Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aprendizados da América Latina - II Encontro Ações da Rede

606 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Aprendizados da América Latina - II Encontro Ações da Rede

  1. 1. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADOR POLÍTICAS PÚBLICAS E EXPERIÊNCIAS NO SETOR DADÉFICIT CUANTITATIVO: 82,203 UnidadesDÉFICIT CUALITATIVO: HABITACIONAL NA AMÉRICA LATINA: REFORMA 390,333 UnidadesDÉFICIT TOTAL: 472,536 Unidades PRINCIPAIS APRENDIZADOS, EHPM, 2008 FUENTE: VMVDU, CASOS RELEVANTES E COMPILAÇÃO EN AMSS: Un 42% del déficit cuantitativo (34,525 unidades) Consultora: Maria Virginia Casasfranco R. Un 13.2% del déficit cualitativo: 51,523 unidades FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  2. 2. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADORDÉFICITPOLÍTICAS PÚBLICAS E EXPERIÊNCIAS NO SETOR DA CUANTITATIVO: 82,203 UnidadesDÉFICIT CUALITATIVO: HABITACIONAL NA AMÉRICA LATINA: REFORMA 390,333 UnidadesDÉFICIT TOTAL: 472,536 Unidades PRINCIPAIS APRENDIZADOSVMVDU, EHPM, 2008 FUENTE: EN AMSS: Un 42% del déficit cuantitativo (34,525 unidades) Consultora: Maria Virginia Casasfranco R. Un 13.2% del déficit cualitativo: 51,523 unidades FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  3. 3. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADOR APRENDIZADOS DA AMERICA LATINA O déficit qualitativo de moradias está decrescendo (saneamentobásico e regularização fundiária), mas os problemas de qualidade devida dentro das moradias estão aumentando. DÉFICIT CUANTITATIVO: 82,203 UnidadesDÉFICIT CUALITATIVO: 390,333 Unidades O mercado da reforma está em alta: as lojas de materiais deconstrução nos bairros de baixa renda continuam com boas vendas. DÉFICIT TOTAL: 472,536 Unidades FUENTE: VMVDU, EHPM, 2008 A forma de produção social e/ou informal de moradia é a maior, EN AMSS:mas não se conhecem 42% del déficit cuantitativo Un seus impactos macroeconômicos nos países emicroeconômicos nas famílias. unidades) (34,525 Un 13.2% del déficit cualitativo: 51,523 unidades FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  4. 4. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADOR APRENDIZADOS DA AMERICA LATINA O adensamento de bairros de origem informal é um efeito do déficitquantitativo de moradia (imóveis com 4 ou 5 andares). DÉFICIT CUANTITATIVO: 82,203 Unidades O estoque habitacional informal e/ou da produção social é a opção de DÉFICIT CUALITATIVO: 390,333 Unidadesaluguel para as famílias de baixa renda. DÉFICIT TOTAL: 472,536 Unidades A evolução das políticas públicas no campo FUENTE:reforma de moradia de VMVDU, EHPM, 2008viraram um componente na luta contra a pobreza extrema. EN AMSS: Un 42% del déficit cuantitativo A reforma como mecanismo de Proteção do Patrimônio Familiar e (34,525 unidades)instrumento de mobilização social (ruptura de paradigmas). Un 13.2% del déficit cualitativo: 51,523 unidades FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  5. 5. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADOR APRENDIZADOS DA AMERICA LATINA A criação de uma cultura tributária nos bairros de origem informal éum desafio para a recuperação do investimento do Estado (saneamentobásico); CUANTITATIVO:a permanência dos moradores pela pressão do DÉFICIT assim como 82,203 Unidadesvalor do solo. DÉFICIT CUALITATIVO: 390,333 UnidadesDÉFICIT TOTAL: 472,536 Unidades Variadas metodologias e modelos de gestão pública ante os principaisriscos e vulnerabilidades das moradias, mas VMVDU, EHPM, 2008 FUENTE: os resultados nãoacompanham as grandes necessidades. EN AMSS: Un 42% del déficit cuantitativo Necessidade de um modelo unidades) (34,525 equilibrado demanda-oferta. Estudodetalhado da cadeia de valor da reforma de moradia de baixa renda,com os principais del déficit cualitativo: 51,523 unidades envolvidos, a Un 13.2% elos e gargalos, os atoresgovernabilidade e a forma de tomada de decisão das reformas. FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  6. 