Folha do Atlântico                                                                                                        ...
2 CARNAVALMonange Starfatura o concursoMusa Gay                                                                           ...
3                REPÓRTER FOLHAMedida depende de                                                                          ...
4 ATUAL                                                                           SOLANGE e Américo Sarmento com Mercês, R...
ATUAL                                                                                                                     ...
6 ATUALMais foliaVEJA MAIS CLICS DE GUILHERME THORRES NAEDIÇÃO ESPECIAL DE CARNAVAL DA COLUNA ATUAL.AFINAL, HÁ TEMPOS QUE ...
BRAGANÇA                                                                                                                  ...
8 CARNAVALEspetáculode cores emuita alegriaINSTITUTO AMA, ESCOLAS DE SAMBA E BLOCOS ABRILHANTAM A AVENIDA NAZEAZENO FERREI...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Folha 88

1,212 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,212
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Folha 88

  1. 1. Folha do Atlântico PARÁ - ANO IV - Nº 88 - 2ª QUINZENA DE FEVEREIRO/2012 R$ 2,00 Folia tradicional ganha força no Largo de São BeneditoAO SOM DE MARCHINHAS E SAMBAS DE EXALTAÇÃO, O CARNAVAL À MODA ANTIGA ARREBANHOU MILHARES DE ADEPTOS PARA O LARGO DE SÃO BENEDITO, ONDE O GRANDE NÚMERO DE FOLIÕES FANTASIADOS E O BLOCO URUBU CHEIROSO ATRAÍRAM TURISTAS E FAMÍLIAS BRAGANTINAS. PAG 07.ESPECIAL ALEPAEdição deCarnavalA FOLHA DOATLÂNTICO nº88 tem como focoprincipal os cinco diasde folia e brincadeiravividos durante ocarnaval bragantino,além das adequaçõespropostas pela deputadaSimone Morgadocomo estratégia para agestão da AssembleiaLegislativa do Estado. A PROPOSTA já havia sido sugerida antes, pela primeira secretária da Alepa, deputada Simone Morgado Medida dependeAtravés desta edição,o leitor poderá GATAacompanhar osprincipais momentos de decisões de ordem DA CAPAda quadra momescadeste ano, que tevecomo tema “Folia financeira na Casade todos os ritmos”,reverenciando as várias MAYSE BRITO, MUSAformas de manifestações DO CARNAVAL DEcarnavalescas que a cada BRAGANÇA 2012fevereiro evoluem para MESA DIRETORA DA ALEPA APROVA PROGRAMA APRESENTADO PELO INSTITUTO DE DESENVOLVIMEN-melhor em Bragança. TO GERENCIAL (INDG) PARA MODERNIZAR GESTÃO NA CASA DE LEIS. PAG 02.CONCURSO Musa Gay do Carnaval de Bragança abriu a programação INSTITUTO AMA, escolas de samba e blocos abrilhantam a avenida DURANTE O CARNAVAL, a programação iniciava às 21h na Estaçãodos quatro dias de folia na Pérola do Caeté. A vencedora Isabelli Yu- Nazeazeno Ferreira em desfile na terça-feira “gorda”. As escolas Cultural Armando Bordallo, reunindo diariamente cerca de 10 milckare recebeu como prêmio uma moto ofertada pela deputada Simone apostaram em enredos regionais. A lenda do Athayde e os antigos pessoas que curtiram os shows com repertório à base de sucessosMorgado. Pag 02. moradores de Ajuruteua serviram de tema. Pag 08. atuais e hits de verão que marcaram temporadas. Pag 08.
  2. 2. 2 CARNAVALMonange Starfatura o concursoMusa Gay A BELA LUANA DECONCURSO MUSA GAY DO CARNAVAL DE BRAGANÇA ABRIU A PROGRAMAÇÃO DOS PAULA, que representará Bragança no concurso Miss Pará,QUATRO DIAS DE FOLIA NA PÉROLA DO CAETÉ. A VENCEDORA ISABELLI YUCKARE também desfilou no palco daRECEBEU COMO PRÊMIO UMA MOTO OFERTADA PELA DEPUTADA SIMONE MORGADO. Estação CulturalN em mesmo a chuva forte que caiu no iní- cio da note de sábado (18) acalmou os âni- mos dos foliões deBragança, que foram à EstaçãoCultural Armando Bordallo as-sistir ao concurso Musa Gay doCarnaval 2012 e aos shows dasbandas Pirata Show e Muvuka-da Baiana. A vencedora, IsabelliYuckare, do bloco Monange Star,recebeu com prêmio uma moto,ofertada pela deputada estadu-al Simone Morgado. “Trata-se ISABELLI YUCKARE recebeu uma moto ofertada pela deputadade um publico que merece um Simone Morgado, representada na ocasião pela peemedebista Mariléacarinho especial, principalmen- Azevedo (foto abaixo), que fez a entrega do prêmiote no carnaval, período em queos gays proporcionam grandesatrações com suas fantasias exu-berantes além da alegria que nãotem igual. O combate a homofo-bia é uma atitude de cidadania, AS TRÊS PRIMEIRAS colocadas no concurso Musa Gay do Carnaval de Bragança 2012, à espera doque