Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

MySQL - Instalação e Alguns comandos de Banco de Dados

316 views

Published on

Instalação do MySQL e alguns comandos básicos de Banco de Dados.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

MySQL - Instalação e Alguns comandos de Banco de Dados

  1. 1. MYSQL Workbench Instalação
  2. 2. MYSQL  Revisão: O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD), que utiliza a linguagem SQL (Linguagem de Consulta Estruturada, do inglês Structured Query Language) como interface. É atualmente um dos bancos de dados mais populares, com mais de 10 milhões de instalações pelo mundo.  Entre os usuários do banco de dados MySQL estão: NASA, Friendster, Banco Bradesco, Dataprev, HP, Nokia, Sony, Lufthansa, U.S. Army, U.S. Federal Reserve Bank, Associated Press, Alcatel, Slashdot, Cisco Systems, Google, entre outros.
  3. 3. CARACTERÍSTICAS  Portabilidade (suporta praticamente qualquer plataforma atual);  Compatibilidade (existem drivers ODBC, JDBC e .NET e módulos de interface para diversas linguagens de programação, como Delphi, Java, C/C++, C#, Visual Basic, Python, Perl, PHP, ASP e Ruby)  Excelente desempenho e estabilidade;  Pouco exigente quanto a recursos de novos hardware;  Facilidade no manuseio;  É um Software Livre com base na GPL (entretanto, se o programa que acessar o Mysql não for GPL, uma licença comercial deverá ser adquirida) ;  Contempla a utilização de vários Storage Engines como MyISAM, InnoDB, Falcon, BDB, Archive, Federated, CSV, Solid…  Suporta controle transacional;  Suporta Triggers;  Suporta Cursors (Non-Scrollable e Non-Updatable);  Suporta Stored Procedures e Functions;  Replicação facilmente configurável;  Interfaces gráficas (MySQL Toolkit) de fácil utilização cedidos pela MySQL Inc.
  4. 4. PRIMEIRO PASSO: ACESSAR O SITE ABAIXO: http://www.mysql.com/
  5. 5. SEGUNDO PASSO:  Clicar em Download em seguida em Windows, porém é necessário verificar a versão do Windows antes da instalação, pois pode ocorrer problemas ao escolher o programa de 32 bits ou 64 bits. Portanto fique atento!
  6. 6. CONFIRA ANTES NAS CONFIGURAÇÕES QUAL É A VERSÃO DO WINDOWS SE É 32 OU 64 BITS
  7. 7. TERCEIRO PASSO  Faça o cadastro na Oracle e seguida é necessário fazer o logon na página para fazer o Download do arquivo. Porém se preferir fazer o download sem fazer o cadastro então clique “No thanks, just start my download”
  8. 8. COMO INSTALAR
  9. 9. FAÇA O DOWNLOAD
  10. 10. INSTALAÇÃO
  11. 11. CLIQUE EM NEXT
  12. 12. ESCOLHA A INSTALAÇÃO COMPLETA
  13. 13. AGUARDE A TRANSFERÊNCIA DOS ARQUIVOS DE INSTALAÇÃO
  14. 14. CLICAR EM FINISH PARA FINALIZAR A INSTALAÇÃO
  15. 15. ESTÁ PRONTO PARA USAR
  16. 16. CLIQUE EM LOCAL INSTANCE WAMPSERVER PARA CONECTAR O MYSQL AO SERVIDOR
  17. 17. EM SCHEMAS SÃO APRESENTADO OS BANCOS DE DADOS E AS TABELAS
  18. 18. EM SQL FILE DIGITE OS COMANDOS PARA CRIAR O BANCO DE DADOS E AS TABELAS
  19. 19. COMANDOS BÁSICOS INICIAIS Create Este comando permite a criação de uma série de elementos comuns em um banco de dados. Sintaxe: CREATE DATABASE nomedobanco;
  20. 20. COMANDOS BÁSICOS INICIAIS  CREATE TABLE CREATE TABLE post ( id INTEGER, Titulo VARCHAR(255), Conteudo TEXT, PRIMARY KEY (id) );
  21. 21. COMANDOS BÁSICOS INICIAIS  Uma tabela é como uma pasta, onde armazenamos as informações separadas por colunas. Observe que a linha criada no exemplo acima são como seções da pasta que criamos, que podem conter determinados tipos de informações. Esses tipos de informações foram especificados na própria linha, onde dizemos depois do nome da coluna se ela é VARCHAR ou TEXT.
  22. 22. Observe também que a linha PRIMARY KEY significa chave primária e do ponto de vista de banco de dados relacionais, é a chave que identifica o registro em uma tabela. Cada registro é único e possui um valor. Esse valor é a chave primaria.