6. FORTALECIMENTO DA CADEIA DE VALOR DA REFORMA DE MORADIA (El Salvador) MELHORAR A EFICIÊNCIA DA CADEIA: materiais, processos, tecnologias, produtos (atender segmento de mercado e criar oportunidades de emprego). MELHORAR A ORGANIZAÇÃO DA CADEIA: vínculos entre elos, redes, desenvolvimento de provedores, práticas de provedoria (eficiência coletiva). FORTALECER AS INSTITUÇÕES DE APOIO (públicas e privadas): provedoras de serviços de assistência técnica, financeira e de formação de recursos humanos. FORTALECER A GOVERNABILIDADE DA CADEIA: assegurar a coordenação de ações estratégicas e de apoio, institucionalização e sustentabilidade no longo prazo.
  7. 7. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADOR APRENDIZADOS DA AMERICA LATINAApenas três elos movimentam a cadeia atual da reforma:  Insumos da construção: sem controle de qualidade e assistência DÉFICIT CUANTITATIVO: 82,203 Unidades técnica para sua utilização.390,333 Unidades DÉFICIT CUALITATIVO:  Construção: problemas de mobilidade de mão de obra e os DÉFICIT TOTAL: no setor da construção (impacto macroeconômico). profissionais 472,536 Unidades  Financiamento: recursos próprios das FUENTE: VMVDU, EHPM, 2008 famílias. Orçamento publico não sustentável EN AMSS: (subsídios). Limitadas opções de microfinanciamento (fundo de garantia). Un 42% del déficit cuantitativo (34,525 unidades)O desafio na superação dos problemas de trâmites: custos etempos. A Moradia Saudável é uma opção limitada. Un 13.2% del déficit cualitativo: 51,523 unidades FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  8. 8. DEFICIT DE VIVIENDA EN EL SALVADOR POLÍTICAS PÚBLICAS E EXPERIÊNCIAS NO SETOR DADÉFICIT CUANTITATIVO: 82,203 UnidadesDÉFICIT CUALITATIVO: HABITACIONAL NA AMÉRICA LATINA: REFORMA 390,333 UnidadesDÉFICIT TOTAL: 472,536 Unidades CASOS RELEVANTES VMVDU, EHPM, 2008 FUENTE: EN AMSS: Un 42% del déficit cuantitativo (34,525 unidades) Consultora: Maria Virginia Casasfranco R. Un 13.2% del déficit cualitativo: 51,523 unidades FUENTE: Diagnóstico C.V. V.I.S., 2011
  9. 9. MODELO MEXICO - PROGRAMA DE REFORMA Convocatória EMPRESA Individual EXECUTORA Poupança 5% FAMILIAS SOCIAL INTERVENÇÃO DISPERSA MUNICÍPIOMINISTÉRIO Saneamento básico e regularização AssistênciaSubsídios técnica integral 40% EMPRESA FINANCEIRA Crédito 55% EMPRESAS Convênio de Adesão EXECUTORAS Formação da mão de obra não é clara no modelo
  10. 10. POLÍTICAS E EXPERIÊNCIAS DA REFORMA DE MORADIA - CASO MÉXICO ATORES ENVOLVIDOS E SEUS PAPEISPOLÍTICA - Subsidio Federal: Conavi- 1983: Direito à moradia - Constituição. - Crédito/Financiamento: Entidade Executora- Lei de Moradia (2006) no México. (Convênio de Adesão)- Área prioritária de desenvolvimento nacional - Poupança Prévia: Beneficiáriocom a participação dos municípios, o setor social - Executora Sociale privado.- Inclui a produção social como uma modalidadeprópria. CUSTOS E FORMA FINANCIAMENTO - Subsídio: 40% ($1.940)METODOLOGIA - Poupança prévia: 5% - Crédito: 55%Financiamento Valor máximo: 100% ($4.850 , 20 SM)poupança + crédito + subsídio (famílias até 5 SM). Ciclo de reforma: até $5.820 (24 SM)Assistência técnica e crédito - Regularização como parte da reforma.INVI – Cidade de México-Crédito: 25.000 reformas por ano. IMPACTOS-Subsídio: Assessoria integral qualificada, social, (R$103,3 milhões / 2010, Conavi). Média 2008-jurídico, financeiro, técnico e de desenvolvimento 2010, R$83 milhões (42.783 reformas / cadasustentável. R$1.930) Déficit qualitativo: 11 milhões (2007).

×