Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos

5,865 views

Published on

Slides da palestra "Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos" promovida pela Construmanager. Para saber mais do Construmanager visite http://www.construmanager.com.br

Published in: Business
1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
  • Soma muito na minha busca de conhecimento nesta área.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
5,865
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
213
Actions
Shares
0
Downloads
267
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos

  1. 1. web seminário Construmanager – 04/11/2010
  2. 2. Hábitos x Contexto “Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito.” Aristóteles 2Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  3. 3. Tópicos 1. O que significa olhar o projeto como produto e como processo. 2. Como definir o papel de cada um dos envolvidos no projeto. 3. O planejamento em diferentes níveis: curto, médio e longo prazo. 4. Como controlar o projeto, reuniões, registros e acompanhamento da execução dos planos. 5. Como lidar com as interferências. 6. Como controlar as alterações que vão aparecer durante o projeto. 7. Quais ferramentas de apoio ajudam na gestão, comunicação e no desenvolvimento de projetos. 3Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  4. 4. 1. Entenda o projetoOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com a. Projeto como produto e como processo b. Identificação dos projetos a serem desenvolvidos c. Criação do “mapa do projeto” É o primeiro passo! prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio c. Criação do “mapa do projeto” 4Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  5. 5. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Projeto como produto – resultado tangivel Projeto como processo – conjunto de etapas e atividades para produzir o resultado esperadoprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio resultado esperado Gerenciamento do processo – como esse conjunto pode ser sistematizado e organizado para minimizar o esforço produtivo necessário e melhorar o resultado 5Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  6. 6. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com De forma geral, produtos são mecanismos para a solução de problemas de quem os adquire – o cliente. Para o comprador potencial, o produto é um aglomerado complexo de satisfações de valor (LEVITT, 1990) prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 6Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  7. 7. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com O projeto compreendido como concepção técnica de uma solução traduzida em elementos gráficos. Projeto de arquitetura, de estrutura, de instalações, de paisagismo, etc. Representação em plantas baixas, cortes, fachadas, detalhamento, etc. A construção civil, como atividade técnico- econômica, deve ser precedida e executada de Projeto como produto prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio econômica, deve ser precedida e executada de acordo com projeto regularmente aprovado pelo poder público. Sob esse ponto de vista, o projeto é a concepção técnica e artística da obra pelo projetista, traduzida em elementos gráficos (plantas, cortes, fachadas, etc.) e descritivos (memoriais, cálculos, orçamentos, etc.) aptos a possibilitar a execução material da construção projetada (MEIRELLES, 1990). 7Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  8. 8. Produto na construção civil Alguns exemplos: Edificios, estradas, aeroportos, barragens, construções em geral; Projetos; Empreendimentos; Obras; Soluções em engenharia; 8Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  9. 9. Projeto como processoOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com O produto pode ser encomendado pelo cliente ou criado pela empresa e oferecido ao mercado; Ambos tem o seu processo de desenvolvimento; Mesmo que o produto seja exclusivo (por encomenda), o processo pode ser padronizado;prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Projeto como processo: foco em transformar insumos (informações, p. ex.) em produtos relacionado a etapas, atividades, responsabilidades sistematização, seqüência, padronização padronizado; Conjunto de atividades predeterminadas, marcado por um objetivo a que se quer chegar, que são desenvolvidas para gerar produtos ou serviços que atendam às necessidades dos clientes. (SILVA ; SOUZA, 2003) 9Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  10. 10. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Criar hábitos – padronizar – sitematizar... Pra quê? Para dar maior transparência Para integrar os processos envolvidos Para reduzir perdas e retrabalho Permitir que o fluxo de valor seja contínuo ao longo do processo Planejar projeto? prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Permitir que o fluxo de valor seja contínuo ao longo do processo 10Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  11. 11. