08-09-2009<br />GPC<br />
GRIPE<br />08-09-2009<br />COORDENAÇÃO NACIONAL EMERGÊNCIA<br />GABINETE de PLANEAMENTO e COORDENAÇÃO<br />GPC<br />
08-09-2009<br />GPC<br />A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) é uma organização esclarecida e auxiliar dos poderes públicos qu...
08-09-2009<br />GPC<br />A CVP faz acções de formação no âmbito da prevenção, preparação e protecção, para a gripe A,  qua...
Com esta apresentação pretendemos sensibilizar e informar as pessoas sobre os efeitos da Gripe  em particular da Gripe A -...
08-09-2009<br />GPC<br />Constipação V/s Gripe Comum<br />
08-09-2009<br />GPC<br />O que é a gripe?<br />A gripe resulta da infecção pelo vírus influenza.<br />É uma doença muito c...
08-09-2009<br />GPC<br />Tipos de Vírus da Gripe<br />Os principais grupos de vírus da gripe são:<br />
<ul><li> Gripe Humana Sazonal
 Gripe Aviária ou Gripe das Aves (H5N1)
 Gripe Suína - A</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
É causada por estirpes de vírus Influenza capazes de se ligarem às mucosas do aparelho respiratório humano.<br />A maior p...
Gripe Aviária ou gripe das aves é uma doença causada por uma variedade do vírus Influenza (H5N1). O vírus é hospedado por ...
A &quot;gripe suína&quot; é uma infecção respiratória que atinge os suínos. Nos humanos não existe &quot;gripe suína&quot;...
08-09-2009<br />GPC<br />Causas das epidemias e pandemias de gripe<br />Os vírus influenza circulam continuamente no seio ...
<ul><li>20-60% da população impossibilitada de trabalhar durante 2-4 semanas no pico da pandemia, devido à doença, assistê...
Falta de suporte dos serviços essenciais;
Quebra nos serviços: saúde, polícia, bombeiros, tráfego aéreo, transportes, etc.
Falta de abastecimentos;
Solicitação de serviços aumenta (telefones, internet, etc.) outras diminuem (viagens, desporto, lazer, etc.);</li></ul>08-...
08-09-2009<br />GPC<br />
08-09-2009<br />GPC<br />Gripe A<br />PANDEMIA - FASE 6<br />
1918 - A &quot; gripe espanhola &quot; ou &quot; gripe suína &quot; foi uma pandemia causada por vírus da gripe tipo A. Es...
1968 - &quot;Gripe de Hong-Kong&quot;, uma pandemia provocada por vírus da gripe do tipo A (H3N2), que surgiu na China. Es...
A 27 Abril 2009, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou a Pandemia Fase 4 da Gripe Suína (originada no México). Pos...
Gripe A (H1N1)<br />A Organização Mundial de Saúde, identificou em Abril de 2009 no México uma nova estirpe do vírus da gr...
CASOS CONFIRMADOS<br />PAISES INFECTADOS -  137<br />NA EUROPA – 16.969<br />FORA DA EUROPA – 122.597<br />TOTAL DE CASOS ...
Febre ≥ 38º C (inicio súbito)<br />Cefaleias (dores de cabeça)<br />Fraqueza<br />Astenia (cansaço)<br />Obstrução nasal (...
Por via aérea, pessoa a pessoa através de gotículas quando tosse ou espirra.<br />Pelas mãos, que contactaram com objectos...
1 dia antes de iniciar os sintomas, até 7 dias depois do inicio dos sintomas.<br />Nos Adultos a capacidade de afectar  ou...
<ul><li>Deficiente higiene das mãos
Contacto com objectos ou materiais contaminados</li></ul>(O vírus permanece activo 2 a 8 horas nas superfícies)<br />Perma...