  23. 23. COMANDOS BÁSICOS INICIAIS  Exemplo de inserção de dados: INSERT INTO `escola`.`professor` (`cod_prof`, `nome_prof`, `disciplina`, `horario`) VALUES ('123', 'clayton', 'informatica', 'noite');INSERT INTO `escola`.`professor` (`cod_prof`, `nome_prof`, `disciplina`, `horario`) VALUES ('1234', 'Jose', 'web', 'manha');INSERT INTO `escola`.`professor` (`cod_prof`, `nome_prof`, `disciplina`, `horario`) VALUES ('12345', 'Silva', 'bd', 'noite');
  24. 24. COMANDOS BÁSICOS INICIAIS  INSERT O comando INSERT permite a inserção de registro em uma tabela. É com ele que podemos começar a aprender mais sobre manipulação de dados em um banco de dados relacional. Para inserir informações em uma tabela conforme a sintaxe abaixo: INSERT INTO NOME_DA_TABELA (CAMPOS_QUE_DESEJA_INSERIR_DADOS) VALUES (VALORES_DOS_CAMPOS). Exemplo: INSERT INTO clientes (nome, email, empresa) VALUES ('Júnior', 'junior@dominio.com', 'RL System');
  25. 25. COMANDOS BÁSICOS INICIAIS UPDATE Podemos utilizar o comando UPDATE para atualizar registros em uma tabela. Para atualizar registro, podemos fazer assim: UPDATE `escola`.`aluno` SET `cod_aluno`='', `nome_aluno`='', `turma`='' WHERE `cod_aluno`='123';
  26. 26.  Usamos SET para especificar quais colunas receberão novos valores. Podemos especificar mais de uma coluna separando as por virgulas.  Observe também que uma clausula WHERE junto de nosso comando UPDATE. A cláusula WHERE espera uma condição e serve como filtro. Caso os registros de nossa tabela batam com a condição especificada no WHERE, eles serão repassados para o comando que utilizamos, neste caso o UPDATE.
  27. 27. VEREMOS EM BREVE MAIS COMANDOS DO MYSQL  Agora apresentaremos os tipos de dados e alguns exemplos de Caracteres: Nome Tipo armazenamento Char(x) Uma string de tamanho fixo, entre 0 e 255 caracteres. Varchar(x) Uma String de tamanho variável, entre 0 e 255 caracteres. Tinytext Uma string com tamanho máximo de 255 caracteres. Text Uma string de texto com tamanho máximo 65535 caracteres
  28. 28. AGORA APRESENTAREMOS OS TIPOS DE DADOS E ALGUNS EXEMPLOS: Nome Tipo armazenamento BLOB Uma string binária com tamanho máximo de 65535 caracteres MEDIUMTEXT Uma String de texto com tamanho máximo de 16777215 caracteres MEDIUMBLOB Uma string binária com tamanho máximo de 16777215 caracteres LONGTEXT Uma string de texto com tamanho máximo de 4294967295 caracteres LONGBLOB Uma string binária com tamanho máximo de 4294967295 caracteres
  29. 29.  Agora apresentaremos os tipos de dados e alguns exemplos de Números: Nome Tipo armazenamento TIYINT(X) Número inteiro de -128 a 127 . 0 a 255 caso seja UNSIGNED (Esse atributo é usado para permitir somente valores positivos em uma coluna do banco, o que acaba gerando uma faixa numérica maior de números positivos.). SMALLINT Número inteiro de -32768 à 32767. 0 a 65535 caso seja USIGNED.
  30. 30. OBSERVE QUE O X É ONDE DEFINIMOS O TAMANHO DO DADO. Nome Tipo de armazenamento MEDIUMINT(X) -8388608 a 8388608. 0 a 16777215 caso seja USIGNED. INT(X) -2147483648 a 2147483647. 0 a 4294967295 caso seja USIGNED. BIGINT(X) -9223372036854775808 a 9223372036854775808. 0 a 18446744073709551615 caso USIGNED. FLOAT Um número decimal pequeno DOUBLE Um número decimal grande
  31. 31. Nome Tipo de armazenamento DATE Guarda um valor data no formato YYYY-MM-DD, 3 bytes DATETIME Guarda um valor de data e horário no formato YYYY-MM-DD HH:MM:SS, 8 bytes TIMESTAMP Guarda um valor de horário no formato YYYYMMDDHHMMSS, 4 bytes TIME Guarda um valor de horário no formato HH:MM:SS, 3 bytes
  32. 32. OUTROS TIPOS Nome Tipo de armazenamento ENUM(‘a’, ‘b’, ‘c’) Significa enumeração e permite que especifique uma lista de valores possíveis para uma coluna. De 1 a 65535. SET(‘a’, ‘b’, ‘c’) Similar ao ENUM, exceto que múltiplos valores podem ser escolhidos. De 1 a 64.
  33. 33. BIBLIOGRAFIA: Livro: Programando para a Internet com PHP Odemir M.Bruno Leandro F. Estrozi João E.S.Batista Neto Editora Passaport TI 2009 Site: http://www.w3schools.com/ https://www.mysql.com/

×