automaticamente promove resultado do concurso, na Estação Cultural Armando Bordalloo respeito em sociedade e seopõe à violência”, disse à FO-LHA DO ATLÂNTICO a depu-tada Simone Morgado. A peemedebista Mariléa Aze-vedo, representante da deputadaSimone Morgado na ocasião, feza entrega da moto Pop, após oresultado do concurso, quando avencedora agradeceu o prêmio eà vitória. “Estou vivendo um mo-mento inesquecível. Conquistaresse título foi a realização deum grande sonho e a moto comoprêmio nos motivou ainda maisa caprichar na performance e nasfantasias, o que foi notório pelonível das apresentações em rela-ção aos anos anteriores”, disseIsabelli Yuckare. Em segundo e terceiro lugar,foram eleitas Eduarda Tanure,do bloco Os Normais, e Ka- A VENCEDORA Isabelli Yuckare com Solange e Américo Sarmento, vice-prefeito de Bragançavelle Montenelle, do bloco OsEsponjas. tiram ao som da banda Pirata te reúne todos os tipos de folia. segmentar cada formato para o Show e após o certame, a festa Aqui na Estação Cultural é o local mais adequado”, explicou oSHOWS – Antes do concurso, seguiu com animação da ban- espaço voltado ao carnaval que vice-prefeito Américo Sarmen-as cerca de 10 mil pessoas que da Muvukada. “O carnaval de a Bahia exportou para todo o to, que acompanhou toda a pro-estavam na Estação Cultural Bragança, que antes se detinha Brasil, o preferido pela juven- gramação, acompanhado pelaArmando Bordallo se diver- ao estilo tradicional, atualmen- tude. Tivemos a preocupação de esposa Solange e o filho Andrew. Editorial Esta edição é especial, do carnaval em Bragança. Bandalabike, Patokada, dos que participaram das porém com participantes olhar o que precisaria de uma vez que grande parte Vai Quem Quer e Como mais variadas linguagens desanimados? muitas páginas para sua de seu contexto é voltado Acompanhando a Pode, Rancho da Nêga e de folia. A quantidade descrição. Essa missão foi para o carnaval, período cobertura jornalística Unidos do Riozinho. de pessoas fantasiadas Como em toda cumprida pelo fotógrafo em que todo o país se desta edição, observa- nos eventos e pelas ruas cobertura jornalística Guilherme Thorres, volta para os eventos da se que, aos poucos, o A diversidade de da cidade representam a impressa sobre carnaval, que percorreu todos os época, e na “terra do caju carnaval de Bragança opções de folia está se adesão da população à o repórter fotográfico é eventos carnavalescos, açu”, este ano, a quadra está voltando a ser estabelecendo cada vez quadra momesca, o que é o principal responsável registrando tudo, momesca tomou novo atrativo, embora sem mais como a principal a principal motivação para em reproduzir os fatos, para você se deleitar fôlego com o tema “Folia que reproduza o mesmo característica do carnaval a programação dar certo. levados ao leitor através com a FOLHA DO de todos os ritmos”, que formato dos áureos bragantino. Isso pode Afinal, o que seria de uma de imagens capazes de ATLÂNTICO. valorizou as várias faces tempos dos desfiles da ser constatado na alegria festa com grandes atrativos, traduzir em apenas um Bom proveito. Expediente: Diretor-Editor responsável: José Clemente Schwartz (DRT 1456) Editoração eletrônica: Jonas Borges OK Publicidade Ltda Reportagens: José Clemente Schwartz e Colaboradores: Antônio Moura e Jaderson Souza. CNPJ. 04.174.230/0001-28 Guilherme Thorres Endereço: Rua João Alfredo, 1501 – Centro – Bragança- Pará – Cep: 68.600.000 End: R. João Alfredo, 1501 Fotografia: Guilherme Thorres e Lúcio Coutinho Emails: clementesom@gmail.com Centro Bragança Pará Tiragem: 5.000 exemplares CEP 68 600 000
  3. 3. 3 REPÓRTER FOLHAMedida depende de O incentivo financeiro viabilizado pelo Governo do Pará, através da Fundação Tancredo Neves, por intermédio da deputada Simonedecisões de ordem Morgado, foi fundamental para a realização do carnaval de Bragança, que este ano teve como tema “Folia de todos os ritmos”, uma referência às variedades de estilo de folia ocorrentes na Pérola do Caeté. Além de articular a vinda definanceira na Casa verba para produção da estrutura do evento, a parlamentar que é incansável estimuladora da cultura no nordeste do Estado também apoiou vários blocos que abrilhantaram a avenida Nazeazeno ferreira, na terça-feira “gorda”.MESA DIRETORA DA ALEPA APROVA PROGRAMA APRESENTADO PELO INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL (INDG)PARA MODERNIZAR GESTÃO NA CASA DE LEIS.E m reunião realizada no dia Estilos 14 de