Infecção pelo Vírus H1N1<br />Tratamento<br /><ul><li>Preventivo
Vacinação – (em desenvolvimento e teste)
Anti - virais – Tamiflu®                       	       Relenza®
Medidas de protecção
Medidas de quarentena
Curativo
Anti - virais
Medicação sintomática</li></ul>Em caso de pandemia gripal, ou até só numa ameaça, devem ser encarados outros meios (quaren...
PREVENÇÃO  PROTECÇÃO<br />
08-09-2009<br />GPC<br />
                         correcta e frequentemente durante pelo menos 15 segundos, esfregando bem, todas as zonas das mãos...
08-09-2009<br />Utilize o toalhete para fechar a torneira e mexer nas maçanetas das portas <br />GPC<br />
08-09-2009<br />GPC<br />
08-09-2009<br />GPC<br />DEVE TER ESPECIAL ATENÇÃO À DESINFECÇÃO DOS WC, ESPECIALMENTE TORNEIRAS, MAÇANETAS DE PORTAS, ETC...
Se tiver sintomas de gripe<br />Não facilitar<br /><ul><li>Informe o operador da linha SAUDE 24 os sintomas que possui;
Se realizou alguma viagem recentemente para regiões de risco (deve prestar muita atenção à sua saúde durante sete dias dep...
Informe o tempo de isolamento;
 Com quem contactou;</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
Se tiver sintomas de gripe :<br /><ul><li>Permanecer em casa;
Isolar-se e manter uma distância mínima de 1 metro dos membros da família;
 Manter-se no quarto e fechar a porta;
Ventilar o quarto com frequência;
Utilizar máscaras no doente e nos que lhe prestam assistência;
Separar todos os objectos, roupa e loiça usada pelo doente, das restantes pessoas;
Todas as superfícies e objectos tocados pelo doente, devem ser bem desinfectadas;</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
Se tiver sintomas de gripe :<br /><ul><li>Contactar na CVP – Sede Nacional </li></ul>O Gabinete de Planeamento e Coordenaç...
O que deve ter em casa em caso de quarentena ou emergência:<br /><ul><li>Alimentos (suficientes para 7 dias);
Água para beber e higiene;
Livro e estojo de Primeiros Socorros (que inclua  alguns medicamentos, luvas látex, máscaras e termómetro) ;
Medicamentos receitados;
Rádio, pilhas e lanterna;
Artigos sanitários e de limpeza;
Dinheiro (em notas) para pagamentos;
Doc. Pessoais de todos os membros da família;
Artigos para bebés;
Ter um par de óculos extra.</li></ul>GPC<br />08-09-2009<br />
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

VersãO Final FormaçãO Gripe

854 views

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
854
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

VersãO Final FormaçãO Gripe

  1. 1. 08-09-2009<br />GPC<br />
  2. 2. GRIPE<br />08-09-2009<br />COORDENAÇÃO NACIONAL EMERGÊNCIA<br />GABINETE de PLANEAMENTO e COORDENAÇÃO<br />GPC<br />
  3. 3. 08-09-2009<br />GPC<br />A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) é uma organização esclarecida e auxiliar dos poderes públicos que coopera e colabora com os demais agentes de protecção civil e Instituições / Organizações de apoio social. <br />
  4. 4. 08-09-2009<br />GPC<br />A CVP faz acções de formação no âmbito da prevenção, preparação e protecção, para a gripe A,  quando solicitado por empresas, organizações e ou instituições, no sentido de sensibilizar e esclarecer as pessoas para efeitos desta Pandemia - Fase 6, declarada pela OMS, com as medidas inerentes, em que toda a informação é útil e necessária. <br />