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Projeto Planejar projeto? Processo Gestão Resultado / Etapas / Coordenação das atividadesprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Resultado / produto Etapas / Transformação/ Informações que geram produtos Coordenação das atividades e dos envolvidos no processo 11Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  12. 12. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com OPORTUNIDADE EXECUÇÃO RESULTADO ESPERADO Viabilidade Projeto Produção Avaliação e pós-obra Prospecção O empreendimento é desenvolvido em fases através de um processo queprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio O empreendimento é desenvolvido em fases através de um processo que pode ser denominado PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DO PRODUTO – PDP Nesse contexto o projeto da edificação é uma das etapas envolvidas no PDP. 12Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  13. 13. Os7Hábitos 1.Entendao projeto 2.Identifique osenvolvidos 3.Planejeem níveis 4.Coloqueos planosem prática,com Prospecção do negócio çamento e contratação Planejamento do empreendimento Desenv. Projeto e Produção Entrega do produto Acompanhamento de uso Pré-desenvolvimentoDesenvolvimentoPós-desenvolvimento Prospecção do negócio çamento e contratação Planejamento do empreendimento Desenv. Projeto e Produção Entrega do produto Acompanhamento de uso Prospecção do negócio Prospecção do negócio çamento e contratação çamento e contratação Planejamento do empreendimento Planejamento do empreendimento Desenv. Projeto e Produção Desenv. Projeto e Produção Entrega do produtoEntrega do produto Acompanhamento de uso Acompanhamento de uso Pré-desenvolvimentoDesenvolvimentoPós-desenvolvimento Oprocessodedesenvolvimentoemfaseseetapas prática,com controleé claro 5.Atençãoàs interferências 6.Prepare-se paraas alterações 7.Use ferramentas deapoio PDP(empreendimentos) Prospec neg Orç contrata Planejamento empreendimento Desenv Produ Entrega Acompanhamento PDP(empreendimentos)PDP(empreendimentos) Prospec neg Orç contrata Planejamento empreendimento Desenv Produ Entrega Acompanhamento Prospec neg Prospec neg Orç contrata Orç contrata Planejamento empreendimento Planejamento empreendimento Desenv Produ Desenv Produ EntregaEntrega AcompanhamentoAcompanhamento 13Construmanager-Os7HábitosdaGestãoEficazdeProjetos-04.11.10-arq.PatriciaMoreiraMoura
  14. 14. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Complexidade dos projetos Diversas categorias e especialidades envolvidas Necessidade de integração Necessidade de “ver o todo” – coordenar prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 14Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  15. 15. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Ex. de categorias de projetos a serem desenvolvidas: Projeto Planialtimétrico; Projeto Arquitetônico : Legal, Detalhamento, Executivo Projeto de Interiores; Projeto Estrutural; Projeto Geotécnico; Contenções; Terraplenagem Projeto Hidrossanitário e Prevenção contra Incêndio, Gás; Projeto de Automação Predial / Cabling Projeto Ar Condicionado e Ventilação Mec.; Projeto Pressurização de Escadas : Projeto Projeto Elétrico, Telefônico, SPDA Impermeabilização; Projeto de Vedações; Projeto de Paisagismo CONSTRUTORA CLIENTECOMPATIBILIZADOR CONSTRUTORACONSTRUTORA CLIENTECLIENTECOMPATIBILIZADORCOMPATIBILIZADOR prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Projeto de Paisagismo Projeto de Luminotécnica Escoramento Comunicação visual; Projeto de Esquadrias; Projeto de Acústica; Projeto de Elevadores; Projeto de Paginação de Fachadas; Projeto de Lareiras e Churrasqueiras; Projeto de Gestão Ambiental, Projeto para a Produção Projeto de canteiro Urbanístico Segurança do Trabalho. Mais de 35 especialidades! COORDENADOR PROJETISTAS ENG. PRODUÇÃO GERENTE CONTRATOS FORNECEDORES PROJETOS OBRA COORDENADORCOORDENADOR PROJETISTASPROJETISTAS ENG. PRODUÇÃOENG. PRODUÇÃO GERENTE CONTRATOS GERENTE CONTRATOS FORNECEDORESFORNECEDORES PROJETOSPROJETOS OBRAOBRA 15Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  16. 16. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Problemas tipicos de projeto: •Incompatibilidade entre projetos •Erros ou diferenças de cotas, niveis, alturas •Especificações falhas de materiais e compontentes •Falta de especificações •Detalhamento inadequado de projetosprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio •Detalhamento inadequado de projetos •Falta de detalhamento de projetos •Atrasos na entrega de projetos •Entre outros A coordenação do processo de projeto, pressupõe o fluxo de informações, a uniformização da linguagem e dos objetivos dos projetistas envolvidos, sua profunda interação com a produção e a devida consideração de todos os parâmetros que norteiam a implantação de um empreendimento (THOMAZ,2001) 16Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  17. 17. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AB CD Anteprojeto Equipamento Estudo Preliminar Fundações profundas Estudo Preliminar Cargas para fundação Fundações superficiais Pilares Cargas para fundação ETAPAETAPA--22ETAPAETAPA--11 Estudo Preliminar – alimentação força e dados Lançamento de luminárias Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Posição (dim.) de quadros e CDs Lançamento de grelhas Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de sprinklers Estudo Preliminar – equipamentos, dutos, etc. Estudo Preliminar – abastecimento, reservatórios, alimentação, encaminhamen tos, redes, etc. ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AB CD AB CD AnteprojetoAnteprojeto EquipamentoEquipamento Estudo Preliminar Estudo Preliminar Fundações profundas Fundações profundas Estudo Preliminar Estudo Preliminar Cargas para fundação Cargas para fundação Fundações superficiais Fundações superficiais PilaresPilares Cargas para fundação Cargas para fundação ETAPAETAPA--22ETAPAETAPA--11 Estudo Preliminar – alimentação força e dados Estudo Preliminar – alimentação força e dados Lançamento de luminárias Lançamento de luminárias Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Posição (dim.) de quadros e CDs Posição (dim.) de quadros e CDs Lançamento de grelhas Lançamento de grelhas Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de sprinklers Lançamento de sprinklers Estudo Preliminar – equipamentos, dutos, etc. Estudo Preliminar – abastecimento, reservatórios, alimentação, encaminhamen tos, redes, etc. prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura As built Detalhamento da fixação Pilares Vigas/treliças Cobertura e telhamento ETAPAETAPA--33 Projeto de forro – comp. Iluminação e tomadas Telefonia e lógica Quadros gerais Centros de distribuição Escadas, reservatório? As built As built As built Aprovação As built As built Aprovação As built Saídas de emergência ETAPAETAPA--44 Cargas dos equipamentos e pts de força Pontos de dreno Água fria Água bruta Água quente Esgoto cloac. Reservatório s Esgoto pluv. Gases medicinais Equipamentos e casa de máquinas Rede de dutos e grelhas Aprovação As built Reservatório de incêndio? Rede de sprinklers Det. Áreas molhadas e esquadrias Proj. de fachadas Proj. arq. Exec. Compatib. Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura Vigas (formas e armaduras) Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura As builtAs built Detalhamento da fixação Detalhamento da fixação PilaresPilares Vigas/treliçasVigas/treliças Cobertura e telhamento Cobertura e telhamento ETAPAETAPA--33 Projeto de forro – comp. Projeto de forro – comp. Iluminação e tomadas Iluminação e tomadas Telefonia e lógica Telefonia e lógica Quadros gerais Quadros gerais Centros de distribuição Centros de distribuição Escadas, reservatório? Escadas, reservatório? As builtAs built As builtAs built As builtAs built Aprovação As built Aprovação As built As builtAs built Aprovação As built Aprovação As built Saídas de emergência Saídas de emergência ETAPAETAPA--44 Cargas dos equipamentos e pts de força Cargas dos equipamentos e pts de força Pontos de dreno Pontos de dreno Água friaÁgua fria Água brutaÁgua bruta Água quenteÁgua quente Esgoto cloac.Esgoto cloac. Reservatório s Reservatório s Esgoto pluv.Esgoto pluv. Gases medicinais Gases medicinais Equipamentos e casa de máquinas Equipamentos e casa de máquinas Rede de dutos e grelhas Rede de dutos e grelhas Aprovação As built Aprovação As built Reservatório de incêndio? Reservatório de incêndio? Rede de sprinklers Rede de sprinklers Det. Áreas molhadas e esquadrias Det. Áreas molhadas e esquadrias Proj. de fachadas Proj. de fachadas Proj. arq. Exec. Compatib. 17Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  18. 18. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AB CD Anteprojeto Equipamento Estudo Preliminar Fundações profundas Estudo Preliminar Cargas para fundação Fundações superficiais Pilares Cargas para fundação ETAPAETAPA--22ETAPAETAPA--11 Estudo Preliminar – alimentação força e dados Lançamento de luminárias Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Posição (dim.) de quadros e CDs Lançamento de grelhas Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de sprinklers Estudo Preliminar – equipamentos, dutos, etc. Estudo Preliminar – abastecimento, reservatórios, alimentação, encaminhamen tos, redes, etc. ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AB CD AB CD AnteprojetoAnteprojeto EquipamentoEquipamento Estudo Preliminar Estudo Preliminar Fundações profundas Fundações profundas Estudo Preliminar Estudo Preliminar Cargas para fundação Cargas para fundação Fundações superficiais Fundações superficiais PilaresPilares Cargas para fundação Cargas para fundação ETAPAETAPA--22ETAPAETAPA--11 Estudo Preliminar – alimentação força e dados Estudo Preliminar – alimentação força e dados Lançamento de luminárias Lançamento de luminárias Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Posição (dim.) de quadros e CDs Posição (dim.) de quadros e CDs Lançamento de grelhas Lançamento de grelhas Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de sprinklers Lançamento de sprinklers Estudo Preliminar – equipamentos, dutos, etc. Estudo Preliminar – abastecimento, reservatórios, alimentação, encaminhamen tos, redes, etc. prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura As built Detalhamento da fixação Pilares Vigas/treliças Cobertura e telhamento ETAPAETAPA--33 Projeto de forro – comp. Iluminação e tomadas Telefonia e lógica Quadros gerais Centros de distribuição Escadas, reservatório? As built As built As built Aprovação As built As built Aprovação As built Saídas de emergência ETAPAETAPA--44 Cargas dos equipamentos e pts de força Pontos de dreno Água fria Água bruta Água quente Esgoto cloac. Reservatório s Esgoto pluv. Gases medicinais Equipamentos e casa de máquinas Rede de dutos e grelhas Aprovação As built Reservatório de incêndio? Rede de sprinklers Det. Áreas molhadas e esquadrias Proj. de fachadas Proj. arq. Exec. Compatib. Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura Vigas (formas e armaduras) Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura As builtAs built Detalhamento da fixação Detalhamento da fixação PilaresPilares Vigas/treliçasVigas/treliças Cobertura e telhamento Cobertura e telhamento ETAPAETAPA--33 Projeto de forro – comp. Projeto de forro – comp. Iluminação e tomadas Iluminação e tomadas Telefonia e lógica Telefonia e lógica Quadros gerais Quadros gerais Centros de distribuição Centros de distribuição Escadas, reservatório? Escadas, reservatório? As builtAs built As builtAs built As builtAs built Aprovação As built Aprovação As built As builtAs built Aprovação As built Aprovação As built Saídas de emergência Saídas de emergência ETAPAETAPA--44 Cargas dos equipamentos e pts de força Cargas dos equipamentos e pts de força Pontos de dreno Pontos de dreno Água friaÁgua fria Água brutaÁgua bruta Água quenteÁgua quente Esgoto cloac.Esgoto cloac. Reservatório s Reservatório s Esgoto pluv.Esgoto pluv. Gases medicinais Gases medicinais Equipamentos e casa de máquinas Equipamentos e casa de máquinas Rede de dutos e grelhas Rede de dutos e grelhas Aprovação As built Aprovação As built Reservatório de incêndio? Reservatório de incêndio? Rede de sprinklers Rede de sprinklers Det. Áreas molhadas e esquadrias Det. Áreas molhadas e esquadrias Proj. de fachadas Proj. de fachadas Proj. arq. Exec. Compatib. 18Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  19. 19. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AB CD Anteprojeto Equipamento Estudo Preliminar Fundações profundas Estudo Preliminar Cargas para fundação Fundações superficiais Pilares Cargas para fundação ETAPAETAPA--22ETAPAETAPA--11 Estudo Preliminar – alimentação força e dados Lançamento de luminárias Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Posição (dim.) de quadros e CDs Lançamento de grelhas Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de sprinklers Estudo Preliminar – equipamentos, dutos, etc. Estudo Preliminar – abastecimento, reservatórios, alimentação, encaminhamen tos, redes, etc. ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ESTRUTURA CONCRETO ELÉTRICAFUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV CLIMATIZAÇÃO FLUIDOS PREV. INCÊNDIO ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AB CD AB CD AnteprojetoAnteprojeto EquipamentoEquipamento Estudo Preliminar Estudo Preliminar Fundações profundas Fundações profundas Estudo Preliminar Estudo Preliminar Cargas para fundação Cargas para fundação Fundações superficiais Fundações superficiais PilaresPilares Cargas para fundação Cargas para fundação ETAPAETAPA--22ETAPAETAPA--11 Estudo Preliminar – alimentação força e dados Estudo Preliminar – alimentação força e dados Lançamento de luminárias Lançamento de luminárias Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Previsão Quadros, painéis, shafts- instalações Posição (dim.) de quadros e CDs Posição (dim.) de quadros e CDs Lançamento de grelhas Lançamento de grelhas Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de pontos de inspeção Lançamento de sprinklers Lançamento de sprinklers Estudo Preliminar – equipamentos, dutos, etc. Estudo Preliminar – abastecimento, reservatórios, alimentação, encaminhamen tos, redes, etc. prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura As built Detalhamento da fixação Pilares Vigas/treliças Cobertura e telhamento ETAPAETAPA--33 Projeto de forro – comp. Iluminação e tomadas Telefonia e lógica Quadros gerais Centros de distribuição Escadas, reservatório? As built As built As built Aprovação As built As built Aprovação As built Saídas de emergência ETAPAETAPA--44 Cargas dos equipamentos e pts de força Pontos de dreno Água fria Água bruta Água quente Esgoto cloac. Reservatório s Esgoto pluv. Gases medicinais Equipamentos e casa de máquinas Rede de dutos e grelhas Aprovação As built Reservatório de incêndio? Rede de sprinklers Det. Áreas molhadas e esquadrias Proj. de fachadas Proj. arq. Exec. Compatib. Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura Vigas (formas e armaduras) Vigas (formas e armaduras) Lajes (formas e armaduras Lajes (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras Pilares (formas e armaduras supraestrutura As builtAs built Detalhamento da fixação Detalhamento da fixação PilaresPilares Vigas/treliçasVigas/treliças Cobertura e telhamento Cobertura e telhamento ETAPAETAPA--33 Projeto de forro – comp. Projeto de forro – comp. Iluminação e tomadas Iluminação e tomadas Telefonia e lógica Telefonia e lógica Quadros gerais Quadros gerais Centros de distribuição Centros de distribuição Escadas, reservatório? Escadas, reservatório? As builtAs built As builtAs built As builtAs built Aprovação As built Aprovação As built As builtAs built Aprovação As built Aprovação As built Saídas de emergência Saídas de emergência ETAPAETAPA--44 Cargas dos equipamentos e pts de força Cargas dos equipamentos e pts de força Pontos de dreno Pontos de dreno Água friaÁgua fria Água brutaÁgua bruta Água quenteÁgua quente Esgoto cloac.Esgoto cloac. Reservatório s Reservatório s Esgoto pluv.Esgoto pluv. Gases medicinais Gases medicinais Equipamentos e casa de máquinas Equipamentos e casa de máquinas Rede de dutos e grelhas Rede de dutos e grelhas Aprovação As built Aprovação As built Reservatório de incêndio? Reservatório de incêndio? Rede de sprinklers Rede de sprinklers Det. Áreas molhadas e esquadrias Det. Áreas molhadas e esquadrias Proj. de fachadas Proj. de fachadas Proj. arq. Exec. Compatib. 19Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  20. 20. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com ESTRUTURA CONCRETO FUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral Anteprojeto Estudo Preliminar Estudo Preliminar Cargas para Cargas para Previsão Quadros, painéis, ESTRUTURA CONCRETO FUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV ESTRUTURA CONCRETO FUNDAÇÕES ESTRUTURA METÁLICA ARQUITETURA ESPEC. HMV ProjetoProjeto executivoexecutivo EstudoEstudo 33 –– esquema geralesquema geral AnteprojetoAnteprojeto Estudo Preliminar Estudo Preliminar Estudo Preliminar Estudo Preliminar Cargas paraCargas para Cargas paraCargas para Previsão Quadros, painéis, Previsão Quadros, painéis,prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Fundações profundas Cargas para fundação Fundações superficiais Vigas (formas e armaduras) supraestrutura Pilares Vigas/treliças Cargas para fundação painéis, shafts- instalações Projeto de forro – comp. Fundações profundas Fundações profundas Cargas para fundação Cargas para fundação Fundações superficiais Fundações superficiais Vigas (formas e armaduras) supraestrutura Vigas (formas e armaduras) Vigas (formas e armaduras) supraestrutura PilaresPilares Vigas/treliçasVigas/treliças Cargas para fundação Cargas para fundação painéis, shafts- instalações painéis, shafts- instalações Projeto de forro – comp. Projeto de forro – comp. 20Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  21. 21. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com ETAPA PREPARATÓRIA - INFORMAÇÕES PRELIMINARES Dados do terreno / prédios existentes Levantamento topográfico / planialtimétrico Levantamento arquitetônico existente Pesquisas legais – DM, matriculas, meio ambiente, legislação, etc. Programa de necessidades do projeto – cliente Restrições de projeto – técnicas, legais, ambientais Previsão de equipamentos a serem instalados e suas necessidades Equipe envolvida Resumo de dados do projeto Fotos do local Plano geral do projeto – escopo e prazos estimados ESCOPO • Layout proposto para os pavimentos com indicação de paredes e divisórias, mobiliário, equipamentos a serem instalados e ETAPA 01 - ESTUDO PRELIMINAR 1.1 Arquitetura EXEMPLO DE FICHA - CHECK LIST prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio e divisórias, mobiliário, equipamentos a serem instalados e espaços técnicos reservados aos projetos complementares; • Planilha com áreas: total, por pavimento, por ambiente; • Planta com indicação de paredes a demolir x construir; • Implantação do prédio no terreno; • Esquema geral do projeto com setorização, diagramas de fluxos, acessos e espaços preferenciais para apoio técnico; Desenhos: • Plantas baixas de todos os pavimentos • Cortes esquemáticos (com alturas de pé-direito e distancia entre forro e laje, altura de vigas existentes) • Fachadas esquemáticas (com posição e tipo de abertura e material de revestimento) • Diagramas com conceito do projeto Escala 1/100 por exemplo INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS (para desenvolvimento da etapa) Todas as informações preliminares listadas acima, na etapa preparatória; 21Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  22. 22. 2. Identifique os envolvidosOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com a. Identificação dos envolvidos e suas responsabilidades no projeto b. Cliente, projetistas, fornecedores, construtora, consultores Agora a matriz inicial está completa! prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio construtora, consultores 22Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  23. 23. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Criar uma matriz de responsabilidades e identificar os papeis no projeto última atualização: EMPRESA NOME RESPONSABILIDADE NO PROJETO CONTATO E-MAIL CADASTRO EXTRANET EQUIPE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS - OBRA xxxxxx prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 23Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  24. 24. 