Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Física explica a fé em Deus

54 views

Published on

Física explica a fé em Deus

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Física explica a fé em Deus

  1. 1. Durante uma conferência para universitários na Universidade de Berlim, o palestrante perguntou para a platéia: Alemanha, início do século XX
  2. 2. – Deus criou tudo o que existe?
  3. 3. Um aluno respondeu, convictamente: – Sim, Ele criou …
  4. 4. – Deus criou realmente tudo o que existe? Perguntou novamente o professor. – Sim, senhor, confirmou o jovem.
  5. 5. O professor contrapôs: – Se Deus criou tudo o que existe, então Ele criou o mal, já que o mal existe! E se concordamos que as nossas obras são o reflexo de nós próprios, então Deus é mau!
  6. 6. O jovem calou-se perante o argumento do mestre que, feliz, regozijava-se por ter conseguido mostrar que a fé era um mito.
  7. 7. Outro estudante levanta a mão e diz: – Posso fazer uma pergunta, professor? – Claro que sim, respondeu ele.
  8. 8. – Mestre, o frio existe? – Mas, que pergunta! Lógico que existe, ou você nunca sentiu frio? – ironizou o professor.
  9. 9. O aluno explicou: – Na realidade, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na verdade, é a ausência de calor. Sabemos que todos os corpos transmitem energia e o calor é uma forma de energia.
  10. 10. – O zero absoluto – continuou o estudante – é a ausência total de calor. Todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. O frio foi criado para definir como nos sentimos quando não temos calor.
  11. 11. – E a escuridão existe? - perguntou novamente o aluno. O professor respondeu: – Sim, é óbvio que existe.
  12. 12. O estudante respondeu: – A escuridão tampouco existe, meu caro mestre. A escuridão, na realidade, é a ausência de luz.
  13. 13. – A luz podemos estudá-la, já a escuridão não! Através do prisma de Nichols podemos enxergar a decomposição da luz branca nas suas várias cores e seus diferentes comprimentos de onda. A escuridão, não!
  14. 14. – A escuridão – continuou o estudante – é uma definição utilizada para descrever o que ocorre na ausência da luz.
  15. 15. Finalmente,o jovem perguntou ao professor: – Professor, o mal existe?
  16. 16. – Entendo que sim – confirmou o mestre. Aí estão os crimes, a ganância e a violência em todo o mundo. Isto é a comprovação do mal.
  17. 17. O aluno respondeu: – O mal também não existe, mestre. O mal é simplesmente a ausência do bem. Da mesma forma que os casos anteriores, o mal é uma situação pela ausência de Deus.
  18. 18. E o o jovem finalizou: – Deus não criou o mal. O mal é o resultado da ausência de Deus no coração dos seres humanos. Da mesma forma que o frio, quando não há calor, ou com a escuridão, quando não há luz.
  19. 19. O jovem foi aplaudido de pé e o palestraante, pensativo, nada mais disse.
  20. 20. O reitor da Universidade, presente à palestra, dirigiu-se ao jovem estudante e perguntou: – Qual é o seu nome, rapaz?
  21. 21. – Albert Einstein.

×