  5. 5. Com esta apresentação pretendemos sensibilizar e informar as pessoas sobre os efeitos da Gripe em particular da Gripe A - H1N1 e as precauções a ter em conta a prevenção, protecção e preparação no sentido de minimizar a sua disseminação.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  6. 6. 08-09-2009<br />GPC<br />Constipação V/s Gripe Comum<br />
  7. 7. 08-09-2009<br />GPC<br />O que é a gripe?<br />A gripe resulta da infecção pelo vírus influenza.<br />É uma doença muito contagiosa e pode ser transmitida de pessoa a pessoa. <br />O vírus da gripe sofre mutações constantes, sendo que algumas estirpes são mais contagiosas que outras, podendo agravar algumas doenças.<br />
  8. 8. 08-09-2009<br />GPC<br />Tipos de Vírus da Gripe<br />Os principais grupos de vírus da gripe são:<br />
  9. 9. <ul><li> Gripe Humana Sazonal
  10. 10. Gripe Aviária ou Gripe das Aves (H5N1)
  11. 11. Gripe Suína - A</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  12. 12. É causada por estirpes de vírus Influenza capazes de se ligarem às mucosas do aparelho respiratório humano.<br />A maior parte das pessoas recupera em uma a duas semanas. A gripe é mais perigosa nas crianças pequenas, nos idosos (com mais de 65 anos de idade), nos doentes com problemas do sistema imunitário (infectados pelo VIH ou transplantados), ou com doenças crónicas (pulmonares, renais ou cardíacas). <br />08-09-2009<br />GPC<br />
  13. 13. Gripe Aviária ou gripe das aves é uma doença causada por uma variedade do vírus Influenza (H5N1). O vírus é hospedado por aves, mas pode infectar outros mamíferos, incluindo o Homem.<br />Esta Gripe propagou-se por uma grande parte do mundo, mas actualmente concentra-se no Sudoeste Asiático.<br />No total foram atingidos 15 paísese infectadas 436 pessoas com 262 mortes.<br />O Vírus da Gripe das aves mantem-seactual.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  14. 14. A &quot;gripe suína&quot; é uma infecção respiratória que atinge os suínos. Nos humanos não existe &quot;gripe suína&quot; mas sim &quot;gripe humana de origem suína”. Esta pode ser provocada por algum vírus do tipo Influenza A, que pode ter infectado algum suíno e ser transportado para humanos, ou transportado de humano para humano posteriormente.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  15. 15. 08-09-2009<br />GPC<br />Causas das epidemias e pandemias de gripe<br />Os vírus influenza circulam continuamente no seio das populações humanas e sofrem alterações frequentes nas suas características, que lhes confere a capacidade de originarem epidemias anuais e, por vezes, pandemias. <br />
  16. 16. <ul><li>20-60% da população impossibilitada de trabalhar durante 2-4 semanas no pico da pandemia, devido à doença, assistência a familiares e crianças (se as escolas fecharem), quarentena voluntária ou obrigatória, serviço voluntário, pânico; etc.
  17. 17. Falta de suporte dos serviços essenciais;
  18. 18. Quebra nos serviços: saúde, polícia, bombeiros, tráfego aéreo, transportes, etc.
  19. 19. Falta de abastecimentos;
  20. 20. Solicitação de serviços aumenta (telefones, internet, etc.) outras diminuem (viagens, desporto, lazer, etc.);</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  21. 21. 08-09-2009<br />GPC<br />
  22. 22. 08-09-2009<br />GPC<br />Gripe A<br />PANDEMIA - FASE 6<br />