fevereiro, a mesa- Este ano, a diversidade de estilos do carnaval bragantino se mostrou -diretora da Assembleia mais definida que nas edições anteriores. A folia à baiana, que chegou a Legislativa do Pará (Alepa) Bragança na era Antônio Barros, com show da banda Tropical, de São aprovou as linhas gerais do Luiz, na Praça da Bandeira, onde foi mantida por vários anos, se esta-plano para modernizar a gestão do beleceu definitivamente na Estação Cultural Armando Bordallo, ondeórgão apresentado pelo Instituto de o espaço comporta shows para maiores plateias, além de desfiles deDesenvolvimento Gerencial (INDG), fantasias e afins. Enquanto isso, o Largo de São Benedito, que sempreentidade que presta consultoria exter-na a instituições públicas e empresas foi uma referência das manifestações tradicionais, ganhou ânimo com aprivadas visando à melhoria da produ- programação no coreto, composta por repertório à base de marchinhastividade com economia de recursos. e sambas de enredo.Participaram da reunião o presidenteda Alepa Manoel Pioneiro (PSDB), Tradiçãoo primeiro vice-presidente Júnior Entretanto, mesmo com a investida, ficou bem claro que a foliaFerrari (PTB), a primeira secretária tradicional merece ainda mais incrementos por parte da Prefeitura Mu-Simone Morgado (PMDB), o segun- nicipal de Bragança, a começar pela programação oficial no coreto dodo secretário Eliel Faustino (PR) e o Largo de São Benedito, que só aconteceu segunda (20) e terça-feiraterceiro secretário Fernando Coimbra(PDT), além do procurador geral da (21). Em 2013, será inevitável aumentar o número de atrações e showsAlepa Paulo Meira. com a mesma proposta, caso seja levado a sério o sucesso deste ano. De acordo com a proposta apro-vada, o INDG prestará um assesso- Difícilramento de gestão e planejamento à A maior disparidade entre às opões oferecidas aos adeptos do LargoAlepa por um período de 10 meses, de São Benedito em relação aos da Estação Armando Bordallo ficousendo os quatro primeiros para a im- explicita no sábado gordo (18). Enquanto lá em cima, cerca de 10 milplantação das ações e os outros seis pessoas se esbaldavam com shows e o concurso Musa Gay do Carnavalpara acompanhamento e avaliação A REUNIÃO contou com a participação do presidente da Alepa Manoel Pioneiro (PSDB), o primeiro vice- presidente Júnior Ferrari (PTB), a primeira secretária Simone Morgado (PMDB), o segundo secretário Eliel 2012, turistas e bragantinos que não abrem mão de passar o carnavalperiódica dos resultados. Além detraçar metas estratégias a curto, mé- Faustino (PR) e o terceiro secretário Fernando Coimbra (PDT), além do procurador geral da Alepa Paulo Meira na “terrinha” se lastimavam ao som da ecoante música ao vivo do Rexdio e longo prazo, a ação tem como Bar, com repertório a La “som de barzinho”. Assim ninguém volta mais.objetivo reduzir despesas e promover medidas de modernização na Alepa lisar os relatórios semanais a serem empresa de consultoria gerencial doa reestruturação organizacional e dos partiu da primeira-secretária da Casa, apresentados pelo INDG durante a país, com mais de mil consultores Corta baratoprocessos para alcançar uma econo- deputada Simone Morgado (PMDB), vigência do contrato de assessoria, atuando em praticamente todos os Aliás, a interferência da administração do Rex Bar no horário dasmia de aproximadamente R$ 20 mi- ainda no ano passado. Entre os me- promover reuniões quinzenais com estados brasileiros. Entre os princi- manifestações públicas no Largo de São Benedito foi uma pedra nolhões, valor que poderá ser redimen- ses de abril e maio de 2011, o INDG os consultores do instituto para ava- pais órgãos públicos que atualmente sapato dos foliões que por ali passaram. A situação chegou ao cúmulosionado com base no orçamento do esteve em Belém para fazer um diag- liar os resultados parciais obtidos e recebem colaboração do instituto quando a “bragantiníssima” Furiosa teve que parar de tocar às 21h30,órgão para 2012. nóstico, mas nem chegou a apresentar realizar reuniões mensais para manter estão cinco ministérios, Supremo em frente ao coreto, onde animava o bloco Urubu Cheiroso e milhares A implantação efetiva do pro- a proposta e ela não saiu do papel. a mesa diretora informada sobre o an- Tribunal Federal, Superior Tribunalgrama agora depende apenas de Agora, depois das denúncias de irre- damento das ações. de Justiça, Polícia Federal e Banco de brincantes, para dar início ao pagode no