Geografia - Conflito da Chechênia

48,988 views

Published on

Published in: Education
6 Comments
32 Likes
Statistics
Notes
  • como baixo
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • mt bom isso me ajudou mt
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • bom sim, mas existe um erro de conflito etnico e não ilamico.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Gostaria de informar que este slides apresentam informações erradas e anti-islamicas. A guerra russia e chechenia é uma guerra etnica, depois do 11 de setembro que putin tentou trasnformar esta guerra numa guerra de ’terrorismo’ pra ganhar apoio internacional. Os slides omitem o massacre russo com os chechenos a qual eles mataram quase 500.000 chechenos(e não soldados como eles falam ai) foram civis, quae 500 mil civis mortos, os russos usaram armas proibidas de destruição em massa e dizimaram a capital chechena. Estupraram mulheres, mataram crianças, sequestraram milhares de homens chechenos de 18 a 30 anos para não mais nascer chechenos, porque esta é uma guerra etnica. A midia ocidental não mais noticia o massacre dos russos, só noticia as reações chechenas como sendo ’ataque terrorista’ , completando total desprezo, ódio e desrrespeito pela vida humana que o ocidente e a russia tem , não é estranho que ambos estão falidos e perdendo espaço para novas potências que vem do oriente-medio(israel e iran) e asia, como a chinn(proxima super-potência)a e india. Também é bom ressaltar que a russia é um país de terceiro mundo e violador dos direitos humanos.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • maneiro esse slide!
    muito bom msm!
    me ajudou que só num trabalho aê!!!
    vlw aê ó:
    Luiza de Amorin
    Julia Brito
    Matheus Bessa e
    Gustavo Barreira

    xD
    by:jeh
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
48,988
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
235
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
6
Likes
32
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Geografia - Conflito da Chechênia