  23. 23. 1918 - A &quot; gripe espanhola &quot; ou &quot; gripe suína &quot; foi uma pandemia causada por vírus da gripe tipo A. Estima-se que aprox. 20 a 40% da população mundial tenha adoecido e supõe-se que tenham morrido de 30 a 40 milhões de pessoas. <br />1957-58 - &quot;Gripe asiática&quot;, uma pandemia provocada por vírus da gripe do tipo A (H2N2) e fez as suas primeiras vítimas na China. Esta pandemia originou mais de 1 milhão de mortos no mundo inteiro.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  24. 24. 1968 - &quot;Gripe de Hong-Kong&quot;, uma pandemia provocada por vírus da gripe do tipo A (H3N2), que surgiu na China. Estima-se que com esta pandemia 1 milhão de pessoas morreram.<br />2005 - Surto de Gripe Aviária (H5N1). Embora tivesse sido identificada em 1900 em Itália, propagou-se por grande parte do mundo e actualmente está mais focalizada nos países da Ásia. <br />08-09-2009<br />GPC<br />
  25. 25. A 27 Abril 2009, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou a Pandemia Fase 4 da Gripe Suína (originada no México). Posteriormente designada Gripe A (H1N1).<br />A OMS decretou no dia 11 de Junho 2009 o nível máximo de alerta contra a Gripe A, elevando-o a Pandemia Fase 6, o que a transforma na primeira pandemia do séc. XXI.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  26. 26. Gripe A (H1N1)<br />A Organização Mundial de Saúde, identificou em Abril de 2009 no México uma nova estirpe do vírus da gripe A, com o subtipo H1N1, em que dos oito genes dois são de origem suína, outros de aves e humanos.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  27. 27. CASOS CONFIRMADOS<br />PAISES INFECTADOS - 137<br />NA EUROPA – 16.969<br />FORA DA EUROPA – 122.597<br />TOTAL DE CASOS – 139.566<br />OBITOS - 781<br />Fonte: OMS, ECDC, fontes oficiais dos países 21-07.09<br />08-09-2009<br />GPC<br />Verificou-se, em Portugal, desde o início de Maio até 21 Julho 2009, um total cumulativo de 161 casos.<br />
  28. 28. Febre ≥ 38º C (inicio súbito)<br />Cefaleias (dores de cabeça)<br />Fraqueza<br />Astenia (cansaço)<br />Obstrução nasal (nariz entupido)<br />Rinorreia (corrimento nasal)<br />Faringite (dores de garganta)<br />Tosse<br />Dores Musculares e Articulares<br />Náuseas e vómitos<br />Diarreia<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  29. 29. Por via aérea, pessoa a pessoa através de gotículas quando tosse ou espirra.<br />Pelas mãos, que contactaram com objectos ou superfícies contaminadas com gotículas de uma pessoa infectada, através do contacto com os olhos, nariz ou boca, mãos<br />Atenção:<br />O vírus permanece activo nas superfícies 2 a 8 horas. <br />Cuidado com as maçanetas das portas, telefones, teclados de computador, ratos, etc.<br />O vírus não se transmite através da água para consumo humano, águas de piscinas ou parques aquáticos.<br />O vírus não se transmite através de alimentos.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  30. 30. 1 dia antes de iniciar os sintomas, até 7 dias depois do inicio dos sintomas.<br />Nos Adultos a capacidade de afectar outras pessoas vai de algumas horas antes do aparecimentos dos primeiros sintomas até 4-5 dias depois.<br />Nas Crianças a capacidade de infectar outras pessoas pode durar até 7 dias.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  31. 31. <ul><li>Deficiente higiene das mãos
  32. 32. Contacto com objectos ou materiais contaminados</li></ul>(O vírus permanece activo 2 a 8 horas nas superfícies)<br />Permanência em ambientes fechados ou pouco arejados<br />Proximidade entre pessoas (distancia inferior a um metro)<br />Cumprimentos pessoais<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  33. 33. Infecção pelo Vírus H1N1<br />Tratamento<br /><ul><li>Preventivo