estabelecimento particular.aprovação da proposta financeira gularidades em licitações que foram Durante a primeira etapa do pro- Central, além de diversos governos Essa foi a principal reclamação dos muitos que brincavam carnaval nofeita à Alepa pelo INDG, que deverá apresentadas pela primeira-secretá- grama, 13 consultores do INDG vão estaduais. principal cartão postal da cidade e se recolheram após a interrupção daacontecer nas próximas semanas, e da ria, a mesa reconheceu a importância rever o números do diagnóstico feito Os resultados alcançados pelo carismática bandinha. Também, pudera!verificação formal da regularidade da das medidas. em 2011 e, em seguida, atuar direta- INDG tem sido bastante satisfatórios.proposta pela procuradoria geral do “A implantação desse programa mente com os chefes de departamen- Segundo o consultor Danilo Olivei- Caju Açuórgão. Segundo também deliberou a será fundamental para que a Alepa se tos do órgão para iniciar medidas que ra Filho, que esteve em Belém para De uma coisa ninguém do que se queixar: a venda de caju açu.mesa diretora, todos os deputados da torne mais eficiente e isso certamente incluem promover maior interação apresentar a proposta à Alepa, apenas Engarrafado em vasilhames plásticos, o aperitivo era vendido por R$Casa serão devidamente informados se refletirá na melhoria da prestação entre os setores, implantar novas me- no primeiro mês de implantação de 4,00, pelos ambulantes que percorreram os points do carnaval bragan-da proposta final, para que a ação seja de serviços à sociedade”, avaliou Si- todologias de trabalho e investir na um programa de modernização na As-consensual. mone, que foi escolhida pela mesa di- estrutura física, além da valorização sembleia Legislativa do Rio Grande tino, bem como as águas minerais, latinhas de cerveja e refrigerante. retora para ser a gestora do programa e capacitação do servidor. do Sul semelhante ao que será ini- O tratamento globalizado dado ao produto regional proporcionou umaGESTORA – A iniciativa de propor de modernização do órgão. ciado no Pará, a redução de despesas venda incrível. Apesar da longa tradição caeteuara de consumir a be-consultoria externa para implantar À gestora caberá o papel de ana- RESULTADOS – O INDG é a maior ultrapassou os R$ 3 milhões. bida durante o carnaval, nunca se viu tanta gente circulando com sua “barrigudinha” na mão. Ponto para os ambulantes! Alto astral D eputada Simone Morgado com o vice prefeito de Santo Antônio do Tauá, Evandro Corrêa O casal vice prefeito Américo Sarmento e Solange Sarmento esteve presente em todos os eventos da quadra momesca de Bragança, desde o Baile Municipal, sábado (11), até o encerramento da programação na terça-feira “gorda” (21), na Estação Cultural Armando Bordallo Bor- da Silva, que é pré candidato à dallo, com direito a incursões pela avenida Nazeazeno Ferreira e no prefeitura do referido município, Largo de São Benedito. E o que é melhor: distribuindo simpatia e muito e o presidente do Diretório alto astral por onde passava. Há tempos que Bragança estava sentindo Municipal do PMDB de Santo falta dessa ordem de expediente. Antônio do Tauá, Vanderley Freitas, durante recente visita dos Emoção correligionários ao gabinete da Embora tenha se esmerado imensamente para contê-la, o carnava- representante da região nordeste lesco Carlos Amílcar não conseguiu deixar de transparecer a emoção do Estado, na Assembleia ao receber honraria das mãos do vice prefeito Américo Sarmento, pelos inúmeros prêmios conquistados em concursos de fantasias de luxo, nos Legislativa do Pará. quais participa como estilista. Devido ao seu grande sucesso, Carlos Na ocasião, os peemedebistas Amílcar é acostumado a desfrutar de homenagens inclusive no carnaval trataram de assuntos relacionados do Rio de Janeiro, onde o bragantino é sempre ciceroneado pela len- às eleições municipais de 2012, dária Pinah da Beija Flor, “a cinderela negra que ao príncipe (Charles) cujas campanhas já começam a encantou”. Mas, segundo ele próprio: “na terra da gente, tudo é mais ser préviamente planejadas. intenso e importante”. Farmácia em anexo End: Rodovia Dom Eliseu, S/N - Bairro: Alto Paraíso LIQUIGÁS TAÍRA Av. Polidório Coelho, S/N - Taíra - Bragança - Pará Fones: (91) 3425-1523 / 3425-1872 / 0800.280.1523