  1. 1. Conflitos Separatistas O conflito da Chechênia
  2. 2. Chechênia <ul><li>A Chechênia fica em uma região montanhosa no Cáucaso e é habitada principalmente por muçulmanos. É uma das repúblicas da Federação da Rússia. Faz divisa a noroeste com a república de Stavropol Krai, a nordeste e leste com a república do Daguestão, ao sul com a Geórgia, e a oeste com as repúblicas de Inguchétia e Ossétia do Norte-Alânia. </li></ul><ul><li>A capital da Chechênia é Grózni. </li></ul>
  3. 6. <ul><li>A língua mais falada pelo povo checheno é uma língua própria da região (língua oficial do país junto com a língua russa). </li></ul><ul><li>Historicamente, a vida chechena desenvolveu-se em torno de estruturas tribais: clãs que consistiam em muitas aldeias, que poderiam possuir de 10 a 50 famílias cada, com um ancestral em comum. Ao longo da vida os chechenos aprendem sobre seus ancestrais de várias e várias gerações passadas. Devido a esse e outros fatos, os clãs ainda hoje mantêm-se como uma forte unidade protetora da cultura e dos costumes mais antigos dos chechenos. </li></ul>
  4. 7. Rússia <ul><li>A Rússia, outro país envolvido no conflito, ocupa uma vasta região que se estende da Europa a Ásia . </li></ul><ul><li>A capital russa é a cidade de Moscou. </li></ul>
  5. 9. <ul><li>O presidente é Dmitri Medvedev e o primeiro-ministro é Vladimir Putim. </li></ul><ul><li>É um país desenvolvido e possui economia em constante desenvolvimento, devido, sobretudo, ao petróleo que possui, parte deste do território checheno. </li></ul><ul><li>Foi uma nação que marcou a história do planeta pela formação da URSS, da qual participavam a Rússia e outros países menores. </li></ul>
  6. 10. História do conflito <ul><li>Os primeiros laços entre russos e chechenos foram estabelecidos a partir do século XVI, devido a política expansionista do principado de Moscou, que ocasionou a ocupação da cidade mulçumana Kazan, e em seguida a ocupação da região sul, denominada atualmente de Cáucaso. A expansão prossegui-se com Pedro, o Grande, que dominou o Cazaquistão, e depois com Catarina, a Grande, que subjugou as terras mulçumanas aos ortodoxos. </li></ul>
  7. 11. <ul><li>A primeira resistência organizada contra os russos foi chefiada por Shaykh Mansur. Este declarou (guerra santa) contra os russos, nos anos de 1780, uma espécie de reação à união da Geórgia (região cristã ao sul da Chechênia) com o governo russo, que ocorreu em 1783, pois depois de tal união, a região do Cáucaso viu-se cercada pelas forças russas. Ele, Shaykh Mansur, foi capturado e morreu na prisão. Hoje ele é considerado um herói para os chechenos. </li></ul>
  8. 12. <ul><li>Após a morte de Shaykh Mansur a resistência continuou, agora liderada por Ghazi Mullah. Diante do crescimento do exército russo, Ghazi Mullah, seus discípulos e simpatizantes exilaram-se e foram mortos. </li></ul><ul><li>Um dos seguidores do antigo líder, Imam Shamil, ficou a frente maior resistência caucasiana contra os russos, que durou 30 anos. </li></ul>
  9. 13. <ul><li>Sua campanha de resistência envolveu intensa violência, e na região do Cáucaso apenas a Geórgia não uniu-se à sua bandeira de luta, ficando do lado da Rússia. Percebemos a importância do islamismo, então, que ajudou a unir várias repúblicas a um mesmo propósito. </li></ul>
  10. 14. <ul><li>A resistência da Chechênia parecia ter chegado ao fim quando a campanha de Shamil enfraqueceu, o que acabou na incorporação da Chechênia ao território do Império Russo, em 1859. </li></ul><ul><li>No entanto a resistência continuaria com vários outros líderes, que conseguiram derrotar o exército soviético em 1919. Foi proclamado o Emirado Caucasiano do Norte, do qual faziam parte a Chechênia e o Daguestão. </li></ul>
  11. 15. <ul><li>Os movimentos de resistência esfriaram depois da prisão do líder em 1925, e continuaria assim devido a mão-de-ferro do governo soviético. </li></ul><ul><li>Stálin ainda acusaria, mais tarde, a Chechênia de ser aliada da Alemanha Nazista na Segunda Guerra Mundial, deportando vários chechenos para outras terras. Estes retornaram em 1957. </li></ul>
  12. 16. <ul><li>Depois do fim da URSS, em 1991, estourou um movimento de independência na Chechênia. No mesmo ano Dzhokhar Dadayev venceu as eleições presidenciais na Chechênia e declarou a independência da “nação”, apesar de forte oposição russa. Este, em 1994, pronunciou-se a favor de uma mobilização contra a “opressão russa”. </li></ul><ul><li>O exército russo interveio no mesmo ano, e o presidente Ieltisin enviou 40.000 soldados para a Chechênia. </li></ul>
  13. 17. <ul><li>Devido a grande quantidade de petróleo da Chechênia a Rússia nunca abriu e não abre mão do território checheno. Existem diversos oleodutos que levam o pe t róleo a Rússia. Além disso, já existem projetos de construção de outros oleodutos. </li></ul>
  14. 18. <ul><li>A Primeira Guerra da Chechênia, que iniciou-se em 1994 rendeu a Rússia a conquista da capital Grózni um ano depois. Em 1996, depois de um ataque rebelde de chechenos, Iéltsin concordou em assinar um tratado de paz. </li></ul><ul><li>Entretanto, o conflito retornou em 1999, dando início a Segunda Guerra da Chechênia, que se estende até hoje. O governo russo alegou que o governo checheno não conseguia controlar o crime organizado e as gangues, justamente devido a um atentado a um edifício russo por rebeldes chechenos. </li></ul>
  15. 19. Conseqüências <ul><li>No final da Primeira Guerra constataram-se 10.000 mortos e 500.000 soldados feridos. </li></ul><ul><li>Por ainda estar em ocorrência, a Segunda Guerra da Chechênia continua a causar conseqüências. Isso é comprovado nas manchetes mostradas a seguir: </li></ul>
  16. 20. <ul><li>“ QUATRO POLICIAIS E QUATRO GUERRILHEIROS MORREM EM CONFLITO NA CHECHÊNIA” (07/05/2007 05h:05m retirado do portal de noticias g1.com.br) </li></ul><ul><li>“ ONG DENUNCIA 158 SEQÜESTROS OCORRIDOS NA CHECHÊNIA ESTE ANO” (21/11/2006 09H:50M retirado do portal de noticias g1.com.br) </li></ul><ul><li>“ ATENTADO MATA O PRESIDENTE DA CHECHÊNIA” (09/05/2004 retirado do portal de noticias g1.com.br) </li></ul><ul><li>“ CARROS-BOMBA EXPLODEM E MATAM MAIS DE 40 NA CHECHÊNIA” (27/12/2002 00h:00m retirado do portal de noticias g1.com.br) </li></ul>
  17. 21. <ul><li>Existem ainda várias acusações de violência na Chechênia, na Rússia e até em países próximos. Exemplo disso foi que em 2004 rebeldes chechenos invadiram uma escola na Ossétia do Norte e aprisionaram, torturaram e mataram crianças, pais e professores. </li></ul><ul><li>Outro exemplo de violência foi a explosão do metrô de Moscou, também em 2004. </li></ul>
  18. 22. <ul><li>Ainda não se pode prever como ficará o espaço geográfico, já que a guerra não terminou, mas os sinais de violência são visíveis, além da presença de soldados russos no território da Chechênia. </li></ul>
  19. 23. Grupo <ul><li>Luíza de Amorim </li></ul><ul><li>Júlia Brito </li></ul><ul><li>Matheus Bessa </li></ul><ul><li>Gustavo Barreira </li></ul>

×