  34. 34. Vacinação – (em desenvolvimento e teste)
  35. 35. Anti - virais – Tamiflu® Relenza®
  36. 36. Medidas de protecção
  37. 37. Medidas de quarentena
  38. 38. Curativo
  39. 39. Anti - virais
  40. 40. Medicação sintomática</li></ul>Em caso de pandemia gripal, ou até só numa ameaça, devem ser encarados outros meios (quarentenas/ isolamento obrigatórias – Ex. Academia Militar Madrid)<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  41. 41. PREVENÇÃO PROTECÇÃO<br />
  42. 42. 08-09-2009<br />GPC<br />
  43. 43. correcta e frequentemente durante pelo menos 15 segundos, esfregando bem, todas as zonas das mãos.<br />Lavar as mãos <br />Molhe as mãos<br />Aplique sabonete e esfregue por 15 segundos.<br />Aplique sabonete e esfregue por 15 segundos.<br />Seque com toalhetes de papel.<br />Especialmente depois de tossir, espirrar, utilizar um lenço ou contactar com zonas possivelmente infectadas.<br />Esfregue as costas das mão, pulsos, entre os dedos debaixo das unhas.<br />Feche a torneira usando um toalhete.<br />Passe as mãos por água.<br />08-09-2009<br />
  44. 44. 08-09-2009<br />Utilize o toalhete para fechar a torneira e mexer nas maçanetas das portas <br />GPC<br />
  45. 45. 08-09-2009<br />GPC<br />
  46. 46. 08-09-2009<br />GPC<br />DEVE TER ESPECIAL ATENÇÃO À DESINFECÇÃO DOS WC, ESPECIALMENTE TORNEIRAS, MAÇANETAS DE PORTAS, ETC.<br />UTILIZAR NOS CAIXOTES DO LIXO SACOS DE PLASTICO, QUE DEVEM SER, MANUSEADOS COM LUVAS E FECHADOS ANTES DE COLOCAR NO CONTENTOR DO LIXO.<br />
  47. 47. Se tiver sintomas de gripe<br />Não facilitar<br /><ul><li>Informe o operador da linha SAUDE 24 os sintomas que possui;
  48. 48. Se realizou alguma viagem recentemente para regiões de risco (deve prestar muita atenção à sua saúde durante sete dias depois do regresso a casa);
  49. 49. Informe o tempo de isolamento;
  50. 50. Com quem contactou;</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  51. 51. Se tiver sintomas de gripe :<br /><ul><li>Permanecer em casa;
  52. 52. Isolar-se e manter uma distância mínima de 1 metro dos membros da família;
  53. 53. Manter-se no quarto e fechar a porta;
  54. 54. Ventilar o quarto com frequência;
  55. 55. Utilizar máscaras no doente e nos que lhe prestam assistência;
  56. 56. Separar todos os objectos, roupa e loiça usada pelo doente, das restantes pessoas;
  57. 57. Todas as superfícies e objectos tocados pelo doente, devem ser bem desinfectadas;</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  58. 58. Se tiver sintomas de gripe :<br /><ul><li>Contactar na CVP – Sede Nacional </li></ul>O Gabinete de Planeamento e Coordenação (Paulo Santos) <br />Os Serviços Gerais (António Conceição)<br />Informando qual a sua situação, e se esteve presente no seu local de trabalho com quem contactou.<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  59. 59. O que deve ter em casa em caso de quarentena ou emergência:<br /><ul><li>Alimentos (suficientes para 7 dias);
  60. 60. Água para beber e higiene;
  61. 61. Livro e estojo de Primeiros Socorros (que inclua alguns medicamentos, luvas látex, máscaras e termómetro) ;
  62. 62. Medicamentos receitados;
  63. 63. Rádio, pilhas e lanterna;
  64. 64. Artigos sanitários e de limpeza;
  65. 65. Dinheiro (em notas) para pagamentos;
  66. 66. Doc. Pessoais de todos os membros da família;
  67. 67. Artigos para bebés;
  68. 68. Ter um par de óculos extra.</li></ul>GPC<br />08-09-2009<br />
