DenotaçãO E ConotaçãO

45,050 views

Published on

DenotaçãO E ConotaçãO

  1. 1. Denotação e Conotação 8º Ano A Escola Estadual Gustavo Rodrigues da Silva
  2. 2. Denotação se refere ao uso de uma palavra com o seu significado real. Exemplo: A raiz da planta está morrendo. Conotação se refere ao uso de uma palavra num sentido diferente daquele que lhe é comum, sentido figurado. Exemplo: Sempre devemos valorizar nossas raízes . Definição
  3. 3. Atividades I) Escreva em que sentido, denotativo ou conotativo, estão as palavras destacadas nos textos que seguem. 1) Meu pai é meu espelho . 2) Quebrei o espelho do banheiro . 3) Essa menina tem um coração de ouro.
  4. 4. 4) A Praça da Sé fica no coração de São Paulo. 5) Fez um transplante de coração . 6) Você é mesmo mau: tem um coração de pedra. 7) Para vencer a guerra era preciso alcançar o coração do país.
  5. 5. 8) Completou vinte primaveras . 9) Na primavera os campos florescem. 10) Esta mulher é uma cobra . 11) O metro é uma unidade de comprimento.
  6. 6. 12) Estava tudo em pé de guerra. 13) Ela estava com os pés inchados. 14) É órfão de afeto. 15) Muito cedo ele ficou órfão de pai.
  7. 7. 16) Caíram da escada. 17) O leão caiu num sono profundo. 18) Feriu-se na boca . 19) Vem o Flamengo apontando a boca do túnel.
  8. 8. 20) O alpinista conseguiu escalar a montanha . 21) Ela disse uma montanha de absurdos. 22) Este cavalo venceu a corrida. 23) Você foi um cavalo durante a partida.
  9. 9. 24) Nosso goleiro engoliu um frango naquele jogo. 25) Correu muito, mas não apanhou o frango carijó. 26) A tempestade já conspirava no ar. 27) O monstro foi capturado por um grupo de Bombeiros.
  10. 10. II) Escreva uma frase com sentido conotativo usando cada uma das palavras abaixo. cobra – gato – bruxa – víbora – burro.
  11. 11. III) Leia o poema a seguir e depois resolva o que se pede. A doce canção Pus-me a cantar a minha pena com uma palavra tão doce, de maneira tão serena, que até Deus pensou que fosse felicidade – e não pena.
  12. 12. Anjos de lira dourada Debruçavam-se da altura. Não houve, no chão, criatura de que eu não fosse invejada, pela minha voz tão pura. Acordei a quem dormia, fiz suspirarem defuntos. Um arco-íris de alegria a minha boca se erguia Pondo o sonho e a vida juntos.
  13. 13. O mistério do meu canto, Deus não soube, tu não viste. Prodígio imenso do pranto: todos perdidos de encanto, só eu morrendo de triste! Por assim tão docemente meu mal transformar em verso, oxalá Deus não o aumente, para trazer o Universo De pólo a pólo contente. Cecília Meireles
  14. 14. IV. Copie dois versos do poema em que há uma ou mais palavras usadas no sentido conotativo.
  15. 15. Profª. Cilma Barbosa 2010

×