Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula01

1,031 views

Published on

Published in: Education, Technology, Business
  • Be the first to comment

Aula01

  1. 1. Anotações do Aluno uvb Aula Nº 1 – Introdução Objetivos da aula: O comerciante é o responsável pela aproximação de vendedores e compradores, levando-os a praticar operações comerciais. Os objetivos desta aula são: mostrar as origens desta atividade, apresentar alguns conceitos e definições e as perspectivas da profissão nas empresas comerciais. Ao final desta aula, o aluno deverá saber fazer a diferenciação da Contabilidade Comercial para outras atividades, compreendendo seus conceitos e sua aplicação. Tenha uma ótima aula! Introdução Contabilidade não é luxo nem burocracia: é necessidade para qualquer empreendimento: varejista, atacadista ou industrial. Não basta controlar as compras e as vendas, pois o comércio é muito mais que comprar e vender, é saber comprar e, muito mais, saber vender. Todo comerciante precisa conhecer muito bem seu ramo de negócios: alimentos pode ser um ramo muito atrativo, mas é diferente de confecções, ou de calçados, Contabilidade Comercial que, por sua vez, são diferentes do comércio de eletrodomésticos. Cada ramo varejista tem suas particularidades, de modo que um não se confunde com o outro. É preciso prestar muita atenção para as diferenças. Aula 01 - Introdução Neste curso, vamos tratar da atividade comercial de forma geral, e suas particularidades deverão ser objeto de pesquisa dos discentes. Não há muita diferença entre a contabilidade comercial, que compra o produto, armazena e revende ao consumidor, e a contabilidade industrial, que aplica insumos na produção e obtém o produto final, vendendo para Faculdade On-Line UVB
  2. 2. Anotações do Aluno uvb os atacadistas e varejistas. O comércio varejista faz o mesmo que a indústria: adquire suas mercadorias, armazena e distribui pelos departamentos de venda. Entre uma ponta e outra, há a incidência dos custos de armazenagem. Esses custos serão atribuídos às mercadorias adquiridas, que serão revendidas. Portanto, o custo das mercadorias vendidas não será igual ao custo das mercadorias adquiridas, mais o frete e menos os impostos a recuperar. Será acrescido do custo de armazenagem. Esse será proporcional à área e ao tempo utilizados na armazenagem. O custo da armazenagem dividido pelas unidades armazenadas (metros cúbicos/dias, por exemplo) indicará o quanto cada produto deverá absorver. Essas considerações evidenciam a necessidade de um controle rigoroso sobre os estoques. Grandes quantidades implicarão altos custos de armazenagem - o que poderá comprometer a margem de lucro. A capacidade da empresa deverá ser levada em conta ao se determinarem as quantidades a serem adquiridas. Também importante será o controle dos custos de distribuição. Um varejista de móveis, ou de eletrodomésticos ou eletroeletrônicos, pode fazer entregas, seja com frota própria, seja com frota terceirizada. Pode manter uma oficina para efeito da garantia das mercadorias vendidas. Tudo isso implica custos que não poderão ser ignorados. A forma como esses custos serão rateados pelas mercadorias será tão importante quanto a própria venda. Contabilidade Comercial A partir daí, conhecendo os custos das mercadorias e os impostos incidentes (o que não falta neste País), será possível calcular os preços de venda. Todos esses aspectos específicos destacam as particularidades Aula 01 - Introdução do comércio varejista. Não há mistério nem segredos nessa atividade. Há “apenas” necessidade de muita dedicação, persistência e vontade de vencer. Sobretudo, muito tino comercial, sem o qual não poderá haver comerciante. Seria como haver empresa sem mercado. Um não vive sem o outro. Faculdade On-Line UVB
  3. 3. Anotações do Aluno uvb 1. Origens da Contabilidade Comercial Para efeitos didáticos, dividimos o histórico da contabilidade em quatro etapas: Contabilidade do mundo antigo - Período que vai até 1202 da Era Cristã, com o surgimento do Liber Abaci, de Leonardo Pisano. Os fenícios, gregos e romanos exerceram a atividade comercial com certa intensidade no mundo antigo, baseando-se, no início, em trocas de mercadorias. Contabilidade do mundo medieval - Período a partir de 1202 até 1494, quando surge o Tratactus de Computis et Scripturis (Método de Partidas Dobradas), do Frei Franciscano Luca Paccioli, publicado em 1494, e que inseriu a contabilidade nos ramos do conhecimento humano. A cidade de Veneza desenvolveu intensa atividade comercial com seus interesses voltados para o Oriente. Contabilidade do mundo moderno - A partir de 1494 até 1840, com a publicação da obra de Francesco Villa, intitulada de La Contabilitá Applicatta alle amministrazioni Private e Pubbbliche, a contabilidade ingressa no período do mundo moderno, sendo aplicada até os dias de hoje. Portugal e outros países com tradição em navegação e descobertas intensificaram, ainda mais, a atividade comercial. Contabilidade na atualidade – Com o advento da globalização, países que possuem grande variedade de produtos, como o Brasil, procuram exportar seus excedentes a países que concentram sua produção em Contabilidade Comercial poucos produtos, como os países produtores de petróleo, exportam seu principal produto para o mundo todo e importam produtos de Aula 01 - Introdução muitos países. Com esse comércio internacional tão bem desenvolvido, é necessário que o Contador, muitas vezes, seja obrigado a acompanhar a legislação de seu país no que se refere a importações e exportações. Faculdade On-Line UVB