  69. 69. PREPARAÇÃO<br />PAPEL DA CVP<br /><ul><li>Formação para gestores de gripe e colaboradores
  70. 70. Informação ao público, empresas e autarquias
  71. 71. Articular com as entidades responsáveis pela saúde
  72. 72. Informação e apoio a comunidades de riscos
  73. 73. Reforçar os serviços essenciais: transporte de doentes
  74. 74. Mobilizar voluntários que tenham ligação com a CVP
  75. 75. Apoiar, na medida das suas possibilidades, a quarentena de prevenção e de cura, a pessoas referenciadas</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  76. 76. 08-09-2009<br />GPC<br />PREPARAÇÃO<br />Delegações Locais da CVP : <br /><ul><li>Preparar os Planos de Contingência;
  77. 77. Distribuir os Folhetos da gripe A;
  78. 78. Manter em Stock equipamentos de protecção Individual EPI (s);
  79. 79. Mascaras cirúrgicas;
  80. 80. Luvas;
  81. 81. Sustentabilidade</li></li></ul><li>08-09-2009<br />GPC<br />PLANO DE CONTIGÊNCIA<br />O Plano de Contingência serve para garantir que a instituição tem o levantamento das áreas criticas, modalidades de acção a implementar em situação de crise, prevendo os recursos humanos mínimos para a continuidade dos serviços e a informação de que necessita para gerir situações de emergênciae sua monitorização da situação.<br />
  82. 82. 08-09-2009<br />GPC<br />EVITAR O PANICO<br />PREVINA-SE<br />PREPARE-SE<br />PROTEJA-SE<br />DIMINUIR O CONTAGIO<br />
  83. 83. 08-09-2009<br />GPC<br />QUESTÕES ???<br />OBRIGADO<br />
  84. 84. 08-09-2009<br />GPC<br />PLANO DE CONTINGÊNCIA<br />
  85. 85. Objectivos:<br /><ul><li> Levantamento e avaliação das áreas criticas
  86. 86. Reconhecer a Informação Relevante para a Preparação para a Pandemia.
  87. 87. Identificar Vulnerabilidades dos serviços , num cenário Pandémico.
  88. 88. Racionalizar Recursos e Processos de Trabalho.
  89. 89. Preconizar Articulações Indispensáveis com Fornecedores e Clientes.
  90. 90. Seleccionar Medidas de Protecção Individual e Colectiva.</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  91. 91. Objectivos:<br />08-09-2009<br />GPC<br /><ul><li> Meios e processos de contaminação
  92. 92. Preparação e prevenção em caso de gripe H1N1 (ou outra pandemia)
  93. 93. Processos para redução do risco de contágio
  94. 94. Funções do “Gestor da Gripe”
  95. 95. O papel do gestor de risco e a sua importância para o Plano de Contingência
  96. 96. Planificar Formação para Treino de Pessoal e Gestores de Gripe.</li></li></ul><li>08-09-2009<br />GPC<br /><ul><li>Identificação de processos
  97. 97. Avaliar os impactos na actividade
  98. 98. Medidas necessárias para a continuidade do negócio
  99. 99. Estimar custos de cada medida
  100. 100. A relativa segurança do “plano”
  101. 101. Como evitar a paralisação prolongada
  102. 102. A reposição da actividade aos moldes habituais
  103. 103. Principais sectores de actividade e tipos de medidas a tomar</li></li></ul><li>Actuação em Instituições:<br /><ul><li>Reforço das medidas de higiene, com intensificação dos desinfectantes;
  104. 104. Formação dos profissionais (professores, seguranças, auxiliares, administrativos, etc.)
  105. 105. Organizar salas de isolamento;
  106. 106. Pessoal não essencial pode ser dispensável;
  107. 107. Fomentar o trabalho a partir de casa;
  108. 108. Reuniões, só se estritamente necessário;
  109. 109. Realizar comunicações com clientes, fornecedores e funcionários, através de telefone, internet, etc.
