depor Goulart. </li></ul><ul><li>Eles afirmavam que o desenvolvimento econômico era uma estratégia para frear a expansão do Comunismo. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Já em 1961, John Kennedy anunciou o projeto chamado Aliança para o Progresso, cuja finalidade era desenvolver 22 países da América Latina. Ao contrário do que se esperava, o projeto acabou apenas aumentando as desigualdades. </li></ul>Aliança para o Progresso
  7. 7. <ul><li>Com o aumento de manifestações e protestos, os Estados Unidos passou a ampliar sua ajuda militar na América Latina, com o intuito de conter rebeliões. </li></ul><ul><li>No Brasil, os articuladores do golpe, com o apoio financeiro e militar dos Estados Unidos, promoveram o fechamento do regime político e acabaram se dividindo em dois grupos: um grupo queria derrubar Goulart e estabelecer uma hierarquia militar. E o outro queria uma ditadura militar e restringir as liberdades sociais e os direitos individuais. </li></ul>
  8. 8. A implantação do golpe <ul><li>A Ditadura militar ocorreu no período de 1964 a 1985. Suas principais características são: autoritarismo e instabilidade política. </li></ul><ul><li>O autoritarismo é a imposição de uma vontade individual e a instabilidade era marcada pela incerteza que o Regime sofria, podendo ser derrubado a qualquer momento. </li></ul><ul><li> Naquela época, eram eliminados os direitos constitucionais da pessoa. Os opositores sofriam repressão, perseguição e eram presos e torturados. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Os militares assumiram o poder no dia 1º de abril, com representantes das três esferas militares: a marinha, o exercito e a aeronáutica. </li></ul>Através do AI-1(Ato Institucional 1) a Constituição de 1946 foi alterada e deu o direito ao poder executivo de suspender os direitos políticos de qualquer cidadão, cassar mandados dos parlamentares e quebrar imunidade parlamentar.
  10. 10. <ul><li>Castelo Branco foi o primeiro militar a assumir o poder em 15 de abril. Castelo Branco, através dos AIs acabou os partidos políticos, estabeleceu eleições indiretas, através das quais ele escolhia quem votava na época. Interviu em sindicatos e federação dos trabalhadores e criou um regime de bipartidarismo. Na época só existiam dois partidos: o MDB e a Arena. </li></ul><ul><li> No final de seu mandado Castelo Branco reuniu o Congresso para promulgar uma nova Constituição, a fim de transformar os Atos Institucionais até então decretados em normas constitucionais. </li></ul>
  11. 11. O AI-5 e os anos de chumbo <ul><li>O general Artur da Costa e Silva assumiu a presidência em 1967. Seu governo foi marcado por greves operárias, além da intensa oposição estudantil. </li></ul><ul><li>Os protestos passaram a virar confrontos sangrentos. Grupos armados de direita e esquerda faziam atentados em diversos lugares. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>O presidente Costa então fechou o Congresso Nacional em 1968 e decretou o AI-5, pelo qual além de suspender o Congresso, colocava nas mãos do Poder Executivo os privilégios do Poder Legislativo e o controle do Poder Judiciário. </li></ul><ul><li>Após 10 anos, o AI-5 intensificou a repressão. Suspendeu os direitos políticos, possibilitou a demissão de Juízes e professores, entre outros. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Em 1969, Emílio Garrastazu Médici, comandou o mais severo governo da ditadura. </li></ul><ul><li>O período foi marcado pela intensificação da luta armada, e por esse motivo, a presidência de Médici ficou conhecida como “Anos de Chumbo”. </li></ul><ul><li>Em questões econômicas, o Brasil foi um dos países que mais cresceram. </li></ul>
  14. 14. A difícil abertura política <ul><li>O quarto presidente militar foi Ernesto Geisel. Ao assumir, em março de 1974, anunciou o propósito de promover uma lenta abertura política, de modo que o governo não perdesse o controle da situação nacional. </li></ul><ul><li>Para alcançar seu propósito promoveu algumas ações, como a suspensão da censura á imprensa em 1975. </li></ul><ul><li>Entretanto, na mesma época, no quartel general do Segundo Exercito era torturado e assassinando o jornalista Vladimir Herzog. No ano seguinte, no mesmo local, foi morto o operário Manuel Fiel Filho. </li></ul><ul><li>Os dois episódios causaram forte reação da opinião pública e resultaram em mudanças no governo, feitas para enfraquecer grupos de militares. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Tanto nas eleições legislativas de 1974 como nas municipais de 1976, o MDB obteve soma considerável de votos. </li></ul><ul><li>Os resultados alcançados nas eleições encorajavam os parlamentares a contestarem atos do governo, dificultando a relação entre os poderes Legislativos e Executivo. </li></ul><ul><li>Quando o presidente Geisel percebeu que não poderia mais contar com a maioria do Congresso para aprovar alterações na Constituição, ordenou o seu recesso, no ínicio de 1977. </li></ul><ul><li>Além disso, baixou um conjunto de novas regras eleitorais afim de garantir no Senado a maioria parlamentar ao partido governista, a Arena. </li></ul><ul><li>Foi alterado a duração do mandato presidencial, e parte do senadores passou a ser escolhida de forma indireta pelas assembléias legislativas estaduais. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Na economia, o país sofria com a crise do petróleo, com a recessão internacional e a conseqüência elevação de taxas de juros, tornado mais critica a situação da dívida externa brasileira. </li></ul><ul><li>Em 1978, o MDB voltou a ter importantes vitórias nas eleições legislativas de novembro. </li></ul><ul><li>Nesse mesmo ano, em outubro, a Emenda Constitucional número 11 foi aprovada, revogando o AI-5. </li></ul><ul><li>Ainda nesse mês, em eleições indiretas, foi escolhido o general João Baptista Figueiredo como o próximo presidente. </li></ul><ul><li>O período sob o comando de Figueiredo foi marcado pela retomada da mobilização popular e pelo incremento da abertura política. Em 1979, a legislação eleitoral foi modificada, decretando-se a extinção da Arena e do MDB e restabelecendo-se o pluripartidarismo. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>No entanto, a abertura política, mesmo lenta, sofria reações da chamada “linha dura” do regime militar. Foram vários os atentados contra jornalistas e seqüestros de pessoas ligadas à Igreja. </li></ul><ul><li>Além disso, cartas-bomba foram enviadas para as sedes de alguns órgãos democráticos. </li></ul><ul><li>O episodio mais grave desse movimento ocorreu em 30 de abril de 1981, quando duas bombas explodiram no Centro de Convenções do Riocentro, no Rio de Janeiro. </li></ul><ul><li>Enquanto convivia coma escalada do terror de direita, o governo Figueiredo acumulava a maior inflamação da história do país. </li></ul>
  18. 18. Eleições Diretas ( a campanha das Diretas-já) <ul><li>Na década de 1980 o país vivia um período de grande inflação e recessão. Ainda não abriam-se discussões sobre a fórmula para a sucessão presidencial, que seria determinada pelas Forças Armadas. </li></ul><ul><li>Em 15 de junho de 1983, em um comício na cidade de Goiânia, deu-se início a campanha por eleições diretas para a presidência, que ficou conhecida como Diretas-já. Essa manifestação passou ainda por Curitiba e São Paulo. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>A participação cada vez maior de partidos políticos, sindicatos e da população em geral foi pressionando o Congresso Nacional mais e mais, mostrando o desejo de mudança do povo brasileiro diante das graves crises econômicas e sociais. </li></ul><ul><li>A emenda constitucional que instituia eleições livres e diretas para presidente foi apresentada ao Congresso no ano de 1984, pelo deputado Dante de Oliveira do PMDB de Mato Grosso. Em março do mesmo ano ela foi rejeitada pelos parlamentares. </li></ul><ul><li>A grande mobilização popular ajudou no fortalecimento dos partidos de oposição. Tancredo Neves, da frente de oposição, venceu o candidato do regime militar, Paulo Maluf, mas não assumiu devido a problemas de saúde, assumindo seu vice, José Sarney. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Iniciava-se, assim, a chamada Nova República. </li></ul><ul><li>Em 1986 foram eleitos os novos integrantes do Congresso Nacional. Estes redigiram, ainda, uma nova Constituição brasileira, aprovada em outubro de 1988. </li></ul><ul><li>O governo de José Sarney implantou o Plano Cruzado, uma série de medidas que alteravam a economia, visando o término da crise. Esse plano fracassou junto com outros dois que sucederam-se. </li></ul>José Sarney
  21. 21. <ul><li> Em 1989 vários candidatos concorreram nas primeiras eleições diretas para Presidência da República após os anos de ditadura militar. O segundo turno das eleições foi marcado pela disputa entre Fernando Collor e Luís Inácio Lula da Silva, onde Collor saiu vitorioso. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>O Plano Collor, como foi chamado, acarretou uma série de medidas radicais na economia. Ao mesmo tempo, propunha a abertura do mercado brasileiro, aproximando nossa economia da globalização mundial. </li></ul><ul><li>Apesar da utilização de um forte marketing para sua autopromoção, Collor não conseguiu esconder as suspeitas de corrupção, sendo, mais tarde, destituído do cargo de presidente, assumindo seu vice, Itamar Franco, que com seu chamado Plano Real conseguiu controlar os índices inflacionários. </li></ul>
  23. 23. <ul><li> Nas duas eleições seguintes seria eleito o candidato Fernando Henrique Cardoso, ganhando por duas vezes de Luís Inácio Lula da Silva. Apesar de manter o controle da inflação, o crescimento econômico foi bastante tímido, à medida que os índices sociais continuaram muito ruins. </li></ul><ul><li>Nas eleições mais recentes (2002 e 2006) foi eleito e reeleito o candidato do PT, Luís Inácio Lula da Silva. </li></ul>
  24. 24. Grupo: <ul><li>Eurico </li></ul><ul><li>Guilherme </li></ul><ul><li>Gustavo B. </li></ul><ul><li>Patrícia </li></ul><ul><li>Rodrigo </li></ul>

×