  4. 4. 4 ATUAL SOLANGE e Américo Sarmento com Mercês, Renata e Diego Agrassar A TURMA da Marechal botou pra quebrar no Largo de São BeneditoN o palco da Estação Cultural Armando Bordallo, o vice-prefeito Américo Sarmento e a secretária municipal de Cultura Desportos eTurismo, Nazaré Freitas, prestando homenagem ao carnavalesco Carlos Folia noAmílcar, pelos diversos títulos conquistados em inúmeros concursos defantasias, dos quais participa como estilista. Carlos Amilcar é filho dasaudosa costureira Apolônia Sales Pereira, carinhosamente conhecidapor Tia Puluca, que era responsável pela produção de fantasias da CaetéEscola de Samba Patokada, durante os anos 70. Quando ainda criança, Fosse no Largo de São Benedi-o carnavalesco, por influência da mãe, descobriu seu dom incontestável. to, na Estação Cultura ArmandoAlém de exímio estilista de fantasias, o bragantino Carlos Amilcar é Bordallo, ou pelas ruas da cida-advogado e administrador de empresas, ocupando atualmente a pasta de de, o fotógrafo Guilherme Thor-presidente da Funbel. Parabéns, meu amigo Carlinhos, você merece tudo res estava presente e registroue muito mais. altos lances interessantes e as figuras maravilhosas que garan- tiram alegria nos quatro cantos do carnaval bragantino. Veja só quanta festa. KÁTIA Sales LUIZ Otávio Vieira CRISTINA HenriquesA pesar dos milhares de afazeres em decorrência da mais alta temporada da noite carioca, na quadra carnavalesca, o produtorCarlos Augusto, que em Bragança é conhecido por Nenê Oliveira, não ELIANA Lobão e Lúcia Helena Vieira FLÁVIA Fontel e Andrew Sarmento ANASTÁCIO Neto e Marina Gardunho JOSINALDO (Bill) Reisabriu mão de um tempinho para desfilar na Marquês de Sapucaí. Nafoto, o bragantino, como sempre, muito bem acompanhado, na hora do“esquenta”, antes de entrar na avenida. AS DEVASSAS se juntaram à bela Kelly Moraes, Miss Bragança SÔNIA Auad com Fernando e Eliane, Wládia e João Morgado 2011, Renata e Mercês Agrassar Ferreira e filhosHEBE Camargo, que nunca foi boba, tratou logo de tirar uma casquinhaModelo internacional David Martins, o jovem brasilei-ro cotado para ser a bola da vez em2012 no circuito de moda internacio-nal, é filho da bragantina Lana Pinto,que há duas décadas reside em SãoLuiz com o marido David Martins, os SOCORRO Gabriel com filhos e netos e a nora CRISTINA Souza e Nilton Rodrigues, AURIMAR Araújo á frente do Cordão doquais visitam a “terrinha” frequente- Natasha Penna, curtindo o carnaval bragantino vindos de Goiânia, e a cantora Alba Maria Caetémente, trazendo os dois filhos e ami-gos, como fez neste carnaval, porém,desta vez, sem o bonitão. Após um ano em São Paulo tra-balhando como modelo, David foiconvidado a desfilar para a grife Ver-sace na icônica Semana de Moda deMilão (Itália), em janeiro deste ano.Graças ao enorme sucesso de sua es-teia triunfal, David acabou por fixarresidência na capital italiana, onde jáé considerado a grande promessa parao mundo fashion . Logo depois do des-file para Versace, David foi visitadonos bastidores por Hebe Camargo,assídua frequentadora dos eventos de SOCORRO Martins, Glauco Pinheiro,Liliane PAULO Korothy ladeado por Danilo emoda internacionais, que não resis- Reis, Viviana Vasconcelos e Mariana Martins Osvaldo Gardunho Neto DORA Terras com Gabriela e Ana Belémtiu e fez questão de cumprimentar ocompatriota nos bastidores. Segundoos sites de fofoca, ele não escapou de DAVID Martins desfilando paraum “selinho” da apresentadora. Versace, em Milão ELAINE ARAÚJO, Damiana e Vanessa Ribeiro, MaurícioESTE ANO, Lana Pinto e David Martins vieram passar o carnaval em Nascimento, Mariléa Azevedo, Robson Magalhães, Cássia Nunes, O COLUNISTA com Rosana e Maria José Brito, MarianaBragança, mas não deu para trazer o “Daviznho” Leonardo Judá e Paulo Trindade Bordallo e o confrade João Santa Brígida
  5. 5. ATUAL 5 O FOTÓGRAFO Guilherme Thorres encontrou seus amigos da terra deESTHER Castanheira, Daniel Alves e Rosa Rainbow ANA Santos com Adielzinho e Fábio Oliveira Chapolim, Ramon Lisboa e Diliane SantosVITÓRIA Gardunho e Maria deJesus Gomes PAULINHO Cardoso ANGÉLICA e Gabriel Gonçalves NAYALA e Alessandro Gonçalves MIGUEL Coelho Neto ROSÂNGELA e Antônio Jorge CostaIVETE MARIA, Bianca e Flávia Medeiros com Danilo Gardunho, Rose Quadros e Paulo Korothy KOROTHY, Angélica e Rosângela Costa com Ricardo e Marizete RosaMIRADEUZA Macedo, Sérgio ramose Ana Lourdes Mendonça BETHÂNIA Araújo e Bruno Moraes BRUNO Vânia e Heleno Matos FLÁVIO CocôiaDENIS Reis e Bethânia Baldez GUTA Auad OLIVAR Barreto e Rosana Athayde EDUARDO Bittencourt ALESSANDRO P. O. BEATRIZ Freitas e Levi SampaioMICAELY Vasconcelos VIVIANA Vasconcelose Augusto Soares Neto com o tio Ricardo Torres MÁRCIO e Natacha Bazílio MADSON Oliveira e Fátima BERNARDO Pereira ÁLVARO Jorge Castanho Schwartz