3. Planeje em níveisOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com a. Plano de longo prazo – datas marco b. Plano de médio prazo – análise das restrições c. Plano de curto prazo - operacional Horizonte de planejamento X níveis de incerteza e detalhe prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Planejar é, em essência, voltar a atenção para o futuro de uma forma sistemática e afirmativa, organizando a ação para atingir objetivos e prevenir o indesejado. Planejar, na verdade, não é olhar para a frente, mas sim olhar para dentro. (WAGNER, 2003) 24Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  25. 25. Plano de Longo PrazoOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, comprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio O planejamento como um processo gerencial, que envolve o estabelecimento de objetivos e a determinação dos procedimentos necessários para atingi-los, sendo somente eficaz quando realizado em conjunto com o controle (FORMOSO et al, 1999) 25Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  26. 26. Plano de médio prazoOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Responsáveis sem. prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Tarefas Responsáveis Prazo Restrições Horizonte–sem. 26Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  27. 27. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com nome da obra - projeto Resp. Data ok Itens c/ Ação Item C* Assunto Descrição nome dos participantesParticipantes: A T A D E R E U N I Ã O PAUTA Reunião para ajustes projetos Concreto x Metálica - 10:30h data prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio A ata pode ser usada como documento de planejamento e controle operacional de projeto – curto prazo; Destacar: item – assunto (categoria de projeto, por ex.) – responsável – data – ok (conclusão) Diferenciar itens de AÇÃO, NOTA, DECISÃO 27Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  28. 28. 4. Coloque os planos em práticaOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com a. Reuniões eficazes b. Registro de informações c. Divulgação e comunicação aos envolvidos d. Controle de recebimento de informações Sem o controle da execução, não adianta planejar prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio d. Controle de recebimento de informações do projeto e. Acompanhamento da execução dos planos 28Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  29. 29. Reuniões eficazesOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Antes da reunião planejar os assuntos e quem deve partipar divulgar a pauta com antecedÊncia organizar assuntos x pessoas – liberar antecipadamente confirmar a convocação – data, horario, local garantir a logistica necessária material de referência prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Durante a reunião moderador tempo – inicio e fim buscar um resultado objetivo – resumir os consensos, as decisões, responsabilidades e datas Após a reunião distribuir a ata follow up 29Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  30. 30. Registro de informaçõesOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Formalização Decisões sobre o projeto Tarefas decorrentes Relatórios fotográficos – andamento da obra prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Material de apoio ao desenvolvimento de projetos 30Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  31. 31. Divulgação e comunicação aos envolvidos Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Garantir que todos tenham a informação necessária recebam (acessem) a versão mais atualizada acompanhem o desenvolvimento dos demais projetos e as decisões tomadas prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 31Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  32. 32. Controle de recebimento de informações do projeto Acompanhamento da execução dos planos Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Papel do coordenador Habilidade nas relações interpessoais Revisar o plano operacional de projeto e acompanhar a execução Cobrar entregas e auxiliar a equipe com informações Divulgar os planos atualizados prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 32Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  33. 33. 5. Atenção às interferênciasOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Compatibilizar! Na compatibilização de projetos são realizados os ajustes geométricos e dimensionais dos diferentes projetos, com a finalidade de minimizar as interferências entre os mesmos e tornar o projeto final mais racional e adequado às necessidades da produção. prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio às necessidades da produção. 33Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  34. 34. CompatibilizaçãoOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Problemas de obra podem ser evitados na fase de projeto Visualizar interferências em 3d Simular a execução de etapas da obra em projeto prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 34Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  35. 35. 