  110. 110. Arejar as áreas;
  111. 111. Procurar reservas de pessoal, em voluntários e pensionistas;</li></ul>08-09-2009<br />GPC<br />
  112. 112. 08-09-2009<br />GPC<br />GESTORES DE GRIPE<br />
  113. 113. GESTORES DE GRIPE<br />08-09-2009<br />GPC<br /><ul><li>Gere os casos suspeitos ou infectados na instituição
  114. 114. Faz a referenciação e encaminhamento dos casos suspeitos ou infectados após a detecção de sintomas;
  115. 115. Contacta a estrutura prevista pelas autoridades de saúde
  116. 116. Monitoriza as situações</li></li></ul><li>SUSPEITA DE GRIPE na Residência<br /><ul><li> Febre ≥ 38º (início súbito)
  117. 117. Dor de cabeça
  118. 118. Fadiga ou cansaço
  119. 119. Dor de garganta, tosse,
  120. 120. Se esteve recentemente no estrangeiro
  121. 121. Se esteve em contacto com alguém com gripe que esteve recentemente no estrangeiro </li></ul>Isolamento Familiar<br />Contactar Saúde 24<br />808 24 24 24<br />NÃO CONFIRMA Infecção pelo Vírus<br />CONFIRMA Infecção pelo Vírus H1N1<br />Informa Gestor de Gripe<br />Mantém Isolamento Familiar e segue Instruções Médicas<br />Segue Instruções Médicas<br />GPC<br />08-09-2009<br />
  122. 122. SUSPEITA DE GRIPE no local de trabalho<br /><ul><li> Febre ≥ 38º (início súbito)
  123. 123. Dor de cabeça
  124. 124. Fadiga ou cansaço
  125. 125. Dor de garganta, tosse,
  126. 126. Se esteve recentemente no estrangeiro
  127. 127. Se esteve em contacto com alguém com gripe que esteve recentemente no estrangeiro </li></ul>ISOLAMENTO SOCIAL<br />Contacto à distância<br />Deve ser considerado como um possível caso de gripe.<br />GESTOR DA GRIPE GERE O PROCESSO POR TELEFONE<br />Acciona <br />PLANO DE CONTINGÊNCIA<br />Preencha o formulário de notificação ao telefone. Peça os nomes das pessoas que trabalharam a uma distância de &lt;=1m ou que estiveram em contacto por + de 60min.<br />Informa onde podem encontrar máscaras<br />NÃO CONFIRMA a suspeita<br />Segue as indicação da Saúde 24 <br /> MANTÉM a suspeita<br />Segue as indicações da Saúde 24<br />CONTACTAR SAÚDE 24<br />808 24 24 24<br />DESACTIVAR PLANO DE CONTINGÊNCIA<br /><ul><li>Providenciar a desinfecção do local de trabalho da pessoa suspeita de contaminação;
  128. 128. Informa os que estiveram em contacto com a pessoa infectada para manterem vigilância e avisar em caso de sinais e sintomas suspeitos.</li></li></ul><li>08-09-2009<br />GPC<br />GESTOR DE GRIPE<br /><ul><li>Deve Preencher o formulário de notificação ao telefone.</li></li></ul><li>GPC<br />08-09-2009<br />
  129. 129. Contactos de todos os que estiveram fisicamente em contacto com a pessoa infectada (distância &lt; 1metro), nos 4 dias após o desenvolvimento de sintomas)<br />GPC<br />08-09-2009<br />
  130. 130. 08-09-2009<br />GPC<br />QUESTÕES ???<br />OBRIGADO<br />
  131. 131. 08-09-2009<br />GPC<br />ORIENTAÇÕES TÉCNICAS<br />
  132. 132. 08-09-2009<br />GPC<br />EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL<br />Os EPI destina-se a proteger os elementos da organização no desempenho da sua missão.<br />
  133. 133. Protecção do Tripulante de Ambulância<br /> KIT - Equipamento Protecção Individual (EPI)<br />2 máscaras cirúrgicas<br /> 2 pares de luvas<br /> 1 fato de protecção<br /> 1 par de sobre sapatos<br /> 1 par de óculos de protecção<br /> 1 saco de lixo biológico<br /> 1 Frs. 100ml de desinfectante para as mãos<br />08-09-2009<br />GPC<br />