  6. 6. 6 ATUALMais foliaVEJA MAIS CLICS DE GUILHERME THORRES NAEDIÇÃO ESPECIAL DE CARNAVAL DA COLUNA ATUAL.AFINAL, HÁ TEMPOS QUE BRAGANÇA NÃO REUNIATANTA GENTE INTERESSANTE AO MESMO TEMPO,COMO ACONTECEU NESTA QUADRA MOMESCA. VALE CARMEM MARIA Schwartz, Sílvia Damasceno, Márcia Gonçalves, Sônia OS FANTASIADOS Joe Costa e Ise Soares fizeram a alegria da moçadaÀ PENA CONFERIR UM POR UM. Auad, Bacana, Catarina Moraes, Paulo Paiva e Donizete Costa no Largo de São BeneditoA EQUIPE da secretaria de Cultura Desportos e Turismo que trabalhou na produção do carnaval SUPER HERÓIS a caminho da folia GABI e Guarani Medeiros AS PRIMAS Eliana e Marília Lobão IGOR SIMÕES, Viviane Luz, André Santana, Daniel Borges, Ana Paula MacedoMÔNICA e Osvaldinho Gardunho ALESSANDRO e Renara Castanho YAGA, Cibele, Igor e Fernanda Guimarães e Camila GalvãoVINÍCIUS RIBEIRO (de Crô – FinaEstampa), Leonardo Barros (de palhaço),com Felipe Araújo e Rafael Peludinho (de ROSE SARUB e Angelina LÚCIA e Rosário Henriques levaram aanimadoras de torcida) Felipe ARIANE BALDEZ, Fernando, Adi e Luiz do Rosário criançada para a folia no Largo de São Benedito BERNARDO Emílio Ramos e Jéssica SousaALEFF Pereira e Heloan Souza IVANILDE e Ciane Almeida JULIENE, Antônio Kós Neto e Ana Lourdes Mendonça ANA Paula Mendonça TELMA Aragão e Margarida Mendonça AUGUSTO Soares Neto com o filho João Augusto FÁBIO Lima e Josilene Casseb ROSÁLIA Brito e Cristina Oliveira
  7. 7. BRAGANÇA 7Folia tradicional ganha força no Largo de São Benedito AO SOM DE MARCHINHAS E SAMBAS DE EXALTAÇÃO, O CARNAVAL À MODA ANTIGA ARREBANHOU MILHARES DE ADEPTOS PARA O LARGO DE SÃO BENEDITO, ONDE O GRANDE NÚMERO DE FOLIÕES FANTASIADOS E O BLOCO URUBU CHEIROSO ATRAÍRAM TURISTAS E FAMÍLIAS BRAGANTINAS.O s foliões que preferem o tinha que ser resgatado. Eu sentia mui- carnaval tradicional tive- ta falta disso e acho que muitos bra- ram como opção a progra- gantinos também”, justificou Simone mação oficial que contou Morgado. com shows do Trio Balan- A adaptação das apresentações docê acompanhado pela banda Cantídio Trio Balancê e Furiosa para o coreto doGouveia, a Furiosa, que também fez Largo de São Benedito faz parte da in-apresentação solo, na segunda e terça- vestida da secretara municipal de Cul--feira “gordas”, além das rodas de tura Desportos e Turismo em definirsamba no Rex Bar, que culminou com espaços para cada estilo de carnaval.o Encontro dos Patoqueiros. “Dessa maneira nós engrandecemos a programação para os foliões adep-SAMBA - O Encontro dos Patoquei- tos do carnaval tradicional, uma vezros é realizado há mais de três décadas que o carnaval que é feito na Estaçãopelos cartolas da escola de samba A Cultural já está sedimentado há algumPatokada, que apesar da ausência na tempo. Este ano, várias famílias bra-avenida por muitos anos consecutivos, gantinas inteiras foram ao Largo denão abrem mão de dar continuidade São Benedito participar do carnaval,ao ritual que reproduzem a cada do- dançando ou apreciando a brincadeira.mingo “gordo”, desde meados dos Houve muita gente fantasiada e nadaanos 70. Além de reunir a velha guar- de confusão. Isso é o que podemosda da escola e antigos carnavalescos chamar de uma folia como nos velhosbragantinos, o senadinho da Patokada tempos”, justificou a arquiteta Nazarétem como praxe resgatar sambas de Freitas, secretária municipal de Cultu-enredo e marchinhas compostas no ra Desportos e Turismo.passado para o carnaval de Bragança,durante o tradicional evento. No reper- URUBU –Achegada do bloco Urubutório, composições de Totonho Castro Cheiroso na segunda-feira “gorda” ao(Cambel), Antônio Maria Pereira, Largo de São Benedito foi a apoteoseMilton Matheus Lobão e Paulo Birita, do carnaval tradicional de Bragançafeitas para os desfiles da Bandalambi- deste ano. Formado há duas décadaske; sambas de Fabiano Cardoso, Mir- por alunos da Universidade Federaltes e Manoel Barros, Índio, Vanderil e do Pará / UFPA campus Bragança, oÂngelo Risuenho, que foram enredos A CHEGADA apoteótica do bloco Urubu Cheiroso ao Largo de São Benedito, na noite da segunda-feira “gorda” foi o ápice do carnaval tradicional de Bragança único bloco de Bragança que desfilada Patokada; além dos de Edu Filho, todos os domingos de fevereiro como Edinho, compositor oficial da Uni- que é