6. Prepare-se para as alteraçõesOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com a. Controle de alterações b. Versões de projeto c. Distribuição das informações Com certeza, elas VÃO acontecer... prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 35Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  36. 36. 7. Use ferramentas de apoioOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Não gaste tempo com trabalho desnecessário. Foco no essencial! a. Gerenciamento b. Comunicação c. Desenvolvimento de projeto d. Extranets, softwares gráficosprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio d. Extranets, softwares gráficos 36Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  37. 37. Uso de extranetsOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com O que são? Para que servem? Segundo SOIBELMAN (2000), uma Extranet (ou extended Internet) pode ser definida como uma rede de computadores que usa a tecnologia da Internet para conectar empresas com seus fornecedores, clientes e outras empresas que compartilham objetivos comuns. prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Para que servem? Comunicação Integração de informações e pessoas envolvidas no projeto Padronização Registro e organização Difusão das informações e controle de alterações Oficializar aprovações e liberar documentos para obra 37Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  38. 38. Uso de extranetsOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com COLABORAÇÃO ONLINE PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS E OBRAS – alguns benefícios •Todos os projetos e documentos em um único lugar •Controle automático de revisões •Máscaras de nomenclatura controlada •Visualização, impressão, compartilhamento de arquivos,prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio •Visualização, impressão, compartilhamento de arquivos, •Comentários e marcações em cima dos desenhos, sem alterar o arquivo original e sem ter instalados programas de Cad •Work-flow de Aprovação e Comunicação instantânea •Controle de cópias •Relatório de Atividades •Registro de decisões de projeto em formulários específicos e criação de tarefas de projeto vinculadas •Correio eletrônico integrado 38Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  39. 39. Registros de projeto – controle de versões e distribuição de cópias Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com RELAÇÃO DE PRANCHAS E CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO DE CÓPIAS N° Data da Data da Controle de Distribuição Desenho R emissão revisão Titulo/conteúdo da prancha Arquivo dwg Solicitação Cópias Escritório-obra Canteiro-obra Data Quant. Data Quant. Data Quant. Detalhamento Geral VAGÃO / ESTACIONAMENTO - DG 01/06 3 19/12/2006 19/03/2007 Planta de Cobertura GEP_AP_FL01-06_R03 02/06 3 19/12/2006 19/03/2007 Planta Baixa 3o pavimento GEP_AP_FL01-06_R03 03/06 3 19/12/2006 19/03/2007 Corte AA GEP_AP_FL01-06_R03 04/06 3 19/12/2006 19/03/2007 Corte BB GEP_AP_FL01-06_R03 05/06 3 19/12/2006 19/03/2007 Corte CC GEP_AP_FL01-06_R03 06/06 3 19/12/2006 19/03/2007 Elevação 1 GEP_AP_FL01-06_R03 1/2 0 23/03/2007 Mapa de esquadrias GEP_DESQ_MAPA-R00 2/2 0 23/3 Mapa de esquadrias GEP_DESQ_MAPA-R00 Sistema manual – planilha excel prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Sistema manual – planilha excel Documento gerado de forma automática em uma extranet Status Nome Revisão Título Pasta ARQ_arquitetura Pasta Anteprojeto 1505 Aprovado SRC_ANT_vE_1505_01_layout terreo.pdf RE 01_layout térreo Aprovado SRC_ANT_vE_1505_01_pb layout.dwg RE Plantas de layout Aprovado SRC_ANT_vE_1505_02_layout 2o pav.pdf RE 02_layout 2o pav. Aprovado SRC_ANT_vE_1505_02_pb obra.dwg RE Plantas de obra Aprovado SRC_ANT_vE_1505_03_pb obra terreo.pdf RE 03_planta de obra térreo Aprovado SRC_ANT_vE_1505_03_pb pontos.dwg RE Plantas de pontos - instalações Data de Emissão: 3/11/2010 - 23:30:36 39Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  40. 40. Os 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Controle de revisões Rastreabilidade Visualizadores prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 40Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura Permissões de acesso e visualização Tarefas Relatórios
  41. 41. BIMOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com A nova tecnologia provoca mudanças no processo de projeto e de produção de edificações na construção civil. O BIM pode trazer ainda vantagens durante a elaboração dos projetos, sobretudo no gerenciamento, minimizando erros decorrentes da falta de Compatibilização (MEDEIROS,2009). prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 41Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura Conforme afirma o presidente do Centro de Tecnologia de Edificações, Roberto de Souza, “o setor não vai conseguir sustentar seu crescimento com o atual modelo de gestão da produção e as tecnologias convencionais. Precisa pensar estrategicamente e investir em inovação tecnológica para ter um desenvolvimento sustentável. Para isto, tem que buscar novas tecnologias tanto de construção quanto de projeto, onde se enquadra o BIM” (fonte: Artigo CTE 27/10/2010).
