Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Helena Farrall - APCSLL

453 views

Published on

O TEMA:

Apresentação do SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB, enquadrando a sua atividade no âmbito da Rede Europeia de Living Labs e dos resultados do seu Grupo de Trabalho dedicado à definição de soluções construtivas robustas para a reabilitação de coberturas, com o objectivo de alargar boas práticas na construção.



O ENCONTRO LIVING LAB É DIRIGIDO A:

Autarcas, promotores imobiliários, empresários, arquitetos, engenheiros, gestores de condomínio e de imóveis, proprietários de imóveis e a todos que pretendem explorar as oportunidades de intervenção no meio edificado existente com o objectivo de optimizar o respectivo desempenho energético-ambiental.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Helena Farrall - APCSLL

  1. 1. Grupo de Trabalho Ciclo de Vida dos Materiais Sustainable Construction Living LabSustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  2. 2. INOVAÇÃO Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  3. 3. Objetivos e Âmbito Este grupo de trabalho irá ter em atenção os impactes ambientais do ciclo de vida dos materiais e produtos de construção. Objetivo: auxiliar o utilizador final a minimizar estes impactes ambientais, escolhendo materiais que também beneficiam directamente a sua saúde e qualidade de vida.Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  4. 4. Há portanto necessidade de dar informação e ferramentas adequadas aos utilizadores para uma decisão de compra responsável de materiais e produtos de construção, de forma a proporcionar conforto, saúde e segurança ao utilizador.Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  5. 5. Para testar uma metodologia de abordagem a esta temática decidiu-se começarpelo caso de estudo das tintas e vernizes.Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  6. 6. Metodologia de trabalho – Tintas e VernizesFace:• Vasto conjunto de informação sobre a composição química de tintas e vernizes, nomeadamente compostos orgânicos voláteis (COVs) e valores limite de emissão legislados, entre outros;• Necessidade de informação fidedigna e de confiança;• Existência de sistemas voluntários de certificação desta gama de produtos - rotulagem ambiental – que atestam através de textos, símbolos ou gráficos, colocados no produto ou na embalagem, que determinado produto/serviço (adequado ao uso) apresenta menor impacte ambiental em relação a outros produtos "comparáveis" disponíveis no mercado.Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  7. 7. Metodologia de trabalho – Tintas e Vernizes1ª fase - recolha de informação, nacional e internacional, sobre os Rótulos Ambientaisexistentes, Diretivas / Regulamentos Europeus e Diplomas Nacionais que determinama qualidade dos Revestimentos de Paredes e Tetos (interiores); paralelamente está aproceder-se também à caracterização do sector das tintas em Portugal (fabricantes,circuitos de comercialização).Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  8. 8. Metodologia de trabalho• 2ª fase - análise dos critérios utilizados pelos vários sistemas de rotulagem ambiental e identificados os aspetos comuns, bem como as principais diferenças. Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  9. 9. Metodologia de trabalho• 3ª fase - discussão e hierarquização dos critérios fundamentais para o utilizador final e para os técnicos “especificadores” (arquitetos, engenheiros) que assim os poderão integrar em cadernos de encargos de obras públicas e privadas. Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  10. 10. Metodologia de trabalhoO GT decidiu ainda preparar um questionário sucinto a distribuir em eventos Living Labcom o objetivo de recolher informação sobre o conhecimento dos participantes dossistemas de rotulagem ambiental bem como a sua opinião sobre os sistemas. Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  11. 11. O GT encontra-se actualmente a proceder à recolha da informação e a fazer um levantamento sobre os rótulos ambientais que se encontram nas tintas e vernizes vendidas em Portugal. O GT vai também questionar os fornecedores sobre as questões ambientais que inserem nos rótulos dos seus produtos.Sustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro
  12. 12. OBRIGADASustainable Construction Living Lab – Encontro Living Lab – 28 de Fevereiro de 2012 - Faro

×