maravilhoso, a quadra momesca fantasias originais pelas ruas da cida-versidade do Samba Vai Quem Quer de Bragança não pode deixar de lado a de reuniu cerca de 1700 brincantes,e Como Pode. “Estamos há mais de originalidade, as fantasias engraçadas, segundo informações do Corpo deuma hora cantando somente sambas as marchinhas e frevos, que são músi- Bombeiros. O cortejo vindo da Praçafeitos para nossos antigos desfiles e to- cas típicas desse formato de folia. Essa Rosa Blanco chegou ao Largo de Sãodos são cantados em coro pelos foliões linguagem proporciona muita brinca- Benedito às 21h repleto de integran-que aqui estão. Isso é cultura e uma deira e espontaneidade, em meio a tes fantasiados. O bloco se juntou aopeculiaridade de Bragança, pois não uma reunião de amigos de longa data, público que se divertia desde as 18h,é uma ocorrência comum em tantos coisa que tem tudo a ver com a Péro- ao som do Trio Balancê e a Furiosa,outros municípios do Estado. Num la do Caeté. Obviamente, adaptado à fazendo uma grande festa de épocamomento como este, nós podemos atual realidade, esse ambiente cultural com direito a confetes e serpentinas.constatar o robusto lastro carnavales-co de Bragança”, avaliou o empresárioManoel Barros, um dos fundadores daPatokada, que participa assiduamentedo encontro todos os anos.MARCHINHAS – A partir do fi-nal da tarde de segunda e terça-feira“gordas”, quem foi à parte central daorla aproveitou a apresentação do TrioBalancê, acompanhado pela Furiosa,no coreto do Largo de São Benedito,com repertório à base de marchinhas,frevos, sambas de enredo e de exalta-ção, que fizeram grande sucesso noscarnavais passados. Entre esses clássi-cos da época estavam composições de OS FOLIÕES aproveitaram para criticar as falhas do Governo Municipal de Bragança TRIO BALANCÊ: depois do “trenzinho”, o coreto do LargoLamartine Babo, Mário Lago, MoraesMoreira, Caetano Veloso, além de hitsde Gal Costa e Elba Ramalho, rece-bidas com grande entusiasmo pelopúblico. A união do Trio Balancê com aFuriosa é uma ideia de autoria da de-putada Simone Morgado, que teve ainiciativa de promover e patrocinar oencontro dos cantores Olivar Barreto,Alba Maria e Clemente com a referi-da banda bragantina, no carnaval de2010, quando a apresentação foi emcima de um caminhão seguido por um“trenzinho”, circulando pelas princi-pais ruas da cidade. “Embora também O BOM HUMOR e as fantasias contribuíram para A BANDA Furiosa repetiu o sucesso de sempreacompanhe a evolução do carnaval, o o sucesso do carnaval tradicional dando o show de marchinhas no Largo de São Benedito ALEGRIA e originalidade entre os foliões do Urubu Cheiroso Posto Bom Jesus 2 - Loja 03 - Av. Nazeazeno Ferreiral com Tv. Vigário Mota Fones 91194 0804 - 81176 6929 GRUPO SAMBA de Mesa animou as rodas no anexo do Rex Bar
  8. 8. 8 CARNAVALEspetáculode cores emuita alegriaINSTITUTO AMA, ESCOLAS DE SAMBA E BLOCOS ABRILHANTAM A AVENIDA NAZEAZENO FERREIRA EMDESFILE NA TERÇA-FEIRA “GORDA”. AS ESCOLAS APOSTARAM EM ENREDOS REGIONAIS. A LENDA DOATHAYDE E OS ANTIGOS MORADORES DE AJURUTEUA SERVIRAM DE TEMA PARA O CARNAVAL. UM MILHÃO DE AMIGOS apostou na originalidade da mini saia para o traje da porta bandeiraO carnaval da terça-feira “gorda” na avenida Naze- azeno Ferreira começou às 19h, com desfile do Cordão do Caeté, formadopor integrantes do Instituto AurimarMonteiro Araújo (Instituto AMA),em seguida vieram as duas escolasde samba Os Normais e Um Milhãode Amigos, para então ter início aodesfiles dos 23 blocos puxados ao somde trios elétricos e sons automotivos. O desfile dos blocos e escolas desamba coloriu a avenida NazeazenoFerreira, na noite da terça-feira (21),quando os alunos do Instituto Auri- A LENDA do Athayde serviu de enredo para a escola Os Normaismar Monteiro Araújo (Instituto AMA)abriram a programação com perfor-mance diferenciada das demais agre-miações. Comandados pelo instrutorAurimar Monteiro, filho do “mestreAri das rabecas”, que dá nome á insti-tuição, os músicos adolescentes execu-taram clássicos do carnaval em arranjopara orquestra, enquanto desfilavam,arrancando aplausos dos milhares deexpectadores dispostos às margens daavenida. Em breve entrevista à FO-LHA DO ATLÃNTICO, durante o AJURUTEUA voltou a ser tema na avenida. Desta vez, os moradores da ilha que foram os homenageadosdesfile, Aurimar Araújo agradeceu oapoio da deputada Simone Morgado, local desde a conclusão da estrada anualmente com grande sucesso noque viabilizou