Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
LANÇAMENTO DA REDEGLOBAL CITY 2.0       18 ABRIL 2011http://globalcity.blogs.sapo.pt/
COMO PODEM AS CIDADES E     AS SUAS COMUNIDADESCONTRIBUIR PARA A RETOMA,   REFORMA OU TRANSIÇÃO?
COMO NÃO HÁ MILAGRES…MOVIMENTO ‘CIDADES PELARETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’Iniciativa cívica colectiva dedicada a discutir o ...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’                          OUT 2010                                    ...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’                          REPERCUSSÕES
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’   2618  CIVIC TASK FORCE    20           160PORTO, AVEIRO, COIMBRA,  ...
MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’                      AMBIENTE E            TECNOLOGIAS               ...
globalcity.blogs.sapo.pt                                      ‘GLOBAL CITY 2.0’                                         NE...
‘GLOBAL CITY 2.0’ | conceito                  REDE INFORMAL GLOBAL DE                  ‘MOVIMENTOS CÍVICOS DE CIDADE’     ...
‘GLOBAL CITY 2.0’ | objectivos                  Um mapa-mundi da cidadania e uma oportunidade de                  criar um...
‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades mapa global de ‘blogues ou sites de ruas, bairros, vilas ou cidades’ promovidos por cidadã...
‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades                     •movimentos cívicos urbanos                     de mais de 200 cidades...
‘GLOBAL CITY 2.0’ | iniciativas                •Organizar uma base de dados e um mapa global dos                ‘movimento...
‘GLOBAL CITY 2.0’ | resultados                 1. Dar mais visibilidade às dinâmicas cívicas locais;                 2. Es...
‘GLOBAL CITY 2.0’   Precisamos de si, do seu envolvimento         no projecto e na vida da sua             comunidade loca...
‘GLOBAL CITY 2.0’  [blogue] http://globalcity.blogs.sapo.pt/  [movimento ‘Cidades pela Retoma’]  http://noeconomicrecovery...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Global city 2 0