  134. 134. Protecção do Tripulante de Ambulância<br /> KIT - Equipamento Protecção Individual (EPI)<br />Como usar:<br />Colocar a máscara e adaptá-la correctamente à face;<br />Colocar os óculos de protecção;<br />Vestir o fato de protecção e ajustá-lo convenientemente;<br />Calçar os sobre sapatos; <br />Calçar os dois pares de luvas, cobrindo o fato com o segundo par;<br />GPC<br />08-09-2009<br />
  135. 135. Protecção do Tripulante de Ambulância<br />Cuidados a ter no transporte de vitimas com suspeita de gripe:<br /><ul><li> Utilizar todo o equipamento de protecção individual;
  136. 136. Seguir as instruções dadas pelo operador da Saúde 24;
  137. 137. Colocar a máscara na vitima e mantê-la;
  138. 138. A janela da comunicação entre a cabine de condução e célula sanitária deve manter-se fechada;
  139. 139. O contacto com o doente deve ficar limitado ao tripulante que acompanha na célula sanitária;</li></ul>GPC<br />08-09-2009<br />
  140. 140. Protecção do Tripulante de Ambulância<br />Cuidados a ter no transporte de vitimas com suspeita de gripe:<br /><ul><li>Não utilizar o sistema de circulação de ar, apenas abrir uma janela da célula para o exterior;
  141. 141. Limitar e evitar a utilização do equipamento até ao estritamente necessário (desde que a situação clínica do doente o permita) </li></ul>GPC<br />08-09-2009<br />
  142. 142. Protecção do Tripulante de Ambulância<br />Depois do Transporte<br />Desinfecção da Ambulância: <br /><ul><li> Deverá ser feita a desinfecção da ambulância por um tripulante com o equipamento de protecção totalmente colocado;
  143. 143. Deve começar-se por remover toda a matéria orgânica existente (vomito, urina, secreções, etc.) colocando em saco apropriado;
  144. 144. Utilizar pano descartável e desinfectante adequado para limpeza de todas as superfícies (em alternativa pode usar-se 10ml de lixívia para 1lt água e deixar actuar pelo menos 10min.);
  145. 145. O material utilizado na ambulância como termómetro, estetoscópio, etc. deve ser lavado com água e sabão e de seguida utilizar álcool a 70%.</li></ul>GPC<br />08-09-2009<br />
  146. 146. Protecção do Tripulante de Ambulância<br />Depois do Transporte<br />Retirar o Equipamento de Protecção individual com cuidados especiais e seguindo as instruções:<br />Desapertar o fato, despir a parte de cima tocando apenas no exterior do fato e retirando simultaneamente as luvas exteriores com as mangas;<br />Despir as calças do fato tocando apenas no interior do mesmo e descalçar os sobre sapatos conjuntamente;<br />Retirar os óculos de protecção e a máscara (tendo o cuidado de apenas tocar nos elásticos posteriores);<br />Colocar tudo num saco de lixo biológico e de seguida num contentor de resíduos hospitalares;<br />Lavar as mãos com água e sabão e aplicar solução alcoólica.<br />GPC<br />08-09-2009<br />
  147. 147. 08-09-2009<br />GPC<br />DIRECÇÃO GERAL DE SAÚDE <br />Orientações Técnicas para profissionais de saúde<br />(OT – 11)<br />
  148. 148. 08-09-2009<br />GPC<br />EPI<br />
  149. 149. 08-09-2009<br />GPC<br />EPI<br />
  150. 150. 08-09-2009<br />GPC<br />EPI<br />
  151. 151. Para mais informação aceda a:<br />Cruz Vermelha Portuguesa (Coordenação Nacional de Emergência)<br />gpc@cruzvermelha.org.pt(Qualquer esclarecimento adicional)<br />http://www.cruzvermelha.pt(download do panfleto)<br />Direcção Geral de Saúde <br />http://www.dgs.pt/<br />Portal da Saúde<br />http://www.portaldasaude.pt/Portal/<br />WHO – Organização Mundial de Saúde<br />http://www.who.int/en/<br />GPC<br />08-09-2009<br />
  152. 152. 08-09-2009<br />GPC<br />
  153. 153. 08-09-2009<br />GPC<br />QUESTÕES ???<br />OBRIGADO<br />

×