  4. 4. Anotações do Aluno uvb 2. Conceito A Contabilidade Comercial é o ramo da Contabilidade que estuda o patrimônio das empresas comerciais e suas variações. Uma variação importante do patrimônio é decorrente de suas operações. Trata-se do Resultado com Mercadorias, que não pode ser entendido, simplesmente, como a diferença entre os valores das Vendas Líquidas e o valor do Custo das Mercadorias Vendidas, já que, por trás desses valores, está todo o processo da atividade comercial. Por esse motivo, uma das aulas tratará, exclusivamente, do Custo das Mercadorias Vendidas. Para entender a atividade comercial, é necessário, também, atentar para certos aspectos econômicos e jurídicos envolvidos. 3. Perspectivas para o Contador da empresa comercial Neste segmento, temos empresas de pequeno, médio e grande porte, algumas estendendo suas atividades para outros países. Nas empresas de pequeno porte, a atividade do Contador ainda é restrita, no entanto cresce bastante nas empresas de médio porte, nas quais ele tem que se preocupar com aspectos fiscais, gerenciais e financeiros. Nas empresas de grande porte, o papel do Contador é de fundamental Contabilidade Comercial importância e exige estar bastante atualizado com os modernos recursos tecnológicos, com a legislação tributária e possuir sólidos conhecimentos de custos da atividade mercantil. Aula 01 - Introdução Faculdade On-Line UVB
  5. 5. Anotações do Aluno uvb 4. Mercado É a relação entre oferta e procura - pessoas ou empresas que desejam vender bens ou serviços e pessoas ou empresas que querem comprar bens ou serviços. Abrir uma nova empresa significa atuar do lado da oferta. O novo empresário deverá prestar atenção aos componentes do mercado e precisará de informações que ajudem a enxergar, o mais claramente possível, o futuro para poder planejar suas atividades. 5. Mercado Consumidor Quem são as pessoas ou organizações que comprarão suas mercadorias? Quanto mais informações obtiver sobre os consumidores, mais chance terá de atender suas necessidades com suas mercadorias . Veja algumas informações importantes para traçar o perfil do consumidor: idade, sexo, nível de instrução, renda individual ou familiar, profissão, hábitos, gostos, lazer e outras informações que possam ser úteis, considerando fatores da população, do local, das mercadorias etc. Pesquise, também, o que pode influenciar seus futuros clientes na decisão de comprar produtos: qualidade, preço, forma de pagamento, durabilidade, facilidade de acesso, garantia, moda, acabamento, atendimento, Contabilidade Comercial embalagem, aparência, praticidade. Procure informações sobre o Código de Defesa do Consumidor, não só Aula 01 - Introdução para evitar problemas, mas para conquistar, manter e ampliar clientes. Faculdade On-Line UVB 10
  6. 6. Anotações do Aluno uvb 6. Mercado Concorrente O Mercado Concorrente é composto pelas pessoas ou empresas que oferecem mercadorias iguais ou semelhantes àqueles que serão colocados no Mercado Consumidor pelo novo empresário. Você pode começar a observar o Mercado Concorrente pelas mercadorias que ele oferece. Preste atenção em características como: qualidade, preço, acabamento, durabilidade, funcionalidade, embalagem, tamanho, qualidade no atendimento, facilidade de acesso, forma de apresentação. Você pode, inclusive, experimentar as mercadorias que concorrerão com a sua. Verifique o que pode ser melhorado. Observe a reação do Mercado Consumidor, seu nível de satisfação com as mercadorias ou serviços disponíveis. Verifique, também, quantas empresas estão oferecendo produtos ou serviços semelhantes aos seus, qual é o tamanho dessas empresas e, principalmente, em que você pode se diferenciar delas. 7. Mercado Fornecedor Consiste no conjunto de pessoas ou organizações que supre a empresa de equipamentos, matéria-prima, mercadorias e outros materiais necessários ao funcionamento. Contabilidade Comercial Antes de comprar, deve-se considerar: qualidade, quantidade, preço, prazo, forma de pagamento, entrega, garantia e assistência técnica de Aula 01 - Introdução equipamentos, outras informações úteis, dependendo das mercadorias a serem oferecidas. É conveniente organizar um cadastro de fornecedores, para não ficar dependente apenas de um fornecedor exclusivo e para garantir o abastecimento do futuro empreendimento e o atendimento dos Faculdade On-Line UVB 11
  7. 7. Anotações do Aluno uvb compromissos com o mercado consumidor. Síntese Nesta aula, estudamos alguns conceitos da atividade comercial, fizemos uma breve evolução histórica do tema e apontamos as diferenças entre a contabilidade da atividade comercial e a contabilidade de outras atividades. Na próxima aula, veremos as formas jurídicas das empresas comerciais à luz do Novo Código Civil Brasileiro. Referências IUDÍCIBUS, Sérgio de; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial. 7.ed. São Paulo: Atlas, 2006. JACINTHO, Roque. Contabilidade Comercial. 2.ed. São Paulo: Ática, 1987. MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial. 10.ed. São Paulo: Atlas, 2003. Contabilidade Comercial Aula 01 - Introdução Faculdade On-Line UVB 12

×