os instrumentos para construída durante a primeira gestão festival junino de Bragança, levouos alunos. “A deputada Simone tem do senador Jader Barabalho á frente para avenida a estória do Athayde,sido incansável no incentivo à cultura do Governo do Estado, e asfaltada na personagem do imaginário dos pes-bragantina, na qual se inclui o Instituto O CORDÃO do Caeté fez a diferença levando orquestração à avenida segunda vez em que o peemedebista cadores bragantinos, que, segundo aAMA, entidade que esta parlamentar foi governador. Outras figuras que são lenda, vive no manguezal e tem comosempre apoiou, desde que se tornou a cara de Ajuruteua mencionadas no principal característica a genitálianossa representante na Casa de Leis. enredo foram as empresárias Lour- desproporcionalmente avantajada.Quando eu falo apoiar, inclui tudo, a dinha e Zenaide, bem como os bra- Devido ao espírito pitoresco do en-começar pelos contatos com as enti- gantinos Leds, Bahia e Vicente, que redo, o que não faltou foi bom humordades do Estado que fazem gestão de possuem pousadas com seus nomes. no desenvolvimento do tema.cultura até à suportes de urgência que Obviamente, quem não poderá faltarela sempre nos viabilizou e esteve de neste samba também teve seu lugar BLOCOS – Após o desfile das es-prontidão”, disse o instrutor do Insti- de destaque: o baluarte de Ajuruteua, colas de samba, os 23 blocos ingres-tuto AMA. Hilário Ferreira, pai da deputada Si- saram na avenida puxados por trios mone Morgado, grande incentivador elétricos e sons automotivos, promo-AJURUTEUA - Após o desfile do do turismo na ilha, onde a única praça vendo grande viração em todo o entor-Instituto AMA foi a vez da primeira leva o seu nome, por iniciativa de José no. Além dos abadás, vários blocos seescola de samba entrar na avenida Diogo, então prefeito de Bragança, valeram de fantasias e adereços paraNazeazeno Ferreira: Os Normais, quando foi construído o logradouro incrementar a apresentação. Ao finalque trouxe como enredo homenagem às margens do Atlântico. da passagem de cada bloco, os brin-aos antigos moradores de Ajuruteua, cantes se encaminhavam para a Esta-dentre os quais foram mencionados ATHAYDE – A escola de samba Um ção Cultural Armando Bordallo, ondedos irmãos cearenses Chico, Neco e Milhão de Amigos, que se originou a folia se estendeu até a madrugada, O ETERNO LUXO de Antônioo saudoso Mário, que apostaram no BELOS DESTAQUES abrilhantaram a Nazeazeno Ferreira de uma quadrilha que se apresenta como em todas as noites do carnaval. Carlos Scerne ESTAÇÃO CULTURAL Folia diária até altas horas Durante todas as noites do Estação Cultural. carnaval, a começar na sexta-fei- A banda Pé de Cana foi quem ra (17), a programação iniciava às puxou o segundo arrastão, reali- 21h e só encerrava de madrugada. zado no domingo (18), quando ao Voltada para o público fã de sho- chegar na Estação Cultural, os fo- ws de grande porte com repertório liões do cortejo juntaram-se aos à base de sucessos atuais e hits milhares que lá já estavam para de verão que marcaram recentes curtir os shows das bandas Rally temporadas, as atrações da Esta- do Samba e RP2. ção Cultural Armando Bordallo O grupo Pura Malícia voltou reuniu cerca de 10 mil brincantes a puxar o arrastão na segunda- por noite. -feira (20) e a banda Pé de Cana, Os DJs Junior Consagrado e na terça-feira (21). Quem foi na Kabi foram os responsáveis pela segunda-feira à Estação Cultural animação da Estação Cultural CERCA DE 10 MIL vibravam a cada noite na Estação Cultural aproveitou o show das bandas durante os cinco dias de pro- Mistura Baiana e Rally do samba gramação. Além das picapes, a do legítimo tecnobrega. de pagode Pura Malícia, além e, na terça-feira, a atração foram programação de sexta-feira (17) Sábado (18), primeiro dia de de dezenas de aparelhagens de as bandas Fruto Sensual e Tim- contou ainda com shows da bada arrastão com saída da Praça da sons automotivos que se jun- balauê, que só encerrou o show Pegada do Axé e da estrela para- república para a Estação Cul- taram em carreata. Na Estação na madrugada da quarta feira de ense Viviane Batidão, que levou tural, o cortejo contou com a Cultural, a festa seguiu ao som cinzas, quando começou a qua-VIVIANE BATIDÃO foi a atração mais aguardada na noite de abertura a plateia ao delírio com o som animação do grupo bragantino da banda Muvukada Baiana, na resma. Av. Marechal Floriano Peixoto, 1713 - Centro - Ao lado do Banpará

×