  42. 42. BIMOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Modelagem de informações de construção – Buiding information modeling Na plataforma em que o projeto é criado, as vistas (desenhos) e tabelas são apresentações de informação do mesmo conjunto de dados de construção. O sistema coleta informação sobre o projeto de construçao e coordena essas informações em todas as representações do projeto.prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio essas informações em todas as representações do projeto. O mecanismo de parametrização coordena as alterações em todo o projeto. 42Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  43. 43. BIMOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, comprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 43Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  44. 44. BIMOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, comprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 44Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  45. 45. BIMOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, comprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 45Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  46. 46. Referências bibliográficasOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com COVEY, Stephen R. Os 7 Habitos das pessoas altamente eficazes. Ed. Best Seler, rio de janeiro, 2005. 23ª edição. FORMOSO, et al. Termo de referência para o planejamento e controle da produção da produção e empresas construtoras. Porto Alegre: Escola de Engenharia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1999 LIMA, Claudia C. Autodesk Revit Architecture 2011 – Conceitos e Aplicações. 1 ed. São Paulo: Erica, 2010.prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio ed. São Paulo: Erica, 2010. MEIRELLES, H.L. Direito de construir. 8. ed. atual. São Paulo: Malheiros, 1990. MOURA, Patricia. Um estudo sobre a coordenação do processo de projeto em empreendimentos complexos. 180f. Dissertação - Escola de Engenharia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005. SILVA, M. A. C.; SOUZA, R. Gestão do processo de projeto de edificações. São Paulo: O Nome da Rosa, 2003. Livros sobre planejamento e ger. De projetos THOMAZ, Ercio. Tecnologia, Gerenciamento e Qualidade na Construção. São Paulo: Pini, 2001 WAGNER, Jaime. A arte de planejar o tempo. Porto Alegre: Literalis, 2003.46Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  47. 47. Referências bibliográficasOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com Revista Construção Mercado – n. 12 – Julho 2002 Planejamento de Obras – É assim que se faz - 2 outubro, 2008 - Por: Mariuza Rodrigues Revista construção e mercado - BIM avança no Brasil - Sistema que revoluciona a forma de projetar já está sendo implantado em algumas construtoras - Por Vinicius Prates FINESTRA - Edição 57 Junho de 2009 - BIM - Building Information Modeling - Uma nova maneira de projetar e Modelar - Texto de Heloisa Medeirosprática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio Uma nova maneira de projetar e Modelar - Texto de Heloisa Medeiros http://www.bimrevit.com/2010_03_01_archive.html - Arq.Flávia Maritan - 23 de março de 2010 47Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura
  48. 48. Para saber maisOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com www.aecweb.com.br http://www.cte.com.br/site Grupo de Gerenciamento e Economia da Construção – Norie/Ufrgs http://noriegec.cpgec.ufrgs.br/norie/ Infohab http://www.infohab.org.br/ Escola Politécnica - Universidade de São Paulo http://www.poli.usp.br/ Habitare http://www.habitare.org.br/index_revista.aspx Lean Construction prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 48Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura Lean Construction http://www.leanconstruction.org/ Pmi – Brasil http://www.pmi.org.br/ Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído – ANTAC http://antac.pcc.usp.br/ Encontros nacionais Entac - Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Consruido O SIBRAGEC – Simpósio Brasileiro de Gestão e Economia da Construção O ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, organizado pela ABREPRO (Associação Brasileira de Engenharia de Produção) Seminários de Gerenciamento de Projetos - PMI Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios
  49. 49. Dúvidas, críticas, sugestõesOs 7 Hábitos 1. Entenda o projeto 2. Identifique os envolvidos 3. Planeje em níveis 4. Coloque os planos em prática, com patricia_moreira_moura@hotmail.com prática, com controle é claro 5. Atenção às interferências 6. Prepare-se para as alterações 7. Use ferramentas de apoio 49Construmanager - Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos - 04.11.10 - arq. Patricia Moreira Moura

×