2,485 views

Published on

Apresentação da rede 'global city 2.0' - Lisboa 18 de Abril 2011

  • Be the first to comment

Global city 2 0

  1. 1. LANÇAMENTO DA REDEGLOBAL CITY 2.0 18 ABRIL 2011http://globalcity.blogs.sapo.pt/
  2. 2. COMO PODEM AS CIDADES E AS SUAS COMUNIDADESCONTRIBUIR PARA A RETOMA, REFORMA OU TRANSIÇÃO?
  3. 3. COMO NÃO HÁ MILAGRES…MOVIMENTO ‘CIDADES PELARETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’Iniciativa cívica colectiva dedicada a discutir o papeldas cidades e das suas comunidades em momentos detransição social e económica, e a reflectir sobrepráticas urbanas e o futuro da cidadania.
  4. 4. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ OUT 2010 FEV 2011 DEZ 2010
  5. 5. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ REPERCUSSÕES
  6. 6. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ 2618 CIVIC TASK FORCE 20 160PORTO, AVEIRO, COIMBRA, GUARDA, COVILHÃ, TORRES VEDRAS, LISBOA, FARO & LAGOS, LEIRIA,GUIMARÃES, SANTARÉM, …
  7. 7. MOVIMENTO ‘CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO’ AMBIENTE E TECNOLOGIAS RECURSOS NATURAIS CULTURA PLANEAMENTO DO TERRITÓRIO CITY CIVIC TASK FORCE MOBILIDADE uma equipa multidisciplinar com diferentes backgrounds ARQUITECTURA GESTÃO ECONOMIA DESIGN SOCIOLOGIA INVESTIGADORES E EMPRESÁRIOS E CIDADÃOS PROFISSIONAIS CIENTISTAS ARTISTAS GESTORES INTERESSADOS
  8. 8. globalcity.blogs.sapo.pt ‘GLOBAL CITY 2.0’ NETWORK CIDADES PELA RETOMA, REFORMA E TRANSIÇÃO noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt www.facebook.com/CidadespelaRetoma groups.google.com/group/cidadespelaretoma LOW-COST & HIGH-VALUE URBAN INITIATIVES CITIES CIVIC ‘THINK TANK’ruadasideias.blogs.sapo.pt REPOSITÓRIO CONHECIMENTO AGENDA LOCAL PARA citiescivicthinktank.blogs.sapo.pt A RETOMA’ agendalocalpelaretoma.blogs.sapo.pt
  9. 9. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | conceito REDE INFORMAL GLOBAL DE ‘MOVIMENTOS CÍVICOS DE CIDADE’ e ESPAÇO DE REFLEXÃO sobre o POTENCIAL DESTAS FORMAS EMERGENTES DE ‘DEMOCRACIA DE PROXIMIDADE’ PARA TRANSFORMAR AS CIDADES E A VIDA URBANA (http://globalcity.blogs.sapo.pt/), desenvolvendo-se no espírito do ‘ano Europeu do Voluntariado para promover mais cidadania activa’- 2011 (http://europa.eu/volunteering/)
  10. 10. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | objectivos Um mapa-mundi da cidadania e uma oportunidade de criar uma plataforma de diálogo e conhecimento entre diferentes ‘movimentos cívicos urbanos’ de nível local, nacional e global, tirando partido das novas tecnologias. Um espaço de partilha de experiências e de aprendizagem colectiva sobre práticas urbanas, com elevado potencial por envolver movimentos cívicos de diferentes países e culturas. Uma oportunidade de mobilizar saberes técnicos e científicos para aprofundar o conhecimento sobre o potencial dos movimentos cívicos para revigorar a democracia e para aproximar os cidadãos da política no seu sentido mais profundo, isto é, a reflexão sobre os critérios que definem o futuro do espaço colectivo.
  11. 11. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades mapa global de ‘blogues ou sites de ruas, bairros, vilas ou cidades’ promovidos por cidadãos, grupos (formais ou informais) ou instituições que pretendem pensar de forma colaborativa sobre o futuro das suas cidades VOLUNTEER PONTO-C AVEIRO http://www.pontoc.pt http://globalcity.blogs.sapo.pt
  12. 12. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | actividades •movimentos cívicos urbanos de mais de 200 cidades •230 sites/blogs de mais de 15 países •9 parcerias internacionais •convite aberto a cidadãos, profissionais, académicos e decisores políticos
  13. 13. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | iniciativas •Organizar uma base de dados e um mapa global dos ‘movimentos cívicos de cidade’; •Produzir um novo e mais eficiente website; •Mobilizar mais parcerias em vários países; •Construir uma rede de cidadãos conscientes e activos, partilhando informação (investigação, documentos e estudos) e pensando sobre práticas urbanas na dimensão colectiva dos movimentos cívicos de cidade; •Começar a organizar um questionário sobre ‘movimentos cívicos de cidade’ a partir da base de dados entretanto produzida; •Identificar boas práticas ou iniciativas relevantes a partir do conhecimento dos diferentes movimentos, organizações, autoridades e políticas públicas;
  14. 14. ‘GLOBAL CITY 2.0’ | resultados 1. Dar mais visibilidade às dinâmicas cívicas locais; 2. Estimular o envolvimento dos cidadãos na vida colectiva local; 3. Estimular aprendizagens e diálogos entre diferentes movimentos e entre diferentes cidades, sobretudo os de maior proximidade física; 4. Criar condições para um maior escrutínio público das actuações cívicas e institucionais locais; 5. Aprofundar conhecimento (técnico-científico) sobre ‘movimentos cívicos de cidade’ e sobre as diferentes reflexões sobre o espaço urbano; 6. Reforçar um meio alternativo para apoiar e canalizar as interdependências e colaborações globais, para além das produzidas pelos mercados, empresas privadas ou autoridades públicas burocráticas.
  15. 15. ‘GLOBAL CITY 2.0’ Precisamos de si, do seu envolvimento no projecto e na vida da sua comunidade local! Participe no ‘GLOBAL CITY 2.0’! (cidadespelaretoma@gmail.com)
  16. 16. ‘GLOBAL CITY 2.0’ [blogue] http://globalcity.blogs.sapo.pt/ [movimento ‘Cidades pela Retoma’] http://noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt/ [Facebook] http://www.facebook.com/CidadespelaRetoma [email] globalcitytwopointzero@gmail.com ou cidadespelaretoma@gmail.com

×